Vídeo do besouro-ciborgue controlado remotamente

Por , em 10.02.2009

Nós reportamos este besouro na semana passada, mas agora conseguimos um vídeo do bicho. É claro que a situação aqui ainda não é ideal já que são testes em laboratório e o bicho ainda está preso para ser melhor observado.

Mas é evidente que eles estão conseguindo controlar o vôo do escaravelho em todas as direções, o que é uma perspectiva assustadora em termos de espionagem. Também seria uma ferramenta excelente para detectar tropas inimigas sem colocar soldados em perigo. Imagine só um enxame com algumas centenas destes animais programados para transmitir vídeo caso encontrem humanos ou até equipados com microfones e GPS.

No vídeo os cientistas enviam sinais via wireless de um notebook para que o escaravelho comece e pare de voar. O ociloscópio mostra os sinais elétricos sendo enviados: um pequeno impulso elétrico faz o bicho bater as asas e ele continua até que outro pulso curto mande-o parar. [Technology Review]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

8 comentários

  • Lucas Silva:

    Cara q absurdo a mente humana… pq q o idealizador ñ se dispos para ser cobaia??? cara fica bem claro quando ligam o sistema o besouro aparenta estar agonizando, e qndo desligam ele tenta sair dali!! q fdps

  • jhonata ferreira:

    Ninguem perguntou para o besouro se ele quer fazer isso????
    kkkkkkkkkkk

  • dlttorezan:

    Ótimo para usar em espionagem! Tomem cuidado quando um besouro entrar em suas casas! No mínimo vai ser um empresa voltada para o consumo doméstico querendo saber o que você consome no seu dia-a-dia!

  • Daiane:

    Coitadinho dele.

  • Felipe Martins:

    Muito interessante! Eu me lembro de ter visto, há alguns anos, uma notícia sobre o controle de ratos por computador. Vocês do HypeScience têm alguma notícia sobre isso? Imagino que a tecnologia aplicada seja similar. Se me lembro bem, no caso dos ratos uma das ideias era buscar por sobreviventes em caso de desastres.

  • reginaldo:

    Quanto tempo vive um inseto deste?
    dependendo do tempo de vida e da alimentação, demorou usar insetos para a segurança nacional. Imagine em uma situação de reféns.
    Um desses soldados de linha de frente poderia tranquilamente mapear o local para que o recinto seja invadido de forma mais adequada.
    Imagine se tivéssemos um aparato destes no caso do sequestro do Lindenberg?
    Com certeza ele não iria se preocupar com um bezouro rondando o local.
    Hoje as câmeras são tão leves e acredito que não seria problema.
    É claro que um invento dessa aplicação deveria ser usada com sigilo e deveria ser uma peça secreto usada pelos agentes de segurança.
    Digo isso porque se um invento assim fosse conhecido popularmente, é óbvio que o sequestrador ia estraçalhar o bezouro na primeita oportunidade, o que faria fracassar toda a operação.
    Peraí! Se fosse ter que ser secreto, será que a segurança nacional não é cheia de artifícios assim para vigiar a sociedade?
    A partir de hoje vou ficar atento a qualquer inseto, pombo e gato que eu ver por aí.

  • Hallison:

    Há 10 anos eu assistia Star Trek e pensava que coisas como essa seriam impossíveis.

  • Cristhian:

    Mas o bicho pode acabar morrendo por cansaço, não? Como eles vão saber quando ele não aguenta mais voar?

Deixe seu comentário!