Porque resoluções de ano novo falham (e como mantê-las)

Por , em 31.12.2011

Quem nunca faz resoluções de ano novo? Chega o réveillon, você promete um monte de coisa, e passa cada dia de janeiro dizendo que vai começar no próximo, até que chega junho e você nem tentou.

De acordo com Tom Connellan, autor de “The 1 Percent Solution: How to Make Your Next 30 Days the Best Ever” (em português,
“A solução 1%: como fazer dos seus próximos 30 dias os melhores”, 2011), logo na primeira semana de janeiro, 25% das resoluções de ano novo não são nada mais do que uma memória.

As perspectivas de manter uma resolução ao longo do ano são ainda mais sombrias. Connellan estima que quando chegarmos a 2013, 88% das resoluções de ano novo já terão sido quebradas.

Existem muitas razões pelas quais as resoluções não são mantidas, mas Connellan cita três motivos principais que se
destacam:

  • As pessoas contam apenas com a motivação. Elas acreditam que encontrarão um truque secreto para motivar-se, quando a motivação na verdade vem de pequenos sucessos.
  • As pessoas pensam “grande” demais. Elas só pensam em termos de resoluções de grande porte que muitas vezes são irreais, como perder muito peso ou fazer uma grande mudança de vida.
  • As pessoas não percebem que mesmo uma mudança positiva é desconfortável. Mudar, mesmo que seja para melhor, é uma ruptura de padrão.

A solução para evitar tornar-se parte do clube das resoluções fracassadas de ano novo é simples: tem a ver com gestão de tempo, segundo Doug Sundheim, coautor de “The 25 Best Time Management Tools & Techniques: How to Get More Done Without Driving Yourself Crazy” (em português, “As melhores 25 ferramentas e técnicas de gerenciamento de tempo: como fazer mais sem ficar louco”, 2011).

Sundheim recomenda que as pessoas sigam estes passos para manter as resoluções de ano novo:

  • Priorize o que você quer realizar. Escolha seus três principais objetivos e se concentre neles.
  • Reduza a sobrecarga de informação. Seja seletivo em que informações você presta a atenção, a fim de maximizar a gestão de seu tempo.
  • Aprenda a dizer não. Dizer não é uma forma de mostrar o que é verdadeiramente importante na vida de uma pessoa.
  • [LiveScience]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

22 comentários

  • Mario:

    vicente silva, cacetada.

  • vicente silva:

    -A vara e a repreensão é que dão sabedoria mas o rapaz deixado solto causará vergonha a sua mãe.

  • x Antonio Vandré:

    Minha rotina já está otimizada e perfeita : estudar o tempo inteiro.

    Melhor investimento não há do que mobiliar os palácios da memória.

  • marcos:

    Será que isso se aplica a politicos também…

  • Lucia Winther:

    Nos meus programas de rádio, para ajudar meus ouvintes a cumprir as resoluções de Ano Novo, explico que há dois fatores principais.
    Primeiro é necessário um objetivo claro e um plano viável passo-a-passo, com propósitos, regras, programas, projetos etc.
    Indico um livro chamado Metas e Objetivos onde o leitor aprende como fazer uma escala administrativa de dez fatores que precisam estar alinhados na mesma direção.
    E segundo é como a pessoa se sente, sua contínua disposição e perseverança para colocar o plano em ação e transpor os obstáculos que surgirão.
    Para isso indico o DVD Dianética que explica o que faz um indivíduo perder a motivação e como recuperá-la e mantê-la de forma natural.
    Espero assim ajudar milhares de pessoas a atingir seus objetivos para o ano de 2012!

  • Roberto:

    Ótima matéria, a autocrítica leva ao planejamento, a decisão nos leva à execução, a perseverança nos leva à vitória. Feliz 2012!!!

  • eulalia Reis:

    Nossa gente! Para que tanto stress! Eu nunca entrei nessa de prometer nada! Mudança de um ano para outro para mim, é mesmo que mudança de um dia para outro! Nunca consegui entrar nessa de consumismo do Natal, nem de grandes espectativas para o Ano Novo! Vou vivendo na boa, planejo a longo e curto prazo e vou cumprindo as metas … Será que é por isso que tenho 61 anos e não tenho seguer uma ruga? Meus filhos de 34 e 36 são muitos mais enrrugados do que eu … e me falam: Mãe como você faz, passa muito creme? Que nada! Eu vivo a vida na BOA, sem me estressar com coisas que foram criadas pelo homem para fazer a gente se estressar! Entrar na Americana e Casa & Vídeo no fim do Ano? Encarar filas quilométricas para comprar o peru ou o bacalhau? É ruim em! Ou eu compro antes, ou não compro! Presentes .. eu dou vales … depois saio com a pessoa e compro! Fala sério! Vamos deixar de ser robôs e pensar por nós mesmos! E ensinar as crianças de pequenos! Meus filhos sobre isso, já agem como eu … Nós que criamos nossos problemas!E para que traçar metas mirabolantes, se não vou cumprir .. aí fico frustada .. é ruim, em! Estou sempre FELIZ com o que realizo!Coloco o chapéu onde alcanço!

    • marcia:

      EULÁLIA GOSTEI DE SUA FORMA DE VIVER A VIDA, PENSO DA MESMA FORMA E APESAR DE SERMOS UM POUCO PARECIDAS, CONFESSO QUE AS VEZES ME VEJO MEIO DESESPERADA POR VER AS DATAS CHEGANDO E NÃO TER TODO O DINHEIRO PARA QUITAR AS CONTAS, MAS NÃO É POR GASTAR MUITO NÃO, É SIMPLESMENTE POR TRABALHAR POR CONTA PRÓPRIA E NEM SEMPRE TER PESSOAS PARA ATENDER, FAÇO MAQUIAGENS DEFINITIVAS,DEPILAÇÃO E ATENDO A DOMICÍLIO, MAS NÃO É TÃO FÁCIL MANTER A CALMA. TE DESEJO UM FELIZ ANO NOVO E QUE DEUS TE ABENÇOE E TE MANTENHA SEMPRE ASSIM.PARABÉNS!

    • Lucia Winther:

      A dica para manter um negócio próprio fluindo é a divulgação contínua. Fale o que faz para todos que encontre, distribua cartões, folhetos, ligue para clientes que não aparecem faz tempo etc. Qualquer dinheiro investido em divulgação é sempre bem investido.

    • sandra:

      penso como vc eulália,neste ano não entrei nesta neura,fiquei calmae tranquila,feliz ano novo bjs.

    • nelio demaga:

      Sempre penseio e agi como a Eulalia, e sempre fui taxado de anti social, de outro mundo. incensivel, e por ai a fora…
      Adoro o natal e sua mensagem, nao ao consumismo, mas a uniao, a fraternidade, caridade, e por nossa reflexao intima.
      Hoje, natal é sinonimo de gastos, compras, longas filas, endividamento, comida em exesso, bebida em exesso, azaraçao, acidentes, mortes.
      Em casa sempre estivemos juntos e agradecemos o dia em questao e as festas..
      E tambem nao tenho neuras com essas datas de fim de ano , e a felicidade e alegria estao sempre presentes em minha casa.
      Temos que seguir nossa vida de forma simples, objetiva, planejada , sermos nos mesmos e nao quem a midia quer nos transformar.

  • eraxmo:

    Caríssimos, há coisas importantíssimas que são difíceis de perceber e uma delas é que “mesmo uma mudança positiva é desconfortável. Mudar, mesmo que seja para melhor, é uma ruptura de padrão.”

  • Miguel:

    Este ano vou tentar outra coisa: vou por a lista num sítio onde a veja bem, assim quando a vir vou lembrar-me de fazer um esforço para cumprir as minhas resoluções.

  • WILSON:

    Este ano de 2012 eu terei e tentarei emagrecer pela minha saúde e principalmente porque minhas roupas estão muito apertadas e porque minha médica me dá esporro toda vez que vou a uma consulta ! “SÃO CIRILO,SÃO CIRILO;ME FAÇA PERDER MAIS DE VINTE QUILOS “

    • Roberto:

      Queres perder peso de forma saudável? pergunte-me como.

  • Bia:

    Sempre que entrava o Ano Novo eu tinha como prioridade: esse ano vou ser Feliz! Mas na minha cabeça o meu “ser feliz” dependia apenas de estar feliz no amor. Aprendi que a felicidade independe de outro ser humano em qualquer situação da vida.Passei anos acreditando nisso e me frustrando toda vez. Depois que fiquei susse, não é que a coisa começou a desandar? Rssss!Sinto-me feliz até quando ouço uma música que me fez chorar naquela época de infelicidade. Sem mar-de-rosas; mas mesmo assim estou muito bem e cada dia mais feliz comigo mesma!Segredo:Conheci Jesus!
    Excelente 2012 a todos!

  • antônia:

    coloco minha lista na agenda e assim sempre cumpro ao menos metade dela.

  • sandra:

    como quando somos crianças, aprendendo a caminhar um passo de cada vez, passos pequenos e curtos,assim são as promessas uma a uma, prioridades em primeiro plano e as menos emportantes em segundo,vale a pena devagarinho e sempre ir sempre tentando.

  • Sylvia:

    Na maior parte das vezes as pessoas nao estao comprometidas com o que farao e sim com o que divulgarao que vao fazer.

  • AgoraQueSouRica:

    eu encontrei minha lista de resoluçoes para 2011 essa semana , nao tinha cumprido nenhuma , também nem sequer lembrava mais d bendita lista …acho que quando eu fiz minha lista eu ja estava meia alterada , se é que me entendem…esse ano nao quero lista nenhuma , quero viver o melhor da melhor maneira possivel e é tudo..Feliz 2012 p tds!!

  • Flor de Lis:

    O problema é que a gente faz esse monte de promessas no calor do momento… depois a euforia passa, a ressaca também (pra quem bebe, claro) e a gente acaba não lembrando muito bem o que prometeu.

  • Leonardoneen:

    Geralmente as pessoas cogitam muito nesse época do ano,normal.

Deixe seu comentário!