Foto: Colisões galácticas e matéria escura

Por , em 17.05.2012

Parece uma junção entre o clássico Star Trek e uma balada da época disco, mas na verdade estamos vendo uma imagem da matéria escura e de gás quente no coração do aglomerado de galáxias Abell 520.

A 2,4 bilhões de anos-luz da Terra, esse aglomerado se formou a partir do choque de uma série de aglomerados menores de galáxias. Nos escombros dessas colisões, os astrônomos encontram um núcleo enorme de galáxias brilhantes e uma fonte de estudo da matéria escura.

Essa imagem combina registros de três diferentes telescópios, o Hubble, o Chandra e o do Havaí.

A cor natural das galáxias foi camuflada com a luz estelar laranja, e as áreas verdes representam as nuvens de gás quente que restaram da colisão. É a parte central azul do mapa que mostra a localização da maior parte da massa do Abell 520, com muito gás, mas poucas galáxias. Esse núcleo denso de matéria escura revela que as galáxias não estão ancoradas à matéria escura, como se pensava antes. [NewScientist]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

3 comentários

  • Jonatas:

    Tomara que achem, ao menos nas próximas décadas, alguma luz sobre essa escuridão que está cada vez mais confusa. E se a matéria escura confunde os astrofísicos o que é que sobra pra nós? A não ser apreciar a beleza colorida dessa imagem acima, do aglomerado galáctico Abell 520.
    Apesar de ser classificado como aglomerado de galáxias e não como super-aglomerado de galáxias (um super é um conjunto de aglomerados), o Abell 520 surgiu dum processo de colisões entre aglomerados e, depois uma análise dos movimentos de 293 galáxias no campo sugeriu que 520 foi formando no cruzamento de três filamentos da estrutura em larga escala; a estrutura se adensa para o centro, onde existem menos galáxias e mais massa gravitacional, que seria uma matéria escura centralizada, e não distribuída no espaço intergaláctico como se supunha.
    Mesmo sendo fruto dum pandemônio cósmico e causando uma confusão não menor nas teses astrofísicas da teoria da matéria escura, um certeza ao menos se pode ter: É uma bela imagem…

  • Alberto Campos:

    Estão supondo que a poeira cósmica é a matéria escura. Até agora não sabemos o que é a matéria escura. Isto é pura especulação.

  • Caio Alencar:

    É difícil para mim compreender a meteria escura. Melhor definindo, é um enígma!

Deixe seu comentário!