Encontros online: nada é o que parece

Por , em 1.06.2015

No mundo dos encontros online, nada é o que parece. Mas isso não impede que muitos se apressem em tirar conclusões erradas sobre as pessoas. Um estudo recente apresentado na Conferência Anual da Associação Internacional de Comunicação sugere que, ao avaliar fotografias de perfis de encontros online, homens e mulheres julgam fotos melhoradas e não melhoradas um pouco diferente.

Fotos melhoradas, aquelas em que uma pessoa usa maquiagem, arruma o cabelo, coloca filtros ou faz uma pós-edição foram avaliadas por ambos os sexos como sendo mais atraentes. Mas enquanto as mulheres também classificaram os homens nestas fotos como mais confiáveis do que em fotos comuns, o oposto era verdadeiro para as mulheres: os homens classificaram as com este tipo de foto como menos confiáveis.

Bom e bonito

Uma teoria postula que “o que é bonito é bom”, o que significa que as pessoas tendem a atribuir outras características positivas às pessoas atraentes. Por exemplo, temos a tendência de pensar que as pessoas atraentes também são mais felizes e mais bem sucedidas em suas carreiras. Este parece ser o caso com as avaliações de atratividade e confiabilidade feitas por mulheres, mas não por homens.

Em geral, ao avaliar potenciais parceiros românticos, homens e mulheres querem as mesmas coisas: gentileza, confiabilidade, lealdade, honestidade e companheirismo. Homens e mulheres, no entanto, divergem quando se trata de algumas outras características, tais como a aquisição de recursos (a capacidade de obter e fornecer recursos, normalmente financeiros) e atratividade física.

Diferenças biológicas

De acordo com a teoria da evolução, os homens, que têm espermatozoides fáceis e descartáveis, ​​podem, teoricamente, maximizar seu sucesso reprodutivo com múltiplas parceiras. As mulheres, por outro lado, tem que investir muito mais tempo na gestação e criação dos filhos. Como consequência da biologia, as mulheres procuram parceiros leais que podem fornecer recursos para elas e a potencial criança. Os homens, porém, valorizam a atratividade física em uma fêmea, porque boa aparência (por exemplo, a simetria facial ou a juventude) são a manifestação de genes saudáveis ​​e servem como sinais de fertilidade.

Isso, somado à ênfase no valor da atratividade física aos olhos dos homens, pode explicar por que eles colocam menos confiança nas mulheres com as fotos “trabalhadas”. A atratividade é importante, mas mascará-la nas fotos aprimoradas em última análise faz com que os homens tenham menos vontade de sair com essas mulheres. Classificações de atratividade influenciam o desejo, mas a confiabilidade também é um preditor significativo.

Motivações evolutivas são inconscientes. Apesar das normas sociais e da disponibilidade de contraceptivos, os teóricos evolucionários acreditam que impulsos instintivos de reprodução ainda governam nosso comportamento (embora outros acreditem que isso seja muito simplista).

O jogo dos encontros online

Hoje, mais casais estão se encontrando online do que nunca. Sites de namoro fornecem a alguém que procura um parceiro um conjunto de opções disponíveis. Ao completar um perfil em um site de namoro, as pessoas querem mostrar o melhor de si mesmas, mas ainda retratar com precisão seus verdadeiros “eus”. Torna-se uma batalha entre seu “eu ideal” e quem você realmente é. Como resultado, ao clicar através de perfis online, as pessoas também esperam ser enganadas em algum grau.

Considerando as pesquisas relacionadas com a avaliação de potenciais parceiros, parece que nem sempre sabemos o que queremos. As pesquisas mostram que as pessoas não são muito precisas quando se trata de atração. Depois de afirmar os traços de seus parceiros ideais, usuários envolvidos em um estudo concordaram em ir a encontros com pessoas que eram o contrário do parceiro ideal que descreveram.

Parceiro (não) ideal

Em outro estudo, os pesquisadores pediram às pessoas para descrever um parceiro ideal e, em seguida, as emparelharam ou com um parceiro ideal (correspondente à descrição fornecida) ou com uma pessoa não ideal (que não coincidia com a descrição fornecida pelo participante). Depois de ver o perfil de um parceiro não ideal, poucos se disseram interessados ​​em namorar essa pessoa. No entanto, depois de se encontrar pessoalmente, aqueles emparelhados com parceiros não ideais estavam tão interessados em sair com seus parceiros quanto aqueles emparelhados com parceiros ideais. No geral, as pessoas não sabiam que poderiam ser atraídas por essas pessoas originalmente não ideais.

Encontros online são bem sucedidos para muitas pessoas que procuram o amor. Mas, visto que muitas enganam as outras em seus perfis, a decepção pode ser recebida de forma negativa.

E depois há aqueles que veem os perfis dos outros pensando que sabem o que querem, mas na realidade são atraídos por alguém completamente diferente. Então, ao invés de julgar todos os livros pela capa, provavelmente seria melhor para quem está procurando o amor na internet agendar alguns encontros para conhecer potenciais parceiros pessoalmente. Pode ser uma boa surpresa. [Science20]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 3,00 de 5)

Deixe seu comentário!