Comer frutas e legumes pode não ter um efeito protetor contra o câncer

Publicado em 8.12.2010

Muitos estudos e declarações oficiais indicam que comer pelo menos cinco porções de frutas e legumes por dia melhora a saúde e pode diminuir substancialmente o risco de câncer.

Agora, uma revisão de uma década de pesquisas sobre as ligações entre frutas e produtos hortícolas e o desenvolvimento do câncer conclui que as evidências ainda não são convincentes.

Segundo os pesquisadores, embora existam incontestáveis benefícios de comer frutas e verduras, há poucas evidências sólidas de que elas protegem contra o câncer.

Os pesquisadores afirmam que o risco do câncer não se reflete no que as pessoas comem, e sim está muito mais relacionado ao quanto as pessoas comem e bebem. Os resultados do novo estudo apontam que os únicos fatores relacionados com a dieta que definitivamente afetam o risco de câncer são a obesidade e o álcool.

A única evidência incontestável encontrada nas pesquisas revisadas é que o câncer está fortemente ligado ao excesso de peso ou obesidade, e a beber mais álcool do que o limite diário recomendado.

Também, o tabaco é ainda a maior causa de câncer. Embora o tabagismo aumente o risco de câncer em até 50 vezes, mesmo grandes consumos de frutas e verduras só reduzem o risco de câncer em um máximo de 10%. Depois do tabagismo, estar acima do peso e a ingestão de álcool são dois dos maiores provocadores de câncer.

As pessoas obesas produzem altos níveis de certos hormônios em comparação com pessoas de um peso saudável, e isso pode contribuir para um aumento do risco de câncer de mama.

Ter excesso de peso também pode aumentar o risco de outros cânceres comuns, como do intestino, e outras formas da doença difíceis de tratar, como o câncer de pâncreas, esôfago e rins.

Já o álcool, quando é quebrado pelo organismo produz uma substância química que pode danificar as células aumentando o risco de câncer de boca, garganta, mama, intestino e fígado.

Ou seja, enquanto parar de fumar continua a ser a melhor maneira de reduzir as chances de desenvolver câncer, a importância de manter um peso saudável e reduzir a quantidade de álcool não deve ser menosprezada.

Segundo os pesquisadores, para cada duas porções extra de frutas e vegetais consumidas, o risco de câncer cai apenas 3%.

Por outro lado, é muito mais eficaz manter a ingestão de álcool até um máximo de uma pequena dose por dia para as mulheres, e duas doses pequenas por dia para os homens, e manter o peso dentro dos limites saudáveis, coisas que podem ter um impacto enorme. [Telegraph]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

8 Comentários

  1. quem gosta de ciência da alimentação tem educação alimentar a sua disposição como tem o leigo a sua. por boa alimentação se pratica bons abitos diários. Nem todos os seres deste planeta se atualizam mas todos tem conhecimento de causa, e as vezes se faz uns ajustes na própria maneira de encarar as nescessídades pessoais para uma postura apropriada.

    Thumb up 0
  2. AINDA ONTEM FLAGRARAM NUMA FAZENDA DE RIO VERDE/GO, UM “PRODUTOR” MISTURANDO LEITE COM SODA CÁUSTICA (PERÓXIDO DE …). E AÍ, CADÊ A VIGILÂNCIA SANITÁRIA??????????????

    Thumb up 3
  3. O problema desse tipo de pesquisa é que não temos como saber se frutas têm efeito protetor se a dieta humana não é realizada estritamente com frutas. O fato é que por mais que as pessoas comam frutas, elas também consomem refrigerantes, sanduíches e demais delícias de fast-food e como é que uma porção de fruta pode competir com essas doses cavalares de gorduras e açucares? Sem contar a ingestão eventual de agrotóxicos. Também se deve considerar diversos fatores são necessários para que um câncer se desenvolva, como por exemplo, genéticos e ambientais.

    Thumb up 13
  4. O que esses cientistas não consideram é o alto nível de agrotóxicos utilizados nas plantações. Esse sim é o verdadeiro causador de câncer nas pessoas, muito mais que o excesso de peso que eles comentam na matéria.

    A ignorância de muitos produtores faz com que utilizem quantidade exagerada de agrotóxicos, pensando em maior lucro. Alguns chegam a contrabandear do Uruguai agrotóxicos proibidos no Brasil.
    Como a gente não consegue ver esses venenos no produto final, vamos sendo intoxicados há anos pela ganância e ignorância de produtores.

    Thumb up 15
  5. ERRATA:
    ONDE LÊ-SE “EIILISMO”,
    LEIA-SE “ETILISMO”.
    Leônidas Loureiro
    Belém-PA

    Thumb up 3
  6. IMPORTANTE: A OBESIDADE, O EIILISMO (ALCOOL) E O TABAGISMO (CIGARRO), SÓ DEPENDE DA VONTADE DO USUÁRIO PARA SE LIVRAR DESSES MALES, OU SEJA, NINGUEM OU NADA OBRIGA ALGUEM A ESTAR InCLUIDO NESSES GRUPOS DE RISCO. BASTA FORÇA DE VONTADE. NOTE-SE QUE ESSAS TRES SITUAÇÕES CITADAS, SÃO PERIGOSAS NÃO SÓ PELO PONTENCIAL CANCERÍGENO, MAS TAMBÉM PARA OUTRAS DOENÇAS.

    Leônidas Loureiro
    Belém-PA

    Thumb up 5
  7. Ainda vão descobrir que frutas e legumes fazem mal a saúde e que a cura pro cancer se encontrra num elemento da batata frita do Mc Donald´s

    Thumb up 9

Envie um comentário

Leia o post anterior:
obesidade inf
Filhos únicos têm mais chances de ficarem obesos

Segundo um novo estu...

Fechar