Trauma psicológico pode levar a síndrome do intestino irritável

Por , em 1.11.2011

Quando tudo dá errado, quando você está estressado, ansioso ou qualquer coisa do tipo, o que ataca primeiro?

Agora, um novo estudo revela o que você provavelmente poderia deduzir: o trauma emocional e psicológico pode contribuir para a síndrome do intestino irritável (SII), uma desordem que causa dor abdominal, constipação e diarreia.

Pessoas que sofreram mais traumas ao longo de suas vidas são mais propensas a ter SII. Os traumas podem variar de mortes de entes queridos ao divórcio e catástrofes como incêndio em casa ou acidente de carro.

Este é o primeiro estudo que olha para as múltiplas formas de trauma, o calendário de tais traumas e traumas em família para saber suas consequências.

“Enquanto o estresse tem sido associado a SII, o abuso na infância está presente em até 50% dos pacientes com SII, uma prevalência duas vezes maior que de pacientes sem SII”, diz Yuri Saito-Loftus.

Os pesquisadores consultaram 2.623 pessoas sobre o número e o tipo de eventos traumáticos que tinham experimentado em suas vidas. Participantes com SII tinham mais traumas do que pessoas sem o transtorno.

A causa exata da SII é desconhecida, mas os pesquisadores suspeitam que os nervos e os músculos que controlam o intestino são os culpados.

O estresse pode sobrecarregar os nervos que conectam o cérebro e o intestino, levando a problemas intestinais dolorosos. As mulheres são 1,5 vezes mais propensas que os homens a serem diagnosticadas com a condição.

Trauma psicológico durante a vida pode sensibilizar o cérebro e o intestino, tornando ambos mais vulneráveis ao estresse.

Enquanto a SII não prejudica o intestino, em última análise, o ônus da doença é significativo, com pacientes perdendo mais dias de trabalho, precisando de mais medicação e sendo hospitalizados com mais frequência do que a população em geral.

A nova pesquisa pode ajudar os pacientes a entender e gerenciar os seus sintomas. “Os pacientes e seus familiares com frequência se perguntam: ‘Por que eu?’. Isso vai ajudá-los a compreender porque eles têm SII, e por que o estresse continua a desempenhar um papel em seus sintomas”, diz Saito-Loftus.[LiveScience]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

5 comentários

  • fatima mesquita:

    é verdade sou super estressada e desenvolvi este merda da SII a dois anos minha vida se tornou uma coisa chata não posso beber não posso comer certos alimentos enfim estou vivendo com regras e limites o que me deixa ainda mais estressada, mais estive bem pior graças a deus e muita fé estou bem melhor. att
    maria de Fátima

  • Peter:

    FATO! Eu sou prova. Ano passado, passei um grave trauma psicológico na família. E 1 mês depois, desenvolvi isso.

  • AC:

    Tenho SII e estou provavelmente nos 50% que não passaram por um trauma causador. Mas gostaria de aproveitar o espaço para manifestar minha insatisfação com os fabricantes de remédio e com o governo que ainda não estão vendendo o Xifaxan no Brasil e que proibiram (ANVISA) a venda do Kaomagma, excelente auxiliar no tratamento. Para os que tem SII saibam que uma possibilidade de melhora é com o uso do cloridrato de amitriptilina.

  • EuláliaReis:

    Eu tenho isso … a muitos e muitos anos …. mas agora quando começo a ficar nervosa … tomo meio calmante de 5mg. receitado pelo médico… que tudo passa … Só é bom pois fico sempre magrinha e sem barriga … Das coisas ruins, sempre tem alguma boa … Fala sério!

  • ALX:

    Concordo que o estresse e principalmente a ANSIEDADE provoca isso por talves alguma defesa do organismo que entende alguma situação de perigo no meu ver… Mais nas outras questões citadas acima não concordo!

Deixe seu comentário!