Idade de “Eva”, ancestral de todos os humanos, é confirmada

Por , em 19.08.2010

E nossa “avó” é bem idosa. Cientistas acreditam que ela tenha vivido há 200 mil anos atrás. Essa ancestral materna foi batizada de “Eva”, por motivos óbvios, e ela foi descoberta graças a pesquisas em nosso DNA.

Basicamente, o que os cientistas fizeram foi analisar o DNA mitocondrial, encontrado no centro de produção de energia das nossas células. Esse DNA é passado apenas de mãe para filho e pode levar a uma mulher “original”.

Os cientistas acreditam que essa Eva mitocondrial tenha vivido há 200 mil anos atrás, uma data que coincide com o aparecimento dos primeiros humanos que seriam modernos anatomicamente. No entanto, não significa que ela tenha sido a única humana da época, mas que apenas seus herdeiros sobreviveram até os dias atuais.

Segundo os pesquisadores, provavelmente a primeira humana não foi Eva, mas alguma outra fêmea cujo DNA não permaneceu nos humanos modernos. Logo a idade da nossa Eva mitocondrial é um pouco menor do que a primeira humana.

O DNA mitocondrial é mais usado para os estudos de geneticistas por ele conter informações simplificadas. Ele também possui uma região que muda rapidamente, funcionando como uma espécie de relógio molecular, que pode fornecer pistas sobre a origem da humanidade. [LiveScience]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (11 votos, média: 4,82 de 5)

42 comentários

  • Amauri Carlos de Pierri:

    Falar de bomba atômica, átomos, buraco negro, é relativamente fácil. Religião, um pouco mais difícil. Mas, o homem é inteligente? Claro que é. Logo um dia a ciência alcançara a religião. Creiam.

    • PhysicistJB:

      A ciência por trás da bomba atômica, buracos negros e átomos é mais fácil do que as falácias da religião? Desculpe, mas, a ciência ultrapassou a religião na época de Galileu Galilei em mais ou menos 1.600!!!

  • Ricardo Rodrigues:

    É importante lembrar que na bíblia quase tudo é interpretação. pessoas diferentes enxergam respostas diferentes, numa mesma questão. a forma de filosofia e foco de interpretação eram bem diferentes não só de quando foram escritas. Como também de quando foram reescritas. eva veio da costela? pode ser apenas uma metáfora. por isso acho que a ciência não deve criticar as religiões. pois em alguns pontos muita coisa faz sentido, enquanto outras só num futuro serão descobertas.

    • PhysicistJB:

      Cara, essa conversa de interpretação nasceu exatamente com o fato de descobertas inegáveis estarem em desacordo com a bíblia. Aí, a saída foi dizer: “ah, tal citação na bíblia, na verdade, não quer dizer assim literal. Trata-se de uma metáfora”. A bíblia foi escrita por pessoas que acreditavam naquilo que estavam escrevendo, puro e simples. O problema é que os pobres coitados não tinham qualquer conhecimento da natureza naquela época. Eu não consigo entender porque é tão difícil as pessoas constatarem algo tão simples!

  • Felipe_2:

    Vi um comentário do César dizendo que as “teorias não comprovadas” são comprovadas, mas na verdade não, por que se são teorias, elas podem estar certas da mesma maneira como podem estar erradas. Apenas as leis, como a lei da gravidade e as leis de Newton são verdades irrefutáveis e mesmo elas podem não ser válidas em outros planetas ou outros universos, se existirem.
    E as passagens bíblicas não são apenas “poesias”, são fatos, escritos de acordo com a interpretação do que as pessoas naquela época podiam compreender.
    E ao contrário do que muitos pensam, os “mitos religiosos” podem ter explicação científica e a religião pode andar lado a lado com a ciência, sem o menor problema. Acredito nisso, tomando por base cientistas como Allan Sandage, Isaac Newton, Mendel e Francis Collins, que não só acreditam em um único Deus, como também se declaram ou se declaravam religiosos.
    Ah, também aproveito este espaço para refutar uma barbaridade que li em um comentário do César, bem antigo, mas que só li ontem que dizia: “A igreja católica não obriga, mas coage”
    Bem, sinto lhe dizer, mas isto está errado, pois a igreja católica não coage, nem obriga, ela dá as opções e segue quem quiser, afinal a igreja não fala que quem comete pecados irá para o inferno, afinal nem mesmo a igreja tem poder para julger as pessoas e há um conceito, talvez pouco conhecido para quem está de fora da igreja católica chamado “Purgatório”, onde os pecadores não arrependidos vão depois da morte para pagar por seus pecados e depois irem para o céu.
    O que a igreja prega hoje e isso você pode perguntar para qualquer padre, bispo ou até mesmo um coroinha é que só vai para o inferno quem quer. Até mesmo um ateu militante que odeia as religiões não vai para o inferno, por que ele não acredita e se ele não acredita não tem como ele querer ir para o futuro. Provavelmente esse ateu, depois de morrer, irá se encontrar com Deus e passar algum tempo no purgatório.
    Cito uma frase muito brilhante de C.S.Lewis para terminar:
    “Eu não acredito em Deus por que o enxergo, mas sim por que é através dele que eu enxergo tudo.”

    • PhysicistJB:

      Caro Felipe, se vc me fala q tem fé no deus q vc acredita, ok, eu não invisto tempo em contra argumentar. Contudo, vc forçou a barra em dizer q acredita q ciência e religião se corroboram. Não. Esse caso não é questão de acreditar. É fechar os olhos para realidade. Ciência e religião são dois caminhos opostos (escolha o teu). Vc está confundindo as coisas, tanto é q vc acha q teoria ser modificada é algo ruim (na verdade foi assim q a ciência chegou onde chegou). Os homens q vc citou, de fato eram ou são religiosos, mas, a crença ou devoção deles é particular, nada da opinião religiosa deles é determinante na ciência. Também não se esqueça q os caras q vc citou tb fazem parte de uns 5% dos maiores cientistas do mundo (Apenas pra constar: 90% de todos os cientistas q surgiram no nosso planeta estão vivos hj). Os outros 95% são ou foram ateus. Outro detalhe é q pra algo ser científico, ele deve ser devidamente testado, no caso da hipótese “deus”, isso não é ainda possível, logo, nada ver com a ciência. Pra concluir, eu poderia falar sobre o q é realmente o catolicismo, porém, em respeito a tua crença e por não ser o foco dessa resposta eu não digo nada.

  • Jonatas:

    Cesar, não sei se concordas, mas acho que a ciência devia parar de adotar termos religiosos pra descrever as matérias que estuda e desenvolve… As pessoas confundem muito as coisas.

    • Cesar Grossmann:

      Talvez não, Jonatas. É uma maneira de se apropriar dos mitos religiosos e dar a eles uma nova interpretação, científica.

      Eva, feita da costela, nunca existiu, mas há 200 mil de anos atrás, dentre todas as mulheres que viviam na época, a linhagem oriunda de uma delas veio a ser dominante no planeta. Temos a nossa “eva”, não a primeira mulher, nem a única mulher do planeta, mas a genitora de toda a humanidade.

      O problema é a divulgação científica…

      -oOo-

      Valeu, corrigido.

    • Anderson Thiago:

      Cesar, 200 mil e não 200 milhões…

  • Cintia Birkheuer:

    Adoro esse site…
    Mais se não podemos falar sobre nossa opinião, sem ser criticado, então não postem matérias que não podemos expressar nossa opinião.
    Como pode pensar que as coisa maravilhosas que temos na terra, paisagens maravilhosas, veio da teoria de big bang e que nós evoluímos dos macacos?
    Deus criou céus e terras (Gen 1)
    Nos fez a sua imagem e semelhança (Gen 2:7-25)
    Criou animais (Gen 2:19)
    Eu tenho fé em Deus, ou não o vejo mais ele existe, sinto sua presença todos os dias.
    E o resto não passam de teorias não comprovadas!

    • Cesar Grossmann:

      Cintia, você está muito confusa…

      As “teorias não comprovadas” são comprovadas – existem provas do Big Bang e provas da Evolução, e muitas provas.

      O que não tem comprovação nenhuma é o texto do Gênesis. Nem poderia ser. O primeiro trecho da criação, que fala da criação em seis dias e o sétimo de descanso foi feito por alguém que era eloísta, trata deus por “Elohim”, e provavelmente eram politeístas.

      O segundo trecho, que fala da criação do homem, depois a criação da mulher, e a queda, foi escrito provavelmente por sacerdotes javistas no exílio da Babilônia. Nada disso é fato, é tudo poesia e mito. Só isso.

      O que me escapa é como alguém dá mais crédito como fato a poesias e mitos que nasceram na Idade do Ferro ou antes dela, e chama de “teorias não comprovadas” a ciência dos últimos 4 séculos.

    • Amadeus E:

      Nunca vi palavras tão sabias Cesar, parabens.

  • marcelo de corumba-ms:

    “Deus criou o homem do barro, e a mulher de sua costela.Deus disse deixara pois o homem a seus pais e se unira à sua mulher e serao os dois uma só carne.”—todos sabemos desta verdade.

    • Adriano Jr:

      Não existem verdades contestáveis. Este é um site científico, então abstenha-se de usar tais termos. Nada contra o fato de vc ser religioso, mas tente ser menos tendencioso nos seus comentários; afinal se realmente fosse verdade haveriam provas concretas, e não apenas indícios.

    • Roberto Souza:

      A Ciencia e tremenda mas nem por isto é ela absoluta em seus dados e respostas! dizia a ciencia: Ovo traz colesterol e ninguém pode viver sem leite, eles trazem calcio para os ossos! hoje se conhece que ovo não dá colesterol e o leite de vaca dá cancer no homem e na mulher,traz falta de memoria, angina, fraqueza aos nervos tremedeira ao corpo humano, sem dizer que não calcifica em nada aos ossos! já viste algum animal mamar depois de velho ou mesmo descalssificado? Somente nos humanos é que mamamos depois de velhos e sofremos destes males.

  • Reinaldo Faria Tavares:

    É,li muita bobagem hoje!

  • Luan:

    uma pergunta.. como sabem a idade? se não tem registros fósseis, algum cdf poderia me responder?

    • Cesar Grossmann:

      Luan, fazem estudos estatísticos em cima das mutações. Se um determinado código genético tem uma mutação a cada 10.000 anos, por exemplo, e a média é de 20 mutações para todo mundo, então, mesmo sem saber qual o código original, podemos dizer com confiança que o ancestral comum de todo mundo viveu a 200.000 anos atrás, mais ou menos.

      Este é um método, existem outros, mas é tudo usando as leis estatísticas e os conhecimentos sobre mutações, e também o material coletado em campo (no caso, o código genético mitocondrial).

    • José Pires Neto:

      Pode procurar lá prás bandas da Africa do Sul,lá de vez enquanto alguém dá com a cara num Sapien Sapiens Versão Turbo 2.0 que cricionismamente, não deveria estar ali…

  • Jorginho:

    Todos sistemas de vidas lutam por sobrevivência.
    Com isso leve mutações e não macro como sugere alguns.
    ISSO SE CHAMA ADAPTAÇÃO!!!

  • Marcelo Correa:

    Para que a evolução, da forma que é apresentada, fosse verdadeira, seria necessário que Cristo Jesus não houvesse nascido,ensinado e morrido pela causa da verdade; Seria necessário que os profetas do Antigo Testamento não houvesse feito menção de seu nome; Seria necessário que o próprio Deus não o reconhecesse como seu filho, e Coautor da criação; que ele não houvesse dito: “Haja luz”;que fosse possível excluir-se a Arqueologia, a Genealogia, a Geografia, a História… e tantas outras ciências; que as pessoas não prestassem cultos aos demônios, em busca da fama e riquezas imediatas, como se vê nos cultos de orígem afros e religiões idólatras. Como nada disso é possível, lamento, pelos que buscam argumentos, para suavizar suas consciências empedernidas pelo pecado, pelo afastamento e desconhecimento dos princípios estabelecidos pelo próprio Deus.

    O dever de todo o homem é temer a Deus e guardar seus mandamentos, o que significam a diferença entra a vida ou a morte. E você, o que vai escolher? Escolhe, pois a vida, para que vivas. Jesus Cristo é a única escolha sensata possível, para quem quer a vida. Há caminhos que aos homens parecem bons, mais seu final são caminhos de morte.

    • José Pires Neto:

      Poxa Charlie Brown, será que ainda não entendestes o quantuum de VERDADES que impuseram a tí?
      Será que a terra ainda é o CENTRO DO UNIVERSO?
      Será que neste Universo, somos os únicos dotados de RAZAO E INTELIGENCIA?
      Será que um DIABO plantou fosséis antepassados para que mais tarde os FILHOS DE DEUS questionassem a CRIAÇAO?
      Será que esse mesmo DIABO permitiu que criássemos telescópios para que através deles pudéssemos questionar esse outro aspecto da CRIAÇAO?
      Que Poxa, Charlie Brown!
      P.S>> Uma força estranha não permitiu digitar as aspas. Daí, maiúsculas em substituição as mesmas…

  • Erico Aliaga Cavaleiro:

    Ah! Expliquei como espécies mais complexas surgem de expécies menos complexas, como por exemplo, o homem que surgiu de primatas, e antes que alguém com um bom senso de humor comente, não, não usaram inseticidas em nós, mas nossas espécies ancestrais foram caçadas, persseguidas e até mesmo infectadas durante milhões de anos.

  • Erico Aliaga Cavaleiro:

    Aos criacionistas, com licença, darei uma de professor, perdão se eu errar, pois não o sou:

    No verão, comulmente sofremos com pernilongos, certo? O que fazemos? Compramos um “Baygon Multplus versão + eficaz”. Usamos e, “vualá!” erradicamos todos os chatinhos e podemos dormir mais tranquilos. Normalmente sobra e guardamos o restante para o próximo verão.

    Passado o inverno, começa um novo verão e os terríveis pernilongos estão de volta a zumbir em nossos ouvidos. Mas desta vez estamos vacinados, não exitamos e vamos direto no armário buscar o inseticida, usamos e… percebemos que já não faz mais tanto efeito quanto antes, o bichinho continua vivinho! Por isso vamos ao supermercado comprar um novo, mas vemos que aquela versão de inseticidade não existe mais, agora só tem o “Baygon Ultra-Multimega versão ++ eficaz AINDA”. Compramos, usamos e o malandrinho cai na hora. Uau!

    O que será que aconteceu? Não, não foi o inseticidade que passou da validade, nem a empresa de inseticidas que lançou uma versão mais nova para tranformar a primeira em obsoleta (para os conspiradores), o que de fato aconteceu, acredite se quizer, o pernilongo evoluiu. Calma, vou explicar:

    Quando vc usou a 1ª versão do inseticida, não só vc usou, mas um monte de outras pessoas usaram também. E embora tenha parecido extremamente eficiente, matando visivelmente os malditinhos, essa espécie de inseto é extremamente resistente e adaptável, ou seja, um ou outro mais expertinho e mais resistente ao inseticida (talvez por motivos genéticos e/ou metabólicos) fugiu da batalha para vencer a guerra.

    Reproduziu-se durante o inverno dando origem a uma nova geração de pernilongos tão resistentes como o pai, motivo pelo qual o inseticida já não é mais tão eficiente, pois estamos usando em uma geração que surgiu justamente do único que conseguiu resistir e fujir! Isso se chama SELEÇÃO NATURAL da teoria NEODARWINIANA!!!(O mesmo fenômeno pode justificar o fato de não termos uma vacina única para erradicarmos de uma vez por todas a gripe, pois é um vírus extremamente mutante e antes de ser extinto, ja evoluiu e se tornou resistente a vacina)

    Agora, só para dar uma ilustrada, prolongue esse evento (do pernilongo) ano após ano, durante alguns séculos. O resultado é que conforme inseticidas mais eficientes forem surgindo, gerações de pernilongos mais resistentes surgirão de modo que não seria espantoso se fosse concluido um dia que demos origem a uma subspécie ou até mesmo a uma nova espécie de pernilongo. (fenômeno que também se observa em viroses pelo uso inadequado de antibióticos)

    Mas isso não significa também que todos os pernilongos da geração inicial foi extinta no mundo inteiro, elas ainda coexistem em alguns lugares onde inseticidas não são usados.

    Tudo isso que expliquei, pode explicar por exemplo por que a especie humana evoluiu de primatas enquanto ainda existem “macacos, gorilas e etc”, pq eles não evoluíram tbm?

    Ninguém disse que eles não estão evoluindo, talvez estão evoluindo só que mais devagar, pq possuem uma diversidade genética menor, ou pq reproduzem-se mais lentamente, e até mesmo pq estão bem adapatdos ao meio e ao modo de vida que levam.

    E como surgiu toda a vida complexa de hj?

    Estruturas vivas complexas surgiram de estruturas simples produzidas no início da Terra, que sofrendo seleção natural durante bilhoes de anos deram origem a vida da forma como está hj.

    SE VC LEU ATÉ AQUI, PARABÉNS! TENHO CERTEZA QUE ALGUMA SEMENTINHA DE LUZ EU PLANTEI NA SUA CABEÇA! EMBORA EU CREIO QUE QUEM NÃO TEVE PREGUIÇA DE LER SERIA JUSTAMENTE QUEM NÃO PRECISAVA!

    • Jackeline Carax:

      Brilhante sua explicação. 😉

  • Val Brand:

    A teoria da evolução vai muito além das espécies biológicas, ela diz que todo o perfeito sincronismo dos planetas e de todas as galáxias foram o resultado de uma grande explosão chamada de Big-Bang… Seria como você pegar uns quinhentos quilos de diversos tipos de metais, mais uns cem quilos de plásticos além de borracha, tecidos, couro e embaixo de tudo isso você colocaria umas vinte bananas de dinamite. Como resultado desta magnífica explosão apareceria um maravilhoso Jaguar esportivo com todos os opcionais… Ahhh!!!! ele já viria emplacado e com os documentos em perfeita ordem cósmica…

  • Val Brand:

    O Celacanto,o tubarão e o crocodilo são criaturas pré históricas, eles não poderiam existir nos tempos atuais, eles estão totalmente fora de sua época. Parece que a “teoria” da evolução não funcionou para eles.
    Fósseis de macacos extintos e de macacos atuais também são encontrados com idades variáveis em milhares de anos. Se nós humanos somos simples macacos evoluídos, hoje não existiriam macacos, todos já teriam evoluído para outras espécies.
    Estes são apenas alguns dos incríveis absurdos evolucionistas… Durma com o ronco desta cuíca….

    • PhysicistJB:

      Desculpe amigo Val Brand, o teu comentário irônico se baseia em erros. 1º Evolução nada tem a ver com o big bang; 2º O big bang não faz surgir coisa alguma como se fosse mágica (esse tipo de argumento é justamente daqueles q acreditam q deus fez tudo do nada); 3º A explicação sobre haver tubarões ou os próprios macacos na atualidade o amigo Erico já esclareceu bem (tem mais detalhes é lógico,porém, nesse a caso, aqueles q têm cérebros vão pesquisar um pouco mais).

      Só pra você ter um ponta pé inicial para tua pesquisa (caso te interesse), esteja consciente q nada sabemos sobre o Universo até o chamado tempo de Planck q foi pouquíssimo tempo depois do big bang. Logo, não se deve falar em “criar” e sim q todo universo começou a se expandir (e a primitiva expansão e a atual podem ser literalmente vistas utilizando telescópios poderosos) e mais tarde, devido às várias forças presentes em nosso Universo a formação de estruturas foram se formando (isso também pode ser experimentado, uma vez q já vimos q no espaço vazio, quando vc aproxima matéria de outra ela tende a se aglutinar). Agora tente imaginar o tempo para se juntar matéria suficiente pra se formar uma estrela. Tu tem noção de quanto é bilhões de anos?! Então amigo véi, do aparecimento milagroso do teu jaguar ao q a ciência descobriu é um caminho bem longo, num acha não? Vamos lá, estude mais pra poder saber o q tá criticando!

    • José Pires Neto:

      Caro PhysicistJB…
      Positivo para Piltdown porque ante a safadeza da busca de notoriedade, acho que talvez a idéia fosse desmoralizar os cientistas da época que pesquisavam origem humana. Isso, posto que Karl Fulhrott (como descobridor casual do Homem de Neandertal) e Eugéne Dubois (como descobridor do Homo Erectus)são notáves exemplos da minha duvidosa afirmativa…

  • Diego Leprechaun:

    Sei não hein cezar. onde estão as fontes provando esse fato?

  • dener:

    para de le isso vei..lé uma coisa séria da proxima vez, beleza? sauhshuahusuhas

  • dener:

    cezar, eu otário, vai estudar cara.. depois de entender a ciencia voce entra no Hipescience e faz seus comentarios! troxa! ”homem de bilhoes de anos” ? se é loko? e ainda com canivete? aff! se mata

    • José Pires Neto:

      O correto é…
      Cágado de Bilhões de Anos!

  • Guilherme:

    Cezar, vai estudar um pouco, a ciência é um método pelo qual chegamos a conclusões através de evidências, ninguém afirma nada(isso quem faz é a mídia), idéias(hipóteses) são apresentadas e testadas, as que resistem permanecem e são utilizadas pelo homem de forma pratica.

    O criacionismo não é uma teoria pois não propoe nada que possa ser testado ou observado e ao invés de partir de uma hipótese, parte de uma conclusão.

    ps: Lucy já é história, ja foram achados muitos outros fósseis anteriores a ela.

  • cezar:

    há pouco tempo noticiaram os evolucionistas que haviam encontrado um homem de alguns bilhões de anos,bem conservado no gelo.quando foram pesquisar o corpo encontraram no bolso de couro de sua roupa um canivete de bronze de um fábrica italiana e depois a filha “viva” reconheceu ser o homem seu pai que morrera nas montanhas e estava desaparecido;das duas uma:ou os cientistas evolucionistas querem te enganar,ou a fábrica de canivete tem bilhões de anos!!!!!!!!!!!!!!!!

    • José Pires Neto:

      5 mil anos e não bilh~es de anos…

  • cezar:

    credita quem quer, naquilo que quiser;o evolucionista inventor da estória da Luci que disse seria o elo perdido entre o homem e macacos já desmentiu tudo há muito tempo e disse que encontrou ossos de macaco em um lugar e depois ossos de humano em outro lugar totalmente diferente e havia juntado tudo para forjar um falso descendente de ser humano.Mesmo assim tem aqueles que preferem acreditar e pregar isso ainda como verdade.fazer o que? Direito de cada um;te quem acredita até em saci pererê

    • PhysicistJB:

      Cezar, o referido episódio não foi com Lucy… esse realmente foi achado. Se não me engano o corrido foi com o tal de Piltdown, mas, não estou seguro. Bem, cabra safado tem em todo canto né? Mas, em uma coisa eu concordo com você sem pestanejar: tem sujeito q acredita em tudo mesmo! em papai noel, saci, em deus! É uma ignorância só!

  • Rodrigo £ibertari:

    Acho que voce vem do “Cebídeos neanderthalensis” residente no Brasil. Unico ser da especie, certo?

  • ira:

    É,TEM A CIENCIA ACADÊMICA E A CIENCIA SÉRIA,MAS,NOS ÚLTIMOS TEMPOS PARECE QUE TODA CIÊNCIA ESTÁ FICANDO ACADÊMICA,E PIOR´,TAMBEM ESTÁ FICANDO CAPENGA (DO CÉREBRO).

  • Jin:

    A religião (criacionista) vive cutucando a ciência (evolucionista) mas às vezes a ciência dá suas alfinetadas. “Eva” é uma ótima escolha para o nome.

  • Léo Hubris:

    Houve várias “RAÇAS” de hominídeos, tipo:
    Os Guaches, o Homo sapiens, como o Homo eretos, o Australopithecus, o Homem de Neandertal e o “Homo floresiensis”, conhecido por hobbit, que há cerca de 18 mil anos, vivia na ilha das Flores, na Indonésia, e são espécies separadas de hominídeos…

    E como a evolução não extermina o antigo, mas sim, favorece a existência do mais bem adaptado…
    Haveriam N tipos de humanos, com diferentes Evas Mitocondriais…

Deixe seu comentário!