Beber água pode ajudar no controle da pressão sanguínea

Publicado em 7.07.2010

E continuam descobrindo benefícios de se beber água. Já se sabe que o precioso líquido representa 70% da constituição do corpo humano e controla algumas funções vitais, como o controle da temperatura e o bom funcionamento da maioria dos órgãos. Mas a água vai além disso. É o que afirmam pesquisadores de um hospital-universidade dos Estados Unidos (Vanderbilt University), numa descoberta nova: a água pode regular a pressão sanguínea.

A base da descoberta foi feita após relatos de pacientes durante os últimos dez anos, em que se constatou, após comparação de exames, que o consumo individual de água estava relacionado com oscilações na pressão arterial. A coisa funciona da seguinte maneira: a água acelera a atividade do sistema nervoso simpático (que está relacionado ao controle de vários órgãos) o que faz os vasos sanguíneos se contraírem. Com essa contração, aumenta a velocidade com que o sangue corre pelos vasos, e com isso, sobe a pressão.

É claro que não é uma alteração brusca e acentuada, a água faz a pressão subir bem de leve. Justamente por isso, afirmam os médicos, ela é uma vantagem: não chega a causar nenhum prejuízo para quem sofre de pressão alta, mas pode ser muito importante para os que padecem com pressão baixa.

Eles afirmam que o simples cuidado de tomar 400 ml de água antes de doar sangue reduz, em pelo menos 20%, as chances de desmaiar depois da doação. Isso é importante, dizem os pesquisadores, já que geralmente aqueles que chegam ao posto de coleta com boa vontade nunca mais voltam a doar sangue se desmaiarem por causa disso.

E os pesquisadores afirmam que a água deve ser bebida pura. Ironicamente, misturá-la com sal (que também exerce, sozinho, um acentuado aumento na pressão) anula esse efeito. Isso foi descoberto a partir de testes com ratos. Outros benefícios, tais como perda de calorias, também podem estar relacionados ao consumo de água. Isso acontece porque o crescimento de atividade no sistema nervoso simpático (responsável pela subida na pressão) também implica em maior gasto energético, já que acelera o metabolismo. [Science Daily]

Autor: Rafael Alves

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

6 Comentários

  1. Seria ótimo se a água não tivesse adição do flúor, já que este, segundo pesquisas, causa diversos problemas á saúde, principalmente a mental. Vários países proibiram a adição do flúor na água e o Brasil continua fazendo isso normalmente. E o BISFENOL A? Proibiram-no ainda neste ano. E muitas pessoas nem sequer sabiam o que era.
    oh Dilma, procure saber sobre pesquisas que comprovaram os problemas que o flúor pode causar. E faça alguma coisa!

    Thumb up 11
  2. agua liquido precioso que devemos muito se preoucupar a lugares no mundo ela já estar faltando,mas graças a deus nosso pais é rico em recurso hidríco vamos usar sem desperdicio esse maravilhoso liquido

    Thumb up 3
  3. “É recomendado beber no mínimo 2L de água por dia!” essa frase bastante conhecida é apenas mais um mito da medicina uma vez q o mais recomendado é beber o equivalente ao seu consumo de calorias, se sua dieta tive, porexemplo, 2000 calorias o consumo litros de 2 litros de água por dia ja é suficiente ou se vc ingere 1600 calorias 1,6 litros bastam.
    Infelizmente não lembro o nome da instituição responsaveu por esse estudo lembro apenas que ouvi isso num noticiário no radio.

    Thumb up 2
    • Caro Douglas, suas palavras soam como as desculpas que milhares de pessoas as quais simplesmente não gostam de beber água ou não o fazem por desleixo usam todas as vezes que se deparam com afirmações acerca da importância deste líquido para o nosso corpo. Água nunca é demais meu amigo, ela expurga tudo o que não presta de dentro de nós, faz bem para a pele; quanto mais água melhor, inclusive para evitar problemas nos rins (pedras), bexiga, próstata, ela repõe energia, revitaliza os nervos, os músculos etc. A sua teoria das calorias está completamente errada, é sabido que um indivíduo de estatura mediana sem efetuar grandes esforços elimina cerca de dois litros de líquido através da urina, do suor e das fezes os quais se não forem repostos nos condiciona a um processo de desidratação e intoxicação, sendo assim dois litros de água por dia é o mínimo eu devemos consumir; lembrando que a perda de fluído não significa perda de caloria. Você deve ser do tipo que bebe uma quantidade mínima de água por dia mas se “atola” nos refrigerantes, sucos e cervejas. Outra coisa, responsável é com L e não com U.

      Thumb up 8
  4. Mari, o problema é que alguém afirmar algo é uma coisa, mas um cientista fazer estudos controlados, tentando eliminar todos os erros e testando todas as explicações alternativas é outra bem diferente. O seu médico fez mal em achar graça, faria melhor explicando que a ciência ainda tem muita coisa para estudar, muita coisa que não se sabe, e muita coisa que se acha que se sabe, tudo tem que ser examinado e reexaminado.

    De qualquer forma, a água não é o combustível para veículos, mas a origem para o combustível: o hidrogênio.

    Ainda sobre a água, cuidado para não beber água demais. Água demais pode matar.

    Thumb up 1
  5. Muito interessante a constatação científica.Ora.ora!Descobriram a polvora!Coitado dos chineses.
    Há muitos anos,eu que tenho fortes quedas de pressão(6×3) ao ingerir medicamentos ,disse ao médico que bebia agua (antes de desfalecer) e melhorava muito.Êle riu e quiz me convencer que era efeito emocional como efeito placebo.
    Aliás,sempre bebi agua ao invés de xarope,quando resfriada e hoje é o que os profissionais indicam,já que dilue as secreções.
    Li um material(e não foi na Internet),saúde à parte,que mostra de forma clara que o combustivel do futuro para veículos é a………………água.

    Thumb up 1

Envie um comentário

Leia o post anterior:
livros
Ler livros impressos ainda é mais rápido do que ler que os virtuais

Se você é adepto do ...

Fechar