O que o Pac-Man tem a ver com o fato de não cairmos da Terra, de acordo com terraplanistas

Por , em 3.05.2018

Mais de 200 entusiastas da teoria da Terra Plana reuniram-se no final do mês de abril em Midlands Ocidentais, metrópole no centro da Inglaterra, para “se engajarem em discussões profundas e significantes”, de acordo com a Convenção da Terra Plana UK.

Apesar de os gregos antigos terem provado que a Terra é redonda há mais de 2 mil anos, um pequeno grupo de pessoas tem defendido que a Terra é um disco.

Nesta conferência, os participantes apresentaram argumentos para defender esta ideia. Um dos mais interessantes veio de Darren Nesbit, que descreveu o que ele chama de “efeito Pac-Man” para justificar por que aviões não caem da borda da Terra, de acordo com o site Physics-Astronomy.org. Segundo ele, quando um avião ou outro objeto atinge a borda do horizonte, ele se comporta da mesma maneira que o Pac-Man quando atinge a borda da tela: o objeto se teletransporta para o outro lado do planeta.

De acordo com o grupo que organizou a convenção, a reunião também incluiu alguns “pontos de vista alternativos”.

“Em conjunto com um número seleto de palestrantes famosos sobre a Terra Plana, também fornecemos alguns pontos de vista alternativos. Nós realmente esperamos que novas amizades sejam formadas, que haja um brainstorming de ideias e experimentos e que futuras ações sejam colocadas em prática”, diz uma nota no site do encontro.

Entre os nove apresentadores estavam: Nesbit, um músico que tornou-se interessado na teoria da Terra Plana em 2014; Dave Marsh, um gerente do Serviço Nacional da Saúde da Inglaterra; e Gary John, um terraplanista independente que organizou o evento.

Defensor da Terra Plana finalmente lança-se para o “espaço” em um foguete caseiro

Marsh foi um dos quatro palestrantes que estão associados ao grupo de pesquisa sobre a Terra Plana FEcore. Suas pesquisas focam na lua, já que ele acredita que ela é chave para destravar a decepção do globo terráqueo.

Ele estuda a velocidade da lua para atravessar o céu da noite. “Minha pesquisa destrói a cosmologia do Big Bang. Ela suporta a ideia que a gravidade não existe e que a única força verdadeira na natureza é o eletromagnetismo”.

Outro palestrante, Martin Kenny, tem uma hipótese um pouco diferente. “Eu acredito que há outras terras, dimensões e civilizações que ainda vão ser descobertas fora do plano da nossa Terra. A Terra toda consiste de quatro anéis concêntricos de terra, cada anel tem sua própria lua e sol”, defende ele no site da convenção.

O grupo de defensores da Terra Plana concordam que o planeta é achatado, mas suas ideias sobre o layout do disco são diferentes. Muitos parecem pensar que a Terra é um disco cercado por uma parede de gelo e evidências que mostram o contrário, como imagens da NASA, são falsas.

É difícil estimar quantas pessoas no mundo realmente acreditam que a Terra seja plana, mas a organização deste tipo mais antiga no mundo, a Flat Earth Society, diz contar com 555 membros registrados em agosto de 2016.

Esta não foi a primeira convenção dos terraplanistas. Em novembro de 2017 aconteceu a Conferência Internacional da Terra Plana (FEIC) em Raleigh, no estado americano de Carolina do Norte. O evento recebeu Mark Sargent, que acredita que todo mundo está trancado em uma estrutura semelhante ao Show de Truman. A próxima FEIC deve acontecer entre os dias 15 e 16 de novembro, em Denver (EUA). [Live Science]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (27 votos, média: 3,70 de 5)

Deixe seu comentário!