Exercício explosivo com intervalos é mais eficaz que ritmo contínuo: estudo

Por , em 22.01.2013

A cena não é incomum: o sujeito que está há meses sem fazer atividades físicas regulares acorda disposto a voltar a se exercitar. No primeiro dia, vai ao parque e corre durante uma hora sem parar. No dia seguinte, mais uma hora, sem intervalos. E assim por diante. Será que uma pessoa consegue ficar em forma fazendo isso? Fisiologistas britânicos defendem que não.

Um estudo sobre o assunto foi publicado nesta semana por pesquisadores da Universidade de Stirling, na Escócia. A questão central gira em torno da seguinte dúvida: o que é melhor? Se exercitar sem intervalos em ritmo moderado ou mais intensamente, porém com pausas para descanso?

Para responder a esta pergunta, foram recrutados doze ciclistas. O experimento era composto de testes físicos três vezes por semana. Em cada treino, os atletas eram divididos em dois grupos. No primeiro, os ciclistas pedalavam em ritmo forte (próximo ao de competição) por quatro minutos, descansavam por dois, pedalavam mais quatro em seguida. Esta operação era repetida cinco vezes. O segundo grupo, por sua vez, pedalava em frequência menos acelerada, mas durante uma hora.

Depois de quatro semanas, os grupos trocaram entre si os programas de treinamento. Ao final do período de testes, o que se mensurou foi um benefício duplo a favor do exercício com pausas. Além deste programa proporcionar maior rendimento atlético (refletido em resultados numéricos, mas decorrente de questões como maior resistência corporal e recuperação muscular mais rápida), os atletas sob tal regime de exercícios apresentaram menos fadiga e maior bem estar durante e após as sessões.

O ciclismo é dos esportes mais populares na Escócia, que é pátria de vários campeões olímpicos, razão pela qual o estudo foi feito nesta modalidade. Mas os fisiologistas explicam que os resultados também servem de parâmetro para outros tipos de exercício. Vale se informar, portanto, sobre a melhor maneira de conduzir seus próprios exercícios, seja quais forem. [Daily Mail / DNA / Herald Scotland]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

3 comentários

Deixe seu comentário!