Três bonecos Lego estão orbitando Júpiter neste momento

Por , em 11.07.2016

Depois de uma viagem de cinco anos, cruzando 2,8 mil quilômetros por todo o sistema solar, a sonda Juno fez “a coisa mais difícil que a NASA já conseguiu” – entrar na órbita de Júpiter.

A viagem de 1,1 bilhão de dólares a 265.000 km/h até o maior planeta do nosso sistema solar partiu da Flórida em agosto de 2011. Ela alcançou a fase mais crítica em 4 de julho, quando, a 869 milhões de quilômetros da Terra, conseguiu entrar em uma órbita de 53,5 dias em torno do planeta.

Embora as notícias sobre o feito tenham deixado claro que esta é uma missão não tripulada, isto não é exatamente verdade. A sonda de 3,6 toneladas, movida a energia solar, possui três tripulantes especiais: três figuras Lego de quatro centímetros viajaram junto com a sonda como parte de um programa educacional para inspirar as crianças ao redor do mundo sobre ciência e tecnologia. O trio é formado pelo astrônomo italiano e “pai da ciência”, Galileu Galilei, o deus romano do céu e do trovão, e rei dos deuses, Júpiter, e sua esposa, Juno (que inspirou o nome da nave espacial).

Em 1610, Galileu fez as primeiras observações detalhadas de Júpiter, descobrindo suas quatro maiores luas – sua versão Lego possui um telescópio. O planeta, 300 vezes maior que a Terra, também tem outras 64 luas, além de luas “temporárias” – cometas capturados pela gravidade enorme de Júpiter. Júpiter, que na versão em miniatura está segurando um raio, era uma divindade por vezes impertinente, que usava nuvens para esconder o que fazia, mas sua esposa, Juno, sempre foi capaz de ver através delas – daí a lupa da descoberta em sua mão Lego.

As figuras, feitas especialmente para a NASA, são de alumínio de nível espacial, para sobreviverem à viagem e à permanência na órbita do planeta, altamente radioativo. A parceria também rendeu uma viagem interativa pelo sistema solar no site da Lego.

Os cientistas esperam que, ao estudar Júpiter, eles possam entender melhor como a Terra foi formada. A sonda irá orbitar Júpiter 33 vezes em sua missão, deslizando para dentro de 5.000 km acima do topo das nuvens do planeta a cada 11 dias, durante aproximadamente um ano. Quando tudo acabar, eles vão derrubar Juno no planeta em 2018. Talvez, um dia, exploradores espaciais humanos encontrem três Legos exploradores por lá. [Science Alert]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (5 votos, média: 3,80 de 5)

2 comentários

  • David Msf:

    Não, ninguém vai encontrar os três bonecos no futuro, já que a sonda vai vaporizar com o atrito contra a atmosfera de Júpiter…

  • Tibulace:

    Erro TOLO, em bom texto:2,8 mil quilômetros percorridos?Só?2 800 000 km, seria o certo.Legos, não resistiriam à pressão/calor de Júpiter!

Deixe seu comentário!