Ouça uma estrela morrendo

Por , em 23.08.2012

Se você gosta de Star Wars e já discutiu sobre a saga com outras pessoas, com certeza já ouviu algum espertinho dizer que todos aqueles sons de naves e sabres de luz são impossíveis, porque o som não se propaga no vácuo. Se isso é verdade, no entanto, como é que cientistas da Universidade do Michigan (EUA) conseguiram captar o som de uma estrela se desintegrando?

Pelo bem da verdade, eles não ouviram realmente o som que seria emitido pela tal estrela, localizada por cientistas da NASA a humildes 3,9 bilhões de anos-luz da Terra. Através de telescópios que orbitam nosso planeta, eles puderam observar uma gigantesca estrela (com massa cerca de 5 milhões de vezes superior à do nosso pobre sol) sendo engolida por um buraco negro e deixando de existir.

• A magnífica vida e morte das estrelas

Um evento desta magnitude produziria um barulho fenomenal, é claro, se o som pudesse se propagar. Como não pode, é óbvio que os cientistas não puderam de fato gravar nenhum ruído.

Mas observe esta trilha de áudio (que contém a entrevista que um dos líderes da pesquisa concedeu à CNN) a partir dos 4m00s. Ouviu o barulho? Pois bem, ele é o resultado da observação dos satélites da NASA, que captaram a frequência das ondas emitidas pelo buraco negro ao absorver a estrela.

A partir da observação da luz, eles determinaram a frequência com a qual o som seria propagado (440 Hz) e a simularam a partir de uma nota de piano (ouça o experimento a partir de 3m10s). Essa nota jamais alcançaria, contudo, a intensidade do que foi observado no buraco negro.

Por isso, os pesquisadores trabalharam o som com um equipamento que opera diretamente na frequência de onda: o sintetizador. A partir dele, puderam “distorcer” a onda sonora na medida em que foi necessário para corresponder exatamente ao que foi observado. E o resultado parece mesmo uma estrela indo para os ares, não parece? [CNN/The Atlantic/Revista Escola]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votos, média: 5,00 de 5)

4 comentários

  • Alberto Campos:

    Em minha opinião, foi uma galáxia que engoliu uma suposta estrela (não aparece a estrela). O desequilíbrio causado, fez surgir um jato de energia e matéria pelo buraco negro.

  • Jonatas:

    Através de telescópios que orbitam nosso planeta, eles puderam observar uma gigantesca estrela (com massa cerca de 5 milhões de vezes superior à do nosso pobre sol) sendo engolida por um buraco negro e deixando de existir.
    Erro de expressão, na matéria, só avisando. 🙂
    Nenhuma estrela tem essa massa toda, pode até ter a luminosidade de 5 milhões de sóis, como Eta Carinae, mas a massa muito raramente passa de 100 massas solares. Provavelmente essa massa toda diz respeito ao Buraco Negro Galáctico que engoliu a Estrela. Os Buracos Negros Galácticos possuem até bilhões de massas solares, e são os objetos mais monstruosos já estudados. Essa pobre estrela atravessou o túnel e não havia uma luz no fim dele… Pelo menos ela teve uma vida longa e iluminada… 😉 Ou não…

  • Metaltrader:

    Eles captaram o teclado do “Vangelis” e do “Alan Parson”!!!!!!!

  • Tiago Vieira Gomes:

    Legal!

Deixe seu comentário!