8 dicas para aumentar sua tolerância ao álcool e não ser o bêbado idiota da festa de fim de ano

Por , em 25.12.2012

ATENÇÃO: esse artigo não é recomendado para menores de 18 anos. Se for dirigir, não beba.

Festas de fim de ano. Você tem grandes planos: impressionar seus chefes, sogros, se divertir, conhecer alguém legal, etc etc etc. Para dar um empurrãozinho a suas intenções, você se dirige às bebidas e se arma com um copo na mão.

Pena que a desinibição causada pela bebida pode ir daí para pior muito rápido: em questões de minutos ou horas, você se torna o “bêbado” da festa, quebrando coisas, ofendendo pessoas, sendo demitido e/ou abandonado, e efetivamente arruinando a sua vida.

Ninguém quer isso, não é mesmo? Confira então algumas dicas para não ser “o inconveniente” ou “a garota dançando em cima da mesa”:

[box]O embaraçoso estado de embriaguez

Antes de chegar às preciosas dicas, precisamos entender como nosso corpo metaboliza o álcool, de forma a combater os desastres potenciais causados por ele.

O álcool, depois de ingerido, é absorvido principalmente a partir do intestino delgado pelas veias que recolhem o sangue do estômago e dos intestinos, e pela veia portal, que conduz sangue para o fígado. A partir daí, é transportado para o fígado, onde é exposto a enzimas e metabolizado.

O conteúdo de álcool no sangue é influenciado por fatores ambientais (tais como a taxa de consumo de bebidas alcoólicas, a presença de alimento no estômago, e o tipo de bebida alcoólica) e por fatores genéticos (variações nas principais enzimas metabolizadoras de álcool, a álcool desidrogenase (ADH) e a aldeído desidrogenase 2 (ALDH2)).[/box]

Dica 1: coma bem

Comer é absolutamente essencial. Beber com o estômago vazio é uma receita para o desastre e um erro de principiante. Se não puder comer antes de sair de casa, leve um lanche ou coma onde estiver bebendo.

Como o conteúdo de álcool no sangue é afetado pelo conteúdo gástrico, tente comer algo mais substancial se for beber. Proteínas e gorduras demoram mais tempo para serem digeridas, assim ficarão em você por mais tempo e continuarão a lhe ajudar a não ver o mundo rodando. Se estiver em um coquetel, coma um canapé sempre que puder.

Dica 2: escolha sabiamente

O teor de álcool é fundamental para determinar quão bêbado você pode ficar, mas há outros fatores que você deve considerar ao escolher o que beber. Vinho tinto e destilados escuros como uísque geralmente contêm produtos químicos que podem lhe dar dor de cabeça e bagunçar seu senso de inibição depois de apenas uma ou duas horas. Cada pessoa reage a bebidas de forma diferente, de modo que você pode fazer alguns testes e ver como elas lhe afetam antes de beber descontroladamente em uma festa de fim de ano.

Além disso, evite bebidas açucaradas. Elas aumentam seus níveis de açúcar no sangue, levando-o a um pico de energia, seguido de cansaço e/ou dores de cabeça muito antes de a festa acabar. Além disso, elas lhe enchem e deixam menos espaço para consumir coisas melhores.

Dica 3: beba água

O álcool é um diurético, o que significa que você vai fazer xixi para caramba, o que, por sua vez, pode levar à desidratação. Isso vai lhe causar uma bela ressaca. Além disso, um cérebro desidratado não funciona bem, o que irá agravar a sua sensação de embriaguez.

Lembre-se: a água é sua melhor amiga. Não refrigerantes ou outras bebidas não alcoólicas, água. O melhor é tomar um copo de água para cada bebida alcoólica que você consome. É difícil? Sim. Você vai fazer mais xixi ainda? Sim. Porém, você continuará pensando como uma pessoa sã e não como um bêbado atordoado.

Dica 4: descanse antes de beber

Você já reparou que, quando está cansado, uma bebida pode lhe acertar como se fosse três? Há um certo número de fatores que contribuem para esse efeito. Para começar, quando estamos cansados, é mais difícil pensar claramente. Os sintomas do cansaço podem se manifestar de forma semelhante à embriaguez. Adicionar álcool real à equação só amplifica esse efeito.

Mais além, de acordo com a Universidade de Rochester (EUA), fadiga geral ou cansaço pode conduzir a um conteúdo de álcool no sangue mais elevado do que o normal, já que o fígado é menos eficiente no processamento e/ou eliminação de álcool quando o nível geral de energia é baixo. Depois, como o álcool é um depressor natural, consumir álcool quando cansado pode aumentar seu nível de cansaço e ampliar seus efeitos tradicionais. Embriaguez e cansaço = um bêbado chato e possivelmente incontrolável.

Dica 5: vitamine-se

Quando você está bebendo demais, você não só perde água, mas também alguns nutrientes importantes. A falta desses nutrientes pode levar a sintomas de ressaca enquanto você ainda está na festa, diminuindo drasticamente suas habilidades de beber (e suas habilidades sociais).

Vitaminas B são uma das primeiras coisas que o álcool chuta para fora de seu corpo. Você também vai precisar de alguns eletrólitos. Escolher algum suplemento que contenha os dois e tomar antes da ou durante a festa pode lhe ajudar.

Dica 6: esqueça a cafeína

Tomar café ou energético, ou outras bebidas com cafeína, não vão necessariamente lhe dar mais vitalidade ou tolerância. Embora seja verdade que a cafeína irá mantê-lo mais “acordado”, não vai mantê-lo mais sóbrio. Na verdade, isso lhe leva a artificialmente pensar que sim, o que por sua vez pode lhe levar a beber muito mais, mais rápido, gerando experiências horríveis para você.

Você também vai estar mais bêbado do que você pensa que está, portanto mais propenso a fazer algo estúpido. Além disso, a cafeína também é diurética, como o álcool, e vai desidratá-lo ainda mais e aumentar suas chances de passar mal.

Dica 7: considere sua tolerância

Bebedores experientes geralmente aguentam beber mais. O álcool é uma toxina, e os nossos corpos se adaptam a metabolizar e lidar com ela. Esse tipo de adaptação leva tempo e repetição. Quanto mais tolerante estamos à toxina, mais lentamente nossos corpos tentam quebrá-la e, assim, mais lenta ela é absorvida na nossa corrente sanguínea. Esta taxa de absorção varia consideravelmente entre os indivíduos; experientes bebedores do sexo masculino, com massa corporal elevada, podem processar até 30 gramas (38 ml) por hora, mas um número mais típico é 10 gramas (12.7 ml) por hora.

Sendo assim, se você geralmente não bebe, melhor não querer beber demais no fim do ano. Não interessa quão bem hidratado ou alimentado você esteja, beber muito ainda vai provavelmente lhe cair mal. Outra opção é “treinar seu corpo” para ser tolerante, bebendo mais no período antes da festa para se acostumar com o álcool. Claro que você deve considerar as consequências disso. Alguns estudos dizem que o consumo moderado de álcool faz bem para a saúde, mas com certeza todos apontam que o consumo exagerado faz exatamente o contrário.

Dica 8: não seja besta

Se você está tentando ser a “vida da festa” e não o “bêbado detestável”, por favor, raciocine. Por exemplo, não entre em algum tipo de competição de bebidas alcoólicas com seus colegas de trabalho ou parentes; essa é obviamente uma situação em que todos só têm a perder. Use sua cabeça, vá devagar, se divirta, e então volte para casa em um táxi. Essa receita deve garantir que você seja convidado para muitas outras festas nos próximos anos.[Gizmodo, Foto]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (12 votos, média: 4,58 de 5)

17 comentários

  • Marcelo Pereira Dos Santos:

    vodka e suco e hallos e uma bebida boa beber ela quase todo dia voce ascostumas com as oltras

  • touzinho473:

    “Vinho tinto e destilados escuros como uísque geralmente contém produtos químicos”. O Álcool é um produto químico. A cerveja é composta por vários produtos químicos: Malte de cevada, lúpulo, agentes clarificantes. Além disso, tem a levedura, que é o micro-organismo responsável pela fermentação da cerveja.

  • John:

    Sempre que tem festa open aqui na universidade e eu tô a fim de beber muito eu como uma boa porção de bacon. Eu não sei se realmente tem efeito, o que eu imagino é que a gordura do bacon “absorva” o álcool. Até hoje não me deixou na mão…mas sem dúvida a dica mais valiosa é a 8.

  • Falcone Big:

    Tem uma frase de um filósofo e alquimista que me não recordo o nome agora, mas era mais ou menos assim:

    “A única diferença entre veneno e remédio é a dosagem”

    • Dinho01:

      Paracelso.Ou como dizia um antigo ditado brasileiro “Tudo demais é veneno.

  • Rafael Acácio:

    Essa dica eu vou dar de graça. Quer aumentar consideravelmente sua resistência ao alcool de forma simples, natural e barata ?
    – Tome um colher (sopa) de azeite antes de começar a consumir as biritas !

    Fica a dica.

  • Joseane Lobão:

    Gostei muito da dica,principalmente para a data que se aproxima.

  • Marco Souza:

    Vamos beber!!!!!!!!!!

    • Pio Lafaiete Penha Penha:

      foi de grande aproveitamento para min,òtimo,,,

  • Dinho01:

    Será que beber leite antes,funciona?

  • Fernando Cruz:

    Jose, beber alcool, principalmente para os tímidos, ressaltam suas habilidades sociais, desinibe e o camarada fica mais alegre e à vontade. Essas pessoas, sem beber normalmente são chatas e entediantes.

    Como tudo na vida, devemos ter equilíbrio, então é beber pouco para poder beber sempre sem causar mal a si mesmo ou a outrém.

    Outra dica que funciona bem comigo, é, SEMPRE comer uma barrinha de chocolate antes da bebedeira, o alcool é processado pelo organismo como se fosse açucar e então ele quebra açucar e alcool e isso lhe tira energia, o cerebro funciona pior e voce fica chapado mais rapido. O chocolate (ou outro doce) minimiza esse efeito.
    Outra coisa é não misturar, nao sei porque, mas com muita gente da errado, eu bebo apenas cerveja e só.
    No mais, após a bebedeira, toma “dois copos duplos de agua” hehehe no dia seguinte voce estará melhor.

  • George Martins:

    Ow Lindinha, faltou a dica básica: Seja fiel! NUNCA MISTURE! nem marcas diferentes . Quanto a 1 copo de água a cada de bebida é um exagero! Gelo resolve pro uisque. A cerveja já é agua pura nem precisa nada.

  • jose ajosilaudo:

    alcool é uma fria, porque não se divertir sem ele será impossivel.?

    • Jalzerio Figueira:

      Fui a uma festa dia 22, comi salgadinhos, conversei , estava super bem. Esqueci de beber,eu estava tão bem enturmado cercado de 4 mulheres sensacionais que estavam prestando atenção a tudo que eu falava, lindas e classudas, quando lembrei de beber algo alcólico, achei q ia acabar atrapalhando… não bebi .
      Dica… se estiver bem: Não bebea… beber para que ?

    • Dinho01:

      Concordo,Jose.Se tem que fazer bobagens que faça de cara limpa. =)

  • cerominho:

    “Não seja besta” foi demais pra mim… ha! ha! ha!

    Valeu pelas dicas!

  • Joel FFrederico:

    pensando bem! o melhor é não beber, não acham?

Deixe seu comentário!