Como nossos músculos aumentam?

Publicado em 5.01.2012

Como qualquer fisiculturista pode comprovar, os músculos crescem quando fazemos mais exercícios e musculação. Agora, uma nova pesquisa explica como as células musculares transformam os exercícios de levantamento de peso e outras atividades físicas em mais massa muscular.

O segredo está na química produzida pelas células musculares durante atividades como levantamento de peso, quando sinais de células-tronco musculares se multiplicam e assumem a carga.

Uma substância, chamada de fator de resposta ao soro sanguíneo (SRF, na sigla em inglês), aciona as células-tronco musculares para que se proliferem e se transformem em fibras musculares. Mais fibras musculares significam maiores músculos e mais força.

As descobertas podem levar a novas formas de combater a atrofia muscular associada à idade e doenças, de acordo com cientistas franceses. Esse sinal de fibra muscular controla o comportamento das células-tronco e o crescimento muscular.

Usando ratos que foram geneticamente modificados, com falta de SRF nos músculos, pesquisadores descobriram que sem a substância, o sobrecarregamento dos músculos não impulsiona o crescimento deles. [LiveScience]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Stephanie D’Ornelas

É estudante de jornalismo, adora um café e um bom livro. Curte ciência, arte, culturas e escrever, mesmo que sejam poesias para guardar na gaveta.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

20 Comentários

  1. Bem, acho que tanto a teoria de que são as micro lesões quanto as células-tronco, são viáveis. Talvez seja na realidade o conjunto dos dois fatores que impulsionan sim, a hipertrofia muscular. afinal, realmente, apenas uma microlesão, sem um fator ralmente plausívelde regeneração celular como as células-tronco, talvez não resultasse em nada de bom. Pode ser que as células tronco entrem em ação justamente para reparar e reforçar as células musculares lesionadas pelo escesso de esforço a que condicionamos nossos músculos ao fazer exercícios de hipertrofia muscular. Sendo assim, elas não só reparariam, como reforçariam a estrutura muscular, aumentando seu volume, para que este possa suportar erguer novamente a mesma carga, de forma a não ocorrerem novas lesões. Por isso, quando nos acostumamos com um peso específico,, nós nem sequer o sentimos, e o músculo não se desenvolve mais, a não ser que seja novamente estimulado e lesionado por uma carga que ofereça maior tensão sobre eles, provocando novas lesões. Claro, que isso é uma teoria de minha parte, mas convenhamos que faz todo o sentido.

  2. Foi falado em aumento do número de fibras musculares (hiperplasia)…mas até onde eu sei sobre fisiologia do exercício, a musculatura “treinada” aumenta o volume de suas células (hipertorfia)e estruturas adjacentes e não o seu número, já que o número de fibras seria de caráter genético e imutável. Alguém discorda?

    • Na verdade a hiperplasia é uma cisão da fibra muscular ja existem, resultando em duas.

      A pratica de exercícios regulares causa a hipertrofia, como você disse, mas vários estudam apontam que existe sim a ocorrência de hiperplasia em seres humanos, o que seria uma das melhores explicação para o tamanho da força e explosão de atletas de levantamento de peso, natação e etc.

      Portanto, quaitdade de fibras musculares não é fixa, pode sim ser aumentada, mediante exercício físico constante e em nível muito alto.

    • Bacana Guilherme, obrigado pelos esclarecimentos!!

    • De fato não é multiplicação de células musculares. Isso me parece uma um erro grosseiro do texto. Quando o texto ou os comentaristas afirmam que há multiplicação de fibras não deixam claro se é deposição de proteína aumentando as fibras ou se é multiplicação de células musculares. Isso é conceitualmente fundamental e deveria ficar claro.
      O que o texto tenta explicar é que o estímulo do exercício causa uma microlesão em células musculares que respondem aumentando a deposição de proteína muscular. Existem proteínas mediadoras deste processo e isto é o que o artigo procurou mostrar.

    • Justamente, hiperplasia. É um processo que até pode ocorrer em humanos, mas é muito mais radical e difícil d que a simples hipertrofia.

  3. poderia estar mais explicado, ja que celulas musculares nao se dividem. Nao botei muita fé no texto.

  4. bombas??

    porque qe sempre que se fala em crescimento muscular , veem sempre as bombas a converssa??

    será qe as pessoas nao intendem qe nao é as bombas qe fazem o musculo crescer? experimentem tomar “bombas e ficar no sofa o dia todo sem treinar e voçe vai ver o seu crescimento muscular…

    bomba é a desculpa para aqeles qe qerem crescer mas vao para o ginasio passear e ver as mulheres treinar…veem um gajo grande diz logo oh é bomba…por amor de deus deixem as bombas de lado…

    • EU sou fisiculturista e odeio sempre que dizem isso !
      Concordo plenamente com o senhor, eu por exemplo sou natural e nunca usei qualquer tipo de produto que tivesse substancias ilegais.

      Fica este desabafo.

    • voce é fisiculturista e nao usa anabolizantes ? so rindo kkkkkkkkkk

  5. Sempre achei que o crescimento muscular ocorria devido produção de ácido lático no musculo que recebe a pressao do exercicio. Faço academia, não tomo nada de drogas muito pesadas, apenas suplemento alimentar hipercalorico e mesmo assim me preoucupo em futuramente sofrer de problemas renais, já que o excesso de proteínas causam isso.

    • Relaxa cara… pra chegar num nível de “excesso de proteina” você teria que estar suplementando muito.

    • Olá! Já ouvi dizer que o ácido lático serve para proteger o músculo contra o uso excessivo, provocando dor e limitando o movimento.
      Abraço!

    • Notícia velha. Pelo menos 10 anos. Fisiculturistas ainda usam as mesmas drogas como eles usaram há 10 anos. Especialmente aqui
      em Brasil. Mudou quase nada.

    • O objtivo da pesquisa é esse aí… ou vc acha q é mesmo pra tratar atrofia muscular nos velhos????….

      Capitalismo é foda mermão……

    • Que bom!

      Assim os fisiculturistas terão acesso a uma melhor performance sem precisar recorrer a hormônios esteróides. Afinal, seria este um tratamento natural para o ganho de massa muscular. Coisa que TODAS, eu disse TODAS, as pessoas deveriam começar a se procupar desde cedo.

      obs: Quando você diz “bomba” se refere a hormônios esteróides, coisa que não se encaixa neste contexto.

    • Mas isto está mais que evidente. Quando é assim, algum laboratório está por detrás das pesquisas. Esse povo não dá nó em ponta de faca.

    • No, vc misturou tudo, é, nao da soco em ponta de faca, e é dar no em pingo dagua. kkkkkkk

Envie um comentário