10 mitos detonados sobre o corpo humano

Por , em 7.11.2010

Todo mundo já ouviu a vovó falar que “chá de louro faz bem para o estômago” e que se sairmos no frio vamos ficar resfriados. No entanto, apesar de muito útil em algumas ocasiões, a sabedoria popular nem sempre está correta. Confira 10 mitos que foram detonados pela ciência e que você pode desconsiderar:

1. Sonâmbulos não devem ser acordados

Ok, sonâmbulos normalmente ficam muito confusos quando acordam no meio da cozinha em vez de suas camas, mas acordá-los é muito melhor do que deixá-los se machucar ou tropeçar. Se, algum dia você topar com uma pessoa que está andando e dormindo a acorde e tente, gentilmente, levá-la de volta para a cama.

2. Se você sair no frio ou na chuva vai pegar um resfriado

Não há evidência nenhuma que prove essa frase favorita de mamães e vovós. O único fato é que, no inverno, as pessoas ficam em ambientes mais fechados e os vírus se espalham com maior facilidade. Há uma possibilidade de que sair no frio diminua a resistência a uma infecção que você já tem, mas como o resfriado é causado por vírus não há como a chuva ou o tempo frio transmiti-los.

3. O cabelo e as unhas continuam a crescer depois da morte

Nem um nem outro continuam a crescer. O que acontece é que a pele, por perder líquido, encolhe, logo as unhas parecem maiores porque a parte que ficava sob a pele fica à mostra. O mesmo ocorre com os cabelos.

4. O pêlo cresce mais escuro e mais grosso depois da depilação

O que acontece é que o pêlo recém-cortado tem as pontas “chatas” e não finas como o pêlo natural, logo eles parecem mais grossos. O pêlo recém-cortado também não é exposto ao sol nem é desgastado pelas roupas como o pêlo antigo, então pode parecer mais escuro. Mas a depilação não aumenta o pigmento e nem a espessura dos seus pêlos.

5. Shampoos e condicionadores podem acabar com as pontas duplas

Não, não há uma substância milagrosa que “junte” novamente as pontas duplas do seu cabelo. O único jeito é cortá-las. Bons shampoos e condicionadores podem ajudar a preveni-las, mas depois que elas já estão formadas a tesoura é a única solução.

6. Homens pensam em sexo a cada sete segundos

Se isso fosse verdade, homens não poderiam trabalhar, dirigir ou fazer qualquer coisa que exige concentração. Apesar de não haver maneira (ainda) de medir a freqüência de pensamentos que alguém tem sobre sexo, estudos já mostraram que a média de sete segundos é um enorme exagero.

7. Áreas diferentes da língua sentem sabores diferentes

Por décadas acreditamos que há áreas da língua que sentem gostos específicos como “doce”, “salgado”, “amargo” e “azedo”. Todas as áreas da língua podem sentir todos os tipos de sabor. A idéia veio de uma tradução errada feita por um professor inglês de um artigo alemão.

8. Usamos apenas 10% da capacidade do nosso cérebro

Esse é um mito que todo escritor de livros de auto-ajuda adora mas, sentimos desapontá-los, é falso. Tudo isso porque William James, um psicólogo dos anos 1800, levantou essa hipótese. A verdade é que alguns neurônios ficam mais ativos em determinados momentos, mas todos eles são importantes e indispensáveis – nenhum é inútil e não usamos só 10% da capacidade cerebral.

9. Açúcar deixa as crianças hiperativas

Falso – uma dúzia de testes mostrou que não há conexão entre a quantidade de doces consumidos por crianças e seu comportamento.

10. Verrugas podem ser transmitidas por sapos

Verrugas transmissíveis que aparecem em humanos podem ser transmitidas apenas por outros humanos – são causadas pelo vírus do papiloma humano, ou HPV. Os sapos levam a culpa por serem “verruguentos” por natureza, mas a verdade é que eles não tem verrugas. Os calombos dos anfíbios são glândulas. [EnvironmentalGraffiti]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

45 comentários

  • Lala_San:

    5 – Marcas de Shampoo mentindo a anos ‘_’

  • Luciano:

    O das crianças é meio esquisito…hiperglicemia não tem efeito nenhum no organismo? Pode isso Arnaldo? xD

  • Bruno Bassani:

    😉

  • Carla:

    O correto seria afirmar que usamos todo o cerebro em questão de área, mas não de capacidade. Em termos de capacidade cerebral, ha uma maior probabilidade de nem mesmo os 10% serem ainda utilizados. Lembrando que a ciência evolui todos os dias porque está sempre descobrindo novas coisas…e tomar como verdade absoluta a afirmação de que nosso cerebro está sendo usado 100% é um tanto quanto precitada.

    • LucasKL:

      Com certeza, a prova disso se chama William James Sidis. Filho de Boris Sidis (amigo de William James e co-descobridor das energias reservas do cerebro).

    • Pablo Santos:

      Se adotar o uso de 100% é precipitado, de onde você tirou a porcentagem de menos de 10%?

  • K.:

    Têm algumas coisas erradas e (ou) relativas na lista.

  • pedro:

    bom, em relação a língua, eu creio que ainda seja verdade o fato de existir ‘partes’ dela especializadas para receber tal gosto. Faça você mesmo um teste em casa… pegue um exemplar de cada tipo de comida e coloque nas regiões dá língua, um exemplo fácil é colocar a ponta da língua no limão e depois em algo doce ou vice versa, verá que você sente o limão do jeito dele, mas o doce, não adocica a boca do jeito que você sempre sente, logo, você sente o doce em outra região da língua!

  • Bianca:

    A 4 eu acho que esta errada, meu pelos crescem muito mais grossos e pretos. Faz sentido, quando o pelo é raspado ele tende a se aprofundar mais e ficar mais grosso como se fosse uma proteção dele. sei la devo estar falando merda D:

    • Pablo Santos:

      Realmente está.

  • Thiago Wesley:

    Correção: *Cérebro

  • Thiago Wesley:

    concordo com tudo que o Darius disse, a propia hype acabou de postar um artigo que diz que os jogadores de xadrez usam mais da capacidade do célebro…
    .. as vezes eles se estrepam no eles mesmo dizem.

    “..Concordo o correto seria dizer que só usamos 10% da CAPACIADADE total do celebro, e não da ÁREA total, isso quer dizer que utilizamos SIM mais da ÁREA total do celebro porém não toda a CAPACIDADE do mesmo.

    Nesse iten a Hype falhou…”

  • Loóh ♥:

    Eu boto fé em tudo o que está escrito ai… Discordo muito do que a (o) JRA falou… Como uma pessoa que escreve “usacemos” pode discordar com estudos científicos?? Fala sério sô… Sem querer ofender, mas… isso é o cúmulo!!

  • JRA:

    Eu acho sim que não usamos a capacidade total do cérebro porque tem muitas coisas que desconhecemos ainda sobre o mesmo e também se usacemos total capacidade poderíamos aumentar os sentidos (claro que tem gente que deve conseguir isso mas a maioria não) e usar mais claramente memória fotográfica e outras coisas do tipo por exemplo. Quem já assistiu a série Kyle XY da pra ter uma base do que poderíamos fazer se usacemos total capacidade.

  • Milena Karla:

    que nojo daquelas verrugas!!!eca!!
    mas tá certo,não faz sentido muitas coisas por aí…

  • Luciene:

    Concordo c a Elizabeth, e acho q só nos resfriamos caso fiquemos com a roupa e sapatos molhados no corpo por longo tempo.

  • Darius Shayne:

    Concordo o correto seria dizer que só usamos 10% da CAPACIADADE total do celebro, e não da ÁREA total, isso quer dizer que utilizamos SIM mais da ÁREA total do celebro porém não toda a CAPACIDADE do mesmo.

    Nesse iten a Hype falhou.

  • henrique:

    muito bom,so faltou colocar o mito de que ler no escuro faz mal para a nossa vista….

  • O Vigilante:

    Só um detalhe: se para afirmar os “conhecimentos populares” não se tem um embasamento científico, qual o embasamento científico de quem escreveu esse texto ? A Internet ??? De qqr maneira saibam que não sou contra nem a favor. Muito pelo contrário !

    • Andre Craco:

      Via revistas cientificas, que, logo são postados na internet, logo, seu argumento é invalido.

  • O Vigilante:

    Concordo que o ítem 6 é furada ! Eu penso o tempo todo, sem intervalo !

  • gloria:

    Adorei as explicações foram de grande valia p/mim,eu nunca acreditei mesmo em todas essas coisas!

  • Iago Ferreira Frozza:

    Sabia de praticamente todas, mas a da lingua me pegou de surpresa. o.o
    E o exemplo citado pelo Cristiano é fail, o mito sempre falou em “capacidade total” e não em “área total”

  • Edmundo:

    Que nada obste a relevância dos tópicos aqui levantados, mas socorra me Deus!!! Aquela morena do tópico 4 e aquela boca(Ai que boca!Pulverize-me,ó Deus!)do tópico 7 têm o claro propósito de nos torturar!!!

  • Daniel Araujo:

    Ahh eu posso afirmar que jah vi um morto que continua crescendo cabelos e unhas, e é daqui do Brasil!! uhasusah

    tá aqui a fonte : http://www.youtube.com/watch?v=aFNuHlP99yQ

  • claudemir da silva:

    a maréria 8 no artigo é mais convincente

  • Cristiano:

    Em relação ao item 8, sobre o percentual da capacidade que usamos do cérebro, é interessante acrescentar o seguinte:

    – Se realmente usássemos apenas 10% do cérebro, então raramente alguém sofreria alguma demência mental por tomar um tiro no cérebro, sofrer traumatismo craniano ou derrame, afinal, 90% da massa encefálica está ociosa…

  • Manuel Bravo:

    Obrigado pelo artigo, ufa… fiquei mais aliviado.
    Já me disseram que acordar um sonâmbulo, poderia
    ser tão trágico como o individuo morrer, perder
    a consciência ou a fala.

  • Ezio Jose:

    A número um é muito relativo quanto ao acordar um sonâmbulo. Acontece de alguns adquirirem traumas e passar a sofrer de insônia ou pesadelos.
    Quanto a número dois concordo com a explicação da Elizabeth. Quando o organismo já tem baixa imunidade, o choque térmico pode zerá-lo e daí as consequências de contrair doenças virais.
    Não sei e cabelos e unhas crescem após a morte. Posso afirmar que espinhos de ouriço-caixeiro (o tal porco espinho) se guardado em solução de água e álcool numa garrafa fechada e protegida da luz reproduzem e cresce. Já fiz a experiência e comprovei. Dá para imaginar que cabeos e unhas também podem crescer.
    As áreas diferentes da língua acentua a diferença de sabores sim. Isto não quer dizer que no todo não perceba os sabores, mas certas regiões da língua captam com mais frequência os direntes sabores. Isto explica-se de forma simples, pois tudo o que o cérebro percebe dos nossos sentidos são frequências que percorrem determinados ramos do sitema neural e cada um tem uma sensibilidade específica para cada frequência.
    Usamos sim apenas 10% da capacidade de nosso cérebro. Tem muitos que não usam nem 0,5%. Creio, olhando o mapa de um cérebro, que para os movimentos voluntário e involuntários usamos 5%. Os outros 5% ficam ao cargo do subjetivo que dão o raciocínio, pensamentos, idéias e buscas daquilo que armazenamos como experiências e aprendizados. Contraria-se a própria afirmação da matéria que alguns os neurônios ficam mais ativos em determinado momento, mas todos eles são importantes e indispensáveis; é lógico; esta aí mais um argumento de que não USAMOS 10% de nossa capacidade cerebral. Poucos são os Computadores Pessoais que realiza mais de 100 operações simultâneas.(rs)

    Poroutro lado, a matéria em sí é muito interessante para dispertar discussões sobre vários aspectos de nossa vida e aprendermos mais pensando sobre os itens sugeridos.

  • MARCOS:

    EU GOSTEI DO 6,, DE PENSAR EM SEXO O TEMPO TODO..MAS E SO PENSAR..

  • Reynaldo Andrade:

    Eu tenho um tio muito rico, quer dizer tinha, porque ele morreu, mas as unhas continuam crescendo, é sério ( deixa eu explicar, as unhas dos herdeiros, querendo agarrar cada um sua parte com unhas que puderem ser maiores, é claro) esta explicado.

  • Tony Amorim:

    Interessante artigo, gostei especialmente do oitavo ítem

  • Edgar:

    um dos artigos mais interessantes que já li aqui!

  • Elizabeth:

    Isso de sair no frio ou chuva e não se resfriar é relativo. O frio ou chuva não provocam doenças, mas o choque térmico pode provocar diminuição da imunidade em pessoas sensíveis e a baixa imunidade pode dar abertura para algum virus.
    Eu fui criada andando descalça, brincando na terra, tendo vários bichos, acho que isso ajuda a reforçar o sistema imunológico. Criança superprotegida fica mais doente.

  • Zé da Morte:

    Alf Lee, quem disse que as mumias ja nao tinha cabelos e unhas grandes ao morrerem?

  • Douglas Miranda:

    Apaixonei com a morena se depilando… sonhar é de graça mesmo!

  • Alf Lee:

    A n°3 não é mito. Unhas e cabelos continuam a crescer por algum tempo. Múmias incas atestam isso.

  • Guiler:

    Creio que existam,informações mais produtivas e interessantes.
    Foram descuidados nesta matéria de hoje!
    Quando não tiverem assunto,é preferível não falar nada.
    Um abraço a todos!!!

  • ELiane:

    Minha filha desenvolveu uma verruga no polegar e crescia muito rápido levei-a ao pediatra que receitou aspirina( acido acetil salicilico) que foi colocado diretamente na verruga durante 30 dias consecutivos…ela sumiu sem deixar rastros.

  • Daniela:

    O nr 4 é verdade que os pêlos sejam mais fortes. Ao cortar o pêlo, quando ele crescer serà mais forte e mais escuro.
    Para suportra o pêlo de fora, a parte submersa na derme é mais grossa (daí, por vezes, causar gotinhas de sangue quando se arranca.)Quando o pêlo cresce serà esse pêlo mais grosso ( e microgramas mais pesado). Obviamente, como o pêlo não irà cair, a raiz e toda a longura do pêlo da derme engrossa milésimos de micrometros.

  • willian:

    Tomar leite com manga você morre.
    Mentir cresce o nariz.
    Fazer algo errado ou mentir deus castiga.
    Comer e ir tomar banho você fica torto.
    Falar no celular dentro de um posto de gasolina explode tudo.
    etc.

  • Wilson:

    A numero 2 , sair na chuva, sair no frio , eu concordo ser um Mito. Termino o banho e já saio no frio ou na chuva e sem camisa. Nada disso me fez sofrer algum tipo de doença : tipo Resfriado, Gripe, etc. Eu tenho 56 anos e faço isso desde que me entendo por gente.Só tem um detalhe: Vivi a maior parte de minha vida longe de minha Mãe. Se fosse o contrário, com certeza ela teria mudado este meu modo de ser. Quem nunca ouviu esta frase: Coloque uma blusa, voce vai se resfriar!!!

  • German:

    Com certeza a número 3 é verdade. E quando “desinterraram” a mulher estava viva e pediu uma manicure e um cabelereiro!!!

  • JRT:

    Quem quizer, experimente:
    Estava preocupado com uma verruga que crescia, crescia no pescoço, e formava até ponta. Estava à marcar cirurgia, qdo lí sobre acidez/bicarbonato etc que combate certas coisas….
    Durante vária noites, ao ir dormir, coloquei uma pitadinha de bicarbonato de sódio. Simplesmente desapareceu e nem cicatriz ficou daquela coisa feia..

  • joao:

    o numero 3 é verdade, a mãe de um amigo meu morreu careca porque tinha cancer, mas quando foram dessinterrar ela tinha cabelo.

Deixe seu comentário!