Simulador de toque virtual pode ajudar cirurgiões a encontrarem tumores

Por , em 18.08.2011

Agora, as cirurgias feitas com a técnica da laparoscopia – em que os médicos têm o auxílio de uma câmera no procedimento cirúrgico – poderão ser mais seguras e menos invasivas. Pesquisadores estão produzindo um dispositivo que combina a visualização de computador com a simulação de pressão sobre a mão do cirurgião ao tocar o tecido humano remotamente.

Isso pode permitir que um médico trate um tumor roboticamente, julgando se ele é maligno ou benigno. Especialistas em câncer acreditam que esse novo sistema vai ajudar a melhorar as formas de tratamento de doenças no futuro.

Nos procedimentos atuais de laparoscopia, o cirurgião opera através de uma pequena incisão no corpo do paciente, guiado apenas por imagens de vídeo. Essa técnica, ao contrário das cirurgias invasivas, ajuda na cura e na melhor recuperação do paciente.

No entanto, os cirurgiões não podem sentir o tecido que estão operando – algo que poderia ser útil para ajudá-los a encontrar e classificar os tumores. Não ter a resposta de textura e rigidez dos tecidos é o contraponto negativo das cirurgias laparoscópicas.

O dispositivo que combina uma simulação gerada por computador com o dispositivo sensível pode ser a solução desse problema. Esse sistema funciona através da variação de pressão na mão do médico quando a densidade dos tecidos examinados for alterada.

O novo sistema permite que o usuário sinta as forças de reação como se estivesse tocando os tecidos com as próprias mãos. Médicos esperam que o dispositivo permita que eles possam sentir caroços no tecido durante a cirurgia.

Entretanto, os pesquisadores afirmam que o dispositivo ainda está longe de se tornar prática. Ainda há uma série de desafios técnicos a superar antes que ele possa ser integrado em dispositivos cirúrgicos. [BBC]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

Deixe seu comentário!