Zotrim: um fitoterápico com erva-mate e guaraná que emagrece?

Por , em 4.03.2013

Será que o Zotrim (não confundir com o antibiótico que tem o mesmo nome) pode ser a resposta para o combate à obesidade?

O produto, citado em 2009 em artigos sobre emagrecedores e moderadores de apetite, chamava a atenção para alguns fatos interessantes: era o único que não apresentava nenhum efeito colateral, e o único que tinha estudos científicos amparando suas alegações de ajudar na perda de peso.

Fitoterápico com estudo científico

Em um estudo recente, 58 jovens mulheres com corpo entre saudável e com leve sobrepeso concordaram em tomar o fitoterápico antes das refeições, e tiveram a sua ingestão de calorias monitorada. Metade do grupo tomou placebo, como controle.

O resultado observado foi que quem tomou o fitoterápico ingeriu 112 calorias a menos, em média. Os resultados foram potencializados quando acrescentada a fibra inulin, resultando em uma ingestão de 200 calorias a menos.

Nenhuma das participantes relatou efeitos colaterais, como dores de cabeça, problemas para dormir, gases e diarreia, que geralmente aparecem nos usuários de redutores de apetite comuns.

Erva-mate, damiana e guaraná

Os resultados positivos observados em vários estudos levantam a dúvida: o que tem nas cápsulas do Zotrim? Trata-se de três fitoterápicos da flora da América do Sul e Central: erva-mate (o chimarrão dos gaúchos), guaraná e damiana.

A erva-mate é usada há bastante tempo pelos indígenas na região sul do continente sul-americano, e pelos nativos modernos da região, os gaúchos dos pampas brasileiro e argentino. Vários estudos confirmam os efeitos benéficos do chimarrão na saúde de quem bebe a infusão regularmente.

O guaraná é uma fruta típica da América do Sul, um energético poderoso que também tem o efeito de aumentar o consumo de calorias.

A damiana (Turnera diffusa) é um arbusto com flores cheirosas que lembra camomila, e tem, segundo alguns, efeito afrodisíaco.

A quantidade destes extratos vegetais em uma cápsula é: mate (27,5%), guaraná (23,3%) e damiana (9%), e suprimentos para um mês custam cerca de £ 21,95 (R$ 65,69).

Zotrim é para você?

Como trata-se de um fitoterápico que não apresenta efeitos colaterais em testes controlados, provavelmente o Zotrim pode ser tomado por qualquer um.

A posologia é de uma cápsula antes das refeições, mas como todo produto que promete ajudar a emagrecer, recomenda-se que uma mudança na dieta também seja feita, além da adoção de um programa de exercícios.

Para quem sente bastante fome e acaba se servindo mais do que seria aconselhável, o Zotrim pode ser uma forma efetiva de diminuir a ingestão de calorias, ajudando a controlar as porções comidas. [DailyMail 2, Susie Burrel Blog, DietSpotlight]

Preste atenção

Ingerir o extrato da planta não é o mesmo que ingerir a planta moída, como são vendidos muitos fitoterápicos no Brasil. Lembre-se que o estudo foi feito com um produto composto por estes extratos secos. O extrato concentrado em apenas uma cápsula pode corresponder a dezenas ou até centenas de cápsulas de planta moída, dependo da concentração.

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

  • Dinho01:

    Toda a vez que eu escuto que produtos naturais não tem efeitos colaterais eu digo:Então coma um salada de urtiga.

  • Guilherme Euripedes:

    Parabéns Brasil! Mais uma vez pesquisadores de fora vem aqui, colhem nossas ervas medicinais e patenteiam remédios que nós iremos comprar!

    Quando começaremos a investir decentemente as pesquisas tecnológicas, farmacológicas e etc?

Deixe seu comentário!