Google: a empresa de carro autônomo da companhia finalmente chegou e chama-se Waymo

Depois de oito anos e mais de três milhões de quilômetros, o Google finalmente criou uma companhia para impulsionar seu carro autônomo, chamada Waymo. Isso significa que é hora de levar a tecnologia para o mercado.

O lançamento da Waymo é importante para o Google. No passado, a empresa dominou o desenvolvimento dos carros sem motorista, insistindo que eram possíveis anos antes da maioria das outras companhias os levarem a sério.

Porém, ultimamente, essa hegemonia desapareceu. Uber, Tesla, Baidu, Ford e General Motors anunciaram seus próprios planos de trazer carros autônomos para o mercado, com datas de lançamento que vão desde o próximo ano até 2021.

Dificuldades

As empresas Uber e nuTonomy deram as boas-vindas ao público com carros autônomos em Pittsburgh e em Singapore, respectivamente. Com isso, a Google parecia ficar para trás.

Lançar Waymo coloca a empresa de volta na corrida, mas o salto da fase experimental para a comercialização apresenta muitas dificuldades. O CEO John Krafcik precisa provar que seu sistema funciona em todas as situações e fazer o público e o governo aceitarem essa prova.

A mais nova companhia do guarda-chuva Alphabet deve mapear cada centímetro de cada rua pela qual planeja viajar, colocar esses dados em seus carros e descobrir como manter esses mapas atualizados. Ao mesmo tempo, tem que diminuir os custos, especialmente no setor de hardware.

Talvez a parte mais difícil será a fabricação dos carros em escala, algo com o qual poucas empresas do planeta podem lidar. Em maio, a Google fez parceria com a Fiat. Esse negócio poderia florescer em algo mais substancial, ou outro mestre de fabricação poderia entrar no jogo.

Espera

Mesmo se a Waymo vencer todos esses obstáculos, ainda vai precisar enfrentar a epopeia dos regulamentos de trânsito, a maioria dos quais nem sequer existem ainda.

Em seguida, tem de construir a infraestrutura técnica para uma frota compartilhada, incluindo como expedir e encaminhar seus carros. Nesse ponto, o Uber tem uma enorme vantagem: passou cinco anos e dois bilhões de passeios aprimorando seu sistema.

Uber: o primeiro carro que pilota sozinho começa a operar este mês

Considerando essa litania de desafios, Waymo está, na melhor das hipóteses, a meio caminho para sua estreia no mercado. Pode levar anos até que tudo esteja resolvido. [Wired]

Por: Natasha RomanzotiEm: 15.12.2016 | Em Principal, Tecnologia  | Tags: , ,  
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)
Curta no Facebook:

Uma resposta para “Google: a empresa de carro autônomo da companhia finalmente chegou e chama-se Waymo”

Deixe uma resposta