Emagrecimento radical: médico engole uma tênia para testar teoria

Por , em 3.02.2014

No passado, mulheres vitorianas engoliam ovos de parasitas conhecidos como tênias para emagrecer.

Tênia ou solitária é o nome comum dado a vermes platelmintos das ordens Pseudophilidae e Ciclophylidae, que pertencem à classe Cestoda. Esses vermes são parasitas de diversos animais vertebrados, inclusive do homem. Quando dentro de nosso organismo, eles se alimentam dos nutrientes que comemos.

O Dr. Michael Mosley decidiu experimentar essa “forma histórica” de emagrecer, e engoliu um destes parasitas em um experimento que será transmitido durante um novo programa da BBC.

O documentário acompanha o Dr. Mosley conforme ele vive com os parasitas em suas entranhas por seis semanas. E o que aconteceu ao fim deste período? O médico ganhou peso, acrescentando 1 quilo durante o seu tempo como cobaia humana.

O Dr. Mosley disse que seu ganho de peso pode ter sido causado pela necessidade de aumentar a sua ingestão de alimentos, como resultado dos parasitas morando em seu corpo.

“Eu mantive um diário alimentar para ver se minhas preferências alimentares mudaram”, disse. “Acho que provavelmente comi um pouco mais de chocolate. As tênias gostam de cerveja e chocolate – elas gostam de carboidratos. Uma das teorias é que a tênia provavelmente incentiva você a comer mais, para alimentá-la”.

O estudo

Não foi fácil encontrar o parasita. Para infectar-se com a tênia, o Dr. Mosley viajou para o Quênia, onde sua equipe rastreou o verme, colhendo cistos da língua de uma vaca infectada num matadouro em Nairobi.

Os bovinos carregam a larva Cysticercus bovis, da Taenia saginata. O verme adulto pode viver por até 20 anos no corpo humano.
“Minha esposa não achou que era uma boa ideia, mas disse que estava tudo bem, porque essa tênia é relativamente inócua. E também não é infecciosa”, conta Mosley.

Os regulamentos de saúde e segurança que visam a BBC permitem que o médico consuma os vermes – que podem chegar a 30 metros de comprimento no intestino -, mas não que deliberadamente se infecte com piolhos. Isso porque a tênia não poderia ser transmitida de humano para humano, mas parasitas como o piolho sim.

Seis semanas mais tarde, o Dr. Mosley engoliu uma câmera para permitir-lhe ver se os cistos tinham se transformado em tênias – o que ocorreu.

article-2549220-1B15342400000578-915_634x575

A tênia bovina é mais segura do que outras formas do parasita. A tênia do porco é muito mais perigosa, movendo-se em torno do corpo. Ela pode causar quistos cerebrais em seres humanos.

Os cientistas têm sido cada vez mais fascinados pelos efeitos do parasita no corpo humano. Tornou-se amplamente aceito que a sua erradicação em muitas partes do mundo levou a um aumento nas alergias e muitas outras condições.

“Eu gosto de descobrir coisas através da minha experiência pessoal”, disse o Dr. Mosley. “São muito poucas as pessoas que estão preparadas para ser infectadas por vermes. Espero que minha experiência contribua em algum momento no futuro para um estudo melhor”.
Os vermes foram mortos através de medicação, embora a equipe do documentário não tenha sido capaz de rastrear as tênias expulsas do corpo do Dr. Mosley.

“Nada saiu. Há duas possibilidades: a mais provável é que as pílulas mataram os vermes e meu corpo os digeriu, o que é um fim irônico – o parasita é comido por seu hospedeiro. A segunda possibilidade é que eles ainda estão lá, mas uma vez que faz 13 semanas que engoli os cistos, eu acho que os teria notado até agora”, explica Mosley. [DailyMail, InfoEscola]

Último vídeo do nosso canal: A Terra não orbita exatamente o sol mas um ponto virtual no espao

6 comentários

  • Ricardo Migliavacca:

    É 1 parasita impressionante! Até hoje meu pai, q é veterinário, tem uma dessas de 25 metros guardada em 1 vidro, com formol, que tirou do intestino de 1 suíno há muitooo tempo atrás, quando não se tinha cuidados com sanidade e quando o manejo com os animais ainda era primitivo… provavelmente de uns 30 anos atrás. Ainda bem que os tempos mudaram, hoje em dia é praticamente impossível encontrar isso novamente, só se for animal silvestre mesmo.

  • Cesar Grossmann:

    Eu sei de gente que teve que fazer cirurgia bariátrica (redução do estômago) e depois da cirurgia expeliu alguns destes parasitas (que eles não sabiam que tinham).

    Ou seja, se um parasita destes emagrecesse, então a pessoa em questão não precisaria fazer a cirurgia bariátrica…

    • Antonio Elcio:

      Ou não…como o Dr.Mosley afirma, ele aumentou sua ingesta de alimentos, o que fez ele ganhar 1kg, pode ter causado isso na pessoa em questão, fome excessiva e fez ela engordar, talvez nem houvesse necessidade da cirurgia se não tivesse o parasita….

    • Marcelo Ribeiro:

      Custa para os médicos prescreverem um vermífugo? Aqui em casa tomamos todo ano. Ordem do pediatra da família.

    • Cesar Grossmann:

      Semente de abóbora é um vermífugo natural. Dá para torrar e salgar, e misturar na massa do pão (para quem faz pão em casa).

    • Marcelo Ribeiro:

      Alho também, até onde ouvi.

Deixe seu comentário!