Reino Unido testa vacina terapêutica contra o câncer de pâncreas

O Reino Unido está testando uma vacina para o tratamento de câncer de pâncreas, que tem a menor taxa de sobrevivência de todos os cânceres comuns (apenas três em cada cem doentes sobrevivem à doença por cinco anos ou mais).

A vacina TeloVac está sendo testada em mais de 1.000 pacientes com câncer pancreático avançado em 53 hospitais do Reino Unido. A pesquisa envolve doses regulares de vacinas em conjunto com a quimioterapia, em comparação com um tratamento apenas com quimioterapia.

As vacinas são normalmente associadas com prevenção de infecções, mas essa faz parte de uma nova abordagem para tentar estimular o sistema imunológico a combater o câncer. A nova vacina contém pequenas seções de uma proteína, a telomerase, que é super-produzida por células cancerosas.

O objetivo é estimular o sistema imunológico a reconhecer a telomerase, que fica na superfície das células cancerígenas e direcionam o tumor. Segundo os pesquisadores, os tumores são inteligentes e capazes de transformar as células imunes em “traidoras” que ajudam a proteger o tumor. A nova vacina tira esse efeito de mascaramento do tumor.

Os cientistas afirmam que um dos grandes problemas com o tratamento do câncer é que quase sempre sobram poucas células malignas, e é a partir dessas poucas células que o câncer pode começar a crescer de novo.

Se for possível programar o sistema imunológico a reconhecer essas células e se livrar delas completamente, ou pelo menos mantê-las sob controle, então é possível impedir efetivamente o câncer de voltar a crescer ao longo da vida.

Os pacientes do teste estão satisfeitos, por enquanto. Alguns afirmam que estão estáveis, que o câncer não cresceu mais e que a vacina não teve efeitos colaterais. Todos estão bastante esperançosos.

A fase III ou fase final do teste TeloVac deve produzir resultados em pouco mais de um ano, que mostrará se a vacina tem um efeito positivo ou não. Os pesquisadores alertam que a vacina não é uma cura, mas se funcionar, pode prolongar a vida dos pacientes.

O fabricante sul-coreano da vacina, Kael-GemVax, está planejando um teste de câncer de pulmão no fim deste ano usando a mesma tecnologia. No ano passado, a primeira vacina terapêutica contra o câncer foi licenciada nos EUA como um tratamento contra o câncer de próstata.

[BBC]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Curta no Facebook:

2 respostas para “Reino Unido testa vacina terapêutica contra o câncer de pâncreas”

  1. Eu tive câncer no Pâncreas e fui curado, lá no hospital de clínicas de porto alegre, fiz uma duodenopancreatectomia, tirei 2 terços do pâncreas e um pedaço do duodeno a minha vesícula e um pedaço do intestino, mas graças a Deus estou bem.
    Ter uma doença destas com 12 anos é bem dificil, sempre acessei o site, principalmente quando eu estava no hospital.

Deixe uma resposta