Por que a energia nuclear pode ser a energia “verde” do futuro?

Por , em 27.10.2010

Desde 1986, com o desastre de Chernobyl, a energia nuclear é vista com desconfiança pelo público em geral. Realmente, as usinas nucleares podem ser muito perigosas, mas além do perigo da segurança das instalações ainda há outros fatores que prejudicam a popularidade desse tipo de energia. Confira:

  • A energia nuclear pode ser usada para a construção e proliferação de armas nucleares.
  • A construção de uma usina nuclear é cara e demora de 15 a 20 anos para ser concluída.
  • Elas funcionam à base de urânio, elemento que não é muito fácil de ser encontrado.
  • Os resíduos da fissão nuclear são elementos altamente radioativos.

No entanto esse é só um lado da história. Saiba por que a energia nuclear ainda é considerado um modo de geração de energia vantajoso:

  • Usinas nucleares produzem um milhão de vezes a energia que hidrelétricas e energia eólica são capazes de produzir.
  • Elas são responsáveis por 18% da produção de energia elétrica mundial.
  • Não há liberação de gases do efeito estufa nas reações nucleares.
  • A fissão usa muito pouco urânio. As reservas atuais poderiam durar por até 100 anos.
  • Combustível nuclear é barato e fácil de ser transportado.

Além disso, há quatro avanços tecnológicos em desenvolvimento, que devem amenizar as desvantagens da energia nuclear:

  • Reatores em miniatura, do tamanho de uma banheira, podem fornecer energia para 20 mil casas. A inovação deverá começar a ser usada em 2020. Além disso eles são baratos e, por seu tamanho, fáceis de transportar.
  • Reatores da 4ª. geração (hoje usamos reatores de 2ª. e 3ª.) estão sendo desenvolvidos – eles deverão ser mais seguros, econômicos e sustentáveis. Devem começar a funcionar na década de 2030.
  • O tório pode produzir 200 vezes mais energia do que a mesma quantidade de urânio e 3,5 milhões de vezes a mais do que carvão natural. Ele é mais abundante que urânio, não pode ser “convertido” em arma nuclear e pode livrar o mundo da necessidade de petróleo.
  • Está sendo estudada a possibilidade de construir, em 2040, um reator nuclear que usa a água do mar na França. A energia seria limpa e, teoricamente, ilimitada.

Então, apesar de sua fama ruim, a energia nuclear pode ser a solução mais viável para que, no futuro, nossas casas continuem recebendo eletricidade. E você, leitor, o que acha? [EnvironmentalGrafitti]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votos, média: 4,50 de 5)

38 comentários

  • Lukas Vilar:

    podemos ganhar dinheiro um mini reator em um navio cargueiro grande o suficiente e mandar para outro pais e cobrar pela energia gasta e uma maneira de ganhar dinheiro de um pais menor

  • Roberson Girão:

    Se energia nuclear gera tanta energia assim, imagina quando conseguirem isolar antimatéria para depois reagir com matéria

  • liro:

    Gosto de ler os comentarios, mais nesse aqui tem dois ai discutindo relação, kkk

    Voltando ao que interessa, gosto da ideia de ter energia nuclear limpa, micro reatores, etc. ja imaginou, poderia ter um reator em cada cidade, não teria o risco de apagões em varias regiões, se desse apagão em uma cidade, poderia ser levado para la um minireator movel de emergencia até que se resolva o problema.

  • Santos fc:

    Eu acho muitoo bacana isso eu estou fazendo um trabalho para a escola e preciso muito desse conteudo, muito obrigado por fornecerem para mim
    Bruno

  • Kerensky:

    Jorginho = Troll

  • Edison:

    Não conhecia o tório, fiz uma pesquisa rápida aqui e notei que tá fácil energia “verde” fiquei muito impressionado com a quantidade de energia que ela pode gerar oO

  • Hudson:

    Concordo Gabriel,inutilidades e mais inutilades… a fusão é consideravelmente mais eficiente de que a fissão…enquanto o petroleo for a bola da vez(ou seja enquanto tiver)…vai ser dificil lutar por consciência das potencias…

  • Hudson:

    O Orgulhoso nada admite acima de si.Pobre ser que um sopro de DEUS pode derrubar.
    LIvro dos Espiritos,Alan Kardec 1879.

  • Gabriel:

    Jorginho e gargwlas.Aqui não é lugar para discutirem a relação.Leiam o artigo,se tiverem algo interessante para acrescentar postem um comentário.Não precisa iniciar mais uma briguinha inutil que não vai dar em nada…

  • Val Brand:

    O grande problema é o lixo nuclear. Até hoje não se descobriu uma maneira de se desfazer dele. Hoje o lixo nuclear é colocado em cantâiners e jogados no mar, também são enterrados em jazigos de concreto, mas…. Se der um vazamento em cem ou em duzentos anos, e isso é muito fácil de acontecer, será um estupendo desastre ambiental.

  • Jorginho:

    Gargwlas: ”consenso com quem?? contigo??”

    Resp. Não necessariamente comigo… Com o planeta que todos vivemos.

    ”…só porque voce quer…”

    Resp. ?…

    ”como disse eu ja pensei e meu ponto de vista continua o mesmo…”

    Resp. Tudo bem. Respeito seu ponto de vista.
    Agora respeite o meu !

    ”pensa voce… e como ja disse, se esta tao convicto parta para ação.”

    Resp.Já faço minha parte e farei ainda mais e mais cada dia.
    Atm.

  • gargwlas:

    consenso com quem?? contigo??

    só porque voce quer…

    como disse eu ja pensei e meu ponto de vista continua o mesmo…

    pensa voce… e como ja disse, se esta tao convicto parta para ação. 😉

  • Jorginho:

    gargwlas disse:
    ” bom o blog tiago..

    Jorginho.. pensa você. Eu já pensei.”

    Resp.Só pensar não basta!
    Contudo, pense ”de novo” e chegue a um consenso.hehehehehe
    Abraço.

  • Jorginho:

    gargwlas disse:
    ” bom o blog tiago..

    Jorginho.. pensa você. Eu já pensei.”

    Resp. Gargwlas, pensar não basta!
    Contudo, pensa novo e chegue a uma consenso.
    :0)

  • gargwlas:

    bom o blog tiago..

    Jorginho.. pensa você. Eu já pensei 😉

  • Jorginho:

    Thiago, excelente blog. Parabéns!

  • Thiago:

    Para aqueles que procuram maiores informações sobre energia nuclear:

    energianuclearbr.blogspot.com

    Obrigado

  • gargwlas:

    perigoso é pular de ponte amarrado a 1 elastico com fins de “diversao”.

    tudo tem q evoluir.

    os assentos ejetaveis nao pararam de evoluir, mesmo matando ou aleijando os primeiros pilotos de testes.

    em vez de ser contra, acho devemos cobrar maior segurança na construção das usinas.

    tudo é possivel, é uma questao de querer juntamente com esforço.

  • gargwlas:

    jorginho disse: Resp. No fim dará na mesma!

    não senhor, 200 vezes de eficiencia é 200 vezes MENOS material a ser utilizado por usina e 200 vezes MENOS residuo.

    Deixei essa ponta solta de proposito, justamente para lhe mostrar que apesar de suas ideias de idealismo utopico (concordo com a super população, deviamos estar freando isso e é bem possivel de se fazer)

    Voce ainda pensa nas situações no seu ponto de vista somente.

    O caso dessas usinas de torio seria como seu carro passasse de 10km por litro passasse para 2000 km por litro. Faria o percurso RIO-SAO PAULO 4 vezes com poluição de 1 litro de gasolina.

  • Alex:

    Podem opniar é direito de todos, mas sinceramente , primeiramente vc afirma que a reserva de uranio poderá durar até 100 anos.. vc nao acha isso MT pouco para se tornar uma reserva de energia do futuro? apesar poder constestar dizendo que até la mudaremos para outra fonte, mas mudaremos pra que? outro elemento tbm escasso..?
    Dessa vez nao temos que só pensar numa solução para quebrar o galho e sim numa solução que tem potencial para ser realmente nossa reserva energética.

  • Elizabeth:

    A melhor maneira de preservar o planeta é a consciência ecológica coletiva. De nada adianta continuar agindo dessa maneira destrutiva e depois ficar procurando energias alternativas, mas sem freiar o que vem sendo feito de errado.
    Tudo tem limite e quando o limite é ultrapassado, começa a destruição.
    Essa ânsia pelos lucros, o consumismo exagerado, a procriação descuidada, tudo isso influi no destino do homem aqui na Terra.
    Pensem coletivamente e não apenas no próprio prazer e no próprio lucro, pois tudo tem consequência.

  • Jorginho:

    Porque será que as pessoas preferem pegar ”desvios”?
    A energia nuclear não é segura e além disso seus lixos deve ficar isolado em barris de chumbo…
    Aliás, no fundo do mar deva existir milhares!
    Não sou a favor e ponto!

  • geraldinho:

    Não podemos ainda esquecer que a nossa civilização é instavel,vejam que a meros 70 anos caímos em uma guerra mundial com detonaçao de armas nucleares, o que aconteceria se um país com milhares de usinas nucleares fosse atacado com ogivas atômicas? Os danos seriam enormes. Lembrem-se que o terrorismo cresceu, e logo eles podem meter as mãos em uma ogiva nuclear de um país decadente como o Paquistão.

    Temos que levar em conta ainda a possibilidade, ainda que remota, de sermos atingidos por um meteorito. Imaginem um objeto como o que devastou Tunkusga na Rússia no início do século XX atingindo hoje uma área de uma usina nuclear…

  • JOSE CARLOS:

    Nao temos mais tempo para esperar paras substituir o petroleo… vamos respirar o que no futuro… sempre fui a favor da energia atomica, usem o torio…. isso ja deveria estar sendo feito a muitos anos, não e uma tecnologia nova, so aperfeiçoar…. corram antes que explorem o pre sal e que a groelandeia digele de vez…. pensam que é brincadeira? desliguem a geladeira, é exatamente o que ta acontecendo lá, leva anos sim mas esta acontecendo, consequencias? o mar subindo engolindo varios locais aqui mesmo no Brasil, no RJ que so tinha duas ressacas anuais, esta tendo varias e de magnitude muito maior, porque? Porque o mar ta subindo… isso sem contar com mais um detalhe…. se o mar continuar recebendo agua doce como esta la nos polos, em especial o norte, pra quem nao sabe ira mudar as correntes de agua quente e fria por causa da salinidade diluida, chegando a parar a corrente quente que desemboca por la, e se isso acontecer, pra quem não sabe, ira ocasionar uma nova era glacial, tornando a maior parte do hemisferio norte num grande cubo de gelo, pois é o mar quem aquece os continentes… pelo menos nao morreriamos de calor mas de frio… acham que to falando besteira? Pesquisem… tem um filme tipo 2012 que mostra inclusive esse efeito…acho que chama-se O dia depois de amanha ou coisa parecida….

  • Tony Amorim:

    É uma possibilidade interessante, mas se somente se, for de fusão e não fissão nuclear.
    Como aquele reator francês do exemplo citado, a ser construido em 2040, suponho que só usará o hidrogênio da água do mar, não é?

  • Paulo de Loyola:

    Cesar, infelizmente existem usinas feitas sem esse estudo geológico. Mais ainda, o estudo foi feito depois de iniciada a construção e mesmo assim foram adianta.
    Agora, adivinha só onde essas duas usinas ficam…

  • Cesar:

    Ninja, antes de construir uma usina o que se faz é justamente um estudo geológico para ver se o terreno que eles pretendem construir a usina é sujeito a terremotos ou não.

    Tanto é que eu nunca ouvi falar de algum terremoto ter causado acidente em uma usina nuclear, e existem às centenas, senão milhares de usinas nucleares no mundo.

  • Ninja:

    E se der um terremoto e rachar a usina nuclear ao meio?

  • JCampos:

    Sou a favor seria otimo para o ambiene e otimo para população.

  • Victor hugo:

    Não precisa nem perguntar, é obvio que sou a favor, além de guerras do petróleo quantas pessoas têm sua vida diminuída ou até roubada pelos gases do efeito estufa, é um número sem comparação com o do acidente de Chernobyl, e outra que o cuidado ao se construir uma nova usina nuclear será muito maior depois do ocorrido.

  • geraldinho:

    A tecnologia atual usada nas usinas é muito superior à aquela usada em Chernobyl,e é mais segura. No entanto, a curto prazo eu apostaria na energia renovável que vem da CLOROFILA, das plantas, e na energia solar. A nuclear só será viável em Marte ou na Lua, mesmo que ela avance e se torne “verde” tambêm.

    Plantar usinas nucleares (de fissão) em muitos lugares do planeta, não será muito inteligente se levarmos em conta que a terra é ainda muito “viva”, com constantes terremotos, vulcanismo, maremotos e tsunamis.

    Já as pesquisas no campo da energia da fotossíntese tem avançado muito rapidamente e esta claro que teremos uma matriz completamente verde muito antes que alguém consiga tirar um pouco de energia de um reator de FUSÃO, ou da civilização semear usinas de fissão por todo lugar.

    Então mesmo que a tecnologia das usinas nucleares avance ainda mais, quando isso acontecer é provável que já tenhamos uma matriz verde sem muita participação da energia nuclear, seja de fissão ou de fusão.

    Mas tudo muda se o cenário for a Lua ou Marte e não a terra. Nesse lugares que um dia certamente vamos colonizar, a única energia viável no horizonte é a nuclear, e ela até poderia ser enviada à terra via laser se quisermos, pois essa tecnologia já existe e só precisa de avanços.

  • Karin:

    URÂNIO É INSTAVEL!

  • Jorginho:

    ”Meu nome é Enéias!!!”
    Não sou a favor.
    Mas,como a artigo pergunta pq será e energia do futuro(se chegarmos lá). Eu diria que deva ser que, não haverá mais rios e consequentemente…
    …restará essa forma de energia,lamentavelmente.

  • Bianca:

    EU ACHO UM ABSURDO! essa frase já está batida mas é verdadeira “o barato, muitas vezes sai caro” e o lixo nuclear? Vai continuar sendo enterrado e contaminando o solo? E o perigo de contaminação? Sempre existirá, da mesma forma que fugitivos em uma penitenciária de segurança máxima. Reatores na casa de pessoas comuns? elas já explodem casas com botijão de gás! Existem outras fontes – talvez mais caras – porém menos perigosas.

  • Hugo:

    Sou 100% a favor.

    Falam mal por causa de Chernobyl, mas quantos morrem na guerra do petróleo no Oriente Médio?

  • Mister X:

    Sem duvida a energia nuclear é o futuro, mas essa materia é sobre energia atraves da fissão, ja ouve teste com reatores de fusão nuclear, que produzem milhoes de veses mais energia do que a fissão, esses sim vao ser o futuro, imagine oque podemos faser com reatores de fusao, e em um futuro mais distante com reatores de fusao compactos. Em Exterminador do Futuro 2 e 4 tem reatores de fusao alimentando os T-800. So pra lembrar o combustivel da fusao é o elemento mais abundante no universo.

  • Lucas:

    Infelizmente avanços nessa área demorarão a chegar.

  • gabriel:

    As possibilidades da energia nuclear são infinitas.Conhecimento nunca é demais,oque se faz com ele é outra história.

Deixe seu comentário!