Você já ouviu este zumbido misterioso inexplicável?

Por , em 19.04.2016

Este é o mapa do zumbido:

Para cada pequeno ponto vermelho no mapa, alguém relatou ouvir um zumbido de baixa frequência cuja origem eles têm sido absolutamente incapazes de identificar.

Este não é um fenômeno novo. Quando o tabloide Sunday Mirror, do Reino Unido, publicou um artigo sobre isso chamado “Você já ouviu o ‘hum’?”, em 1977, 800 pessoas entraram em contato com o jornal para dizer que sim, eles tinham ouvido o zumbido. Há relatos de que ele tenha sido ouvido em 1828, quando os viajantes que iam para os Montes Pirineus ouviam um “maçante, baixo, eólico gemido” que não podiam identificar. E recentemente, no início de abril de 2016, moradores de Plymouth, perto da costa sul da Inglaterra, estavam experimentando o retorno de um hum inexplicável que eles ouviram pela primeira vez um ano antes.

Algumas pessoas descrevem o som como um “hum”, e algumas como um estrondo. Seja o que for, para algumas pessoas, como a enfermeira aposentada Sue Taylor de Roslin, na Escócia, é um problema real. De acordo com Colin Dickey, do jornal New Republic, Taylor disse que o zumbido incessante faz com que ela sinta tonturas e náuseas, e que ela se sente como se sua cabeça estivesse prestes a explodir. Seu caso não é incomum.

Há uma gravação do zumbido no YouTube capturada em Taos, Novo México, nos EUA:

Teorias

Alguns teóricos têm sugerido em uma página do Facebook dedicada a sofredores do zumbido que, de alguma forma, ele é parte de uma conspiração, possivelmente sendo transmitido a partir de satélites como uma forma de tortura remota ou talvez de controle da mente. Eles suspeitam que uma mulher que atravessou um posto de controle da Casa Branca, antes de ser morta pela polícia, estava sob influência do zumbido.

E então apareceu Aaron Alexis, que matou 12 pessoas em um estaleiro da Marinha americana em 2013. Posteriormente, investigadores encontraram esta nota no computador dele:

“Ataque de ultra baixa frequência é o que eu tenho sido sujeito nos últimos três meses. E para ser honesto, foi o que me levou a isso”.

Ao longo dos anos, as autoridades deram início a uma série de investigações sérias e semi-sérias a respeito do som. Elas foram nada conclusivas, e os médicos descartaram o fenômeno, dizendo que os pacientes estavam no máximo simplesmente sofrendo de Tinnitus, uma condição na qual as pessoas afetadas ouvem um som que não vem do ambiente externo, mas de lesões na cabeça, estresse e outras fontes.

Uma explicação?

O homem por trás do Mapa do Zumbido é o Dr. Glen MacPherson, ex-professor da Universidade de British Columbia. Seu mapa é um esforço em conjunto para começar a descobrir, de alguma forma científica, o que na Terra – ou acima dela? – causa este barulho. McPherson suspeita que o zumbido pode ser um produto de transmissões de rádio com frequências ultrabaixas.

Agora Fabrice Ardhuin, pesquisador sênior do Centre National de la Recherche Scientifique, na França, anunciou na revista Geophysical Research Letters que ele descobriu o que produz o zumbido: a pressão das ondas no fundo do mar estão fazendo com que a Terra oscile e produza sons de baixa frequência de 13 a 300 segundos. Estas ondas microsísmicas podem ser captadas por instrumentos sísmicos e pelo pequeno número de pessoas sensíveis a essas baixas frequências.

Será que esta é realmente a resposta? Vibrações subterrâneas que duram apenas cinco minutos no máximo podem explicar o constante e enlouquecedor zumbido? Ainda não se sabe com certeza, mas vamos ficar de ouvidos atentos. [Big Think]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)

3 comentários

  • Bruno Soares:

    Eu ouço esse barulho e se eu não me segurar em algo eu caio no chão, além de bagunçar a vista.

  • Marcos Luis:

    Vou fazer uma pergunta de idiota : Seria o bluebeam em ação … ?

    • Cesar Grossmann:

      Não. Procure no e-farsas a verdade sobre o Projeto Blue Beam.

Deixe seu comentário!