O que você tem que saber para negar a ciência

Publicado em 26.04.2012

A ciência tem enfrentado obstáculos por séculos, de Galileu a Mendel. Mas parece que a tendência de negar a ciência está voltando com força total recentemente. Pessoas colocam em dúvida abertamente teorias científicas que já estão estabelecidas e tem diversas evidências – como a teoria da evolução, os efeitos humanos sobre as alterações climáticas, a importância das vacinas e outras ideias que tem alcançado um consenso esmagador na comunidade científica.

Pesquisadores e escritores científicos se reuniram na Universidade de Wisconsin em uma reunião intitulada “Escrita sobre ciência na Idade da Negação”. Eles observaram que a negação aparentemente espontânea da ciência pela população é muitas vezes um ataque cuidadosamente coreografado.

Sean B. Carroll, um biólogo evolucionista da Universidade do Wisconsin-Madison, traçou semelhanças entre um movimento de vacina anti-pólio por quiropráticos na década de 1950 e as tentativas posteriores de outros negarem a evolução. De acordo com ele, houve várias semelhanças entre os movimentos. Os negadores começaram a duvidar da ciência, apesar das evidências. Depois, começaram a questionar os motivos dos pesquisadores e citaram “autoridades” para dar a impressão de uma discordância entre os cientistas. Os céticos apelaram até para a liberdade pessoal – como o direito de não se vacinar.

• Você deve vacinar seus filhos?

De acordo com Carroll, para aceitar a ciência, as pessoas começaram a achar que precisariam repudiar algumas filosofias individuais ou de grupo. No caso da vacina da poliomielite, isto exigiria a aceitação do fato de que um vírus causa a doença – sendo que a quiropraxia rejeitava isso. É o mesmo caso da evolução, rejeitada pelos ensinamentos bíblicos.

A historiadora Naomi Oreskes da Universidade da Califórnia fez estudos semelhantes em relação às mudanças climáticas. Pouco tempo depois de surgirem evidências de que o aquecimento global é, em parte, causado por humanos, nas décadas de 1980 e 1990, logo surgiram grupos negando a hipótese. “Isso surgiu como uma campanha politicamente motivada dizendo que a ciência estava instável e que, portanto, era prematuro agir para limitar as emissões de dióxido de carbono na atmosfera”, disse ela. Esta estratégia funcionou, em parte, porque as dúvidas iniciais, uma vez semeadas, podem ser difíceis de superar.

Parte da estratégia para colocar a ciência em dúvida é exigir “equilíbrio” da parte dos jornalistas, mesmo quando a comunidade científica já está em acordo sobre um tema. Pesquisadores afirmam que mais de 97% dos cientistas climáticos concordam que as alterações climáticas tem uma mãozinha humana. Mesmo assim, pessoas que escrevem sobre ciência correm risco de criar um falso equilíbrio nos textos. Dizer que alguém “acredita” na mudança climática ou na evolução acaba por menosprezar as ideias, por exemplo. É como se a ciência fosse um sistema de crenças, em que as evidências podem ser descartadas. [ScienceNews]

Autor: Stephanie D’Ornelas

É estudante de jornalismo, adora um café e um bom livro. Curte ciência, arte, culturas e escrever, mesmo que sejam poesias para guardar na gaveta.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

39 Comentários

  1. Geralmente não entro no assunto religião vs ciencia, pois por si só é uma idiotice. A religião ensina ter medo, medo do novo, medo de experimentar, e prega que devamos viver como gado alienado das descobertas da nossa época…em contrapartida, algumas pessoas relacionadas a ciência, simplesmente experimentam coisas dessa vida, as quais desprezam completamente o caráter divino que há nelas, sem nenhum olhar filosofico, simplesmente experimenta, experimenta para poder des-significar, isto é, chegar a conclusão maravilhosa de que a terra é feita disso ou aquilo, o universo funciona assim assado, o corpo humano é constituido disso e daquilo e provavelmente criou-se, provavelmente, de determinada forma A ou B……. entende o que estou dizendo, imagina os computadores ganhando inteligencia artificial e começando a se perguntar como foram criados……surgiriam teses e teses, mas não encontrariam a resposta óbvia, que existe um criador fora do mundo que suas atividades sensoriais possam perceber….eles jamais se dariam conta disso, uma vez que se guiariam sempre por lógica e respostas óbvias, pois é da natureza deles…..quando vc faz uma leitura do novo testamento, vc vê ali o desafio de acreditar no impossivel, de imaginar o que não se pode experimentar através da ciência, de dar algum crédito para algo que não está no nosso alcance perceptivo, de enxergar que nem só de razões e observações é feita nossa existência… de vdd, não entendo porque de muita gente ignorar e dar descredito o tempo todo para a biblia, não entendo….talvez essas pessoas não consigam enxergar que nelas proprias existem todas as evidencias do que estou falando…ou continuarão vivendo até o final de suas vidas acreditando que o amor que sentem pelos filhos/pais/companheiros, são apenas respostas químicas geradas no cerebro…de fato são, ora, tem que ter alguma via física para acontecer…. mas não é só isso, não sentimos essas coisas por uma consequência química, a química é que é a consequência do que sentimos….a Bíblia diz, e considere quem quiser “Renovai-vos pela transformação de vossa mente” Efésio 4:23….isso não me parece que a Bíblia pregue contra a evolução…..

    Thumb up 3
    • Quanto ao evolucionismo, muito embora eu o perceba com certo crédito, mesmo que com baixa margem de acerto, eu tenho uma pergunta: Qual a possibilidade de jogarmos um pen drive na terra e em alguns milhões de anos ele se tornar um complexo Macintosh, com câmeras, HD, placas, sistemas de áudio e voz, cabos, fonte de energia, e realizar calculos complexos???

      Thumb up 5
    • A luz existe para os olhos ou os olhos para a luz? Isto é, considerando o evolucionismo, os olhos surgiram no ser pela necessidade de enxergar…voltando na tese dos computadores, se o pen drive começasse a evoluir para um computador, de onde surgiria a necessidade de haver cameras e video nesse computador? O que eu gosto de pensar, é que, nosso corpo, os mecanismos naturais que nos rodeiam e o proprio planeta, foi pensado e planejado….não precisa ser muito inteligente para perceber isso, basta olhar para a natureza, olhar para si mesmo, vc entenderá que é parte de um planejamento estrutural muito grande, olhe agora para os seus movimentos dos braços, movimente devagar e analise como está se dando esse movimento, a cadeia de processos complexos movimentando seus braços…acredite…vc não é uma obra do acaso….como eu disse, uma grande parte da ciência se dedica a tirar os significado das coisas, tornando-as como coisas sem magia, mas não adianta, existe essa magia envolvida, não há como repensar isso…

      Thumb up 3
  2. É interessante ler coisas como “A Bíblia é contra a evolução”. Voce já deve ter lido muito ela, por sinal….
    Não é porque algumas pessoas que interpretam como querem usam nomes religiosos, e fazem disso uma prisão, que a bíblia tem algo contra a evolução. A Bíblia, é simplesmente o livro mais fantástico se feita a leitura correta, insto é, para quem consegue ler as entrelinhas, e somente nos dias de hoje, pessoas evoluídas, com conhecimento em física quântica, filosofia, entre outras áreas da ciência, consegue fazer esse tipo de leitura e ver que os simples, que não possuem esse conhecimento, creram sem ciência, em algo que é extraordinário, que com certeza transcende qualquer entendimento. Infelimente a caretice religiosa faz parecer que a Bíblia é algo retardado de gente fanática. Meu palpite: leia vc mesmo, mas se pergunte o tempo todo se entendeu o que leu…..faça suas comparações, levando em conta tudo que tem visto por esta época, daí verás muitas coisas que antes pareciam ocultas ou distorcidas….é como se fosse um livro com códigos secretos que somente nos dias de hoje é possível compreender……………veja que interessante: http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-InspiracApologetCriacionis/PreConhecCientifBiblia-TGroppi.htm, busque também algumas interpretações cientificas sobre as visóes de Ezequiel…..vc vai começar a olhar com outros olhos, não cai nessa de religião x ciência, não caia mesmo, é o homem que inventa isso….de fato elas se inter-relacionam…basta observar….

    Thumb up 3
  3. O que acontece e que o evolucionismo e o darwinismo nao explicam de forma satisfatoria a complexidade dos seres vivos.
    A biologia molecular e a biologia celular revela mecanismos cujas origem os darwinista nem se atrevem a tentar explicar.
    Na minha opinião o Design Inteligente é atualmente uma das possíveis explicações para a origem da vida que compete passo-a-passo com a com a Teoria da Evolução.
    A partir de hoje quando alguém afirmar para você que a teoria da evolução explica tudo, pode ser que não seja deste modo e depois de uma análise mais profunda dos fatos, Design Inteligente explique melhor como tudo começou.

    Thumb up 15
    • O design inteligente perde em todos os pontos para a evolução, ele ficaria atrelado no criacionismo estático que rema desesperadamente contra a maré das evidências. Por exemplo, se fosse inteligente, não teríamos a seleção natural dos mais aptos, não teríamos as deformidades mutacionais e nem sombra das mudanças confirmadas da biodiversidade ao longo das eras.

      Thumb up 45
    • Porque será que sempre que o site HypeCience divulga essas matérias falando sobre o dilema Ciência ou Religião, sempre quem responde primeiro é um fanático religioso?

      EU sou uma pessoa que acreditava em Deus e não acredito mais.

      Eu nasci numa família 100% de crentes, era obrigado a ir à igreja, ler a bíblia, rezar etc. Frequentava igrejas diferentes, cada familiar queria me levar para a sua, e tirar das demais. Sem contar a maledicência, típica de todo bom religioso. Todas se criticavam mutuamente, e isso foi abrindo os meus olhos para a seguinte lógica: Como podem todas estarem certas e as demais estarem erradas simultaneamente?

      Graças a uma grande evolução da sociedade chamada ESCOLA, comecei a clarear minha visão reduzida do mundo. Descobri que a Terra não é quadrada. Brincadeira! Na verdade o que eu descobri foi que existem inúmeras religiões neste planeta, e que todas tem sua própria versão da divindade, inclusive vários deuses, nas religiões Politeístas. Sem contar com todas as religiões extintas ao longo da História, que tiveram sua própria e exótica versão da criação do mundo, segundo sua região.

      Obviamente que para um religioso isso parece absurdo, pois eles não estudam! O único livro que são permitidos ler, geralmente é o da sua própria crença. Este livro pode receber diversos nomes (Bíblia, Corão, Torá) e cada um deles pode ter inúmeras traduções. A “Bíblia Sagrada” que me faziam ler, era tradução da tradução, algumas foram adaptadas e atualizadas, algumas ampliadas (Ex. livro de Mormon), apesar de o texto em si tentar afirmar que não deve ser modificado.

      Este processo de extinção é normal e faz parte da evolução humana. Ex: hoje sabemos que bruxas não existem, mas houve uma época em que a Igreja torturou e matou milhões de mulheres com tal acusação (inquisição). Ou na Guerra Santa, onde todas as crianças de Jerusalém foram mortas em nome de Deus. E não me refiro apenas à Igreja do Papa.

      Tudo que a Ciência descobre nos deixa mais perto da realidade como ela é, também nos tira da ignorância, como a piada que fiz acima, sobre saber que a Terra não é quadrada, como pregava a religião. O problema é que para os religiosos, a Ciência é como uma super-religião contra a qual todas lutam, sem sequer saber o que ela realmente é.

      O cientista não é um adepto de um credo, mas antes um estudioso de incontáveis livros, diferente dos crentes, que lêem apenas 1 livro na vida. O cientista passa a vida inteira estudando na esperança de descobrir algo novo, e assim deixar sua contribuição para o futuro. Tal evolução ocorre através de muitos séculos, divididas em áreas de conhecimento.

      Hoje eu sei, apesar de não ser um cientista, que a Ciência não prega, não quer fazer ninguém acreditar em absolutamente nada. Ela apenas mostra as coisas como elas realmente são, e cada um acredita se quiser. Ela não depende de fé para existir. Ela afirma, se contradiz ou se prova baseada apenas nas coisas que se podem ser verificadas sem recorrer à “fé”. Por isso a própria Ciência sabe e afirma que não é perfeita e se questiona a todo instante, até provar com precisão Matemática. Imagine se a televisão tivesse sido criada a partir de incertezas e suposições, até hoje não existiria.

      Para Ciência, tudo o que existe pode ser percebido por nossos sentidos, principalmente a visão, caso contrário: é criação humana, e só existe no mundo abstrato das idéias. Por exemplo, a maioria das pessoas não pode ver Saturno ou as moléculas de carbono, o que não quer dizer que não existam. Quando as coisas não podem ser vistas a olho nú, cria-se instrumentos que ampliam nossos sentidos, como telescópios ou microscópios. Existem coisas que não podem ser vistas pois são invisíveis, como as ondas de rádio, por exemplo. Neste caso os cientistas criam dispositivos eletrônicos para tal, estes convertem as ondas em som ou luz na tela, e assim podemos ver e ouvir. É assim que a Ciência produz coisas para melhorar nossas vidas e trazer conforto, como a televisão.

      Tudo que não pode ser visto, nem mesmo por instrumentos de ampliação dos sentidos ou medido por dispositivos eletrônicos, é criação humana, o que não significa que não existam, por exemplo o Amor, Amizade, Medo e Deus. As religiões são criações humanas, o que não quer dizer que não existam, já que estão aí. Também não quer dizer que devemos acreditar sem questionar.

      Cada um acaba acreditando na religião mais perto da sua casa. Pois é nisso que elas se apóiam: convencimento, fé, repetição e programação mental. Infelizmente elas são uma necessidade para o controle da turba, elas que fazem com que a massa permaneça submissa às explorações do CAPITALISMO.

      Não nosso me estender muito, o assunto é muito mais complexo do que parece. Apesar de eu ter feito um texto curto, é longo para a maioria das pessoas.

      Thumb up 40
    • Realmente não foi completo o seu testo, A ciência, é simplesmente a vontade de permanecer vivo e daí vai a vida a fora desenvolvendo tarefas e criando-se outras, enfim, a CIÊNCIA É O PORTAL DA VIDA. Acredito num ser superior, que podemos determinar pelo nome de DEUS, poderia ser outro nome, sei lá. Porém a fraquesa humana, vivida num meio entre a escravatura e o castigo desleal, torna o ser de forma muito covarde, vejam só, mesmo que este seja estudado, a vida humilhante que teve faz do elemento um eterno faminto, aí surge um malandro disendo que ele pode ser salvo e muitas veses a coisa pode dar certo, devido a confiança naquela palavra, surgem a mentira dos milagres e muitas outras coisas.

      Thumb up 2
    • Superadilson, realmente, se todas as religiões ensinam doutrinas contraditórias entre si; então, não é possível que todas sejam verdadeiras. Essa constatação leva a uma única conclusão lógica: ou nenhuma delas é verdadeira ou, então, apenas uma!

      Por isso, existe sim uma chance de pelo menos uma religião ser verdadeira e penso que, se essa religião existe, é a Igreja Católica. Não somente por ela ser a religião cristã mais antiga do mundo e, consequentemente, ter sido fundada pelo próprio Cristo; mas, principalmente, dentre todas as milhares de religiões do mundo, ela ser a única que contém milhares de milagres permanentes autênticos, muitos dos quais já estudados e comprovados pela própria Ciência!

      Eu sei que é muito difícil para um ex-evangélico acreditar na ICAR já que ela é extremamente atacada e difamada entre os evangélicos (sei disso porque tenho parentes e conhecidos evangélicos); mas procure estudar um pouco sobre os primórdios do cristianismo (após os apóstolos e antes de Constantino) e sobre a história da Igreja e seus grandes milagres. Há sites excelentes de apologia na internet (como o excelente Veritatis Splendor) e programas como o Escola da Fé do ilustre Prof. Felipe Aquino (na Canção Nova ou no YouTube) e, também, sites como o “Ciência Confirma a Igreja” e tantos outros que podem te ajudar a tirar muitas dúvidas, como tirou as minhas. Como por exemplo, de que a ICAR é a Grande Babilônia e o Papa é a besta do Apocalipse; ou o mito (que você citou) de que a Inquisição Católica matou milhões de bruxas, que a Igreja é contra a Ciência, etc.

      É verdade também que muitas religiões fundamentalistas proíbem seus adeptos de ler outros livros, a fim de evitarem que descubram a verdade. Porém, ao contrário de muitas religiões fundamentalistas, a Igreja Católica não é contra isso e nem contra a Ciência; muito pelo contrário. Isso, porque ela sempre acreditou que Deus se revelou aos homens através de dois livros: o Livro da Bíblia e o Livro da Natureza.

      Sim, muitas são as religiões, muitas são as hipóteses e muitas são as teorias, mas a VERDADE é uma só! E temos que buscá-la, seja ela qual for, custe o que custar! Porém, não devemos deixar de acreditar na possibilidade da existência de Deus e na autenticidade da sua Igreja por causa dos erros cometidos por seus filhos!

      Thumb up 4
    • Adorei o seu comentário, só esta parte diz tudo:

      Mas muita gente sem nunca ter estudado sobre o assunto, sem nunca ter pesquisado sobre o assunto defendem veementemente assuntos que ouviram falar pelo vizinho, como se fossem os donos da verdade.

      Thumb up 1
    • Eu também sou contra fanatismo religioso, mas também odeio falsas teorias como o Big Bang e Teoria da Evolução. Na verdade a física real e verdadeira está décadas a frente da ciência oficial divulgada ao público.

      Os deuses astronautas é uma teoria verdadeira e que tem compromisso com a verdadeira ciência.

      Thumb up 1
    • Realmente, o darwinismo não explica tão detalhadamente a complexidade dos seres vivos, devido a época em que o pesquisador viveu. naquela época, não tinha dados que comprovavam, satisfatoriamnte, ao pensamento atual, sobre alguns fatos; como o porquê da luta, competição e especiação. os estudos de Gregor Mendel que, provavelmente, o ajudaria bastante foram refutados anos antes, por isso foi influenciado por Lamark e sem explicação plausível para a luta e seleção dos mais fortes, darwin apoiou as teorias de thomas mathuls que não eram condizentes com a realidade. Mesmo assim, charles darwin foi formidável em suas conclusões. No entanto, recentemente, foi elaborado uma teoria, que reunia os estudos da genética mendeliana básica e mais detalhada; mutação e permutação e outras, como a migração, deriva genética e seleção natural, que conciliavam as idéias sobre seleção natural com os fatos da Genética, o que culminou com a formulação da Teoria sintética da evolução, às vezes chamada também de Neodarwinismo. Esta, mais moderna, explica de forma impressionante e facilmente comprovável algumas dúvidas.

      Thumb up 3
    • Meu caro eu acho que o seu projetista do Desenho inteligente não esta la muito bem no desempenho e na ordem das coisas,haja visto a bagunça cosmica,a instabilidade climatica do planeta,e sem citar a saraivada de meteoritos dirigidos ao alvo terra ,seus projetos de suas ditas criaturas iriam de mal a pior se a ciencia não desse sua participação,quantas doenças ja foram erradicadas?Eu quando criança sou da decada de 30 e alguns anos ,em minha infancia o que se via era mais portadores de paralisia infantil,tuberculosos nem falar,Hansenianos, havia até leprosarios para isolar estas pessoas ,e vem achar que tal projetista esta com todas as cocadas .Leia sobre o teste do pezinho que evita anormalidades de projeto,teste e mapeamento do DNA e tantas e inumeras conquistas cientificas ,Este engenheiro ta precisando de dar uma reciclada em suas invenções.E parece queé homem pra aprontar tanta bagunça no cosmos e no nosso planeta,se fosse uma deusa, garanto que estaria mais arrumadinho por ai…

      Thumb up 7
    • Superadilson, antes de falar bobagem, dá uma lidinha rápida em Isaias 40:22.

      Thumb up 2
    • …e depois procure o significado de “cúpula” no seu dicionário….

      Thumb up 0
    • achei engraçado o que o cara ali disse: ´´Por isso, existe sim uma chance de pelo menos uma religião ser verdadeira e penso que, se essa religião existe, é a Igreja Católica. Não somente por ela ser a religião cristã mais antiga do mundo e, consequentemente, ter sido fundada pelo próprio Cristo; “, fala como se houvesse evidencias que só cegos não podem ver, e você também Vono box, já li a bíblia, mas qualquer um que leia no minimo 5 paginas de gênesis já sabe que vai exatamente contra a evolução, por acaso você nunca leu:´´para fazer companhia ao homem deus criou as bactérias“, a bíblia é o maior câncer existente hoje, e a muito tempo atrás, quantas vezes os religiosos atrasaram o avanço da ciência, que só queria elucidar o homem, em nome de um deus que nunca se mostrou para ninguém? (aparentemente só para o fundador dos mórmons), e quantas vezes mataram mulheres chamando-as de bruxas sem nem terem evidências?
      Darwin não tinha como explicar como o organismo complexo dos animais funcionava, assim como nunca ninguém pode provar que qualquer divindade exista, alias quando alguém põe a prova a existência de deus eu sempre reforço com o paradoxo da pedra, que é a prova definitiva que NESTE UNIVERSO, é impossível haver um deus onipotente.

      Thumb up 1
    • Quem criou o catolicismo foi Constantino. Jesus não inventou religião, pelo contrário, ele perseguiu os religiosos.

      Thumb up 0
  4. Este novo comentário dirige-se ao Hype Science: primeiro – na área destinada opinar sobre os comentários está “Gostei deste comentário ou não” e aparece uma mãozinha verde. Se eu não gostei do comentário tenho escrever um comentário em resposta, quando muito mais simples seria que o site mantivesse ali a mãozinha vermelha. Segundo – A regra contida no item g parece-me antidemocrática. Embora eu aceite e defenda a teoria da evolução como um FATO, entendo que quem é contra deva ter a liberdade de fazê-lo. Excluir o comentário de alguém só porque esse alguém exprime uma opinião é uma grosseria.

    Thumb up 14
  5. O tema é o questionamento da ciência como um todo, mas os comentaristas se ativeram à teoria da evolução.
    No Brasil o analfabetismo científico é um fato: o grosso da população não está informada e não se importa com isso; aqueles que pensam estar informados podem não estar, como se vê por muitos comentários sobre o assunto que se encontram na Internet.
    É preciso ter em mente que a ciência investiga os fenômenos, busca repostas, e nesse processo tanto essas respostas podem ser encontradas como não, mas o que é inevitável: novas perguntas surgem. A ciência é, por isso mesmo, incompleta. Na cabeça de pessoas ignorantes, que não refletem antes de falar, essa incompletude se traduz como erro: é o caso dos criacionistas (e aqui eu embarco na mesma canoa, mas só como exemplo) quando apontam a inevitável incompletude da teoria da evolução, ou os erros cometidos por cientistas, como “prova” de que a teoria está errada, quando isso não prova coisa nenhuma além do fato de que o conhecimento humano é limitado.
    Quando surgem questionamentos dentro do próprio meio acadêmico, partindo-se do princípio de que esses questionamentos são idôneos, isso não significa que a ciência está em crise, pelo contrário: significa que está avançando. Em crise estaria se estagnasse.
    Diversos questionamentos vêm sendo feitos ultimamente: acerca dos riscos da vacinação (há casos, embora raros, de crianças que tiveram sérias complicações e algumas morreram em decorrência da vacina tomada); acerca do correto diagnóstico do câncer de mama; idem, sobre o câncer de próstata; mudanças na visão, pelo meio acadêmico, da teoria do Big-Bang, que nas últimas décadas do século XX ganhou um apelo popular muito grande mas inadequado (de forma que os cientistas têm apresentado correções e versões aprimoradas da teoria, como p. ex. o físico Mário Novello em seu livro “O que é Cosmologia”), e assim por diante.
    Não se pode perder de vista que todo conhecimento científico é fundamentado em evidências: o cientista não cria uma idéia a seu bel prazer e a divulga como verdadeira de forma irresponsável – essa idéia, que poderá virar teoria ou não, que poderá revelar-se correta ou não, parte sempre e inevitavelmente de um princípio, e é assim que se faz ciência. P. ex. a idéia do átomo primordial, pelo padre e físico George Lemaitre na década de 20, não foi uma invenção que saiu do nada, mas partiu de princípios. Para chegar até o entendimento atual da teoria do Big-Bang passou por muitas etapas, muitos testes, houve períodos de crise em que quase foi abandonada, houve períodos de robustecimento em que foi retomada, mas em toda sua história passou por constantes transformações.
    No entanto é contraproducente que sejam pessoas ineptas a falar do assunto. A estratégia criacionista (de novo!!) para afirmar algum tipo de criacionismo (já que existem diversas formas: os fundamentalistas, o da terra jovem, o da terra velha, etc.) é no mínimo desonesta, já que se firma não puramente em crença pessoal mas em falácias bem colocadas (digo bem colocadas para a maioria ignorante, pois quem tem um pouco de conhecimento do assunto percebe logo tais falácias como abordagens mal intencionadas) para confundir os incautos.
    Outros questionamentos da ciência aparecem entre intelectuais que não pertecem ao meio, e para os comentaristas deste tópico se inteirarem melhor do assunto sugiro, se já não conhecem, o livro “Imposturas Intelectuais”, dos físicos Alan Sokal e Jean Bricmont, no qual os autores dão verdadeiras bordoadas em intelectuais famosos como Lacan e Júlia Kristeva por se valerem inadequadamente do jargão científico, em alguns casos com a mais completa ignorância do assunto.

    Thumb up 5
    • As intenções devem serem muito cuidadosas, um cientita, pode ser até uma pessoa leiga, desde que prove nas suas obras, que o seu feito seja para o bem da vida a ciência é comprovada nas obras e não nos que escrevem e pesquisam, ocientista vive no mundo das experiências e não dispoen de tempo para palestragens inúteis. Somos um pequeno grupo e criamos pequenas coisas para suprir a humanidade de forma justa.

      Thumb up 0
  6. “É como se a ciência fosse um sistema de crenças, em que as evidências podem ser descartadas.”

    O pior é que é mais ou menos isso mesmo. Pelo que pude pesquisar, com relação aos métodos das teorias científicas, os cientistas devem trabalhar não apenas com a idéia da certeza e da comprovação da teoria mas também buscar evidências de que sua teoria é falsa. No caso da teoria da evolução, sabemos perfeitamente que os cientistas só trabalham com a idéia apriorística de que ela está absolutamente certa. O próprio fato de haver um consenso da comunidade científica nesse sentido é anti-científico, até porque há várias evidências já amplamente divulgadas que demonstram a sua falsidade. Porque então ela continua a ter esse consenso que na realidade é um contrasenso? Exatamente porque não há nenhuma outra teoria ‘científica’ para substituí-la e a comunidade ‘científica’ teria que pelo menos engolir o criacionismo o que seria uma desmoralização para a ciência.

    Thumb up 19
    • Concordo 100 %, acho que é por aí mesmo!

      Se a existência do sobrenatural é um fato e uma realidade no mundo, como pode a ciência naturalista querer explicar o mundo sem o sobrenatural?

      Se fizer isso, ela estará se desviando da verdade. E a ciência, acima de tudo, tem que buscar a verdade, seja ela qual for.

      Thumb up 9
    • “O próprio fato de haver um consenso da comunidade científica nesse sentido é anti-científico, até porque há várias evidências já amplamente divulgadas que demonstram a sua falsidade.”

      Que absurdo. Como uma pessoa pode escrever isso? Você acredita que um deuzinho qualquer criou tudo? Isso é ridículo e só pode ser explicado pela ignorancia das pessoas que não tiveram a chance de estudar e ler!!!

      Thumb up 4
    • Na época de Darwin, o “equipamento científico” mais utilizado era a cadeira de balanço, onde Darwin e outros pensadores e filósofos elaboraram as teorias naturalistas sobre a origem da vida. Porém, o trabalho árduo e sério de muitos cientistas utilizando métodos modernos, equipamentos científicos cada vez mais poderosos, desvendou uma vida muitíssimas e muitíssimas vezes mais complexa, organizada, sincronizada e elaborada do que os “vaivéns” das cadeiras de balanço ou as viagens de barco poderiam revelar. Mas a evolução foi contada com tanto entusiasmo por mais de 150 anos, foi pregada com tanto fervor, foi catequizada com tanta veemência, está estampada e detalhada em tantos livros científicos com tanta pompa, deu tantos prêmios a tantos, serviu de alívio a tantos que tentam escapar da iminência de um encontro face a face com Deus, foi apregoada por céus e mares como cientificamente provada em todos os seus aspectos, foi apresentada como a verdade mais cristalina frente à ignorância dos religiosos, foi adotada como o evangelho-mor dos naturalistas, está permeada em tantos conceitos e projetos científicos, que seria uma catástrofe sem precedência na história científica admitir sua falha, sua total inconsistência frente à química e a bioquímica modernas. Mas, quando a caixa preta de Darwin foi aberta, quando foram desvendados os segredos da máquina mais complexa e espetacular deste planeta (a célula), a verdade foi, pouco a pouco, sendo revelada.

      Thumb up 9
    • O Fernando Fernandes, ao aludir a cadeira de balanço em seu comentário, apenas revela sua ignorância da História da Ciência, da vida e do trabalho dos cientistas como também do método científico. É o que eu disse: é uma lástima que quem se manifeste sejam pessoas ineptas e ignorantes. Os argumentos são sempre os mesmos: o evolucionismo não explica satisfatoriamente a vida, inconsistências ante evidências da química e bioquímica, etc. Ora, exigir que a ciência explique tintim por tintim fenômenos altamente complexos é, no mínimo, demonstração de falta de raciocínio. A ciência avança aos poucos, não é possível conhecer tudo de uma vez. O conhecimento sobre a origem da vida hoje é muito mais consistente do que o que se sabia há cinqüenta anos, mas o que se sabia há cinqüenta anos era muito mais do que que se sabia há cem, há duzentos, etc. É assim que a ciência avança, portanto nada mais natural que não haja explicações minuciosas para tudo. Quanto às supostas inconsistências frente às descobertas científicas, parece que o Sr. Fernando e seus pares são os únicos a saberem disso, e aduzem tais argumentos como novidades capazes de fazer desmoronar uma teoria cada vez mais sólida e robusta! Ora, raciocinemos: se algumas inconsistências fossem suficientes para abalar a teoria da evolução, isso já teria acontecido: a ciência busca o conhecimento, não importa qual, e quando uma teoria se revela incorreta, ou ela é corrigida, ou é abandonada. Não há outro caminho. Por gentileza, srs., se é para dizer besteira, abstenham-se de manifestar-se, pois de besteira já basta o que os sites criacionistas divulgam.

      Thumb up 12
    • Os deuses astronautas substitui essa teoria, agora eu quero ver eles voltarem aproximadamente 500 mil anos atrás para provar isso, mas não é preciso, existe as piramides, existe a Lua, existe os extraterrestres e Nasa com sua máquina do tempo.

      Thumb up 2
  7. Não creio que atualmente exista algum tipo de “campanha contra”, conspirações ou negação da ciência. A ciência não é uma instituição, pelo contrário, atua onde existem interesses, sejam puramente acadêmicos ou financiado por grandes corporações ou governos cujos propósitos nem sempre são nobres.
    No passado a falta de informação do leigo era a principal barreira para vulgarizar inovações. Atualmente, o excesso de informações tem nos tornado mais críticos e o cetisismo agora é uma moeda de lados distintos.

    Thumb up 11
  8. pelo que me consta a teoria da evolução continua sendo TEORIA, mas pelo jeito na mente do pessoal aqui ja é LEI, não pode nem ser mais questionada. Quanto as vacinas parecem estar surgindo muitas provas do uso indevido delas para causas politicas e financeiras. Mas questionar essas coisas coloca em risco o salario de muitos cientistas mundo afora, então melhor dar logo um jeito nesse pessoal que questiona os modelos científicos atuais, rsrs.

    Thumb up 7
    • Sim, a Teoria da Evolução é só teoria. Por que lei não é suficiente para demarca-la. =/

      Thumb up 3
    • Seria bom que vc relesse este artigo…

      Thumb up 3
  9. O próprio homem se exclui da relação que ele faz com vida externa de seu pensamento e o que é ruim para preservação dos dois lados do homem e o da biodiversidade. Todos os seguimentos da sociedade faz parte do contexto e pode sem duvida nenhuma mudar o rumo da historia para melhor. O sistema capitalista conglomerado com a religião impede tais compreensões na contextualidade humana. Porque seus mediadores corrompe a viabilidade dos fatos, suprimidos pelo status e pelo poder. Se consertasse a diagramação do sistema do poder, da idolatria e da verdade. A descoberta cientifica teriam outro rumo, a vida teria outra cor e o homem seria um verdadeiro homem talvez do mesmo tamanho como se fossem antes. No tempo em que a ciência não se firmava com clareza e a força bruta que fazia o papel da ciência, graças há ela os tempos mudaram, um mundo novo aparece paralelo entre a riqueza e a pobreza trava uma cruzada desleal. Quem manipula a riqueza quer humilhar a pobreza é ai que começa a grande corrida contra o tempo em busca de uma autoafirmação. A estrutura primordial que são a ciência, o Estado, a religião não se batem e o que vemos hoje são os discursos retóricos sem dialéticas, complementadas com maus exemplos e falsos testemunhos, tudo em constantes conflitos. Se esses, os três poderes, não são harmônicos entre si, como fica a parte neutra. Completamente perdida sem saber de qual lado ela deva acreditar. Percebe-se que há um propósito final, para que tudo fica como estar nem que o mundo acabe. Um pensamento de desespero. Sem margem para esperança. O que é a ciência é isso ai todos esses fatos em separados que precisa ser compreendido por todos, analisado e diagnosticado com estrema imparcialidade demonstrando o papel relativo de cada parte e como cada uma dela deve se comportar. A ciência é simplesmente isso, ela não define como as são coisas, ela apenas fala o que a coisa é, para que serve e quais as suas consequências. O que acontece é que a ciência e a religião se misturam de forma inconveniente numa hora errada, na verdade a religião sempre quer cruzar o caminho da ciência o que não deveria acontecer. A religião se comporta com mais inveja do que a ciência. Enquanto a ciência procura explicar o sintoma de uma doença para depois receitar o remédio indicativo para o problema. A religião procura definir a cura sem uma justificativa, apenas pela força da espiritualidade cura-se a dor, mas a doença permanece no corpo. Se alguém cai no chão à ciência diz por que a pessoa caiu e a ensina-a levantar para não cair de novo. Enquanto a religião, se alguém cai no chão ela que ajudar a levantar, mas não dar a oportunidade daquele individuo se levantar sozinho, quer dizer as pessoas ficam mal acostumadas no resto da vida. O problema é que os meios justificam o fim. Para quem estuda a ciência é a estrada e para quem não estuda a religião é a saída. Interessante, todo homem que ser alguma coisa e ele mesmo esquece que já um homem. Quer dizer ele não precisa ser mais nada basta trabalhar por uma existência soberana.

    Thumb up 4
    • olha a ciência para existir precisa provar sua existencia, e na sua evolução vem provando coisas que desagada tendencias que, tem como meio de lucro o controle de mentes de pessoas, principalmente as menos instruidas, pois com isso tem um anplo dominio taanto financeiro quanto politicamente, e a ciência é o grande karma,desses religiosos.

      Thumb up 3
  10. Sempre que a ciência contraria algum interesse, começam as campanhas anti-ciência. No caso do criacionismo, trata-se de uma disputa de controle. Os criacionistas tem o controle sobre a mente de centenas de milhões de seres humanos, um controle baseado no medo e na superstição. A Evolução questiona a base deste controle, que é a crença cega em textos baseados em lendas da Idade do Ferro.

    Thumb up 39
    • concordo com você Cesar,muitos cristãos ultilizam do medo do inferno para prender o foco das pessoas muitos impõem o seguinte“Se você duvidar de alguma coisa,você vai pro inferno´´.Sou cristão,mas não preciso acreditar no criacionismo só porque a maioria acredita,a evolução está aí só não quer ver quem quer continuar com os olhos fechados,o evolução é algo muito complexo se uma espécie não evolui ela não se adapta,se ela não se adapta ela é extinta,o evolucionismo só mostra o quando Deus é infinitamente inteligente!!!

      Thumb up 10
    • É tudo carta marcada dos dois lados. Deixem de perder tempo com isso…

      Thumb up 5
  11. Ninguém compreende o Criacionismo como ele é, ninguém entende a Evolução como ela é.

    O aquecimento global no modelo do IPCC é uma ferramenta de controle sobre a soberania das nações. Já ultrapassaram a tempos o limite entre o que é causado pelo homem e o que é aquecimento normal da Terra.

    As vacinas foram criadas para ajudar a curar as pessoas, mas hoje são usadas para controle da população.

    O problema não é a ciência e nem as religiões pois essas são exatas. O problema são os cientistas e os sacerdotes!

    Thumb up 26
    • Infelizmente, tenho de concordar com o Glauco!

      Como eu procuro sempre ler “os dois lados da moeda” sobre qualquer assunto de meu interesse, estou a par dessas novas teorias alternativas às do ‘statu quo’.

      Talvez, a evolução seja um fato; mas, pelo que tenho lido (inclusive em alguns comentários daqui), a Síntese Evolutiva Moderna (baseada principalmente no acaso e seleção natural) parece não estar se sustentando mais diante das evidências científicas modernas.

      Muitos estudos modernos têm mostrado que o genoma e a evolução dos seres vivos é algo muito mais complexo do que se imaginava há alguns anos atrás; hoje está se descobrindo que não existe DNA LIXO ( http://super.abril.com.br/ciencia/genetica-fracassou-598852.shtml ) e que a transferência horizontal de genes teve muita influência no processo evolucionário.

      Como bem mostrado no referente artigo da Wikipedia ‘Síntese Evolutiva Moderna’: “… Cada vez mais estudos de genes e genomas estão indicando que uma considerável transferência horizontal tem ocorrido entre procariontes. A transferência horizontal de genes é considerada por alguns como um novo paradigma para a Biologia…”.

      E quem já assistiu no YouTube alguma animação 3D do que ocorre no interior de uma célula, dá para ver que aquilo parece mais uma fábrica ou cidade habitada por nano-máquinas moleculares.

      Imaginar que tudo isso é resultado do mero acaso, é um argumento realmente difícil de engolir; talvez, até seja verdade, mas não é nada intuitivo e vai precisar muito esforço dos cientistas evolucionistas para convencer a população de que isso é um fato real e não apenas uma teoria.

      Quanto ao aquecimento global, parece ser mesmo um fato que está ocorrendo; o que os cientistas céticos (e são bons cientistas) não acreditam é que seja provocado pelo homem e sim por causas naturais; como, por exemplo, o aumento das explosões solares.

      O que realmente agravou o problema foi a divulgação por hackers dos e-mails dos cientistas do IPCC que pareciam ter dados comprometedores com fortes evidências de manipulação dos dados. Depois do ‘Climagate’, muitos governos deixaram de acreditar no aquecimento global antropologicamente provocado.

      Vejam, por exemplo, os artigos aqui do próprio HYPESCIENCE para ver quanta controvérsia há sobre o assunto:

      http://hypescience.com/cientista-da-hipotese-gaia-volta-atras-em-suas-previsoes-alarmistas-sobre-o-aquecimento-global/

      http://hypescience.com/aquecimento-global-e-real-e-perigoso-mas-sua-origem-nao-e-so-o-co2/

      De qualquer forma, se isso não for usado como desculpa para o controle da população mundial e da soberania dos países, acredito que é até positivo para o mundo o incentivo do uso e desenvolvimento de tecnologias verdes e da preservação do meio ambiente.

      Já quanto às vacinas, ninguém em sã consciência iria ser contra se não houvesse um forte motivo.

      Como bem disse o Glauco, o que está provocando esse pânico todo e a desconfiança em torno das vacinas foi a constatação de que lotes de vacinas contra a rubéola aplicadas em massa e de forma obrigatória em países do Terceiro Mundo como Nigéria, Filipinas, Argentina e outros países (numa campanha de vacinação promovida pela UNICEF), estavam contaminadas com o hormônio Gonadotropina Coriônica Humana – HCG.

      Este hormônio parece que acaba sendo atacado pelo sistema imunológico e acaba provocando abortos espontâneos após a concepção, evitando que o embrião se implante na parede uterina.

      Esse fato, denunciado por várias organizações pró-vida internacionais, gerou muita polêmica aqui no Brasil quando da última campanha de vacinação compulsória em massa contra a rubéola, promovida pelo então Ministro da Saúde José Temporão. Agravado pelo fato do mesmo ser um ativista pró-aborto, da campanha ser obrigatória e do fato da rubéola atingir apenas 17 crianças em média por ano no Brasil, um país de 180 milhões de habitantes.

      Verdade ou não, por causa desses episódios polêmicos e da corrupção política e também pela divulgação na internet de muitas teorias da conspiração (principalmente aquelas referentes à Nova Ordem Mundial), parece que uma parte da população está ficando desconfiada de seus próprios governos.

      Parabéns, Glauco! Parece que você também não fica estudando e não fica preso a apenas uma versão dos fatos e das muitas supostas verdades existentes no mundo. Acho muito bom e salutar a gente sempre analisar “os dois lados da moeda” antes de tirarmos nossas próprias conclusões, para evitarmos cair tanto no fanatismo religioso como no fanatismo científico ou cético. E, também, para termos pensamento próprio e evitarmos ser ‘doutrinados’ ou ‘hipnotizados’, sem questionamento, pela linha de pensamento dominante do ‘statu quo’.

      Thumb up 5
  12. Sobre rejeitar o Evolucionismo: teriam que apresentar algo melhor, porque o modelo criacionista bíblico é muito fraco e não tem evidência, contra tantas da Evolução. Só o que vi até hoje, como alimentação dessa vertente criacionista, fora sobreviver as custas das dificuldade encontradas no modelo evolucionista, dificuldades totalmente naturais num estudo que tenta entender em décadas um processo de milhões de anos, prova de que o criacionismo não tem quaisquer princípios, porque uma ciência existe por si sem precisar de negações de outra pra existir, por isso não é uma ciência, é uma crença condicionada, atrasada e forçada nos pilares do conservadorismo.
    Rejeitar o fato da Evolução é pura falta de senso, e para um religioso, é subestimar a inteligência de seu deus criador, pois é a evolução um processo muito mais dinâmico e criativo que uma criação estática, e este é o maior dos erros da bíblia. Comparar a vida do criacionismo com a vida do evolucionismo é como comparar um manequim com um androide.

    Sobre rejeitar a ciência e a medicina: Poderiam deixar fazerem se quisessem, por sua própria conta e risco, mas agora deixar seu filho adoecer baseado apenas em dogmatismo anticientífico, é absurdo, é desumano, seria um legítimo pecado. A medicina não existe em vão, pessoas dedicaram suas vidas no desenvolvimento de curas e tratamentos, e quando há o mal uso da medicina, a culpa é de maus elementos e não do legado científico, da mesma forma que o crime de um cristão não é culpa do legado de cristo.

    Thumb up 31
  13. Nada! Porque quanto mais você aprende, mais você aceita a ciência. Bom… Isso para quem vive de evidências, agora para quem vive de crenças é outra história, apesar de muitas pessoas conciliarem as duas coisas de alguma forma!!

    Thumb up 15

Envie um comentário

Leia o post anterior:
3934402035_6e8b1c1a67_z
Chiclete leva 7 anos para ser digerido?

Quem diria que os av...

Fechar