O que é mais importante: duração ou frequência de exercícios?

Por , em 23.06.2013

Muitas pessoas que iniciam (ou pretendem iniciar) uma rotina de exercícios passam por um dilema: fazer atividades todo dia, ou escolher dias específicos para se exercitar? De acordo com estudo recente, feito por uma dupla de pesquisadores da Queen’s University (Canadá), não há por que sofrer com essa dúvida, contanto que você acumule pelo menos 150 minutos semanais de exercícios aeróbicos.

Os autores reuniram 2.324 adultos no Canadá que cumpriam essa meta e os dividiram em dois grupos (um que se exercitava cinco a sete vezes por semana, e outro que se exercitava uma a cinco vezes por semana). Em seguida, avaliaram ao longo de sete dias o nível de atividade física que eles realizavam, para depois analisar fatores de risco de diabetes, derrame e doenças cardíacas.

“Os resultados indicam que a maneira como adultos escolhem acumular seus 150 minutos semanais de atividade física não importa”, explica o pesquisador Ian Janssen. “Por exemplo, uma pessoa que não fez atividades físicas de segunda a sexta, mas esteve ativa por 150 minutos no fim-de-semana, teria os mesmos benefícios dessa atividade do que alguém que acumulou os 150 minutos ao longo da semana com atividades diárias de 20-25 minutos”.

Em suma, o importante é encontrar (e seguir) uma rotina de exercícios que possa ser adequada a seu planejamento semanal – mas sem exagero, é claro.[MedicalXpressApplied Physiology, Nutrition, and Metabolism]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

1 comentário

  • Ramon De Souza Vieira:

    Matéria nota 10. Eu não praticava exercícios físicos e era, digamos, ”cheinho”. Escolhi a caminhada e corrida como meu esporte para emagrecer e melhorar a saúde. Passei por uma reeducação alimentar, cortando aos poucos a quantidade de massas,frituras,refrigerantes e assados que comia. Implementei mais verduras e legumes na alimentação, além de comer sempre na hora certa.
    No começo eu estava praticando cerca de 45 min. de caminhada por semana, depois passei para 75 min. Nisso já havia conseguido perder 6 quilos! Atualmente minhas caminhadas duram cerca de meia hora, e olha que ando muito! É que agora passei a correr também, economizando tempo. Isso resulta em cerca de 90 a 100 min. por semana!
    Atualmente estou 15 quilos mais magro (perdidos em 6 meses) e posso lhes dizer que encontrei meu ritmo. Quando eu perceber que meu corpo aguenta fácil os meus 30 minutos de caminhada, irei aumentar mais 10 minutos e por aí vai, até os 150 min semanais recomendados! Hoje durmo melhor, tenho menos dores de cabeça e stress, tenho facilidade de percorrer grandes distâncias e estou mais alegre.

    Me desculpem o depoimento rsrs, mas o que posso dizer é que todo corpo tem seu ritmo, é preciso respeitar o limite dele e não exigir mais do que ele pode oferecer! o site é nota 10, parabéns à equipe!

Deixe seu comentário!