Pessoas obesas têm mais fome, mas não necessariamente comem mais

Por , em 26.07.2010

Pessoas acima do peso podem desejar mais uma pizza bem quente, mas não necessariamente comem mais em uma única sessão do que as magras, de acordo com um estudo novo.

A pesquisa queria saber se pessoas obesas e magras respondem diferentemente às “sugestões de alimentos”, e se o fazem, como a mente traduz esses diferentes níveis de “desejo de comer”.

O estudo contou com 52 mulheres de peso normal e 52 com sobrepeso. Elas foram expostas à vista e ao cheiro de pizzas e os pesquisadores mediram quanto elas salivaram, bem como as respostas psicológicas.

Enquanto as participantes magras não salivaram muito, as com sobrepeso salivaram cerca de um terço mais do que o habitual. Elas também tinham mais desejo de comer, medido por uma escala padrão.

Contudo, elas não comeram mais, mesmo depois de ter sido dito para comerem a vontade. Isso significa, segundo os pesquisadores, que o excesso de peso não necessariamente vem de comer mais de uma refeição, mas devido à sua sensibilidade aos estímulos, elas podem comer com mais freqüência.

É uma descoberta potencialmente importante, porque essa sensibilidade à comida pode incentivar os “lanches” e as beliscadas durante o dia, além de outros hábitos alimentares ruins que estão associados com o aumento do consumo de energia, com excesso de peso e ganho de peso.

O estudo não pode responder por que pessoas obesas são mais ligadas ao alimento. Não está claro, por exemplo, se elas nascem assim ou se os hábitos alimentares aprendidos e desenvolvidos ao longo do tempo provocam uma mudança.

Embora todos os sujeitos deste estudo fossem mulheres, os pesquisadores suspeitam que as conclusões também se apliquem aos homens. [MSN]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Deixe seu comentário!