Dia das mães no espaço

Por , em 9.05.2011

Se você está triste por ter passado o dia das mães longe da sua porque mora em outra cidade, imagina os filhos de Cady Coleman, astronauta da Agência Espacial Norte Americana (NASA), que está a 350 km do nosso planeta na Estação Espacial Internacional desde Dezembro de 2010. O pior de tudo é que ela nem pode dividir a saudade com outras mamães, pois o resto da tripulação é composto por cinco homens. O último domingo não deve ter sido fácil para seu filho, o pequeno Josh, de 10 anos.

Na semana passada, Cady participou de um programa da rede de televisão CBS, dos EUA, falando diretamente de sua estação. “Eu sinto muita falta e gosto muito deles”, disse ela se referindo ao marido e ao filho. “É bem difícil para eles e para mim estar longe. Eu só espero que, enquanto estiver aqui em cima, meu trabalho compense, mas eu realmente acho que vai”. Ela pode ser a única mãe no espaço atualmente, contudo, não é a primeira. A primeira a viajar para fora do planeta foi a astronauta Anna Fisher, que participou do lançamento da missão da Discovery STS-51A, em 1984.

A astronauta Cady se aposentou como coronel da Aeronáutica americana e é doutora em Engenharia e ciência de polímeros (tradução para polymer science and engineering). A atual é a sua terceira missão espacial, as anteriores foram em 1995 e 1999. A data da volta já está marcada para o dia 23 de maior, em uma espaçonave russa que irá pousar no Cazaquistão. Falta pouco, mas, segundo ela, mesmo quando ela está com os pés em solo terrestre é difícil ficar perto de sua família.

“Meu marido mora em Massachusetts e eu no Texas. Eu passei os últimos três anos me preparando para a missão, ficando um terço do meu tempo na Rússia, algum tempo no Japão e um pouquinho na Europa. Meu casamento é à longa distância. Eu acho que, se você tem uma situação desafiadora, basta resolver o que é melhor para você e não se preocupar se outras pessoas te julgam errada. Para mim, meu marido, e meu filho, tudo está funcionando muito bem”, diz ela. Apesar da saudade, claro.

O segredo, para ela, é manter a comunicação com as pessoas que ama. “Eu posso ligar para eles daqui toda noite. Desde que cheguei aqui, só não falei com eles três dias, em todos os outros, ligo diligentemente. Eu e meu filho fazemos coisas como contar histórias, e eu faço questão de conversar sobre assuntos importantes com meu marido, como qualquer outra esposa”, explica.

Até o tigre Hobbes, das tirinhas do personagem Calvin, ajudam a interação com Josh. “Eu trouxe um Hobbes de pelúcia e ele sempre está comigo quando faço meus experimentos. Eu tiro fotos e mando para meu filho para ele entender meu trabalho cotidiano”, disse Cady. [MSNBC]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

5 comentários

  • Leticia:

    OoO. Que triste. minha mae ta bein aqui do meu lado . Imagino ela la no espaço.

  • Pedro_Angola:

    Claro que ela sente-se tranquila, com 5 austronautas aí com ela, nem vale apena pensar no marido, não é?

  • Juliano:

    Deve ser triste mesmo, mas se minha mãe fosse astronauta eu não me importaria não. Só iria pedir pra ela me mandar um monte de fotos da Terra lá da ISS, que deve ser show de bola!!!

  • big bang:

    Cara! queria arrumar uma esposa assim!

  • lucas:

    ainda bem que minha mãe está a no máximo 2 metros de mim.

Deixe seu comentário!