Rara aranha recém-descoberta coloca ovos roxos brilhantes: fotos

Por , em 10.12.2019

Na África do Sul, cientistas descobriram uma nova aranha do gênero Latrodectus, conhecida como viúva-negra, que coloca ovos roxos brilhantes.

Isso significa que o animal é parente de alguns dos mais perigosos aracnídeos da Terra, embora ainda não esteja claro se sua picada é tão desagradável e venenosa para seres humanos quanto às de algumas das 30 espécies de viúvas-negras conhecidas no mundo todo.

A descoberta sul-africana é a primeira do gênero em décadas.

Achado inesperado

A espécie foi observada pela primeira vez em 2014 por um visitante de um parque de elefantes em KwaZulu-Natal.

A entomologista Barbara Wright decidiu conferir a estranha aranha e ficou chocada com suas cores vibrantes. Ela e sua equipe acompanharam o indivíduo por dois anos, até que a fêmea faleceu por velhice.

Mais tarde, fotos do espécime foram mostradas ao especialista em aranhas sul-africanas Ian Englebrecht, que imediatamente exclamou que se tratava de uma nova espécie.

Sendo assim, uma equipe retornou à região em busca de mais indivíduos que botassem ovos roxos e brilhantes.

Latrodectus umbukwane

Com sorte, os pesquisadores encontraram mais fêmeas em uma reserva particular de caça.

Depois de realizar uma série de análises comparativas do DNA e das características físicas das aranhas com espécies conhecidas, os cientistas concluíram que se tratava de fato de uma espécie única, desconhecida pela ciência e possivelmente pela humanidade em geral.

“Ainda não encontramos ninguém que a tenha visto antes de descobrirmos o primeiro espécime, e isso inclui as comunidades locais. Elas são aranhas extremamente secretas e tímidas, e se escondem em cavidades de árvores em um tipo de vegetação que é raro e poucas pessoas têm acesso a ela”, explicou Wright ao Gizmodo.

A espécie foi nomeada Latrodectus umbukwane e apelidada de “Phinda button spider”. “Umbukwane” é uma palavra da língua zulu usada para descrever algo tão ridiculamente bonito que você não consegue simplesmente ignorar.

As fêmeas da espécie possuem o tamanho de uma moeda de dez centavos e são possivelmente as mais pesadas viúvas-negras descobertas. Seus ovos roxos são incomuns e os pesquisadores ainda não sabem qual o propósito dessa cor tão chamativa.

Habitat raro

A nova aranha vive em um habitat raro, um ecossistema criticamente ameaçado conhecido como “sand forest”, existente apenas nesta parte da África. Como o nome sugere (“sand” significa areia e “forest” significa floresta), são bosques densos que cresceram em cima de antigas dunas de areia.

Por conta disso, há preocupações sobre a conservação a longo prazo da nova espécie.

“Não existe muito desse tipo de vegetação no mundo”, esclareceu Wright, acrescentando que a floresta é muito sensível a perturbações humanas. “É um crescimento extremamente lento, com algumas árvores com milhares de anos, que não podem ser substituídas uma vez destruídas”.

Um artigo sobre a descoberta foi publicado na revista científica Zootaxa. [Gizmodo]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (19 votos, média: 5,00 de 5)

Deixe seu comentário!