Comer queijo à noite pode causar pesadelos?

Por , em 18.11.2013

Existe um mito (mais popular em outros países do que no Brasil, vale dizer) segundo o qual comer queijo pouco antes de dormir pode causar pesadelos, e, embora pareça piada, essa curiosa ideia motivou em 2005 um estudo relativamente grande, conduzido pelo British Cheese Board (um grupo da indústria de queijos da Inglaterra).

Eles recrutaram 200 participantes, pediram que comessem queijo meia hora antes de dormir e anotassem os sonhos no dia seguinte. No fim das contas, nenhum deles teve pesadelos naquela noite, e alguns (68) sequer se lembraram dos seus sonhos. Já os demais entregaram relatos engraçados, que envolviam gatos guerreiros e crocodilos vegetarianos.

Contudo, esse estudo tinha um ponto fraco: não havia grupo de controle (que não comeria queijo antes de dormir) para descobrirem se o queijo afetou os sonhos dos outros participantes ou se foi apenas coincidência.

Seja como for, alguns “teóricos da conspiração” não se deixaram convencer, e olharam com suspeita o fato de esse estudo ter sido feito por uma indústria de queijos. Diante disso, criaram teorias a respeito de substâncias presentes em certos tipos de queijos (especialmente os que têm fungos em sua composição) que poderiam interferir no cérebro das pessoas (como triptamina) na hora do sono.

Na falta de evidências científicas, pode comer queijo quente, requeijão e misto quente à noite sem medo – se tiver pesadelos, a culpa provavelmente não é do pobre alimento. [LiveScience, Mind Read]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

3 comentários

  • Emanuel Gomes:

    Matéria mais inútil que já vi!

  • Thalita Pacini:

    O cérebro continua em funcionamento enquanto dormimos, e os nossos sentidos também (tato, olfalto, paladar). A psicanálise trata os sonhos como reorganização do conteúdo simbólico contido no consciente/inconsciente… Sendo assim, o odor do queijo fora de contexto pode ser algo realmente desagradável, e pode ser que acesse registros de “desconforto” – e transforme isso em “imagem onírica”. Recentemente li um estudo acerca da influência dos odores no ambiente em que a pessoa está dormindo e como isso pode produzir sonhos tristes ou felizes. Bem interessante!

  • Thalita Pacini:

    O cérebro continua em funcionamento enquanto dormimos, e os nossos sentidos também (tato, olfalto, paladar). A psicanálise trata os sonhos como reorganização do conteúdo simbólico contido no consciente/inconsciente… Sendo assim, o odoro do queijo (algo não muito agradável) fora de contexto pode ser algo realmente desagradável, e pode ser que acesse registros “desconfortáveis”. Recentemente li um estudo acerca da influência dos odores no ambiente em que a pessoa está dormindo e os sonhos tristes ou felizes. Bem interessante!

Deixe seu comentário!