Maconha pode ajudar a diminuir dor crônica em pacientes

Por , em 1.09.2010

Segundo um novo estudo, pessoas com doenças crônicas podem obter um certo alívio, que elas não conseguem com medicamentos, ao fumar uma pequena quantidade de maconha. A pesquisa também sugere que a droga ajuda os pacientes a pegarem no sono e dormirem melhor.

Outros estudos já recomendavam a maconha para uso medicinal. Ela se mostrou eficaz em diminuir a dor em pacientes com câncer e a náusea causada pela quimioterapia.

No estudo atual, o primeiro que realmente testou o fumo de maconha em laboratório, foram pesquisados 21 adultos com neuropatia, dor decorrente de cirurgia, acidente ou trauma. Todos já tinham experimentado maconha antes, mas nenhum deles era usuário da droga.

Cada paciente fumou quatro dosagens diferentes de maconha durante um período de 56 dias. A potência do ingrediente ativo da planta, tetrahidrocanabinol (THC), variou de 9,4% (que é a dose mais forte permitida por lei) a 0%, ou seja, placebo. Em termos comparativos, há estimativas de que a maconha vendida ilegalmente nas ruas chegue a ter uma potência de THC de aproximadamente 15%.

Os melhores resultados da pesquisa vieram da dose mais alta de maconha, que ajudou a diminuir mais a dor, a melhorar o sono, a ansiedade e a depressão dos pacientes. Os efeitos duraram de uma hora e meia a duas horas.

Ainda assim, segundo especialistas, uma falha do estudo é que ele não descreveu se os efeitos da maconha ajudaram o paciente ou o capacitaram a realizar atividades do dia-a-dia sem dor, que é o principal objetivo do tratamento dessas pessoas.

Mesmo com a melhora observada, os pesquisadores acreditam que a maconha ainda não é adequada para o tratamento da dor crônica. Os efeitos não são excelentes para compensar o seu uso medicinal; medicamentos como gabapentina (Neurontin) e pregabalina (Lyrica) obtém melhores resultados. Além disso, a maconha pode ter efeitos colaterais a longo prazo, como ganho de peso, sentimento generalizado de sedação, e mudanças no humor e nas funções cognitivas.

Durante a pesquisa, alguns participantes relataram efeitos colaterais menores, como tosse, olhos secos, tontura ou dor de cabeça. Poucos se sentiram “eufóricos”, o que, segundo os investigadores, indica que é improvável que alguém se torne viciado na droga fumando uma quantia tão pequena por dia.

Ainda assim, eles afirmam saber do perigo de se trabalhar com narcóticos, pois imaginam que se o uso medicinal da maconha for aprovado no tratamento de dor crônica, alguns pacientes podem exagerar e se viciar. Então espere por resultados mais conclusivos (e por um medicamento legalizado) antes de comprar seu baseado.[CNN]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

6 comentários

  • Edson Martental:

    Eu so afavor da liberação da maconha,e afavor da proibição do acool! Nunca escutei q alguem pegou seu carro enmaconhado e matou um monte de inocentes, como o acool faz.Então condenem o alcool q é a porta de entrada para todas as drogas…Não culpem uma planta natural de faser isso!!!

    • Ismenia Pecker Abreu:

      Eu tbem ,só quem tem dor sabe brasil atrasado em tudo que é melhor para o povo só corrupção é legal

  • Victor:

    Legalizaa !!

    PAZ .. !

  • Rubia:

    Tenho dores orrorozas depois de uma cirurgia de coluna cervical nao bebo nao fuma nem nunga usei qqer outro tipo de droga mas acho q vou passar a fumar maconha com 33 anos rsrs amei o documentario

  • João:

    Como tudo na vida a maconha em lados possitivos e negativos.

    agora niguem pode negar que faz menos mal do que muitas drogas legalizadas tais como alcool anfetaminas, antidepressivos etc etc…

    Ou seja não justifica ser proibida.

    Na area medica seus usos como remédio já são comprovados desde a decada de 70 essa reportagem é uns 30 anos atrazada pelo menos…

    Ajuda muito inclusive na cura da AIDS e disso ninguem duvida já a mais de 20 anos

  • Mr BeckBrazil:

    É isso que estou falando….

    Cannabis, Dadiva Divina para Bom Uso da Humanidade.

  • Eduardo:

    tem uma pontinha da folha queimada e várias manchas, demonstrando clara falta de nutrientes na planta, desse jeito o resultado do teste nunca vai ser bom!!!hehehe

Deixe seu comentário!