Educação afeta religião – mas de uma forma mais complexa do que se pensava

Por , em 11.08.2011

O que é mais provável: que quanto mais educada a pessoa for, mais ela questionará suas crenças religiosas, mais ela deixará de ir à igreja e até mesmo um dia abandonará sua fé inteiramente, ou o contrário?

Uma nova pesquisa que analisou uma amostra nacional de milhares de pessoas determinou que a educação influencia, realmente, nas crenças e atividades religiosas dos americanos, mas os efeitos são mais complicados do que o senso comum sugere.

Os resultados mostram que a educação tem realmente um efeito positivo sobre hábitos de ir à igreja, práticas devocionais, ênfase sobre a religião na vida cotidiana e apoio a líderes religiosos para pesar sobre questões políticos dos americanos. Mas não é só isso.

“A educação influencia as estratégias de ação das pessoas, e as estratégias de ação são relevantes para algumas crenças e atividades religiosas, mas não todas”, disse o professor de sociologia e autor do estudo, Philip Schwadel.

“Os efeitos da educação sobre a religião não são simples aumentos ou diminuições. Em muitos aspectos, eles podem variar, com base em como você define a religião”, complementa.

Por exemplo, o estudo descobriu que níveis mais elevados de educação acabam com a visão dos americanos de que a sua religião específica é a “única fé verdadeira”, e que a Bíblia é a palavra literal de Deus.

Ao mesmo tempo, a educação foi positivamente associada com a crença na vida após a morte. E, enquanto mais norte-americanos altamente qualificados eram um pouco menos propensos a acreditar definitivamente em Deus, é porque alguns deles acreditavam em um poder superior, não porque eram particularmente propensos a não acreditar em nada.

A pesquisa também descobriu que desfiliação, ou deixar de ter uma religião em geral, não era uma opção popular entre os americanos altamente educados. Na verdade, ter um maior nível de escolaridade foi associado a conversões mais frequentes a religiões mais comuns e predominantes.

Entre as descobertas do estudo, encontram-se:

  • Educação teve um efeito forte e positivo sobre a participação religiosa. Cada ano adicional de escolaridade aumentou as chances de frequentar os cultos religiosos em 15%.
  • O aumento em educação foi associado com a leitura da Bíblia. Cada ano adicional de escolaridade aumentou as chances de ler a Bíblia pelo menos ocasionalmente em 9%.
  • Educação foi relacionada à mudança de afiliações religiosas. As chances de mudar para uma denominação protestante mais comum nos EUA aumentou 13% para cada ano de educação.
  • Os entrevistados mais educados eram mais propensos a questionar o papel da religião na sociedade. No entanto, eles foram contra coibir as vozes dos líderes religiosos sobre questões sociais, e apoiaram os direitos desses líderes religiosos de influenciar o voto das pessoas.

“Os resultados sugerem que os americanos altamente qualificados não se opõem à religião, nem mesmo aos líderes religiosos com opiniões políticas”, disse Schwadel. “Mas eles se opõem ao que pode ser percebido como a religião sendo forçada na sociedade secular”.

A pesquisa deve abrir uma discussão sobre as interações entre educação e religião na vida americana moderna. “É claro que, embora as visões religiosas das pessoas altamente educadas difiram das visões religiosas das pessoas com pouca educação, a religião continua a ser relevante para os americanos de todos os níveis de educação”, afirma Schwadel. [ScienceDaily, Foto]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 4,00 de 5)

130 comentários

  • Huna:

    Temos sido empurrados para crenças e religiões por isso: http://www.atheistnexus.org/photo/o-santo-rico-o-ginri-e-roma-neles

  • gloria:

    As pessoas frequentam igrejas por varios motivos , ñ tem nada a ver c\ nivel de educação, financeiro ou psicologia de vida, a religião é um elo entre a alma e o espirito , um sentimento profundo de entender o porque das situações em q está vivendo , o auto conhecimento e entendimento pras coisas q ñ tem explicação, mas tem pessoas q se cansam de ñ ver resultados satisfatório p\ si e p\ outros aí ele desiste da religião e tenta por em pratica as coisas q aprendeu lá , sem voltar e frequentar ,até respeita mas ñ aceita mais fazer parte do bando..

  • @LucasRodmo:

    Só uma palavra:
    Escolaridade AMERICANA.
    Em um país em que evolução é vista como o demonizador da educação, não me surpreende que a escolaridade leve às pessoas a se agarrarem à religião nos EUA.

    • wagner.dtr:

      O resultado foi aquele americano protestante que criou um parque temático onde humanos e dinossauros viviam em harmonia!!! KKK

  • Allvaro34:

    O interessante é que acreditando ou não, a humanidade sempre discute questões que nunca tiveram sentido e talvez, nunca irão ter. Adão e Eva x Big Bang,somente ideais, ou seja, nenhuma comprovação concreta. Então para quê escolher um lado?

    • Ateu III:

      Engana-se Alvaro. Adão e Eva não faz nenhum sentido, porém o Big Bang faz todo sentido do mundo! Do mundo não, do Universo!

    • Bovidino:

      Adão e Eva, como a maioria do conteúdo bíblico, é simbólico e metafórico.
      BigBang é apenas uma teoria pseudo científica sem nenhuma comprovação e já conta com diversas evidências da sua falsidade.

    • Cluck:

      Que evidenciais seriam essas da falsidade do big bang?

    • Bovidino:

      Apenas algumas. Se você pesquizar vai encontrar mais.

      http://www.diarioon.com.br/arquivo/4166/lazer/lazer-12504.htm

      http://pt.scribd.com/doc/61770222/Detonando-a-Teoria-do-Big-Bang-eBook-gratis

    • Ateu III:

      O colisor de partículas (LHC) provavelmente nos dirá se é ou não uma teoria pseudo.

    • leandro:

      conheço uma pessoa que deixou de procurar tratamento médico para um câncer por sete anos por que… bem ela dizia -“Estou curada em nome de jesus” Ja da pra imaginar o que aconteceu, mas como ela existem milhares de casos no presente em que as religões transformam os menos instruidos em sumbis, e no passado então quanto sofrimento, persiguisões etc, afff!

  • juliano:

    Disso eu tenho certeza; nunca faltarão 7 sinais…

  • juliano:

    Respondendo os pontinhos :

    ● Pois o conhecimento aumenta a percepção sobre o que acontece na vida, ou seja, é preciso buscar algo a mais para se sentir bem (não estou sendo amargo).
    ● Com o costume de ter respostas, logo vai querer entender pelo que esta se dedicando.
    ● Principalmente pela influência, tendo em vista que ao ler a bíblia, ou outro livro, não encontrara respostas coerentes.
    ● Obviamente alguém mais educado iria querer as coisas em seus eixos, e os 10 mandamentos não assustam assim é o contrário, entretanto, apenas é impossível essa homogeneidade com a natureza humana…

  • Josias:

    Deus é antes de tudo uma questão de definição

  • WILHER:

    Os homens mais inteligentes da história da humanidade foram e ainda são Cristãos, muitos deles, proclamados santos. atualmente uma das maiores inteligencias é o Chefe da Igreja Católica Apostólica Romana. E para quem não sabe na idade média a humanidade perdeu toda a cultura e hoje tem educação graças aos monges católicos que saíram dos mosteiros e fundaram as escolas ou é desconhecida a época da ESCOLÁSTICA?

    • Ateu III:

      “A biblioteca de Alexandria, um dos maiores monumentos do conhecimentos humano, foi completamente destruída,juntamente com um enorme templo a Serápis, pelo bispo Teófilo que mais tarde foi canonizado. Segundo o próprio, “Só não consegui arrancar as fundações porque estas eram demasiado pesadas”. Com a destruição deste grande centro de conhecimento a Humanidade passou de ter uma mentalidade de tolerância muito semelhante à actual, para regressar à Idade do Bronze (em termos de conhecimento e moralidade, claro), ficando mergulhada na Idade das Trevas durante os 1000 anos seguintes.” Antes tivesse sido destruída a Igreja Católica e seus animais cristãos fanáticos.

  • Dalton Spdier:

    O resultado era tão previssivel, 70% da população dos EUA é protestante, a vida americana é simplesmente apregada na igreja evangelica de lá.

    Ouvir dizer que 1/3 dos americanos sequer sabem localizar o próprio país no mapa!

  • Chico Lobo:

    querido Bovidino.

    Para uma pessoa respeitar e ter solidariedade para com seus semelhantes, respeitar a natureza, ter um carater íntegro, viver com retidão e justiça NÃO PRECISA NECESSARIAMENTE TER RELIGIÃO.

    Alias, é muito mais comum entre os religiosos encontrarmos aqueles que promovem guerras e genocídios em nome de seus dogmas do que entre os ateus.

    Entre em uma penitenciária e procure saber quantos daqueles penitenciados por crimes são ateus,.. se é que voce encontrará algum por lá.

    Geralmente os ateus seguem um princípio ético e humano, sem necessitar de um ser fantástico para temer..

    Ser ateu é ser amadurecido psicoemocionalmente e seguro das suas próprias responsabilidades como ser humano diante da natureza do cosmo e dos demais semelhantes.

    Não precisa ter medo que não haverá ninguém que te punirá por seus atos senão sua própria conciencia.

    Na verdade, quem prega contra o carater dos ateus são os sacerdotes que a todo custo querem preconceitualizar aqueles que não tem seus vícios fantasiosos… tal qual os viciados em droga chamam aqueles que não usam drogas de “CARETAS”.

    Eu ainda não conheci nenhum carater disvirtuado que não se revele um temoroso crente em algum deus. Não que os crentes tenham carater distorcidos, mas com certeza os distorcidos nunca negam suas crenças e temosres em fantasias divinas.

    Acho que nesse século os ateus estão mais encorajados em sair do armário que viveram escondidos até agora defendendo-se da crueldade e dos preconceitos dos crentes

    • Bovidino:

      Caro Chico,
      Não entendi porque está dizendo tudo isso pra mim.
      Percebo que você ainda não entendeu o que é RELIGIÃO.
      De novo você confunde RELIGIÃO com as empresas pseudo-religiosas que também chamam de IGREJAS.
      Todavia,você disse:
      (Entre em uma penitenciária e procure saber quantos daqueles penitenciados por crimes são ateus,.. se é que voce encontrará algum por lá…………..Ser ateu é ser amadurecido psicoemocionalmente e seguro das suas próprias responsabilidades como ser humano diante da natureza do cosmo e dos demais semelhantes.)
      1) Nas penitenciárias, certamente você encontrará ex-ateus que se converteram para alguma religião.
      2) Ser amadurecido psicoemocionalmente e seguro de suas próprias responsabilidades como ser humano diante da natureza do cosmo e dos demais semelhantes, não é uma prerrogativa de ‘ateu’, até porque pessoas desse nivel evolutivo, existem poucas. Vou citar apenas algumas:
      1) Dalai Lama – 2) Madre Tereza de Calcutá – 3) Gandhi – 4) Yogananda – 5) Jiddu Krishnamurti – 6) Helena Blavatski – 7) Nelson Mandela.
      Se você se inclui nesse seleto grupo, meus parabéns. Eu ainda não cheguei lá.

    • HFC:

      A Madre Teresa de Calcutá aquela mulher que deixava gente morrer sem analgésicos ? Vc se inclui no grupo dela, Bodivino ?

  • Charles:

    Olá Chico Lobo!

    Creio que tu estás confundindo a questão, pela forma/critica que faz. Tu estás confundindo CATOLICISMO com CRISTIANISMO. O Cristianismo como FILOSOFIA DE VIDA foi dogmatizado pelo CATOLICISMO fundado pelos apóstolos seguidores de Jesus Cristo. O Catolicismo sim provocou, através de seus agentes e interesses de poder,todas estas (e outras não sabidas ainda)guerras e matanças em nome de Deus. O Cristianiosmo como filosofia e pregado por seus seguidores leva ao desenvolvimento de padrões éticos e morais elevados. Caso não saiba, o Cristianismo surgiu antes de Jesus, como seita no interior do Judaísmo e, dada as diferenças que se tornaram incompatíveis quanto a ritos e fundamentos, após a morte dele tomou vida própria a partir dos apóstolos com sua pregação mundo afora. Como tu também não tenho religião mas acredito em algo superior seja lá o nome que tenha, pois do contrário nada teria sentido. Grande abraço.

    • Chico Lobo:

      Caro Charles.

      Reconheço meu equivoco compulsivo. Você está certo e foi bastante esclarecedor no seu texto.

      Eu sou ateu, mas procuro entender os fenômenos causados pela religião, não como inimigo das civilizações dogmáticas, mas como um pequeno estudioso do comportamento social por ela causado.

      Reconheço que o cristianismo é uma das correntes filosóficas que mais foi difundida no planeta e que surgiu naquela região do oriente Médio, assim como houveram outras anteriores e posteriores como o platonismo, confucionismo, marxismo e outras.

      Reconheço que o catolicismo foi a maior força política que distorceu absurdamente o pensamento original de Ieshua Bem Iusef e seu predecessores como o próprio João Batista, o qual considero ser um dos que antes de Jesus já tinha os discursos e os princípios pregados pelo “messias”.

      Também reconheço que a reforma de Lutero, que deu origem a corrente dos evangélicos atuais, foi uma reforma feita pela metade, uma vez que Martinho ainda não tinha acesso aos livros do mar morto, e que apenas rompeu os laços com o clero romano, mas carregou em si muitos dos enganos bíblicos e históricos. Tenho absoluta certeza que se Lutero tivesse acesso aos livros apócrifos a reforma seria mais “interessante” no tocante aos dogmas de Roma.

      Para mim, os princípios básicos do cristianismo, aquele difundido no primeiro século, eram os mais puros e humanos. Jesus e seus iguais seguidores ou predecessores tinham princípios que realmente rompiam com a tradição judaica com um pensamento absolutamente humanista, socialista com total desapego á propriedade privada e aos bens materiais com amor ao próximo, perdão e caridade para alcançar a felicidade interna do ser humano. Eu jamais negaria isso.

      Porém, como disse Nietzsche, “…só houve um único cristão no mundo e este foi assassinado numa cruz com suas idéias, os que vieram depois deste apenas usaram seu nome para benefício próprio…”

      – entendo que o que fizeram com seu nome e suas supostas idéias atribuídas a ele foi pura distorção para benefício de interesses políticos do poder e da dominação dos povos. Jesus (com todo respeito) foi usado pelos “sacerdotes” em todos os tempos como uma marca “comercial”, uma “patente” um ícone, um rótulo de produto, ainda mais nos dias midiáticos de hoje.

      Infelizmente, tudo o que sobrou hoje daquele cristianismo original (gnosticismo) foi a “marca” Jesus, alguns fatos narrados por terceiros décadas depois de sua morte e supostas idéias atribuídas a ele. – .Nenhum cristão pode afirmar com certeza onde seu Deus-Homem andou ou fez dos 13 aos 30 anos de idade – O próprio Saulo de Tarso (“apostolo” Paulo) que escreveu e difundiu muito essas supostas idéias “cristãs”, jamais conheceu ieshua. Resolveu Saulo escrever a todo canto coisas de sua própria cabeça em nome do suposto pensamento “cristão”… Vemos isso nas evidentes contradições entre o que “pregou” Jesus e o que disse Saulo décadas depois nas epistolas e cartas aos Romanos.

      Hoje, o cristianismo não é mais essa corrente de pensamento gnostico do século 1, e sim uma colcha de retalhos onde cada líder “cristão” interpreta o que chamam de cristianismo segundo seu entendimento dogmático e interesse de poder. Isso recai a todas as seitas cristãs, sejam católicas Romana, ortodoxa, anglicana, evangélicas, protestantes, messiânicas, testemunhas de Jeovah, mormons e outras.

      Para mim, céptico e defensor da ciência pura e da história cartesiana, isso só trouxeram as maiores barbáries cometidas na história contra a humanidade em nome de alguém que só veio aqui para ser um Hipie (no bom sentido) pregando a paz, o amor e o perdão como base de suas idéias.

      Padres, pastores, bispos, pregadores, papas e (sic) “apóstolos” da televisão são o cancro do mundo, interesseiros em poder hegemônico, acumuladores de capital e mídia, políticos disfarçados em supostos homens de “deus”… apenas isso.

      Na minha qualidade de ateu, adimito o princípio filosófico cristão, mas abomino o que sobrou do cristianismo de mercado.

      Parabéns por sua lucidez e cordialidade ao me responder inteligentemente, muito diferente dos iludidos dogmáticos fundamentalistas que sequer conhecem a história do que acreditam ser “sagrado”.

      Um sincero abraço fraterno e ateu.

      Chico Lobo

    • Andy:

      Na minha opinião, mesmo com tal “força superior” continuaria sem sentido. O sentido que você acha que tem é apenas superficial.

  • Chico Lobo:

    texto maravilhoso, lúcido e necesário – entrei no link e fiquei maravilhado em ler tanta verdade esclarecedora. – PARABEMS LISANDRO – quem ganha com essas informações é a verdade, a luz do saber, a ciência, a história real.

    Um verdadeiro desmascaramento da mentira, do dogma, ddo misticismo da crendice refutável e insustentável , agora que estamos na era iluminada da ciência, da arqueologia científica e da pesquisa.

  • Pensador®:

    Eu acredito em um Deus. Mas não acredito em Arca de Noé, muito menos em Adão e Eva, Jardim do Éden.

    • Pig:

      então vc e um banana, ou é tudo ou é nada.

    • Pensador®:

      Um banana? Eu tenho o direito de acreditar em um ser superior. Mas eu não acredito em Adão e Eva, Arca de Noé, céu e inferno. Você também tem o direito de não acreditar em nada. Quando morrermos, veremos quem está certo e quem está errado.

  • Cristian Almeida:

    Me identifiquei com o texto. Muito bom. Deve ser por isso que não tenho religião…

  • Pig:

    Eu so ateu e tô vivendo, tem gente
    que é crente e tá morrendo? wooow

    • EltonPaes:

      “Eu bebo sim, e tô vivendo!
      tem gente que não bebe e ta morrendo!”

  • Chico Lobo:

    O PEIXE (SIMBOLO DO CRISTIANISMO) MORRE PELA BOCA

    Apesar de respeitar todas as religiões, eu confesso que sou ateu.

    Porém, não posso deixar passar o que penso das religiões.

    Dentre todas que existem aos milhares no mundo, há uma que representa a maior controvérsia. – O CRISTIANISMO. Não por seus seguidores, mas principalmente por seus sacerdotes.

    Não há nesse mundo religião mais contraditória que esta, e olha que eu estudei muitas religiões antes de me tornar um ateu.

    O Cristianismo é a religião que mais promoveu barbáries em nome de seus dogmas e do seu deus. – Vide na história desde o tempo da destruição da biblioteca de ALEXANDRIA – assistam o filme do mesmo nome. – Vide o que os cristãos cometeram com as mulheres e cientistas na época da “santa” inquisição. Vide o que os sacerdotes cristãos cometem até hoje com a ignorância popular.

    Qualquer barbárie é permitido ser feita em nome do deus dos cristãos que diz pregar o amor e o perdão.

    Qualquer exploração é permitido fazer em nome desse deus que diz que a riquesa não entrará em seus ceus.

    Os sacerdotes falam demais, e quanto mais falam mais cometem equívocos e contradições. – Eles não acreditam no evolucionismo Darwiniano, mas quando a dor de barriga aperta neles ou em seus familiares, é na ciencia médica que eles se apegam.

    CRISTÃO RIMA COM CONTRADIÇÃO

  • eset:

    A culpa de muitas pessoas deixarem de crer em Deus é da própria igreja que faz as pessoas pensarem que Deus é um ser vingativo e maldoso, quando na verdade não é!

  • Ferreira Santos:

    A fé não tem explicação.Deus sem mim continua sendo Deus e eu sem Deus o que serei? O Apóstolo Paulo responde aos Romanos: Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte? O escritor aos Hebreus disse:Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem.Pela fé entendemos que os mundos foram criados pela palavra de Deus; de modo que o visível não foi feito daquilo que se vê.A ciência nunca explicou e não vai explicar a cura de um homem com câncer ou HIV quando já estava desenganado pala ciência.Só a Bíblia explica: A FÉ em DEUS.A FÉ em CRISTO JESUS.

    • vicente:

      cara eu to torcendo pra deus nao existir senao eu vo parar no inferno sem nem passar pelo purgatorio

    • Andy2:

      Por que será que a fé nunca cura um alejado? Por que nunca alguem que perdeu um braço rezou e no dia seguinte o braço estava de volta? Por que será que esse ‘deus’ só cura coisas que acontecem dentro do organismo onde ninguem pode saber ao certo o que ocorreu devido as limitações da tecnologia atual?

      “Qualquer tecnologia suficientemente avançada parece ser mágica.” Arthur C Clarke

      Por desconhecermos o que aconteceu para o cancêr sumir da pessoa, atribuímos a mágica. Assim como quando não se sabia o que causava a chuva, a chuva era considerada mágica divina.

  • OddStrikesAgain:

    O ateu nunca enxerga seu fanatismo.
    Os ATEUS vivem com interpretações TORPES, querendo CONFUNDIR os mais incultos, afirmando mentiras e até coisas que já foram descartadas pela ciência ou fatos errados pela arqueologia.

    FANATISMO
    Em Psicologia, os fanáticos são descritos como indivíduos dotados das seguintes características:

    1. Agressividade;
    2. Preconceitos vários;
    3. Estreiteza mental;
    4. Extrema credulidade quanto ao próprio sistema, com incredulidade total quanto a sistemas contrários;
    5. Ódio;
    6. Sistema subjetivo de valores;
    7. Intenso individualismo.

    Então tire suas conclusões se os ateus são fanáticos ou não. Pra mim, são até mais que muitos religiosos (além de arrogantes e soberbos).

    VOCÊ ACHA QUE SE INSTITUÍSSEMOS UM ESTADO PLENAMENTE ATEU O MUNDO IRIA MELHORAR?

    Iria em partes, mas apenas mudaria o sistema. Os erros, a política, A LEI DO MAIS FORTE E O EGOÍSMO IRIAM PREVALECER, mais cedo ou mais tarde. E por que não? Já que após a morte tudo acaba, e esta vida é tudo o que há, então é válido que eu use mão de todos os recursos disponíveis que eu puder para me dar bem na única vida que tenho. Se esta vida é tudo que há, é valido que eu abra mão de valores (que só servem como freio) e ponha o meu EU em primeiro lugar e nem ligue para a dor dos outros. Afinal, tenho de VIVER enquanto posso!

    Certa vez, lendo um livro de autoria ateísta, li o seguinte comentário:
    Qual será o destino dos humanos sem qualificações?
    Como no canibalismo cósmico e no “Adapte-se ou morra” não há lugar para os confusos, fracos ou sem sorte… E o conforto dos mais adaptados depende do trituramento dos seus subordinados ou de alguma forma de vida, considerada seu alimento ou fonte de recursos…

    O MUNDO NÃO SERIA MELHOR E NEM ISENTO DE DORES, PROBLEMAS E SOFRIMENTOS SE FOSSE TODO ATEU.
    O PROBLEMA DO MUNDO É O SER HUMANO E SUA NATUREZA corruptível, seu caráter volúvel.

    C. S. Lewis disse: “Rezemos para que a raça humana nunca saia da Terra para espalhar sua iniquidade em outros lugares”

    Friedrich Nietzsche disse: “Até Deus tem um inferno: é o seu amor pelos homens”.

    O QUE TENHO A TE DIZER MEU AMIGO, é que isso NÃO PROVA QUE DEUS NÃO EXISTE, mas apenas que existem mercenários.

    A CORRUPÇÃO, A MÁ FÉ, AS MÁS AÇÕES E OS DELITOS DOS SERES HUMANOS EM NADA IMPLICAM NA EXISTÊNCIA OU NÃO EXISTÊNCIA DE DEUS.

    PONHA ISSO NA SUA CABEÇA. A religião só não muda quem não a leva a sério. Se o mundo fosse todo ateu, essas coisas continuariam acontecendo, também haveria problemas e doenças e egoísmo, assassinato e morte.

    • OddStrikesAgain:

      Se sintam ofendidos e me negative pela verdade que vcs não querem assumir!
      Não aceitar criticas, anda de mão dadas com o fundamentalismo!

    • vicente:

      me prova que seu deus existe que eu nao te do um negativo pelo equivoco, agora se vim com papo de pastor:
      “venha irmaos aceite jesus amanha pode ser o ultimo dia”
      tenha fé.
      so pra ser roubado.

    • OddStrikesAgain:

      Anomalias ateístas:

      Os ateus terminam sendo acometidos não só de uma variante da sociopatia, como também de outras síndromes que são evidentes em uma mera análise de seu discurso. Por exemplo, vários se acham na posição de atuarem até como consultores de crença, dizendo aquilo em que os outros deveriam ou não acreditar. Muitos, como Daniel Dennett, dizem que se deve determinar uma crença para todo o mundo, e que um comitê liderado por ele deveria existir para isso. Isso, é claro, os qualifica, como também a vários de seus seguidores, como portadores de um doentio e assustador auto-engano, que, em várias vezes, causa um misto de assombro e vergonha alheia. Não raro ateus definem que são os portadores da “razão”, mas a única evidência que trazem disso é a declaração. Quanto à ciência, outros tantos (inclusive vários que não são portadores da ciência) alegam representá-la.

      O PENSAMENTO PRETO E BRANCO, obviamente uma manifestação do comportamento preconceituoso, termina fazendo com que a pessoa veja tudo de forma dicotômica. Desta forma, o maniqueísmo assume ares gigantescos, com eles terminando por considerar todo um religioso alguém que está em um extremo, ao passo que ele está em outro extremo. Obviamente, ele, embutido de seu auto-engano, irá atribuir todas as características do extremo a que pertence como lisonjeiras, ao passo que todas as características do extremo a que o outro pertence são, naturalmente, pejorativas.
      Outro problema do pensamento preto e branco é o uso abusivo de estereótipos, naturalmente, com que se refere aos religiosos. Portanto, torna-se difícil para ele, encarar algum religioso fora do estereótipo. Isso, aliás, tende a dificultar sua socialização com qualquer pessoa religiosa, que irá provavelmente identificar a quantidade enorme de preconceitos que o ateu possui. Isso talvez explique por que eles preferem ser tão unidos entre eles.

      A MITOMANIA é outra faceta da personalidade do ateu. Talvez pela cultura do ódio ele considera lícito mentir o máximo possível contra qualquer religioso que encontrar pela frente. Não há limites para a quantidade de mentiras. Quando estão em grupo, principalmente nas redes sociais, podem mentir e difamar de forma mais coordenada, mas não há jamais o interesse em buscar a verdade a respeito do oponente.
      Normalmente, quando suas mentiras são descobertas, tendem a se tornar agressivos e impacientes, o que, novamente, é uma característica da sociopatia.

      A PSICOSE é outra característica evidente, e que tem fortes relações com o auto-engano e a mitomania. Pessoas com essa característica mentem tanto, mas tanto, que passam até a acreditar em suas próprias mentiras. Por exemplo, em comunidades como as vistas nos fóruns de Richard Dawkins e Sam Harris (eles abrem fóruns para seus leitores), nota-se que vários ateus realmente acreditam naquilo que falam, pois estão em um grupo no qual não há frequência de religiosos. Logo, alguns deles já não estão no estágio de mentir para um oponente, mas sim mentir entre eles próprios, principalmente quando estão em grupos de amigos.
      Essa característica, aliás, é uma das mais interessantes, pois quando eles já estão neste estágio é aquilo que os psiquiatras definem como “perda de contato com a realidade”. Recentemente, por exemplo, um ateu se afirmou cientista, mas na verdade estava apenas… estudando biologia. Outro afirmou-se cientista também, mas após alguns questionamentos notou-se que ele era um advogado. No que ele retrucou: “sou um cientista das ciências jurídicas”. Enfim, não há limites.

      A DEMÊNCIA é outra manifestação evidente em vários ateus. Alguns deles, mesmo tendo o desenvolvimento intelectual normal, perdem a capacidade cognitiva parcial ou completamente. Muitas vezes o diálogo com eles torna-se algo próximo do surreal, como quando um disse certa vez no Orkut: “Eu não acredito em Deus, pois a ciência exige evidências” (ele se comparou à ciência). Ou então quando um outro afirmou: “Eu não posso acreditar em nada, pois sou ateu” (o ateísmo é só ausência de crença em Deus, e não em tudo).

    • Andy2:

      Um verdadeiro ateu, não é aquele que prega a inexistência de algo, e sim a inexistência de razões ou evidências da existência de algo.

      Deus pode ter criado o mundo? Um ateu diria: “Sim, é claro que pode, mas também pode ter sido Zeus, pode ter sido Brahma, Odin, Buda,Alá e porque não o Papai Noel?

      O ponto é, pode ter sido infinitas ‘coisas’ que criaram o mundo, e devido a essa diversidade de opção, como saber qual delas foi com certeza o criador? É aí onde entra a razão do ateu: vamos olhar as evidências! Tem alguma evidência de que um tal de Jeová que tá escrito em um livro seja o verdadeiro criador? Não… e do papai noel? Também não…

      Espere! Olhe para as estrelas! Elas estão se afastando! Isso sugere que há muito tempo atrás elas vieram de um mesmo ponto, certo? Vamos chamar essa conclusão baseado em evidências de Big Bang!

    • Mister_X:

      Ausencia de evidência, não é evidência de ausencia, isso é uma falácia de apelo a ignorancia, não há lógica nessa afirmação. Existem diversos argumentos tratatos de forma lógica que apontam que a existência de Deus, não só é possivel como é necessaria para explicar a seguinte questão: “Porque existe algo, e não o nada?”, agora se você espera evidências empiricas, pode ir tirando o cavalinho da chuva, que isso é lógicamente incoerente, um ser concebido da forma como Deus, lógicamente não pode oferecer provas empirricas e só pode ser tratado através do raciocinio lógico, apenas através da filosofia, e outro ponto é que não é possivel comparar Deus, com Zeus, Odin e Papai noel, pois Deus é classicamente, um ser infinito, atemporal, metafisico e infinatamente poderoso, já os tais seres mágicos, são finitos, ou seja tem forma humana, são temporais e físicos, ou seja vivem dentro do universo, já esses você poderia esperar provas empiricas da existência, pois por suas qualidades eles tem capacidade de deixas tais evidências, mas eles estariam mais para super homens do que deuses realmente e são seres, causados e não causadores, ou seja, se pensar de forma lógica verás que eles não tem capacidade para ser a causa do universo como Deus tem, pois eles foram causados pelo o universo, vivem dentro do universo, o que são características contraditórias as esperadas de um ser criador do unvierso, mas que Deus preenche perfeitamente, agora não importa o que faça, um ser causador, deve ser atemporal, metafisico e infinitamente poderoso, para criar o universo, você pode colocar essas características e dar o nome que quiser, mas continua sendo Deus, pois as características são as mesmas, seria o mesmo que eu mudar seu nome, você teria um nome diferente, mas continuaria sendo você. Quanto a teoria do big bang, você sabia que foi um físico que era padre que criou essa teoria, e que ela nada atenta contra a existência de Deus, pois se você raciocinar de forma lógica, verás que 1. Deus pode ter causado o bing bang 2.Deus tem o poder para causar o big bang 3. Há uma chance de quase 99% de Deus ter feito o big bang. Não qual a lógica empregada, para chegar a conclusão de que 1.ocorreu o big bang 2.por isso Deus não existe. Você não considerou todas as variaveis no seu raciocinio, por isso ele foi falho, não há lógica nele.

    • Andy:

      Você tentou dar uma de espertão, mas precisa aprender a interpretar melhor. Eu não disse que big bang anula deus, eu apenas citei como um exemplo da origem do mundo baseado em evidências. Nós temos evidências que o bigbang existiu, fato. Mas não temos evidências de um Deus que o criou, fato. Eu nunca disse que um deus não poderia ter criado o bigbang.

      Você cita que existe muitos argumentos à favor de deus, mas existem muitos mais contra. Vide por exemplo os inuméros paradoxos de onipotencia e onisciência.

      Você falha em dizer que eu cometi uma falácia, visto que em circunstância alguma eu atestei a inexistência de deus por falta de evidências, pelo contrário, eu citei sim que poderia existir.

      O problema é, se algo é invisivel, atemporal, intocável, incolor, inmaterial, infinito e todo tipo de ‘in’ que você puder imaginar, qual a diferença da existência dele e sua inexistência? É como o dragão invisível de Carl Sagan (Pesquise ae no youtube).

      Me explica ae por favor o que é um ser infinito? Ele é infinitamente poderoso? O que é o poder e de onde ele vêm? Se ele é atemporal, porque então a matéria não pode ser atemporal e ele ser eliminado por curto-circuito? E se ele não pode ser explicado por lógica, então porque discutir sobre algo indiscutivel?

      Só porque na sua crença seu Deus é mais poderoso que o deus das outras mitologias, não quer dizer que a sua religião seja a verdade… rsrs

    • Andy:

      Ah, só mais uma coisa:

      “Ausencia de evidência, não é evidência de ausencia”

      Na minha opinião, ausencia de evidência é sim uma evidência de ausência. Não é uma prova, mas é uma evidência, uma sugestão de ausência.

    • Mister_X:

      Andy, só pelo que você escreve, nota-se a sua inexperiência no assunto, que não entende quase naada de lógica, da uma olhadinha em um guia de falácias, pesquisa sobre lógica aristotélica e depois tenta criar argumentos racionais e não faláciosos, ah é aproveita e pesquisa o que é uma falácia também… E ainda diz que eu não enterpreto direito, simplesmente ignorou mais da metade do que eu escrevi, saiu repetindo tudo de novo como se nada tivesse acontecindo, só mais uma coisa básiquinho de filofia, quando argumentos são apresentados, você deve analisa-los, com base no ceticismo, aproveita e pesquisa isso também ceticismo não é o que vocês ateus pensam ser, se visto falhas na coerencia lógica, as falhas são demonstradas e irracionalidade do argumento é evidênciada, todos os argumentos ateus até agora, são falhos, nenhum ateu conseguiu quebrar a lógica dos argumentos a favor de Deus, os argumentos do amigo imaginario, do monstro do espaguete voador, do dragão do sagan, que eu já conhecia, e várias outros, já foram demonstrados como falsos e sem lógica, desmonte os argumentos e contrua outros filosóficamente, é que um lado é apresentado mais racional do que outro, tente destruir os argumentos de santo agostinho, desde a idade média até hoje ninguém conseguiu desruiur os argumentos dele, que possuem uma lógica elegante. Quando você aprender essas coisas me procura…

    • Bovidino:

      Você como eu, estamos atirando pérolas aos porcos. Eles ainda não conseguem entender isso.

    • Andy:

      Olha eu ja respondi sua ultima argumentação, é que tem de esperar a moderação aprovar… o sitezinho devagar esse viu….

    • Andy2:

      1º – Eu tenho sim experiência no assunto, domino as falácias a muito tempo e estudei bastante sobre lógica. Se ainda sou burro o suficiente para dialogar com você, perdoe, são os genes de idiota que seu deus me deu.

      2º – Eu tentei responder toda sua argumentação, mas leve em conta a limitação de comentário desse site, muito ruim para manter um debate, os comentários vão se expremendo.

      3º – Interpretou errado o que eu disse sim! Alegou a falácia do apelo a ignorância, mas eu nunca afirmei que a falta de evidências era a prova da inexistência de deus. Eu afirmei que não há evidências de deus, portanto não podemos atestar sua existência cientificamente, ao contrário do Bigbang que possui evidências. O fato de ser um padre que o teorizou é irrelevante, eu nunca disse que bigbang exclui seu deus, mas parece excluir sim a histórinha do Deus da biblia. Você apenas viu o que queria ver no meu comentário, e não o que realmente estava escrito.

      4º Pelo visto você deve ter aprendido a pouco tempo falácias e quer aplicar isso a qualquer argumento, mas saiba que eu sempre levo em conta as falácias ao construir um argumento, e pelo que re-li de meus comentários não cometi nenhum.

      5º – Você afirma que deus explicaria o “Por que existe o algo e não o nada”, mas uso seu mesmo silogismo e pergunto, “Por que deus existe?”. Simplesmente sua lógica apenas responde superficialmente a questão, pois ainda sim não haveria um porque de tudo existir.

      6º – Todas essas máximas que você chama de deus, pode perfeitamente ser atribuído a natureza. A inteligência de deus seria a inteligência da natureza, como a seleção natural por exemplo.

      7º – Eu estou em desvantagem aqui, você sabe que sou ateu, mas eu não sei o que você é, que religião você pratica ou qual sua crença particular caso não pertença a nenhuma seita. Você apenas acredita em deus ou acredita em algum livro sagrado? Você acredita que deus interfere diretamente na vida humana? Que julga os bonzinhos e os malzinhos quando esses morrem? Que se importa com a vida humana? Que tem sentimentos humanos como alegria e tristeza? Me diga exatamente qual seu deus, assim eu posso debater com base no que você pensa para gerar argumentos mais construtivos, pois agora eu estou apenas generalizando aqui. Isso é… se você achar que tenho um mínimo de inteligencia de debater com você.

    • Mister_X:

      Como são previsiveis, ele escreveu exatamente da forma como eu esperava, se defendeu, se engrandeceu e depois tentou me ridicularizar, pra tentar ganhar o debate pela força, mas senhor andy, já que você é especialista em falácias, deveria saber que isso é um argumento ad baculum, não vou nem explicar o que é isso, já que você sabe tanto, não é necessário não é mesmo, mas não vale usar o google.

      Andy2 :

      “1º – Eu tenho sim experiência no assunto, domino as falácias a muito tempo e estudei bastante sobre lógica. Se ainda sou burro o suficiente para dialogar com você, perdoe, são os genes de idiota que seu deus me deu.”

      R:Vejam a aplicação de sarcasmo nesta parte, sem argumentos ele tenta agredir o adversário do debate, pra tentar ganhar o espaço perdido.

      “2º – Eu tentei responder toda sua argumentação, mas leve em conta a limitação de comentário desse site, muito ruim para manter um debate, os comentários vão se expremendo.”
      R:Não estudou lógica? Deveria encontrar soluções lógicas para isso, faça como eu, eu copio o comentario para o word, onde fica mais fácil ler e acompanhar o raciocinio e vou respondendo pelo word mesmo, depois só colo no site.

      “3º – Interpretou errado o que eu disse sim! Alegou a falácia do apelo a ignorância, mas eu nunca afirmei que a falta de evidências era a prova da inexistência de deus. Eu afirmei que não há evidências de deus, portanto não podemos atestar sua existência cientificamente, ao contrário do Bigbang que possui evidências. O fato de ser um padre que o teorizou é irrelevante, eu nunca disse que bigbang exclui seu deus, mas parece excluir sim a histórinha do Deus da biblia. Você apenas viu o que queria ver no meu comentário, e não o que realmente estava escrito.”
      R:Alegou, não presentou provas, por favor cite as partes que eu enterpreto errado, monte bem seu raciocinio, ligando as evidências a conclusão. Eu aponto meu raciocinio agora mesmo, siga: `O ponto é, pode ter sido infinitas ‘coisas’ que criaram o mundo, e devido a essa diversidade de opção, como saber qual delas foi com certeza o criador?´
      Com base nesse pensamento segue o restante do raciocinio dele…

      `É aí onde entra a razão do ateu: vamos olhar as evidências! Tem alguma evidência de que um tal de Jeová que tá escrito em um livro seja o verdadeiro criador? Não…´
      R:Bom, aqui ele alega que o ateu é que tem a razão, mas nao mostra argumentos para comprovar isso.

      `e do papai noel? Também não…´
      R:Aqui ele cita papai noel, como um vicio que atinge muitos ateus, já que esse raciocinio, ilógico, de comparar Deus com papai noel, fadas, Zeus e etc. é bastante difundido neo ateus, adolescentes e frequentadores de fóruns na internet, e alega experiência no assunto, mas mostra evidências de ser algum leitor do sattomaior e do site do bule voador, do que alguém que realmente estuda o assunto, como a Ju lá em baixo.

      “4º Pelo visto você deve ter aprendido a pouco tempo falácias e quer aplicar isso a qualquer argumento, mas saiba que eu sempre levo em conta as falácias ao construir um argumento, e pelo que re-li de meus comentários não cometi nenhum.”
      R:Falácias, devem sempre ser levadas em consideração em qualquer debate, não que elas devam ser aplicadas a todos os argumentos, mas quando elas aparecem devem ser explicitadas, mostrando a falha no raciocinio, devem ser levedas sempre em consideração, pois podem aparecer a qualquer momento. Deveria reler seus argumentos, pois está com alguns deles, inclusive alguns argumentos descartadas a tempos, como o dragão de Sagan e outros imbutidos de forma sútil nas suas palavras, mas que quem tem um pouco de conhecimento acha.

      “5º – Você afirma que deus explicaria o “Por que existe o algo e não o nada”, mas uso seu mesmo silogismo e pergunto, “Por que deus existe?”. Simplesmente sua lógica apenas responde superficialmente a questão, pois ainda sim não haveria um porque de tudo existir.”
      R: Depois ele diz que lê o que escrevo, mas continua mostrando evidências, de que simplesmente ignora o que escrevo, essa é a tal da razão do ateu? Lembra o que disse sobre atemporalidade, sobre Deus sempre ter existido, sempre ter estado lá? Cadê a lógica? Use a mais. Deus não tem um por que de existir, ele sempre existiu, sempre esteve lá, e não necessitou ser criado, nó poderiamos esperar um por que, das coisas que passam a existir e não das que sempre existiram.

      “6º – Todas essas máximas que você chama de deus, pode perfeitamente ser atribuído a natureza. A inteligência de deus seria a inteligência da natureza, como a seleção natural por exemplo.”
      R: Claro, que sim, existe por exemplo um argument teíste que diz, Deus não interfere diretamente no universo que criou, apenas estabeleceu normas que regessem esse sistema, e isso é o que chamaos de leis da natureza, Deus vê tudo isso de fora. Imagine, um complexo sistema de tuneis, como o de um formigueiro, cada tunel desse representa um caminho possivel no transcorrer do espaço-tempo continuo, Deus tem a visão total disso, conhece todas as possibilidades, não induz a nada a caminho seguir, mas tem certeza do que ocorrera, por uma coisa que eu chamo de probabilidade divina, ele calcula com exatidão os caminhos seguidos, apesar de que se quiser pode interferir na natureza. E falando em evolução, se você quer ser mesmo honesto, deveria conhecer todas as variaveis envolvidas, pois como seria possivel fazer uma raciocinio lógico, sem contar com todas variedades, o argumento tenderá a ter uma margem de erro cada vez maior, é como os modelos numéricos, já que eu acompanho meteorologia, os algoritmos usados na modelagem de computadores, ainda são incompletos, não cntam com todas as variaveis da natureza e por isso só há chance mario de acerto em até 3 dias, após esse período a chance de acertar é muito pequena, então deveria realmente conhecer a Santo Agostinho, ou Agostinho de Hipona, a quem é atribuido a primeira citação a evolução das espécies e não a Darwin, pois ele cria que Deus teria criado o universo com leis e criando sementes que desenvolveram em espécies ao longo dos tempos.

      “7º – Eu estou em desvantagem aqui, você sabe que sou ateu, mas eu não sei o que você é, que religião você pratica ou qual sua crença particular caso não pertença a nenhuma seita. Você apenas acredita em deus ou acredita em algum livro sagrado? Você acredita que deus interfere diretamente na vida humana? Que julga os bonzinhos e os malzinhos quando esses morrem? Que se importa com a vida humana? Que tem sentimentos humanos como alegria e tristeza? Me diga exatamente qual seu deus, assim eu posso debater com base no que você pensa para gerar argumentos mais construtivos, pois agora eu estou apenas generalizando aqui. Isso é… se você achar que tenho um mínimo de inteligencia de debater com você.”
      R: Claro Andy, não tenho problema nenhum em debater com ateus ou qualquer que seja a pessoa, seja lá qual o assunto, o que importa pra mim é seguir a verdade, se vejo que um argumento não tem lógico eu escancaro o que vi mesmo, e mostro contra argumentos pra mostrar o por que daquilo não fazr sentido na minha visão lógica, não são coisas aleatórias, apenas me parece que a lógica é o melhor método de resolver as coisas, e sim eu sou cristão, e pode não te soar muito familiar, mas assim como eu existem muitos cristão dessa forma e muitos filósofos que dominam o pensamento lógico de forma muito melhor do que eu, mas tendo a achar que você desconhece um pouco as bases do cristianismo, estás a debater as cegas, eu te pesso por favor que leia sobre dialética e teologia, e não que pense como disse lá em baixo pra Ju, que ficaria alienado, assim só tende a entrar pras minhas estatísticas de ateus preconceitosos.

    • Mister_X:

      Ah Andy, Me foquei em outras coisas e esqueci de citar o principal no terceito argumento: As bases são, 1-são necessárias evidências e 2-não há evidências de que foi Deus. Mas se você é ateu, não crê, rejeita totalmente a possibilidade de ter sido Deus que criou o universo, se diz que pode ter sido, mas também pode não ter sido, você é agnóstico e não ateu, está confundindo as coisas aí. Portanto eu crendo que você é realmente ateu como alegou, diz que não foi Deus, pois não há evidências, logo isso seria uma falácia ad ignorantiam, mas se você diz que não dscarta nenhuma possibilidade como me pareceu ser na segunda vez, você é agnóstico e não ateu. E na outra parte que diz, o big bang, exclui a bíblia, novamente faz confusão, você aqui, assume que a bíblia é literal, pois usando a lógica aqui, a unica forma do big bang excluir a hipotese bíblica, seria se a bíblia fosse literal, nesse caso haveria contradição, e a lei da lógica clássica, da não contradição e a lei do terceiro excluido, não nos permite ter as duas opções como válidas, e mesmo que inconcientemente você aplicou essas leis, mas sinto informar lhe, que a bíblia não é literal, portanto volto a repetir, estude dialética e teologia. OBS: Caso esse comentário aparece antes do anterior que eu detalhei ponto a ponro o seu argumento, por favor só responda quando o outro aparecer, para considerar o meu argumento como um todo, já que essa parte, é parte integrante do outro texto que escrevi.

    • Chico Lobo:

      eu posso dizer absolutamente a mesma coisa daqueles que creem em lendas e fábulas bíblicas. A religião é um vício irrecuperável como a droga que entorpece e causa dependência. Uma falta de maturidade psiquica e a irresponsabilidade pelos seus próprios atos quando se atribui a um ser imaginário as coisas que o crente nesse deus não quer assumir por absoluta falta de competência intelectual e dúvidas de si mesmo.

    • Mister_X:

      Inacredital, mesmo depois de tudo isso, aparece outro repetindo as mesmas falácias, e pior é que não para por ai, vai aparecer outro e outro e mais outro, e repetindo as mesmas coisas, já existem até trabalhos acadêmicos mapeando os argumentos faláciosos dos ateus, o amigo imaginario; dragão sagan; bule voador; paradoxo de epicuro; paradoxo da pedra; onisciência atenta contra o livre arbitrio; se falhar repetir o argumento de forma irônica; presidiarios são cristãos;a biblia é literal; todos nascem ateus; desafiar a Deus a provar agora que se ele existe ele deve provar nesse instante, se não, ele não existe; E muitos outros ainda, para verem como é repetitivo e mesmo diante de provada a falta de lógica nesses argumentos, eles se fazem de cegos, surdos e mudos e vão atacar em outro local, algum tempo depois aparece outro que faz as mesmas coisas e assim vai indo.

    • Ateu III:

      Entre um fanático religioso e um fanático ateu, sou mil vezes o ateu. Ateus fanáticos não jogam aviões em Edifícios, nunca produziram “guerras atéias” dizimando milhares de pessoas. Fanáticos religiosos são uma bomba relógio ambulante, a qualquer momento podem explodir e matar milhares de pessoas em nome do seu deus.

    • Genioso Irreligioso:

      OddStrikesAgain:

      “Os ATEUS vivem com interpretações TORPES, querendo CONFUNDIR os mais incultos…”

      Se ateus querem supostamente “confundir incultos”; religiosos querem simplesmente os converter! = P

  • Bovidino:

    Bem se vê que você não sabe o que é nenhuma das duas coisas.
    Se você acha que ‘religião’ é esse monte de empresas que exploram a fé dos incautos e acha que ‘ciência’ é essa estupidez de viagens espaciais, dissecação de animais, teorias sobre o big-bang ou sobre os buracos negros, está redondamente enganado.
    ‘Ciência’ é promover meios para alimentar os famintos do continente africano e ‘religião’ é levar conforto, afeto, carinho e amor aos que sofrem.

    • Andy:

      Ciência não é promover meios para alimentar os famintos do continente africanos, isso é politica. A ciência já descobriu maneiras de cultivar alimentos de forma supereficiente, capaz de alimentar o dobro da população atual. O problema é economico e politico, ou de outra forma, é um problema do sistema atual.

      Aquilo que você chama de besteira, como viagem espaciais, teorias, dissecação de animais, são na maioria das vezes a base com o qual se cria a teoria necessária para transformar o conhecimento em realidade, gerando beneficios para toda a humanidade, como por exemplo o computador e a internet que você está usando agora.

      Nunca subestime qualquer conhecimento, você pode acabar pagando de hipócrita.

    • Bovidino:

      Você tem razão.
      Isso é política, ou melhor, ‘politicagem’. Todavia, isso que você chama de ‘ciência’ está a serviço dessa politicagem. É a ‘política’, ou melhor, a ‘politicagem’ que sustenta essa ‘ciência’, ou melhor, ‘pseudo-ciência’ que só serve a essa elite dominante, que não quer nem saber de quem está com fome. Isso não é ciência, é ‘sub-serviciência’.

    • Andy:

      Você tem razão em um ponto: boa parte dos cientistas estão a mercê de verbas públicas, controladas por pessoas inescrupulosas e corruptas. E por causa disso você parece ter uma aversão as ciências que não trabalhem diretamente com questões sociais urgentes.

      Concordo com você que muita verba é usada injustamente em ciências sem muita importância em relação a questões mais urgentes da humanidade, mas não concordo com o radicalismo de classifica-las de pseudo-ciência. Muitas dessas pesquisas aparentemente longe da urgência da fome na África, como a pesquisa em viagens espaciais geram subprodutos como próteses mais eficientes para deficientes físicos. Pesquisas militares por exemplo, geraram a internet, que hoje revolucionou o acesso e troca de informações no mundo moderno, e como resultado, acabou servindo de alicerce para os recentes levantes pró-democracia no oriente médio. São pequenos detalhes que acabam servindo de base para aquela que você chama de “verdadeira ciência”, como por exemplo: é através dos computadores que conseguimos sequenciar o genoma de plantas frutíferas e então desenvolver variedades transgênicas que garantem melhor adaptação, eficiência e resistência a pragas, o que beneficia diretamente a fome na áfrica (Teoricamente, pois ainda tem a questão política que é a mais complicada…)

      Essa é a minha opinião.

    • Bovidino:

      Andy

      Andy disse: (6º – Todas essas máximas que você chama de deus, pode perfeitamente ser atribuído a natureza. A inteligência de deus seria a inteligência da natureza, como a seleção natural por exemplo.)

      Argumento perfeitamente lógico. Você só trocou ‘deus’ por ‘natureza’. Afinal não sei porque tanta discussão se cientistas e crentes, acreditam na mesma coisa, apenas com nomes diferentes.

      Andy disse: (Muitas dessas pesquisas aparentemente longe da urgência da fome na África, como a pesquisa em viagens espaciais geram subprodutos como próteses mais eficientes para………….)

      Argumento perfeitamente falacioso criado pela indústria espacial, para justificar suas viagens, que na realidade só visam o contrôle do espaço, a criação de redes de espionagem e de desenvolvimento de armas.
      Não só os benefícios que teoricamente vieram dessas viagens, mas muitos outros seriam possíveis se as somas astronômicas gastas nessas viagens, fossem empregadas com esse escopo.

    • Chico Lobo:

      Tudo bem, Bovidino.

      Concordo que a ciência nas mãos de politiqueiros nada contribui para o humanismo, mas…

      Quem são esses politiqueiros senão os que pregam dogmas sociais?

      Então,…

      o que podemos dizer da religião que explora a ignorância popular?

      o que podemos dizer dos sacerdotes que enriquecem com as carência psico-emocionais de seus seguidores?

      o que podemos dizer do ouro onde os papas e outros lideres religiosos se sentam?

      o que podemos dizer dos genocídios cometidos historicamente em nome de um mesmo deus?

      o que podemos dizer de lideranças religiosas que politicamente impedem o desenvolvimento da ciência?

      o que podemos dizer de preconceitos e perseguições que a religião causa em cima daqueles que optaram por uma vida, um costume ou uma opção sexual diferente?

      o que podemos dizer daqueles que induzem pessoas doentes a rezar e dar dizimos no lugar de procurar ajuda médica?

      o que podemos dizer daqueles sacerdotes que no uso de seu carisma usa a igreja para fins eleitorais?

      O que podemos dizer de lideres religiosos, montados em carros de luxo e manções construidas com o dinheiro dos pobres famintos e alijados que o sustenta em sua pompa?

      o que podemos dizer das massas humanas seguidoras de seitas que se armam contra seus semelhantes liderados por um sacerdote na defesa de um deus que diz der de amor e perdão?

      entre a ciência e a religião, fico com a ciência, pois ela cura até seus perseguidores, uma vez que mesmo esses defensores da religião e dogmas buscam pela ciência médica quando a dor de barriga lhe aperta no lugar de se ater apenas no que defende como “sagrado”…

      mas a religião no lugar disso, apenas entorpece a mente de seus seguidores como uma droga alijando-os do conhecimento, da verdade, da ciência, da filosofia, da história, e criando em suas cabeças todo tipo de preconceito contra seus “diferentes” tornando-os viciados em suas ilusões em benefício de poucos “sabichões” carismáticos.

      Nesse sentido, sacerdotes e políticos usam do mesmo mal do carisma que tem para aproveitar-se do povo.

    • Bovidino:

      Chico Lobo,
      Infelizmente, o termo ‘religião’ foi excessivamente deturpado. Quando se fala em ‘religião’, as pessoas fazem a imediata correlação com as empresas ‘pseudo-religiosas’ que vivem de explorar a fé e a carência das pessoas. Principalmente os que se dizem ‘ateus’ fazem essa correlação, até porque todos os que se dizem ‘ateus’ saíram de alguma dessas famigeradas empresas pseudo-religiosas.
      Em síntese, o meu conceito de ‘religião’ é ‘amor ao próximo’ para não ser muito prolixo.
      Quando falamos em ‘ciência’, normalmente estamos nos referindo a um grupo ‘ocidental’, formado e sustentado por uma elite capitalista, que se apoderou dessa área com uma visão e uma política exclusivamente mercantilista. A prova mais flagrante disso, é a ‘indústria farmacológica’ que se sustenta com a ‘indústria da doença’.
      As outras áreas da ‘ciência’, como a ‘indústria bélica’ por exemplo, seguem o mesmo padrão.

    • Andy2:

      Ciência não é promover meios para alimentar os famintos do continente africanos, isso é politica. A ciência já descobriu maneiras de cultivar alimentos de forma supereficiente, capaz de alimentar o dobro da população atual. O problema é economico e politico, ou de outra forma, é um problema do sistema atual.

      Aquilo que você chama de besteira, como viagem espaciais, teorias, dissecação de animais, são na maioria das vezes a base com o qual se cria a teoria necessária para transformar o conhecimento em realidade, gerando beneficios para toda a humanidade, como por exemplo o computador e a internet que você está usando agora.

      Nunca subestime qualquer conhecimento, você pode acabar pagando de hipócrita.

    • Andy2:

      Ciência não é promover meios para alimentar os famintos do continente africanos, isso é politica. A ciência já descobriu maneiras de cultivar alimentos de forma supereficiente, capaz de alimentar o dobro da população atual. O problema é economico e politico, ou de outra forma, é um problema do sistema atual.
      Aquilo que você chama de besteira, como viagem espaciais, teorias, dissecação de animais, são na maioria das vezes a base com o qual se cria a teoria necessária para transformar o conhecimento em realidade, gerando beneficios para toda a humanidade, como por exemplo o computador e a internet que você está usando agora.
      Nunca subestime qualquer conhecimento, você pode acabar pagando de hipócrita.

  • Rafael:

    Acho que as pessoas confundem as coisas o conhecimento leva a questionamentos, isso pode levar as pessoas a abandonar sua religião mas existem muitas pessoas que estudam e são muito inteligentes e mesmo assim acreditam em Deus e na bilblia

    • Andy:

      Isso porque eles foram condicionados desde pequeno.

      Se essas pessoas PRIMEIRO estudassem, crescessem e amadurecessem sem influência religiosa, e só então fosse apresentado as religiões e suas ‘justificativas’, todos iriam rir do quão sem lógica e retardadas essas crenças irracionais e infantis são.

  • Henrique:

    pra quem gosta de física etc, se na natureza nada se perde nada se cria, tudo se transforma. como pode tudo ter surgido do nada? como o big bang pode ter ocorrido sem uma mente superior no controle? *(BIG BANG é a teoria mais aceita mas não necessariamente a verdade)
    a Bíblia diz que Deus é abundante em energia dinâmica. ora… se E=MC² podemos transformar energia em massa mas necessita se de muita energia pra fazer isso. com base nesses e outros argumentos não acho ridículo acreditar que Deus criou todas as coisas trasnformando sua energia em matéria. seja como for a bíblia tambem diz “toda casa tem um construtor. mas quem criou todas estas as coisas?” não existe possibilidade matemática de estarmos aqui sem a interferencia de um ser supremo, oque acontece é que muitas pessoas religiosas tem raciocinios mais simples e se guiam pela fé e pouco pela razão isso as faz parecer, porem não significa que estão erradas. mas se você gostar de estudar ciencia biologia etc perceberá que quanto mais aprende mais inegaveis são as evidencias de um cirador.

    • Andy:

      E quem criou Deus? O deus de deus? Nos responda óh grande sábio da montanha…

    • Mister_X:

      Estude atemporalidade…

    • Andy:

      aplique isso à matéria e voalá, temos um curto-circuito em que deus é cortado.

    • Mister_X:

      Voalá? É mágica agora? Me explique seu raciocinio, não vejo lógica nisso. O caso dos ateus é muito sério não deixam seus sentimentos um unico minuto pra avaliar a situação de forma racional…

  • xd:

    Religiao e Lixo (2) (Fato:) se religiao fosse ciencia o mundo seria mill vezes melhor !

    • Bovidino:

      Bem se vê que você não sabe o que é nenhuma das duas coisas.
      Se você acha que ‘religião’ é esse monte de empresas que exploram a fé dos incautos e acha que ‘ciência’ é essa estupidez de viagens espaciais, dissecação de animais, teorias sobre o big-bang ou sobre os buracos negros, está redondamente enganado.
      ‘Ciência’ é promover meios para alimentar os famintos do continente africano e ‘religião’ é levar conforto, afeto, carinho e amor aos que sofrem.

    • Andy:

      Pena que sua definição para ciência e religião seja apenas isso… definição que não condiz com a realidade.

  • Ju:

    Quando comecei a estudar a bíblia deixei de acreditar nela. Ela é contraditória. Quantos de vcs que são cristãos já estudaram a bíblia completa(digo estudar, não simplesmente ler)? . Ainda não encontrei ninguém que tivesse argumentos suficientes para se quer discutir os meus questionamentos.
    Já fui atéia, hoje sou agnóstica e simpatizo com algumas filosofias orientais, mas eu estudei anos para poder dizer isso.

    • Mister_X:

      Olá Ju! Bom, se você realmente estudou deve ter tido contato com filosofia e teologia, se não teve contato com isso, e digo ter uma contato realmente aprofundado de conhecimento, te digo que não estudou realmente e deveria voltar a estudar. Comece com Tomás de Aquino, Kant, William Craig, Alvin Plantinga e depois com o tempo, através da experiência e de citações vais conhecendo outros autores, verás como é puramente racional a crença em Deus, não só racional como é a opção mais fundamentada, vai entender tudo sobre falácias ateístas, argumentos sem lógica e aprender os argumentos e a lógica por trás da crença em Deus, hoje em dia devido a força extremamente grande e pela lógica perfeitamente alinhada com as evidências, a maioria dos filósofos são cristãos e os que não se convertem, o caso mais famoso foi Antony Flew, ele foi o ateu mais famoso e influente do mundo por décadas, e no começos dos anos 2000 ele se converteu ao cristianismo, por ver a racionalidade por trás disso, não se prenda só pelo que eu disse aqui, vá atrás, pesquise estude, eu só fiz uma analise superficial sem entrar em detalhes.

    • Mister_X:

      Ah Ju, já ia esquecendo alguém que é importantissimo que você leia… Santo Agostinho, um dos maiores filósofos cristãos, que formulou alguns raciocinios lógicos a cerca da existência de Deus.

    • Andy:

      Não faça isso! Vá ler Nietzsche! Não leia Santo agostinho ou vai virar alienado! rsrsrsrsrsrs

    • Ju:

      Já li sim Santo Agostinho, entre outros que vc (Mister_x) mencionou, como também já comecei a ler Nietzsche, e para mim todos foram muitos sábios,se vc tem uma visão ampla das coisas nada te aliena, mas o que deveríamos fazer era como muitos filósofos dizem, buscar a nossa verdade, por isso não vejo só os lados negativos do cristianismo, este é de extrema importância para diversas pessoas, pois as conforta, mas para mim nenhuma religião foi convincente o suficiente para eu realmente acreditar, continuo estudando, pois o que eu sei é muito pouco, quem sabe assim, um dia acredito ou desacredito, mas o importante é nunca deixarmos de estudar TODOS os lados.

    • Mister_X:

      Ju, não sabe como me alegrei ao ler o seu comentario, gostei da forma como você pensa, o problema é que a maioria das pessoas, não pensa, eu também penso, mas eu não me tornei agnóstico, pois vi bastante lógica na existência de Deus, eu quando converso como uma pessoa e vejo que ela é teísta, mas é um tanto ingênua no assunto, não conhece as possibilidades e nunca estudou nada sobre o assunto, eu jogo palavras, que contestem o pensamento dessa pessoa, mas de forma que a intimide e nem que a faça desacreditar, e sim que a estigue a estudar. Continue assim Ju.

  • HUGO SM:

    A matéria cita percentagens estatísticas.
    No caso especifico dos Estados Unidos,fora das grandes metro polis o povo vive em pequenas cidades onde o comparecimento a “IGREJA” e compulsório,quem não frequenta e mal visto na comunidade.
    Ou seja se vc. é um líder comunitário,politico,etc com formação e intelectualidade suficiente para discordar das “religiones” não pode sob pena de ser execrado deixar de comparecer aos domingos com toda sua família para exercitar a hipocrisia que é um dos maiores valores cultuados pelos Yankees.

  • Ateu III:

    “Na verdade, ter um maior nível de escolaridade foi associado a conversões mais frequentes a religiões mais comuns e predominantes.”

    Alguma entidade religiosa deve ter patrocinado esse estudo! Quanto maior o nível de conhecimento menor a crença em mitos, superstições e divindades. As sociedades mais desenvolvidos e com melhor qualidade de vida e educação são as mais desprovidos de religiões e crendices. As sociedades menos desenvolvidas e ignorantes são mais “tribais” e adeptas a todo tipo de crença imbecil. Isso é fato. As amarras religiosas permanecerão por muito tempo ainda, mas a sociedade da ciência nasceu há séculos e transformará o Ser humano crente em Ser humano ciente.

    • Mister_X:

      Os EUA é o país mais rico e poderoso do mundo, e lá a maioria das pessoas são crentes, só aqui esse seu raciocinio já caiu por terra, ainda posso citar, Espanha, Portugal e Itália, e ainda posso dizer que na maioria dos países europeus de maioria ateísta, possa ser alguma espécie de moda e não, fruto de uma analise racional, visto que o grande contato com o iluminismo, o humanismo e o secularismo, que surgiram por lá influênciou estas pessoas, mas não por que as pessoas entenderam suas idéias ao algo do tipo e sim por que era algo novo e por curiosidade passaram a copiar, por isso pode ver que os países de maioria ateísta, são os países berços desses pensamentos, ou ainda os países da ex URSS, onde o estado comunista empregou grande perseguição a religiosos, demoliu igrejas e matou milhões de cristão, por simplesmente serem cristãos que não quiseram abandonar a sua crença. Segundo ponto, olha a falácia da falsa dicotomia ai, ciência e religião, NÃO SÃO AUTO-EXCLUDENTES, nunca foram e nunca serão, pois as duas tratam de áreas diferentes e por isso não entram em conflinto, a religião promove o contato do ser humano com Deus e ensinando, os ensinamentos morais que devem ser seguidos por essas pessoas. A ciência trata de estudar os fenômenos naturais, buscando por suas causas apontadas por evidências, que supostamente todo acontecimento deixa e posteriormente, após serem encontradas as evidências e elas ligadas por raciocinio lógico, gerando uma teoria, um experimento é realizado, sendo este o método empírico, é ai que começa outro erro dos ateus, julgar que a ciência é a dona da verdade, que devemos confiar nossas vidas, na esperança que a ciência e só a ciência, através do método empirico, resolva tudo, mas isso é cientifismo ou empirismo, mas racionalmente, já voltando para filosofia, isso não tem lógica, existem diversas coisas que não podem ser testadas empiricamente e dependemos apenas de nossa fé para crer que essas coisas existem, por exemplo, qual a garantia que você tem que eu existo e estou escrevendo isto para você agora e qual a garantia que eu tenho que você existe, qual a garantia que qualquer um de nós temos que qualquer outra pessoa além de nós mesmos existem, como posso confiar que o passado realmente existiu, que todas as coisas simplesmente foram criadas a 5 minutos atrás aparentando serem velhas, qual a minha garantia que todo o mundo ao meu redor existe, já que tudo é formado dentro do meu cérebro e tudo isso poderia ser apenas uma pegadinha do meu cérebro, a resposta é nenhuma, cremos nisso por pura FÉ, e Deus, que pelo argumentos clássicos, argumentos esses que demandaram anos de estudo e raciocinio para chegar as conclusões racionais cabiveis, dizem que Deus, é essencialmente, atemporal e imaterial, ou seja já está completamente fora do campo da ciência, por lógica Deus não está nem mesmo dentro do univero, que é a forma pra ele ser atemporal e imaterial, já que o universo é o espaço-tempo, e sendo ele imaterial consegue existir fora do espaço, sendo atemporal, não tem inicio, nem fim é infinito, sempre existiu e sempre existira, apesar que esse conceito de sempre existiu e sempre existira, não é a melhor forma de descrever isso nesse raciocinio, já que não há tempo,mas por falta de termos que descrevem isso de uma melhor forma uso este mesmo, e estando ele fora do universo é a condição necessária ao agente que criou o universo, pois primeiro o universo não pode ter criado a si próprio, já que nada pode se criar antes mesmo de vir a existir, isso é contraditório, contradição é contra as regras da lógica, portanto deve ser descartado, a diferença do nada para o algo, é infinita, portanto para se trazer algo do nada a existência é necessário poder infinito, Deus tem poder infinito, logo tem a capacidade de criar o universo. Agora digamos que surja um ateu, com um raciocinio incrivel e prova epistemológicamente, que o cristianismo é falso, o que está bem longe de acontecer diga-se de passagem, bem isso mostra que a biblia está errada, que os conceitos do cristianismo estão errados, mas de qual forma isso mostra que Deus não existe? Isso não mostra nada, o cristianismo pode cair por terra que Deus ainda pode existir, veja os problemas que vocês ateus tem que resolver para a sua crença na descrença se torne racional.

    • Ateu III:

      Se o cristianismo cair por terra é obvio que o seu deus também cairá por terra. O seu deus está associado ao seu cristianismo. Se o cristianismo cair por terra os cristão perderão sua maior referencia que é o deus cristão. Seria um colapso para vocês crentes. Ficariam desnorteados e se matariam. Homem do passado crê em divindades. Homem evoluído do futuro dificilmente acreditará nesse tipo de coisa.

  • Henrique:

    pra quem gosta de física etc, se na natureza nada se perde nada se cria, tudo se transforma. como pode tudo ter surgido do nada? como o big bang pode ter ocorrido sem uma mente superior no controle? *(BIG BANG é a teoria mais aceita mas não necessariamente a verdade)
    a Bíblia diz que Deus é abundante em energia dinâmica. ora… se E=MC² podemos transformar energia em massa mas necessita se de muita energia pra fazer isso. com base nesses e outros argumentos não acho ridículo acreditar que Deus criou todas as coisas trasnformando sua energia em matéria. seja como for a bíblia tambem diz “toda casa tem um construtor. mas quem criou todas estas as coisas?” não existe possibilidade matemática de estarmos aqui sem a interferencia de um ser supremo, oque acontece é que muitas pessoas religiosas tem raciocinios mais simples e se guiam pela fé e pouco pela razão isso as faz parecer, porem não significa que estão erradas. mas se você gostar de estudar ciencia biologia etc perceberá que quanto mais aprende mais inegaveis são as evidencias de um cirador.

    • —:

      Se pra você tudo tem que ter um criador
      quem criou o seu deus?

      NUNCA me responderam essa pergunta

  • Roberto:

    Ninguém mais precisa de fé ou de religião. Estas se tornaram um comércio indecente. Temos leis e valores humanos suficientemente bons e até melhores que os valores bíblicos. Muitos deles hoje seriam crimes hediondos e outros seriam tão básicos e óbvios quanto piegas. Chega de exploração religiosa. Somos todos iguais enquanto humanos. Deus ou a natureza não distingue ‘filhos’ em função de crença alguma, mas a hipocrisia e a prepotência de alguns espertalhões, sim.

    • Noriane Woodget:

      Boa Roberto, tambem penso assim.Disse tudo em poucas palavras.

  • Ferreira:

    Um dia um cara quase me agrediu por que eu falei que a estória de Noé e Moisés são falsas.

    • Mister_X:

      E…? Apelo ao sentimentos, não é um argumento válido em debates, pois, são falácias, ou seja não tem lógica, que leve o interlocutor a chegar a conclusão de forma racional, isso apenas promove a irracionalidade. Posso começar a apelar para os milhões de cristão mortos pelos comunistas, mas isso é desonestidade intelectual e falacioso.

  • Bovidino:

    Não precisa estudar muito, nem ser cientista, nem ler a Bíblia, para saber que não há efeito sem causa. Essa é para meditar.

  • Evandro:

    Desde quando há “oposição” entre Educação e Religião. Visto que o fato é que:
    1. a Educação é uma filha da Religião; esta foi inventada e mantida por princípios religiosos, e por religiosos;
    2. A grande maioria dos grandes intelectuais da História eram religiosos;
    3. A religião prioriza com um dever a pessoa estudar e aumentar e adquirir conhecimento. É só ler o livro de Provérbios e diz lá que adquirir sabedoria e conhecimento é a coisa principal;

    O esteriótipo de que há conflito entre ‘educação e religião’ é criado por alguns ateus ‘antireligiosos’; que tem suas motivações para isso longe de uma questão educacional, mas a partir das suas próprias intenções.

  • 123:

    Religião é lixo.

    • zeus:

      -Tú és pó, e ao pó voltarás…Tem muita gente já dentro do pó como essa sua mentalidade ignorante.

    • Menina:

      Pra que religião quando não se excercita o amor ao próximo?

      até assassino tem religião.

  • Andy:

    “Os entrevistados mais educados eram mais propensos a questionar o papel da religião na sociedade”

    Cristianismo – A crença em que um zumbi cósmico judeu que era seu próprio pai pode te fazer viver para sempre se você simbolicamente comer sua carne e lhe dizer telepaticamente que você o aceita como seu mestre, para que ele possa remover uma força maligna presente na humanidade porque uma mulher-costela foi convencida por uma cobra falante a comer de uma árvore mágica…

    Por que será que os mais educados questionam?

    • Jean Michel Baptista:

      asuhduahsdhuauhsdauhsdhuasduhauhsd

      Adorei a esplicação! xD

    • Jean Michel Baptista:

      eXplicação, sorry people. =)

    • Mister_X:

      Nossa agora os ateus até copiam frases feitas da internet, espera ai, já era assim. Cadê o argumento racional, fazem anos, que eu debato sobre isso e até hoje nunca apareceu um ateu com argumentos racionais, para defender o ateísmo, sempre são falácias, ataques e ridicularizações, mas lógica é zero. Até o Deus dos neo ateus, Dawkins, corre com medo de um debate com Craig, já fazem pelo uns 3 anos que tentam fazer um debate entre eles, mas dawkins nunca aceita, até entendo, pois Craig é um dos maiores filosofos e debatedores da atualidade, enquanto, Dawkins é um biólogo, mestre em falácias e demais técnicas neo ateístas…

    • Andy:

      O ônus da prova cabe a quem alega. Se você alega a existência de um Deus, cabe a você provar sua existência.

    • Mister_X:

      O ônus da prova cabe a quem faz uma alegação, seja ela de existência ou inexistência, é muito fácil e cômodo eu falar que algo não existe e ficar esperando os outros provarem o contrario. Mas é sério, existe algum passo a passo argumentativo dos ateus, os argumentos são sempre os mesmos, mesmo que milhões de vezes sejam mostradas a falta de lógica nos argumentos eles continuam sendo repetidos como um mantra, talvez essa seja a máxima daquele ditado que os ateus usam com esperança, uma mentira repetida mil vezes acaba se tornando verdade.

    • Andy:

      Ué… por acaso o ser humano já nasce sabendo que existe um deus? Ou será que alguém diz pra ele em sua infância que existe um deus? Você realmente não acha que cabe aos crentes justificar sua crença?

      Se alguem vem tentar me converter para sua religião, pode apostar que na minha opinião ele que deve provar seu ponto de vista.

      #Mister_X

      Você parece ser o primeiro crente que possui conhecimentos de lógica, falácias, gosta de filosofia, etc, que eu encontro. Parece tambem ser o primeiro a não defender seus argumentos com citações biblicas – o que eu acho ridiculo – mas sim com aparente lógica (De fato ainda não me mostrou nenhuma, apenas afirmou e afirmou que filosofos falaram num sei o que lá… que a logica do santo agostinho é racional e num sei o que lá)

      Como eu não gosto de debater nesse site, o que acha de trocar-mos uns e-mails? Se existe lógica na existência de deus, ficaria feliz se você pudesse me ensinar. Vamos debater de maneira racional e profunda. Confesso que alguns de meus comentários nesse site, escrevi sem maiores ponderações para com a razão, escrevi mais de maneira emocional e superficial do que racional.

      Se você aceita, me passe seu e-mail que eu entro em contato.

      Abraços!

  • JUCABALA:

    Esse estudo só veio mostrar que analfabetos funcionais também existem nos EUA. Estudam, estudam e estudam e não são capazes de entender o que estudaram.

    • Andy:

      Pensei a mesma coisa

  • Willy:

    Não dar pra conversar com um dogmático, se der, logo não é dogmático…
    E no final é aquela resposta:
    “Você é sábio mas eu tenho a verdade”

    • Andy:

      Se você pudesse argumentar racionalmente com pessoas religiosas, não haveriam pessoas religiosas.

    • burro:

      Willi,e conhecereis a verdade e ela vos libertará.

    • vicente:

      cara eu fiz minha mãe desacreditar da igreja e depois ela ficou triste a vida dela sem sentido dai eu fui a ela com a igreja :X até orei :X pra ve se ela melhorava

    • Andy:

      Se a pessoa passa a vida inteira acreditando em algo… você criou todo o sentido da sua vida baseando em uma crença… é óbvio que se de repente você descobre que é uma farsa, você vai se sentir muito mal. É por isso que eu não tento mudar a cabeça dos meu familiares, eles já são tão bitolados que descreditar não seria saudável.

    • Rosana Oliveira:

      Claro, o grande problema dos ateus e de muitos crentes é querer mudar o outro simplesmente porque funcionou consigo.
      Eu vi um comentário por aqui que dizia mais ou menos isso. O cara virou ateu, se sentiu bem e aconselhou o povo a deixar também.
      A mente não é algo simples, onde o que serve pra mim serve pra você.
      *Há pessoas que eram religiosas, viraram ateias e se sentiram muito bem, se encontraram.
      *Há pessoas que eram religiosas, e quando tiveram acesso a evidências da inexistência de Deus se sentiram sem chão, perderam o sentido da vida.
      *Há pessoas que eram ateias, viraram religiosas e se sentiram muito bem.
      *E há pessoas que eram ateias, viraram religiosas, não gostaram e voltaram pro ateísmo.

  • Matheus:

    Quanto mais educação menos crê em mentiras, isso é claro. Todo mundo conheçe um religioso fanático, que entra em contradição direto, mas acha que tudo está certo.

    Era religioso, ia toda a semana na igreja, mas depois de ajudar um “amigo” em uma campanha eleitoral deixei de frequentar por culpa dos evangélicos, um pastor cobrou R$ 5k para dizer na igreja aos fieis para votar no meu “amigo”, perdi a fé no homem, em deus até posso crer um pouco, mas depois passar a entender coisas como física, biologia, não é mais a mesma coisa, não dá para crer mais com tanta força.

    • vicente:

      esse povo devia ser era preso e extraditado.bando de lixos mentirosos.

    • Rosana Oliveira:

      Você sabe que essa afirmação sua de “quem tem mais educação não crê em mentiras” referindo-se especialmente à igreja não é uma verdade completa, né?
      Se você tivesse dito a frase sem mencionar igreja eu concordaria mesmo, pois quanto mais educação, mais discernimento, isso é verdade.
      Só que você falou da ciência como se fosse algo completamente confiável, sendo que não é, e não me refiro a coisas coo partícula A ou B sem confirmação, mas sim, a resultados de pesquisas importantíssimas à saúde que são omitidos à população, pois muitos alimentos no mercado contêm determinada substância ou determinado tipo de grão e estes só permanecem no mercado por interesses econômicos.

  • EltonPaes:

    Olha só gente, eu acho o seguinte, fui criado deis de pequeno na igreja, hoje não á frequento mais, por esse motivo mesmo explicado no texto, mas não acho que seja algo de ruim enquanto se é jovem, pois aprende a ser humilde e compartilhar, só acho que a mãe que leva seu filho pra igreja quando jovem, nunca irá busca-lo na cadeia.

    Acho que o quanto mais aprendermos, melhores ficamos por dentro!
    O negócio da vida é tirar as melhores partes, e deixar as piores!
    flws!

    • Jean Michel Baptista:

      Cara, na boa, olha a porcentagem de crentes x descrentes presos …

    • EltonPaes:

      Cara na boa, crer é uma coisa, agir de tal maneira é outra!

    • Rosana Oliveira:

      Como você mesmo disse, “crer é uma coisa e agir de tal maneira é outra”.
      Isso põe por terra tua teoria de que quem leva filho em igreja nunca irá buscá-lo na cadeia, pois ir na igreja não significa que está acreditando. A mãe está levando simplesmente.

      Você errou ao usar a palavra “nunca”, dando a impressão de que religião faz caráter. Ir na igreja DIMINUI as chances, mas não é garantia, principalmente se o próprio pastor já um ladrão.

    • —:

      eu não acho que matar pessoas de religiões diferentes,matar quem trabalha aos sabados é ser humilde

  • Robert:

    Ao passo que alguém estuda mais e se aprofunda mais no conhecimento científico, se torna ateu. Foi o que aconteceu comigo. Mas há coisas que só podem ser explicadas tendo como base a espiritualidade.

    • Gabriel Zambon:

      Deixe-me ver se eu entendi: você é ateu e acredita que “há coisas que só podem ser explicadas tendo como base a espiritualidade”.
      Uma coisa não exclui outra?? Alguém pode explicar isso??

    • X:

      O que o Robert quiz dizer é que ha coisas que a ciência ainda não encontrou respostas, mas que a religião sim ( mesmo que essas respostas sejam inventadas).

    • Douglas Cardoso:

      ser ateu significa não aceditar em deus(es); não significa negar outros planos como o plano do sagrado…

    • Rosana Oliveira:

      Se a pessoa não crê em Deus, automaticamente não crê no diabo, o que significa também não crer em céu e inferno.
      Se não creio em Zeus, também não creio no Olimpo.

    • burro:

      -Robert VC estudou mas não aprofundou no conhecimento,…O meu povo sofre por lhe faltar conhecimento,(palavras de DEUS)

    • xd:

      kkkkkkkkkkkkkkkkk estupido !

  • snoop dog:

    O passoas que para pra pensar, analisa fatos históricos, culturais, geológicos, biológicos, físicos, cosmológicos, vira ateu, eu virei, e olha que eu era muito religioso, lia até o evangelho na igreja do meu bairro. Hoje o meu deus é a ciência, em tudo que creio me baseio em fatos e evidências. A culpa do meu sucesso ou do meu fracasso é única e exclusivamente minha, não preciso de um deus pra por aculpa ou louvar.Ter fé incondicional sem saber no que? só poreque fulanos antigos contaram? saia dessa, fassa como eu, junte-se aos ateus. Use o cérebro que deus lhe deu! kkkk

    • Jean Michel Baptista:

      Cara, não necessariamente vira ateu, mas deixa de crer nas besteiras da bíblia.
      Existem paleontólogos, historiadores, físicos, biólogos que acreditam em um ser superior.
      Mas sabem que a Terra ter 6 mil anos, virmos do barro e todo o resto das porcarias bíblicas são um mito tosco e infantil.

      Também sou ateu (Bem convicto) e utilizo a ciência como meio, mas nem todos o fazem. =)

    • Mister_X:

      A técnica da terra de 6 mil anos renasce… Falácia, mentira. Estude escolastica e teologia, depois volte e veja como você não vai conseguir fazer essa afirmação novamente, pois saberá que isso é mentira, a não ser que seja muito desonesto intelctualmente.

    • Pig:

      vc o ignorante master

    • xd:

      a mais pura verdade xD

    • Rosana Oliveira:

      Aproveita e presta atenção na grafia. =)

Deixe seu comentário!