Satélites de TV deixam os humanos invisíveis para os aliens

Por , em 26.01.2010

Boas novas para quem sempre teve medo de alienígenas hostis: de acordo com cientistas, satélites de TV e outras engenhocas digitais fazem com que fiquemos praticamente invisíveis para ETs curiosos.

Segundo Frank Drake, criador do famoso Seti (Search for Extraterrestrial Inteligence), o órgão que busca formas de inteligência alienígena, disse que a “revolução digital” está diminuindo as chances de que os aliens nos encontrem nesse enorme universo.

Enquanto as transmissões de TV e rádio eram analógicas, a Terra estava cercada por uma capa de 50 anos luz de diâmetro formada pela radiação que essas transmissões causavam. Se uma raça de ETs observadores que captasse essas ondas, nós seríamos “descobertos”.

» Quantas civilizações inteligentes existem na galáxia?

Mas as ondas geradas pela TV e pelo rádio digital são quase imperceptíveis no espaço.

Além disso, com as novas tecnologias, os sinais de satélite são enviados diretamente para a Terra e quase nada é perdido para o espaço. Drake declarou que a quantidade de radiação que jogamos no espaço atualmente é equivalente a de um único telefone celular.

E, para que sejamos nós a raça que irá descobrir vida alienígena, teremos que procurar em 10 milhões de estrelas, em média, para que haja a chance de encontrarmos um único planeta com vida. Drake uma vez demonstrou em sua “Equação Drake” que há a possibilidade de termos, na Via Láctea outros 10 mil planetas com vida inteligente. No entanto, isso significa que teremos que buscar sinais em 10 milhões de estrelas sem descanso. Além disso, os aliens também podem ter um planeta que não transmita sinais, assim como o nosso.

Aparentemente, não vamos nos encontrar com homenzinhos verdes tão cedo. [Telegraph]

» É provável que aliens se pareçam e se comportem como nós

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

31 comentários

  • Marcia Khan:

    caso haja vida inteligente a nossa semelhança, então é melhor ficarmos quietinhos para não nos descobrirem. ou farão conosco o mesmo que fazemos com as demais criaturas que dividem o habitat conosco.

  • bilu:

    quanta bobagem

  • pol:

    é so vcs tentarem imaginar ate honde vai o universo , tentem usar toda a imaginaçao possivel o que acontece, da uma confusao mental sera porque? nos somos impedidos de continuar . não somos daqui so fomos implantados neste planeta!

  • Bovidino:

    Carl Sagan foi muito mais um pensador do que um cientista. Eis alguns dos seus pensamentos:
    1) Às vezes acredito que há vida em outros planetas às vezes eu acredito que não. Em qualquer dos casos, a conclusão é assombrosa.
    Carl Sagan
    2) Existem muitas hipóteses em ciência que estão erradas. Isso é perfeitamente aceitável, eles são a abertura para achar as que estão certas.
    Carl Sagan
    3) A ausência da evidência não significa evidência da ausência.
    Carl Sagan
    4) Se não existe vida fora da Terra, então o universo é um grande desperdício de espaço.
    Carl Sagan
    5) O que é mais assustador?
    A idéia de extraterrestres em mundos estranhos,
    ou a idéia de que, em todo este imenso universo,
    nós estamos sozinhos?
    Carl Sagan

  • mauricio:

    È impressionante como as pessoas acreditam em tudo que se relata sobre OVNIS. Carl Sagan o maior divulgador de ciência do século passado, cientista de projetos da NASA, como as missões Mariner, Piooner 10 e 11, Voyager1 e 2, desmascara de forma racional esses ufonautas. Aos que desejarem saber mais inormações, adiquira o livro O mundo assombrado pelo demônio de Carl Sagan.

  • Bovidino:

    Cientista político.
    Suas explicações guardam uma certa verossimilhança com a verdade, principalmente no que se refere à idade do planeta terra e da raça humana. No que tange às reuniões feitas pelos governantes, que embora logicamente dedutível, trata-se de uma questão sigilosa e são poucos os que participaram delas. A conspiração internacional para acobertar os fatos relacionados a objetos voadores não identificados é bastante evidente para qualquer observador atento. Caso tenha mais informações a respeito, poderia colaborar para dismistificar esse tema tão intrigante. Obrigado.

  • cientista político:

    “Bovidino e Cezar”
    Os fatos da política internacional acobertar a existência de vida extraterrestre vai além da compreensão de vocês, reuniões feitas a décadas pelos governantes mundiais chegaram a conclusão que tal informação ainda não merece crédito já que tais seres visitam de fato a terra de muitos e muitos anos, com isso, uma pessoa de 100 anos pode ter mesmo presenciado algo real, porém como é algo que envolve uma certa crença a pessoa não se pronuncia e o fato fica oculto para sempre, os arquivos revelados pela inglaterra, frança, entre outros paises, chegaram a abalar a casa branca quando de informado pelo impacto, porém acabou ajudando a ocultar ainda mais essa realidade, pois somente foi divulgado o que de fato foi constatado como fraude e claro o que realmente é real não foi revelado por motivos de segurança nível universal.
    Para reflexão de vocês, o planeta terra é um planeta bebê se comparado a outros no universo e a raça humana apenas um dia de vida dele.

  • Rafael:

    Cesar 5 x 0 BoiDivino

  • Bovidino:

    Cesar,
    Eu admiro a sua posição inflexível de ceticismo. Eu não sou ‘ufólatra’ como você chama as pessoas que defendem a visita dos alienígenas. Mas também não sou tão cético que não reconheça as evidências. Você acabou de mencionar sobre o objeto do tamanho de uma geladeira que foi perseguido mas não alcançado pela FAB. Porque não chegaram mais perto? É evidente que o único motivo plausível é porque o objeto não permitiu a aproximação. Em outra ocasião, eu ouvi o relato de um aviador da FAB, pela televisão, sobre um objeto voador não identificado, que o havia seguido, e deu detalhes pormenorizados do objeto, como tamanho, luz, movimentos que fazia em volta do avião, etc.. No dia seguinte ele desmentiu tudo que havia informado. Mais evidente do que isso é impossível. Ele foi proibido pelo Estado Maior de continuar o seu relato ou de confirmá-lo. Ampliar os horizontes para novas possibilidades e investigar as evidências também é uma forma científica de viver.
    Esteja em paz.

  • Cesar:

    Pois é, Bovidino, aviões da Força Aérea perseguiram alguma coisa, mas nunca conseguiram identificar o que era. Sabe o que é algo que não foi identificado? Para os ufólatras, é um disco voador. Sabe por quê? Simplesmente por que não foi identificado. Ora, se não foi identificado, como é que alguém que não viu, não estava lá, pode afirmar que foi isto ou aquilo?

    Isto é ilógico e irracional. Primeiro, quando o objeto não foi identificado, os ufólatras já partem do princípio que ninguém poderia identificar o que era. Mas quem foram as pessoas que viram o objeto? Elas eram especialistas em identificar todos objetos que entram na nossa atmosfera, naturais ou feitos pelo homem? E do ponto de vista deles, eles poderiam identificar o que viram? Alguns destes objetos foram perseguidos e o mais perto que os aviões da FA chegaram foi 20km, e estavam perseguindo um objeto do tamanho aproximado de uma geladeira – você consegue identificar um objeto do tamanho de uma geladeira a 20 km? O fato é que jamais foi feita uma identificação positiva, inequívoca, confiável, de uma nave alienígena. Pior ainda, foram feitas muitas fraudes. Em um campo onde os céticos como eu são perseguidos e xingados, simplesmente por serem céticos, onde os mais “equilibrados” acham que “não identificado” é a mesma coisa que “alienígena”, onde evidências tão fracas como relatos pessoais são levados em grande conta, onde teorias conspiratórias para as quais não há uma única evidência são tema comum, neste tipo de campo a loucura e a insanidade grassam, e as pessoas de bem se calam, por que a balbúrdia é muito grande.

    Se alguma vez fomos visitados por alienígenas, os ufólatras trataram de esconder muito bem as evidências no meio de toneladas de fotos borradas e vídeo tremidos de tampas de panelas, bolas de pingue-pongue, e outras fraudes. Se há alguma idéia racional nisto tudo, ela está bem escondida pelos ufólatras, que tratam de gritar as coisas mais absurdas.

    No fundo, os ufólatras tem um medo tremendo que se descubra que realmente alguma espécie alienígena visitou ou visita a Terra. Por que daí eles perdem completamente o foco da atenção, ninguém mais vai dar bola para os ufólatras, e sim para a coisa real, os alienígenas. Ninguém vai comprar livros sobre vandalismo em lavouras (chamados de círculos nas colheitas), vão direto aos alienígenas ouvir o que eles tem a dizer em claro e bom tom. Ninguém vai comprar livros de supostos médiuns que canalizam supostos alienígenas. Ninguém vai dar bola para fotos borradas e vídeos tremidos de tampas de panelas e calotas de automóveis. E os ufólatras vão ter que procurar outra maneira de chamar a atenção.

  • Bovidino:

    Cesar. Obrigado pelo link. É muito interessante.
    Todavia, não estamos a falar de fantasmas. Estamos a falar de fatos e evidências concretas.
    1) Os objetos voadores não identificados são fatos reais e não fantasmas. Tanto é que por diversas vezes foram perseguidos pela aviação terrestre de algumas potências, além de terem sido vistos por milhares de pessoas em plena luz do dia.
    2) Ninguém sabe qual a tecnologia que eles usam para desenvolverem velocidades inatingíveis pelas nossas aeronaves mais velozes. Este é exatamente o ponto. É exatamente isso que querem descobrir e dominar. É simples assim. Não tem nada de incompreensível. É absolutamente natural e lógico. Um grande abraço.

  • Cesar:

    Bovidino, duas coisas:

    1. qual tecnologia alienígena? Se é segredo e você não conhece, como é que sabe que existe? Se você sabe qual é, então não é segredo como você alega. Você não está sendo racional e lógico.

    2. supor que existe vida em outros planetas, supor que existe vida inteligente em outros planetas, e supor que somos visitados por alienígenas são três coisas bem diferentes.

    Eu só escrevi isto aí, para ver se com menos palavras você consegue entender alguma coisa do que eu escrevo. Lembre-se, tenha a mente aberta: http://www.youtube.com/watch?v=T69TOuqaqXI

  • Ruben Zevallos Jr.:

    Bom mesmo o sinal digital encontrável, pois ele virá de uma direção única e mais, não será como a radiação de fundo… ou seja, seremos encontrados, mas talvez não compreendidos.

    Obs: GOstei da foto… parece o Kenny do South Park

  • bruno:

    a ja que a radiação é igual a de ” um unico celular” alguem que busque o numero dos alien….e que tenha crédito para fazer uam ligação espaçial….ahhaah

  • Bovidino:

    Cesar. Tentar afirmar que os govêrnos não tem interesse em manter esse tema sob segrêdo chega a ser até um pouco infantil, o que não faz muito sentido para um cientista como você. É evidente que ninguém vai ficar escondendo tecnologias comerciais num mundo globalizado e capitalista por excelência. Quanto às tecnologias bélicas, de defesa, ataque e dominação nenhum país sai por aí alardeando suas conquistas pois o grande trunfo dos países dominantes ainda é o segrêdo e a surpresa. São essas tecnologias que são o alvo dos govêrnos. Os objetos voadores não identificados, tem sido vistos no mundo todo em grande profusão, e uma grande parte deles, tem sido vistos em plena luz do dia por milhares de pessoas. Outros tantos tem sido perseguidos pela aviação das grandes potências que nunca conseguem chegar a velocidade desses artefatos e são fácilmente despistados. O que me parece ilógico na realidade, é acreditar que num universo incomensurável como a ciência finalmente descobriu, acreditar que só existe vida num grãozinho de areia desse imenso universo e o que é mais grave, acreditar que só pode existir vida com as mesmas características da que encontramos no nosso planetinha.

  • Cesar:

    Bovidino, poucas coisas são mais irracionais que as teorias conspiratórias. Que prova você tem que algum governo esteja escondendo qualquer coisa? As tecnologias que nós usamos? Este argumento não procede, e por alguns fatos simples:

    1. as tecnologias são desenvolvidas em diferentes países, e por empresas comerciais privadas, pelo menos boa parte das tecnologias que temos em casa, e o desenvolvimento destas tecnologias é todo ele bem documentado, não tem nenhum “salto inexplicável”, que indicasse que a tecnologia não tivesse sido desenvolvida pela empresa em questão;

    2. suponha que uma espécie alienígena venha aqui na Terra, e sofra um desastre. Se a tecnologia deles é tão mais avançada que a nossa, quem disse que alguma vez poderíamos fazer a engenharia reversa dela? É a mesma coisa que afirmar que se você deixar um relógio em uma aldeia Yanomâmi eles vão conseguir abrir ele, descobrir como funciona, e replicá-lo. Não acontece.

    O argumento de que a descoberta de vida alienígena iria desestruturar ou causar um caos na sociedade não procede: desde o século XVI que o homem acredita na teoria da pluralidade de mundos, ou seja, que existem outros planetas habitados. Praticamente todas as sociedades olham com ansiedade e esperança para o céu, esperando a visita de um disco voador. A ansiedade é tanta que eles chegam a ver até o que não está lá, e a prova disso é a quantidade de fenômenos naturais e de artefatos humanos que são confundidos com “discos voadores”. Alguns acreditam tanto que até forjam provas de disco voador. E as autoridades estão bem cientes disso, deste desespero de muita gente por encontrar discos voadores.

    Eu tenho mais um argumento fortíssimo contra o segredo: ele não interessa. E por muitos motivos:

    1. o primeiro país que anunciar ter contato com alienígenas, vai ganhar um destaque tremendo. Se todos tem contatos secretos, então estão todos perdendo a oportunidade de serem os primeiros a anunciar contatos. Vai contra a lógica e a tendência humana de querer fama e notoriedade.

    2. o departamento de defesa de todos os países adoraria ter esta desculpa, a descoberta de vida alienígena, para pedir mais verba. Imagina só, paranóico como o ser humano é, não ia ser difícil alegar que podem haver alienígenas hostis por aí, e pedir uma verba tremenda para desenvolvimento de tecnologia aeroespacial, para se equiparar aos alienígenas. O general que tiver um alienígena em mãos e ficar quietinho vai ser mandado para a reserva por insanidade.

    3. as agências espaciais adorariam ter um alienígena, para pedir mais verbas para pesquisas. Se elas apresentassem um alienígena ao mundo, imediatamente receberiam todo dinheiro que quisessem para descobrir de onde vem, como vem, como são, e qualquer coisa que pudessem descobrir sobre os alienígenas. Em vez disso eles tem que lutar com verbas minguadas, e a NASA, por exemplo, se vê na contingência de colocar pesquisas importantes e interessantes em espera por que, por exemplo, o presidente decide que temos que voltar à Lua, mas não dá a verba para isto. O cientista que tiver um alienígena e não apresentá-lo ao mundo com certeza será aposentado por insanidade.

    Finalmente, a teoria conspiratória está cheia de furos. Primeiro, como é que alguém pode afirmar que existe uma teoria conspiratória? A prova que você e outros tem de que há uma conspiração para ocultar alienígenas é que não há nenhum anúncio de descoberta de alienígenas. É completamente irracional, ilógico, isto. Se pelo menos houvesse um traço de prova, um alienígena, um contato por rádio (e não por telepatia como os ufólatras seguidores de Ashtar Sheran querem) consistente, confirmado por milhares de radioamadores, um avistamento de discos voadores confirmado por milhares de astrônomos amadores que todas as noites saem com seus telescópios na noite para fotografar estrelas, nebulosas e planetas. Mas não, tudo o que prova a “conspiração” é a convicção (sem embasamento algum) de que somos visitados e que as autoridades ocultam estas visitas. Isto não é nem ao menos lógico.

    -oOo-

    r. o. é fácil dizer que os cientistas são burros. Vai lá fazer ciência também, vai. A arrogância dos indivíduos é proporcional à sua ignorância, eu cada vez me convenço mais disso…

  • Bovidino:

    Para Cesar e r.o
    Não pode chamar os cientistas de burros. Isso é falta de educação.
    O Cesar apenas esqueceu de vários casos de objetos não identificados observados por autoridades governamentais que no mesmo dia declararam te-los visto e no dia seguinte desmentiram tudo. Todos sabemos perfeitamente que as grandes potências e os govêrnos em geral, fazem absoluta questão de esconder os fatos alegando perturbação da ordem pública, mas o que eles querem mesmo é se apoderarem dos conhecimentos e das tecnologias dos extra terrestres. Portanto, essas investigações feitas pela França e pela Inglaterra não são dignas de confiança.

  • r.o:

    cientistas burros!!!
    Se nós humanos temos telescópios no espaço , e satélites fotografando outros planetas extrasolares.
    porque será que os aliens não teriam tais tecnologias também?
    provavelmente eles também terão satélites e telescopios no Universo, e conseguiriam FACILMENTE detectar o planeta Terra.

    os cientistas burros, pensam que somente os humanos são vida inteligente no universo 🙂

  • Cesar:

    Bom, Bovidino, no alto dos meus 42 anos, eu acho que você está sendo parcial.

    Primeiro, por que até agora nenhuma evidência de vida alienígena jamais foi encontrada. A França abriu seus arquivos de investigação de OVNIs, a Inglaterra abriu os dela, e a conclusão é exatamente o que eu suspeitava:
    1. a maioria é de fenômenos naturais ou artefatos feitos pelo homem que foram observados por pessoas que não entendiam o que estavam vendo mas estavam ansiosas demais para ter um contato com alienígenas.
    2. a segunda maioria é de fraudes, pura e simplesmente. Gente que tinha tanta certeza que alienígenas existem que chegavam a forjar provas para mostrar que estavam certas.
    3. o resto dos arquivos é de eventos que não dá para identificar o que seja, seja pela falta de detalhes, seja por que são incoerentes demais, seja pela absoluta falta de provas.

    O que é patente é que por mais que você investigue, não encontra evidências de alienígenas. Quem quiser balançar os livros do Von Däniken para mim, pode fazê-lo, mas tem que primeiro considerar o FATO que o Däniken foi apanhado forjando um vaso com desenhos de alienígenas, para provar que estava certo. Se estava certo, por que precisaria forjar provas? O Zecharia Sitchin é só um ego atrás de atenção. O resto do que você encontra é ufolatria, de gente que não acredita em Deus mas acredita que Ashtar Sheran vai salvar quem acreditar nele (troque Ashtar Sheran por Jesus Cristo e você tem o cristianismo).

    Segundo, que a ciência acredita em vida alienígena. Se não acreditasse, não estaria procurando por ela. O que ninguém dá fé são em fotos tremidas e filmes borrados, ou fotos excelentes fraudadas, e filmes excelentes fraudados. E nem dá para dar fé nestas “evidências” espúrias.

    A propósito, estou lendo um livro interessantíssimo sobre a busca de vida alienígena, “Planetas Solitários”, onde o autor, o David Grinspoon faz uma boa resenha de tudo que já se pensou no passado sobre vida alienígena, desde as eras pré-socráticas.

  • Bovidino:

    Para Cesar
    Considerando suas colocações percebe-se que você é cientista ou no mínimo estudante de ciências. Também pela pouca idade que deve ter, é natural que tenha uma visão mais ampla e mais atualizada da grande maioria da comunidade científica da velha guarda. Todavia, nos meus 72 anos, tenho experiência suficiente para garantir que a grande maioria dos ‘cientistas’ sempre ridicularizou não apenas os impostores mas toda e qualquer alusão que se fizesse a seres extra terrestres por mais respeitável que fosse a fonte e apesar das provas e das evidências que apresentasse, com a singela alegação de que seres extra terrestres simplesmente não existiam. Claro que esse tema é muito extenso e recebe influências de outras vertentes, mormente da religiosa e portanto difícil de ser debatida com profundidade por ferir suscetibilidades. Outrossim, como você mesmo colocou, a influência das engenhocas é tão pequena que chega a ser despresível o que confirma minha posição de considerar tais declarações como babaquice e além disso absolutamente fora de qualquer propósito, mesmo porque, ninguém sabe se alguns extraterrestres não são capazes de anular tais interferências.

  • ET:

    minha casa….minha casa….minha casa….minha casa….minha casa….minha casa….minha casa….minha casa….minha casa….minha casa….minha casa….minha casa….minha casa….minha casa….minha casa….

  • Kevin:

    The et’s are coming…. xD

  • Cesar:

    Bovidino, acho que você está errado na sua visão de mundo.

    Primeiro, os cientistas não acreditam nas fraudes dos ufólatras: aquelas montanhas de vídeos tremidos, de fotos borradas, e de caipiras jurando que foram estuprados por alienígenas que gostaram deles. Nenhum cientista disse que não existem alienígenas, o que os cientistas são extremamente céticos é quanto à hipótese deles visitarem a Terra regularmente, principalmente pelos motivos citados pelos ufólatras: vandalizar plantações, mutilar gado e fazer experimentos genéticos e sexuais com seres humanos.

    Segundo, o artigo é claro: os sinais digitais são muito fracos. Extremamente fracos. E ainda por cima são direcionados para o planeta, ou seja, o sinal que escapa para o espaço, além de fraco, é pouco. Não importa a tecnologia da espécie alienígena, se o ruído for maior que o sinal, em termos de potência, o sinal está perdido, não pode ser recuperado. Pior ainda, eu não sei se você sabe, se não sabe vai ficar sabendo agora, mas a intensidade de um sinal que se espalha em uma esfera diminui com o quadrado da distância. Ou seja, se você dobrar a distância do receptor, a potência do sinal cai para 1/4. Assim, o sinal terrestre que é recebido a 35.000 km de altitude (satélites geossíncronos) será recebido a 70.000 km com 1/4 da potência a 35.000 km. A 140.000 km, a potência será 1/16 da potência recebida a 35.000 km. Agora estica esta distância até a Lua, que está em média a 384.400 km, e veja qual a força do sinal recebida lá, comparada com o sinal recebido a 35.000 km… Nas minhas contas, dá um sinal aproximadamente 121 vezes mais fraco, aproximadamente.

  • Bovidino:

    Para Eduardo.
    Os cientistas dizem não acreditarem em Ets, não tem qualquer noção sobre a forma, as tecnologias que dominam ou outras informações.
    Como podem então dizerem que satélites de Tv e outras engenhocas digitais podem nos tornar invisíveis a eles?
    Se isso não é babaquice então é burrice.

  • Fred:

    Babaquice é vir aki e criticar oque voce nem tem ideia doque ker dizer, pelo seu comentario logo se nota que voce não intendeu uma linha doque leu (SE leu) acima.

  • Cesar:

    Também não entendi a revolta do bovidino, nem o motivo dela.

  • eduardo:

    Bovidino…. pq “pseudo cientistas”? não entendi o porquê da “babaquice”…
    Se puder esclarecer….

  • Anonimo:

    realmente.. babaquice tem limite, então, a n ser q vc acredita q examinam plantas um por um através de uma lupa mágica, essa ‘pseudo ciencia’ é tão lógica qt qqr outra ciencia.

  • claudiocrates:

    Eu conheço uma alienígena terível; minha sogra!!!!

  • Gray:

    Mal sabe o Drake que eles já estão entre nós!

    😛

  • Bovidino:

    Babaquice tem limite. Vamos moderar esses pseudo cientistas?

Deixe seu comentário!