Por que ainda temos medo de ver homens se beijando?

Por , em 19.06.2016


O pai do atirador que matou 50 pessoas em uma balada gay em Orlando no início do mês de junho afirma que o que pode ter motivado a ira assassina do filho foi a visão de um casal gay se beijando.

A alegação provocou uma avalanche de compartilhamento nas redes sociais de fotografias de casais homossexuais se beijando. O episódio também provocou exigências dessa comunidade e seus apoiadores para que a troca de carinho entre qualquer tipo de casal seja naturalizada no mundo ocidental.

Um estudo conduzido pela Comissão Australiana de Direitos Humanos no ano de 2012 mostra que 25% dos homossexuais já foram abusados verbalmente, enquanto 47% dos homens trans e 37% das mulheres trans também enfrentaram essa agressão.

Por isso, muitos deles preferem esconder sua identidade em público, mantendo atenção constante sobre o próprio comportamento. Esse estado de atenção constante não deve ser nada agradável. E é justamente esta invisibilidade que é reforçada pela violência a qualquer identidade ou preferência sexual além da heterossexual.

Outro estudo feito pela Universidade de Indiana (EUA) com mil pessoas mostrou que 97% delas não se importavam em ver casais heterossexuais segurando as mãos, mas apenas 62% aprovava o mesmo comportamento entre homens gays. 95% aceitavam ver casais héteros se beijando, mas o número cai para 55% quando o casal é composto por dois homens. Quando se fala em beijo de língua em locais públicos, então, esses números caem para 50% para casais hétero e apenas 22% para casais homossexuais.

Os números para casais lésbicos foi de 75%, 72% e 26%, respectivamente. Apesar de a troca de carinho entre duas mulheres ser mais aceita que entre dois homens, ainda há mais intolerância quando comparado a um casal heterossexual.

Uma possível explicação para tamanho desconforto ao presenciar essas cenas pode estar relacionada à insegurança da própria identidade. Um terceiro estudo publicado pela Sociedade Americana de Psicologia mostrou que pessoas homofóbicas têm maior chance de serem gays. [The Conversation, Truth Revolt, Elite Daily, NCBI]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 3,67 de 5)

20 comentários

  • Adrielle Lopes:

    Acho digna toda e qualquer manifestação de amor, carinho, compaixão. Então: beijem-se, abracem-se, sejam gentis com quem quer que seja! 😉

  • Raphael Afan:

    Perguntei para 2 caras que se beijam o que eles acham quando vêem um homem é uma mulher se beijando.Pois é isso que eu sinto quando vejo ele

    • Cesar Grossmann:

      Você já pensou, você beijando a sua namorada, e alguém vem te perguntar o que tu acha de outras pessoas se beijando? Ou pior, se alguém se ofende e começa a agredir vocês dois, verbal e fisicamente, por que estavam se beijando?

  • Renan Altair Nardi:

    Chute: talvez porque a atração sexual natural exista para perpetuar as espécies e homosexualismo seja desperdício que naturalmente ofende.

    • Cesar Grossmann:

      Besteira, Renan. Se o homossexualismo fosse desperdício que “naturalmente ofende”, a gente veria o comportamento homofóbico na natureza também, não acha? Só existe uma espécie no planeta que tem comportamento homofóbico…

    • Douglas Wilson:

      Eu acho que nós humanos, somos diferentes dos animais. Não só inteligência, tem algo mais que nos diferencia, não aceitamos o “desnatural”

    • Cesar Grossmann:

      Bobagem, Douglas. Somos animais, sim. E “desnatural” é a homofobia, que é muito bem aceita entre nós.

    • Douglas Wilson:

      Mas.. Pq os animais são guiados por instinto, e nós por valores morais e éticos? Pq temos de classificar o valor de “bem” e “mal”? N entendo

    • Cesar Grossmann:

      Quem disse que os animais não tem valores morais e éticos? Macacos protestam se outros macacos fazem a mesma coisa que eles e ganham um prêmio melhor, se isto não é noção de injustiça, o que é? E o leopardo que se arrependeu de ter matado um macaco quando percebe que ele tinha um filhote, se isto não é compaixão, o que é?

      Estudo indica que animais sabem diferenciar certo do errado

      Comportamento de bonobos prova que homossexualidade é normal entre animais

      Animais tem senso de moral como os humanos

    • Douglas Wilson:

      Obg pela matéria. Já agr, sabe me informar como posso ter mais caracteres? Escrever só com 140 é muito frustrante para expor opinião rsrsrs

    • Cesar Grossmann:

      Achei que você se expressou muito bem.

  • Micael Nunfora:

    O que sinto não bem medo… Eu sinto a mesma coisa quando vejo alguém comendo uma porção de barata frita.

    • Cesar Grossmann:

      …medo!

  • Dommi Muiño:

    presenciar essas cenas pode estar relacionada à insegurança da própria identidade?
    não existem princípios morais, religiosos, e etc? ¬¬

  • João Carlos Agostini:

    Bem fraca a matéria. Não gosto de ver casais se beijando, sejam hetero, bi ou homo, o gênero não me chama a atenção, apenas o ato.

    • Cesar Grossmann:

      A maioria das pessoas tolera as demonstrações públicas de afeto, menos se são entre homossexuais. Aí rola até linchamento…

    • Fernando Monteiro:

      Concordo Agostini . E o pudor não deve ser preservado? Querem-se beijar vão pra casa ou um motel… Daí a pouco vão praticar sexo em via púb

    • Cesar Grossmann:

      Sim, estes casais que ficam abraçados no parque, se beijando, VÃO ARRANJAR UM QUARTO!

  • Douglas Wilson:

    Já não vai demorar muito tempo para esses problemas acabarem

  • Viniriter:

    Medo?

Deixe seu comentário!