O muro de Trump não pode segurar essas gangorras colocadas na fronteira entre os EUA e o México para que as pessoas brinquem juntas

Por , em 30.07.2019

O mundo soa separatista e solitário às vezes, mas, se oportunidades são dadas, seres humanos tendem a se unir. Pelo menos é o que parecem provar essas gangorras instaladas na fronteira entre os EUA e o México por dois professores americanos.

Os brinquedos ficam entre a cerca que divide a cidade de El Paso, no Texas, da cidade mexicana Ciudad Juárez. Eles foram montados pelo professor de arquitetura da Universidade da Califórnia em Berkeley Ronald Rael, e pela professora de design da Universidade Estadual de San José Virginia San Fratello.

Rael e Fratello tiveram a ideia de instalar essas gangorras originalmente em 2009. O conceito foi publicado em um livro, mas só se tornou realidade esta semana, sem nenhum planejamento anterior de colaboração com pessoas do lado mexicano da fronteira.

Uma vez que as gangorras estavam posicionadas, atraíram uma multidão de crianças e adultos que se divertiram muito no vaivém entre a cerca de metal.

Bonito de ver

O atual presidente dos EUA, Donald Trump, tem feito uma ampla campanha para criar um muro separando as duas nações. Recentemente, a suprema corte americana permitiu que o governante utilizasse cerca de US$ 2,5 bilhões de financiamento do Pentágono para esse fim.

Apesar de haverem muitas críticas a tal muro, Trump não é o primeiro presidente americano a defender essa ideia. George H. W. Bush, Bill Clinton e George W. Bush também autorizaram projetos para expandir a cerca fronteiriça EUA-México.

Essas decisões legais, no entanto, não refletem necessariamente a opinião da sociedade. Como as divertidas gangorras cor-de-rosa mostram, as nações podem muito bem trabalhar – e se divertir – juntas.

Rael postou vídeos e fotos do projeto na rede social Instagram, e a recepção foi calorosa. Até a publicação deste artigo, uma das filmagens tinha quase 100 mil curtidas.

“O muro tornou-se um fulcro literal para as relações EUA-México, e crianças e adultos foram conectados de maneira significativa em ambos os lados com o reconhecimento de que as ações que acontecem de um lado têm uma consequência direta no outro”, escreveu Rael em sua página no Instagram. [BoredPanda, GoodNewsNetwork]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (10 votos, média: 5,00 de 5)

Deixe seu comentário!