Entediado com a mesmice? Cientistas encontraram a solução

Por , em 24.05.2009

O professor de marketing da Universidade de Minnesota, (EUA) Joseph Redden, descobriu a cura para o que ele chama de amnésia de variedade. Se você anda enjoado de comer o sabor de pizza, jogar o mesmo jogo de coputador ou com a mesma música na cabeça durante muito tempo, você pode sofrer deste problema.

Redden explica que as pessoas esquecem da abundância de diferentes experiências que podem escolher e tendem a se focar na repetição. O processo de consumir produtos e experiências até o ponto da saciação, onde se tornam menos apreciáveis, é um grande problema para os vendedores. De acordo com o professor da faculdade, apenas se lembrar da variedade disponível, pode curar a saciação mais rápido.

Seguindo a intuição, podemos pensar que com o passar do tempo, podemos voltar a gostar de algo do qual enjoamos. Mas Redden explica que não necessariamente. Por exemplo, se estamos enjoados de chocolate, pensar em outras sobremesas, pode aliviar essa sensação, o tempo já não tem o mesmo efeito.

Um dos experimentos da pesquisa de Redden consistia em fazer os participantes repetirem o refrão de uma de suas músicas preferidas 20 vezes seguidas. Após isso, deveriam dar uma nota para o clipe da música. De acordo com o esperado, as notas foram muito baixas. Três semanas depois, metade dessas pessoas estavam relembrando programas de TV que assistiram nesse período, enquanto a outra metade, lembrava-se de músicas. As que estavam se lembrando da variedade músical, se recuperaram e estava muito menos saciados, diferente dos outros participantes. [Science Daily]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

2 comentários

  • EP:

    Um dos segredos também é… não fazer as coias em excesso! Se você comer muito chocalete, as chances de enjogar rapidamente são altas; se você ouvir uma música X, também com extrema frequência, logo vai cansar dela. Então a recomendação é ser variado. Hoje você ouviu Green Day? Amanhã ouça The Black Eyed Peas. Hoje você comeu chocolate? Como, amanhã, um fatia de pudim! E assi vai.

  • Antonio Carlos:

    Concordo plenamente, pois, adorava chocolate e sempre que podia la estava eu saboreando, só que, com o passar do tempo diminui bastante, não conseguia saborea-lo mais como antes, até estranhei, agora estou sabendo o porque. Adoro este site, traz muitas informações úteis, como esta, quando pude desvendar a minha a minha dúvida Obrigado.

Deixe seu comentário!