Esta é a nave espacial que levará turistas à lua: Space X

Por , em 18.09.2018

A Space X anunciou na noite desta segunda-feira (17) em Los Angeles quem foi o passageiro a comprar uma viagem ao redor da lua no foguete BRF, que ainda será construído.

O nome deste passageiro é Yusaku Maezawa (MZ), e ele é um empresário japonês, dono da empresa de moda Zozo e colecionador de obras de arte. “Eu escolhi ir para a lua!”, disse ele à animada plateia do evento. Mas ele não quer ir para a lua sozinho, e ao invés de comprar apenas um assento na nave BFR, ele comprou todos os assentos disponíveis, para levar com ele outras pessoas.

Paz mundial


“Este é meu sonho de uma vida inteira e pode contribuir para paz mundial”. Ele explica o que esta viagem tem a ver com a paz mundial: “sempre imaginei o que o artista Basquiat teria criado se ele tivesse visto a lua de perto. E se Picasso tivesse ido para a lua? E Michael Jackson, e Coco Chanel? Infelizmente eles não estão mais conosco, mas há tantos outros artistas conosco hoje que podem criar arte incrível para as crianças da próxima geração. Então quero que eles possam ver a lua e a Terra. Este projeto se chama Dear Moon”, explicou ele.

“Ele escolheu levar artistas e pessoas influentes nesta viagem, vamos fazer o possível dar tudo certo. É uma missão perigosa”, disse Musk nervosamente.

Essa viagem deve acontecer até 2023, e entre 6 e 8 artistas serão convidados. Depois da viagem, eles devem criar obras inspiradas pela experiência. Eles devem ser pintores, escultores, fotógrafos, diretores de cinema, designers de moda, arquitetos ou músicos. “Vou convidar os artistas que eu amo”, explica o empresário. Musk até sugeriu que ele próprio pode participar desta visita à lua.

Como ele foi escolhido


“Ele foi o mais corajoso, ele se voluntariou para fazer isso. Não fomos nós que o escolhemos, foi ele quem nos escolheu. Ele está pagando muito dinheiro, não vamos anunciar quanto, mas está ajudando a construir esse sistema BRF, e esse sistema vai ajudar outras pessoas comuns a viajarem para outros planetas no futuro”, explicou Musk quando questionado por que o primeiro passageiro é japonês, e não americano ou de outra nacionalidade. O custo do desenvolvimento do BFR é de US$ 5 bilhões.

“Isso não é um passeio no parque, há uma chance de que alguma coisa dê errada. Há muito treinamento, mas não é garantido. Você tem que ser muito corajoso para fazer isso”, complementou ele. O tipo de treinamento que o empresário e os artistas irão passar ainda não foi detalhado.

Esse foguete terá 9 m de diâmetro, 118 m de altura total (55 m apenas da nave) e poderia erguer 150 toneladas métricas para a órbita. Depois do lançamento, o propulsor do BRF retornará para a plataforma de lançamento para ser reutilizado. O “BRF foi feito para integrar o sistema de transporte interplanetário no sistema solar”, disse Musk no evento. O projeto do foguete está sendo feito com parceria da NASA.

Musk apresentou maiores detalhes do foguete, dizendo que ele pousa na superfície da Terra como um paraquedas, com muita leveza, e não como um foguete comum ou avião fariam. Já na lua e em outros planetas, o foguete vai pousar com propulsores. Os primeiros testes da nave serão feitos a partir do Texas. “O nome BFR foi criado como código, mas ele acabou pegando. Talvez vamos mudar este nome”, explicou ele. A sigla vem de Big Fucking Rocket.

Trajeto


O trajeto da viagem ao redor da lua foi anunciado, e deverá levar 4 ou 5 dias para ser feito. “Vamos fazer um loop, vamos passar perto da lua, o mais próximo possível, depois vamos nos distanciar tanto da lua e da Terra, e então vamos voltar para a Terra”, anunciou Musk.

Vários testes serão feitos sem pessoas a bordo, e apenas depois a viagem tripulada acontecerá. “Se tudo der certo, vamos fazer viagens em 2 ou 3 anos. Mas não sabemos se o primeiro voo vai ser ao redor da lua”.

O foguete já está sendo construído, e para pagar por estes custos altíssimos, a SpaceX tem feito entregas de material a mantimentos para a Estação Espacial Internacional (EEI) e enviado satélites para a órbita, além de contar com investimento particular. Em breve, a empresa também realizará o transporte de astronautas para a EEI. [SpaceX]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (22 votos, média: 4,82 de 5)

2 comentários

  • Jefferson Viana:

    É triste não ver a NASA nisso.

    • Cesar Grossmann:

      Mas é esse o caminho, a NASA já foi, abriu o caminho, agora é a hora da iniciativa privada mostrar que tem competência.

Deixe seu comentário!