Novo medicamento ajuda obesos a perder 10% de peso em um mês

Por , em 16.11.2011

De acordo com um estudo, um novo remédio que detrói o suprimeto de sangue para o tecido adiposo pode ajudar as pessoas a perder um décimo do peso em apenas um mês.

Macacos obesos perderam em média 11% do peso corporal após quatro semanas do tratamento experimental. O índice de gordura também reduziu. O estudo foi conduzido por cientistas da Universidade do Texas.

Uma dos líderes da pesquisa, Renata Pasqualini, afirma que “o desenvolvimento desse composto para o uso humano iria proporcionar uma maneira não cirúrgica de reduzir o acúmulo de gordura, ao invés das drogas usadas para controlar o apetite ou a absorção”.

Ela comenta que tentativas anteriores de tratar a obesidade sempre atacavam o apetite ou o metabolismo, mas os efeitos colaterais eram muito severos.

O grupo criou uma nova droga, que inclui um agente que se liga a uma proteína presente na superfície dos vasos que alimenta o tecido adiposo. Um peptídio sintético presente no agente mata as células dos vasos. Sem sangue, as céluas de gordura morrem e são reabsorvidas e metabolizadas.

Em pesquisas anteriores com o remédio, que recebu o nome de Adipotide, ratos obesos perderam cerca de 30% do peso corpóreo.

O medicamento age no tecido adiposo branco, nome científico para o tipo de gordura que se acumula abaixo da pele e na região do abdômem.

Pasqualini afirma que a maioria das drogas contra a obesidade falha na transição entre roedores e primatas. “Estamos muito animados de ver perda de peso substâncial em uma obesidade primata que se parece bastante com a humana”, diz.

A obesidade primata também divide aspectos fisiológicos com a humana, como a síndrome metabólica, caracterizada por um aumento da resistência à insulina, o que pode levar ao desenvolvimento de diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares.

Os macacos tratados com o Adipotide mostraram melhoras na resistência à insulina. Agora, a equipe está preparando um teste clínico em pacientes obesos com cãncer de próstata. Eles vão receber injeções diárias de Adipotide por 28 dias.

Alguns tratamentos desse tipo de câncer, como a terapia hormonal, causam aumento de peso. Esse excesso pode causar artrite, que leva a inatividade e a mais peso.

Peso, indíce de gordura e circunferência abdominal continuaram a cair por três semanas após o fim do tratamento, antes de aumentar durante o estudo de oito semanas. Os indíces de gordura abdominal dos macacos caíram em 27%.

Macacos com peso adequado não perderam peso em outro estudo, realizado com não obesos, indicando que talvez o efeito da droga seja seletivo.

Os animais permaneceram sãos e alertas, interagindo com os pesquisadores, e não demonstraram nenhum sinal de náusea ou rejeição. Isso é um bom sinal, já que outros medicamentos comumente apresentam efeitos coletareis indesejáveis.

O principal efeito colateral foi percebido nos rins. O principal autor do estudo, Dr. Kirstin Barnhart, afirma que “o efeito nos rins era previsto e dependeu da dose administrada, sendo reversível”.[Telegraph]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

18 comentários

  • adriana:

    Onde posso encontrar essa medicação, pois ate o ano passado tomava afepramona com acompanhamento medico, mais depois da proibição tinha o peso de 60kl e fui para 74kl estou apavorada o medico passou uma nova medicacão, mais e muito cara. por favor me informe o preço e como devere toma.
    obrigado

    • taniacosta:

      Eu não sei o nome não, mas isso está parecendo igual ao Xenical, que por experiência própria funciona mesmo. Vejam só: http://pt.121doc.net/xenical.html

      Já perdi uns bons quilinhos e recomendo, tou ficando com corpo de princesa!

  • jo:

    ter preconceito é um absurdo,viu Bia…Se olhe no espelho,pois quem sabe voce nao acorde do mesmo jeito que foi dormir.Deus é maior que tudo nesta vida e quem sabe ele nao lhe de um castigo na qual voce se arrependa de ter dito essas asneiras.

  • thamires s carvalho:

    quero saber onde achar esse medicamento tenho 20 anos e estou com 87 kilos nao aguento mais

    • Drica Routetattoo:

      Oi vc já sabe onde achar ?também quero é muito

  • Gabi:

    Achei tal artigo inteessante, pois ele aborda algo relevante em medicamentos para emagrecer: a morte das celulas de gordura, pois o fato de elas permanecerem no organismo depois de uma dieta favorece o efeito sanfona. Ja fiz diversas dietas, emageci de 20 a 30 kg, com medicamentos ou nao, no entanto os recuperei. E dietas sao desgastantes, dificeis, e a manutencao do peso e um ainda mais complexa. Que este medicamento seje logo aprovado para uso. Parabens aos cientistas.

  • Alberto:

    Vcs sabiam que a obesidade não é uma coisa tão simples assim?
    por exemplo reeducação alimentar, exercícios físicos não resolve para 70% dos obesos, os obesos não tem culpa, tem problemas psicológicos, muitos dizem que estão felizes mais é uma forma de esconder esse problema,pesquizo sobre o assunto a muito tempo devido a minha profissão, então pessoal antes de criticarem, acharem que obeso é guloso ou é preguiçoso, pesquizem mais a respeito.
    obesidade é uma doença e uma doença muito séria, geralmente uma pessoa obesa desde criança, entra na terceira idade obesa, ou seja passa a vida tentando dietas e fracassam imaginem os problemas que isso ocorreu durante a sua vida toda.

    Então párem de falar bobagem.

  • Nika Pinika:

    Opa! manda pra cá!

  • Anonimo:

    Boa pra quem quer perder peso(oq n eh o meu caso já q sou magro ate demais)Quando era pequeno fazia muita atividade física e comia bastante proteína(gosto muito de carne queijo branco etc…)então eu era bem acima da media pra minha idade, a maioria ou era gordo ou magro mas eu tinha músculos, parecia que malhava.
    Mas por volta da 7 serie me bateu um desanimo generalizado, fui reprovado e desde então n fui bem na escola(sempre fui muito inteligente), e continua até hj, parei inclusive de estudar(faz uns 3 meses)eh como uma depressão mas n eh tão forte, mas em compensação eh muito resistente e duradoura, ja tive alguns períodos de depressão profunda(foram os piores dias da minha vida, nem gosto de lembrar).
    Atualmente tenho tido pensamentos persistentes sobre uma coisa,(prefiro n falar oq)tenho isso diariamente a cerca de 4 meses e fico fazendo rituais devido a esses pensamentos, uma noite n congui dormir fazendo isso, deve ser tbm por ter sofrido abuso uma vez quando eu era criança(não me lembro de detalhes, graças a deus)porem isso me traumatizou e me afeta ate hj, e tbm sempre tive mania de mentir, isso já me causou problemas, eh uma especie de compulsão pra mentir, muitas vezes sem motivo
    algum.
    N sei se tudo isso esta ligado, mais sempre tive um irmão mais velho muito ruim, um pai passivo que deixava ele controlar a casa, e nunca tive nada, meu irmão sempre teve muitas coisas, pq atormentava meu pai até conseguir oq queria(eu tenho extrema vergonha de pedir pra comprarem coisas pra min)E minha mãe sempre ausente trabalhando, nem me lembro dela na minha infância.
    Me desculpem por esse texto longo de desabafo, mais eu escrevi que nem senti, tava me sentindo mal e escrevi botei no ”papel” meus sentimentos e angustias, boa noite a todos.

    • Nika Pinika:

      Vc já tentou um psicólogo?
      Ou participar de algum grupo, de qq coisa sadia, q te tire dessa sua realidade por algumas horas? tipo, um esporte, aula de música, teatro, voluntariado, trabalhar com animais, dar aula de reforço para crianças carentes…
      No início, vc vai se dedicar a isso por algumas horas, com o passar do tempo, vai criando laços, vc pode começar a fazer amigos lá, dedicar mais tempo… e pode acabar descobrindo algo q gosta de fazer, no meio disso td.

    • Maiara Torres:

      Olá Anonimo. Sou Maiara e quero te dizer que anos atrás eu quase morri de depressão. Cheguei a pesar 48 kilos, não comia mais, não olhava para as pessoas, não mais saia de casa, não vivia enfim. As pessoas, empurravam colheradas de alimentos, sucos , mingaus etc. Foi uma fase horrível…mas saí dela. Sabe como? Vc conhece a APOMETRIA? É uma técnica de cura e eu queria lhe falar mais sobre isso. Sei o que vc está passando. Não recuse ajuda de ninguém, nem companhias, nem convite para sair. Se não tiver este tipo de apoio, procure ler , ver filmes que te divirtam ou que alimente a alma, faça uma academia, se não tiver como pagar, faça caminhadas, qualquer tipo de exercício físico libera endorfina, que é o hormônio do prazer, ocupe sua mente integralmente com coisas saudáveis. Escreva pra mim. Sou a sua mais nova amiga. se você me aceitart é claro. Tenho muito a dizer a voce e muitas ferramentas para voce sair dessa. Estou aguardando seu email. Um abraço e fique bem.

  • Evandro:

    Se investissem em reeducação alimentar e de hábitos saudáveis, o que investem em pesquisas de drogas para obesidade…

    • Bia:

      Os humanos se enchem de junk food, e os macacos é que tem que experimentar o remédio? Putz, gordo é gordo pq come além do que devia e exercita-se menos do que devia, magro é magro pq come menos do que devia… Então, eduquem-se!
      Daqui a pouco vão descobrir os malefícios deste medicamento e vão proibi-lo, porém ele continuará a ser comercializado ilegamente; enquanto seus efeitos colaterais farão mais e mais vítimas (não tão vítimas assim). Difícil de prever!

    • karlloz:

      Concordo que todos devem se cuida
      para não chegarem à obesidade,
      mais também temos que leva em conta
      que existem transtornos alimentares
      e indivíduos com metabolismo muito
      lentos causados por doenças.

      Então espero que o medicamento funciome!!!

    • Ruth:

      Comentario burro, estupido, preconceituoso e ingnorante. Vc deve ter o cerebro de uma galinha. Macacos são usados como cobaia SIM, há leis que garantes esse direito. A aspirina que a senhorita toma qdo tem dor de cabeça, o buscopan que toma quando tem cólicas, também foi testado em animais, e cade o seu protesto? Sou psiquiatra e trato de adolescentes e adultos com transtornos alimentares sérios, desde os que NAO COMEM, até os que consomem absurdas 20.000 calorias diarias, devido a diversos transtornos psiquiatricos(depressoes, toc’s, borderliners, bipolares, bulimicos etc), fora os que nao sao da minha area medica, os com problemas endocrinos. Portanto, olhe bem para sua familia inteira, e certamente notara que haverá alguem com sobrepeso ou até mesmo obesidade, e pense 2 vezes antes de julgar as pessoas obesas. Sei exatamente o que passa na cabeça de gente como você!

    • michele:

      RESPOSTA A BIA VC PENSA COMO QUISER MAS EU VIVO DE DIETA E NÃO EMAGREÇO PORQUE TENHO PROBLEMAS DE DEPRESÃO E HORMONAIS E AINDA TE A BENDITA GENÉTICA QUE NÃO AJUDA MEUS PAIS SÃO GORDOS E EU SOU TAMBÉM
      AGORA VC DIZER QUE MAGRO É MAGRO ORQUE COME POUCO É METIRA MEU CUNHADO COME MUIIITO DE TUDO QUE INGORDA TAMBÉM E É BEM MAGRINHO MINHA VIZINHA QUER ENGORDAR COME DEMAIS TODO MUNDO FICA ABSMADO COM ELA ELA DEVORA UMA CAIXA DE BOMBOM EM UMA SENTADA E É MAGRINHA ENTÃO É A GENÉTICA DELA QUE É DE SER MAGRA
      AGORA VC COLOCA A MÃO NA CONSIÊNCIA E PARA DE FALAR BOBAGEM TÁ?? GENTE COMO VC TENQUE PASSAR PELO ROBLEMA PRA SENTIR NA PELE OQUE É

    • kelly:

      é uma pena que existam pessoas que mesmo com tanto esclarecimento disponivel a respeito da obesidade hoje ser considerada DOENÇA, e nao “sem -vergonhice” digam tantas besteiras juntas, por favor BIA, informe-se para nao dizer bobagens só porque vc deve ser magra. parabéns pela sua contribuição malefica com seus comentários.

  • Roberto:

    Toda hora uma novidade comercial neste seguimento. Parecem igrejas disputando a preferência divina. Penso que o importante é cuidarmos para não engordar, evitar excessos e produtos gordurosos, massas, temperosos e doces. O resto é só deixar que a natureza se encarrega sozinha. E olhe: comida gostosa é a menos saudável e a que mais engorda.

Deixe seu comentário!