Aprenda estas coisas se quer trabalhar a partir de casa

Por , em 25.05.2015

Se quando você ouve “home office” tudo que consegue pensar é em ficar de pijama com o notebook no colo e devorando lanchinhos o dia todo, pare e pense de novo. Trabalho remoto é um tipo de contrato muito valioso e desejável, mas nem todo mundo funciona bem por conta própria.

A empresa criadora do aplicativo de funcionalidade Zapier deu algumas dicas para esse tipo de emprego em seu ebook livre, “The Ultimate Guide to Remote Work” (em tradução livre, “O Guia Definitivo do Trabalho Remoto”). No livro, o conselho dado às empresas interessadas em trabalhadores que cumpram seu expediente em regime de home office é contratar funcionários que tenham essas características:

– Propensão para a ação: Este é o tipo de pessoa que mesmo sem uma lista de tarefas, vai encontrar algo significativo para fazer.

– Capaz de priorizar: Muitas vezes, as tarefas importantes podem não ser claras quando estamos trabalhando remotamente (especialmente em uma startup). Alguém que consiga se concentrar nas tarefas certas e saiba ignorar outras vai se dar bem.

– Proficiente em comunicação escrita: A maior parte da comunicação em uma equipe remota acontece via e-mail, bate-papo coletivo ou mensagens privadas. Se alguém tem dificuldades para escrever de forma clara e concisa, essa pessoa terá dificuldades em fazer parte de uma equipe que trabalha em casa. É igualmente importante ser capaz de mostrar tato na comunicação escrita, afinal é muito fácil se passar por grosseiro via texto. O uso liberal de emoticons pode ser de grande ajuda.

– Confiável: Se você não pode confiar na pessoa que trabalha para você, não poder vê-la todos os dias vai fazer você perder o sono. Tenha certeza de que você confia em quem contrata.

– Apoio emocional local: Se o único sistema de apoio emocional que alguém tem é o seu trabalho, então estar em um ambiente remoto provavelmente vai levá-lo à loucura. Aqueles que se dão bem com o sistema de home office têm pessoas com quem podem interagir diária ou, pelo menos, semanalmente.

Ainda que as dicas listadas acima estejam focando mais em como um empregador pode encontrar o funcionário ideal para uma vaga de trabalho remoto, também valem como conselhos do que destacar sobre si mesmo em uma entrevista de emprego desta espécie. Além disso, é bom ficar atento para saber se você conseguiria lidar com essas situações; caso ache que estas características tem pouco a ver com você, talvez não seja uma boa tentar viver de home office. [Life Hacker]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

1 comentário

  • Domm Peoplee:

    Eu sei que sou horrível para isso alem do que eu me tornaria depreciativo.imagina ficar o dia inteiro sem ver ninguém que tédio.

Deixe seu comentário!