Medo de usar o telefone?

Publicado em 15.03.2011

O telefone anda perdendo um grande espaço nos dias de hoje. As principais formas de comunicação se tornam as mensagens de texto, as mensagens instantâneas, ou redes sociais como o Facebook.

Não só os adolescentes, mas um número crescente de adultos estão se aproveitando das novas tecnologias. Por que? Simplesmente por que elas são mais controláveis.

Você pode desligar o telefone na cara de alguém? Não seria tão fácil quanto responder uma mensagem dizendo: “Estou ocupada, tenho que ir, tchau”.

Segundo especialistas, os jovens tornaram-se preocupados com coisas como como terminar uma conversa, ou como ajudar um amigo que está passando por momento muito difícil. No passado, as pessoas lidavam com tais ansiedades. Agora, textos e mensagens são uma alternativa de contornar essas ansiedades.

Uma década ou mais atrás, o e-mail era uma maneira comum de evitar um telefonema. Apesar de ainda muito utilizado, as mensagens de texto aumentaram desde o final de 2001. Nesse período surgiram os prestadores de serviços sem fio que ligaram as redes de mensagens de texto, permitindo que os assinantes em diferentes redes trocassem mensagens.

Uma das principais razões pelas quais as pessoas se “afastam” da voz é o modo como o texto fornece sentimentos de controle e, essencialmente, um lugar para se esconder. O telefone não apenas leva mais tempo, como também necessita de energia e emoção, coisas que muitos evitam atualmente.

Com a inundação de redes sociais, como Facebook, Skype, Twitter, Orkut, as pessoas dependem cada vez mais dessas formas de comunicação, e perdem parte delas mesmas que ficam “camufladas” atrás do que elas querem parecer ser.

Os especialistas acreditam que as pessoas estão tão ocupadas com multitarefas que estão perdendo habilidades interpessoais de comunicação por telefone e até mesmo de comunicação cara-a-cara.

Então, aqui vão algumas dicas de etiqueta, ou recomendações, sobre como lidar com chamadas de telefone. Aproveite e faça uma ligação hoje:

  • - Mantenha o mesmo tom, e fale claramente. Quando conversamos, muitas vezes resmungamos, gritamos, sussurramos, ou falamos com comida na boca.
  • - Não fale enquanto se distrai com tecnologia ao seu redor. Vá para uma sala onde não haja mensagens piscando, telas acesas e outras interrupções. Sente-se confortavelmente.
  • - Como ouvinte, seu trabalho é “realmente ouvir”. Parece simples, mas as pessoas fazem outras coisas quando deveriam estar ouvindo, escutam sem prestar atenção ao que a pessoa diz, ou respondem a pergunta da pessoa com um tema completamente diferente.
  • - Encontre a distância correta da sua boca para segurar o telefone, para que sua voz não soe como parte do ambiente de fundo, ou como um manifestante falando no megafone.
  • - Exercite sua paciência no telefone, e deixe que as outras pessoas terminem suas sentenças.
  • - Confirme que você está ouvindo a outra pessoa com sons como “ah-ha”, “sim”, etc.
  • - Sua postura quando você fala no telefone afeta fortemente o som da sua voz do outro lado, bem como a energia que vem através do telefone. Sente-se ereto e sorrindo, pois isso pode realmente tornar o tom da sua voz mais agradável.
  • - Não use telefonemas como desculpas para não fazer outras coisas que deveria estar fazendo.
  • - É possível estabelecer limites em um telefonema tanto quanto em mensagens. Você pode deixar a outra pessoa saber o quanto você gostaria de ouvir a sua voz, mas que você não tem muito tempo para conversar no momento. Ou seja, reafirmar o quanto é precioso aquele telefonema pode tornar mais fácil o fato de que você pode ter que desligar.
  • - Você pode não gostar de falar ao telefone, mas manter contato telefônico com os amigos próximos é importante. Eles têm coisas a dizer que não são ditas por e-mail ou texto.

Esse último caso é especialmente preocupante aos especialistas. Eles dizem que é necessário, com certas pessoas e em certos momentos da vida, que as pessoas usem o telefone. Avisar seus parentes de que uma criança vem aí, ou de que você está noivo, por e-mail, cria uma barreira na intimidade.

O telefone é normalmente usado para notícias muito boas ou muito ruins. Por que? As pessoas querem e precisam se consolar. Elas querem e precisam comemorar com os outros. Lembre-se que estes momentos, bons e maus, compõem uma vida; e o telefone ajuda a compô-la. [DigitalLife]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 25 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

2 Comentários

  1. Bons tempos quando nos comunicávamos através da fumaça. Depois vieram os tambores. Hoje, essa parafernália que nem todo mundo entende. Tranquilizemo-nos, tudo vai melhorar e um dia poderemos nos comunicar pelo amor.

    Thumb up 0
  2. Skype = rede social? onde isso mesmo ? =p
    mas realmente é mais facil/pratico mandar uma mensagem ou twitt do que falar no telefone ou SKYPE. creio que seja mais por medo da resposta ou reação do que por qualquer outro motivo que as pessoas mudaram a maneira de se comunicar.

    Thumb up 1

Envie um comentário

Leia o post anterior:
sunspots
Onde estarão as manchas solares?

Manchas solares são ...

Fechar