Superburaco negro impediu a formação de trilhões de estrelas [Foto]

Por , em 10.02.2014

Imagine um grupo de galáxias tão imenso, que sua massa se compare a um quadrilhão de vezes a massa do nosso sol — um grupo tão massivo que brilha intensamente na faixa do raio-X. Imagine que este grupo esteja dentro de uma nuvem de gás tão quente que emite luz na faixa do ultravioleta. E imagine uma imensa galáxia elíptica no centro do aglomerado, contendo um buraco negro tão imenso e tão poderoso que impede a formação de um trilhão de estrelas.

O Superburaco negro existe!

Pare de imaginar. É esta imagem que você tem acima. Em púrpura, a enorme bolha de gás. As partes escuras são os buracos criados pelo buraco negro, com cerca de 100.000 anos-luz de diâmetro — o tamanho da nossa Via Láctea. Estes buracos emitem ondas de choque poderosas, que podem estar impedindo a formação de novas estrelas.

O nome do grupo de galáxias na foto é RX J1532.9+3021 (mas pode chamar de RX J1532), e está a cerca de 3,9 bilhões de anos da Terra. A imagem é uma combinação de fotos do telescópio de raio-X Chandra, mostrando o gás quente em púrpura, e uma foto feita pelo Telescópio Espacial Hubble, mostrando as galáxias em amarelo.

Agora, o mistério. O gás deveria esfriar com o tempo, e a região central, mais densa, deveria esfriar mais rapidamente e ser incorporada pela galáxia, formando novas estrelas, trilhões delas. Mas não é isto que está acontecendo.

Mesmo em outros aglomerados de galáxias, como o aglomerado Fênix, a formação de novas estrelas é intensa. O que está parando RX J1532?

Enormes disparos de rádio criaram buracos na nuvem de gás, empurrando-o para os lados. As ondas de choque causadas pela expansão das cavidades reverberam por toda a nuvem e impedem que a mesma esfrie, e forme novas estrelas.

Com tanta coisa acontecendo, os astrônomos criaram uma hipótese para explicar tudo – o buraco negro não é apenas supermassivo, é ultramassivo, ou seja, tem uma massa superior a 10 bilhões de massas solares. Um buraco negro tão imenso é capaz de produzir jatos altamente energéticos usando bem pouca matéria.

Outra hipótese é que o buraco negro nem é tão imenso assim – teria cerca de um bilhão de massas solares, mas estaria girando extremamente rápido. Mesmo assim, seria um buraco negro extremamente massivo.

E os mistérios ainda não acabaram. Há um buraco na nuvem de gás que está desalinhado com os polos do buraco negro. Por quê? Os astrônomos acham que a nuvem de gás pode ter um movimento próprio em torno do buraco negro, ou então o buraco negro a está “balançando” como um pião. [DailyMail, Chandra, (2)]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 5,00 de 5)

12 comentários

  • A.S.S.:

    Eu acredito que que os buracos negros são na verdade gravações do passado (já engolido) do universo.

    Por exemplo: Eu jogo uma carro no buraco negro e penso ”já era, impossível ter ele de volta”, mas estarei errado porque se eu coletar as informações dele no buraco negro, eu poderei reconstruir ele igualmente como antes.

  • angelo henrique:

    mais é claro que existem outros como esse

    • Thiago Corrêa:

      Se os outros “universos” funcionarem exatamente como as leis que funcionam neste “universo”, e se descartarmos aquelas idéias fantasiosas de realidades paralelas e dimensões extras que extrapolam as 3 dimensões espaciais imaginárias, então de certo modo poderíamos dizer que todos os infinitos universos fora deste, na verdade podem ser parte do mesmo universo que é infinito, o que vc acha?

  • angelo henrique:

    eu concordo com o Tiago, talvez ele seja uma porta para outro universo

    • Thiago Corrêa:

      Eu não diria porta, mas sim um estado de renovação de energia, talvez um buraco negro poderia se alimentar de tanta matéria e energia que em um certo momento poderia se colapsar em uma ultra-mega colossal explosão gerando um outro Big-Bang naquele local do colapso, talvez não seria necessariamente um outro universo com outras leis, e etc, mas o mesmo universo que talvez no geral é infinito, porém naquela região onde ocorreu este Big-Bang houve uma renovação de energia…

    • Thiago Corrêa:

      … e tudo o que estava ao seu redor poderia de certa forma não ser vísivel por uma civilização que tenha surgido nesta região do big-bang por diversos fatores como a poeira que rodeia o local da explosão, matéria escura, etc. Mas o lá fora está lá, com as suas outras estrelas, planetas, buracos negros, big-bangs, etc. Porém, só não é visível pela civilização que esta dentro do raio deste Big-bang.

    • angelo henrique:

      e pode ser que cada universo esteja em uma epoca diferente assim como nós estamos em 2014 um outro pode estar em 2015 assim como pode ter um em 2013 e uma maneira de viajar no tempo seria transitar entre os inúmeros universos existentes simplificando viagem no tempo é simples se jogue dentro de um buraco negro e reze para sair vivo;-)

  • Thiago Corrêa:

    Talvez este buraco negro seja um precursor de algum Big-Bang no futuro.

    • David Upanayana:

      kkkkkkkk!!!viajando na mayonase

    • Cesar Grossmann:

      Bom, existe uma hipótese que diz que cada buraco negro no nosso Universo é o Big Bang de outro Universo. Mas é só uma hipótese…

    • Marcelo Ribeiro:

      http://a.ciencia.vc/1f6E6Tk
      http://a.ciencia.vc/118ZuOb
      http://a.ciencia.vc/17yUFWy

    • Thiago Corrêa:

      É possível, no caso cada buraco negro poderia ser precursores de outros Big-Bangs no futuro, mas provavelmente para isso teria de acumular muitíssima massa, e ser muitíssimo denso, e teria de se fundir com outros buracos negros. Eu friso neste porque parece estar em um estado mais avançado, mas provavelmente devem existir muitos outros como esse.

Deixe seu comentário!