Roubo de US$ 1 bilhão é impedido por erro básico de ortografia

Por , em 10.03.2016

Hackers ainda desconhecidos foram impedidos de concluir roubo de quase US$1 bilhão no último mês de fevereiro. Isso aconteceu porque escreveram uma mísera palavra errada, o que chamou atenção de banco alemão para a transação.

Segundo a Reuters, os hackers conseguiram tirar US$80 milhões do sistema do Banco de Bangladesh antes que o Deutsche Bank, responsável pela transação, percebesse que alguma coisa estava errada. Isso significa que mesmo sem conseguir concluir a transação de US$870 milhões, os ladrões ainda conseguiram levar uma das maiores quantidades de dinheiro da história de roubos pela internet.

Que erro eles cometeram? Os hackers escreveram “fandation” ao invés de “foundation”.

Os hackers se fizeram passar pelo banco de Bangladesh e pediram a transferência da quantia exorbitante do Federal Reserve Bank de Nova York para “organizações não governamentais” das Filipinas e Sri Lanka, através do banco alemão. Uma dessas instituições teria a palavra “foundation” no nome.

O Deutsche Bank então questionou o banco de Bangladesh sobre o erro, e as transferências foram congeladas. Agora Bangladesh aciona a corte internacional para recuperar a soma diretamente com o Federal Reserve, alegando que eles deveriam ter mantido o dinheiro a salvo de ladrões. O Fed, porém afirma que os hackers tinham dados que apenas o governo do país teria acesso, e que não houve nenhuma falha no sistema de segurança americano. É possível que os hackers tenham agido da China.

Esses hackers estariam US$800 milhões mais ricos (e Bangladesh estaria arruinada) se tivessem usado um simples corretor de texto. [Gizmodo, Reuters]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Deixe seu comentário!