Parar de fumar: um simples método

Publicado em 2.07.2012

Quer parar de fumar? Existe um método bastante simples que pode se mostrar muito eficaz nessa empreitada: comer mais frutas e vegetais.

Pesquisadores da Universidade de Buffalo (EUA) descobriram que comer bastante frutas e vegetais ajuda as pessoas a parar de fumar – e a se manter sem tabaco por mais tempo.

Os pesquisadores fizeram entrevistas aleatórias por telefone com 1.000 fumantes de 25 anos ou mais velhos de todo o país,
seguindo os participantes por quatorze meses.

Mesmo levando em conta fatores como idade, gênero, raça/etnia, educação, renda familiar e orientação de saúde, os pesquisadores concluíram que fumantes que consumiam mais frutas e legumes eram três vezes mais propensos a largar o cigarro por pelo menos 30 dias do que os consumiam menos.

Os benefícios vão além: fumantes com maior consumo de frutas e vegetais fumavam menos cigarros por dia, esperavam mais tempo para fumar o primeiro cigarro do dia e tinham pontuações menores em testes padrão de dependência de nicotina.

Frutas e vegetais x Cigarro

Apesar de não haver uma explicação definitiva por que frutas e vegetais ajudam as pessoas a parar de fumar, os cientistas sugerem várias possibilidades.

Por exemplo, o maior consumo de fibra, encontrada nas frutas e vegetais, pode fazer com que as pessoas se sintam mais satisfeitas. Esses alimentos podem dar uma sensação de saciedade ou plenitude e fazer com que as pessoas sintam menos necessidade de fumar – já que os fumantes às vezes confundem fome com vontade de fumar.

Também, ao contrário de alguns alimentos que são conhecidos por aumentar o gosto do tabaco, como carnes, bebidas com cafeína e álcool, frutas e legumes não melhoram o sabor do tabaco; ao contrário, podem piorar o gosto dos cigarros.
Mais estudos são necessários para provar se essa relação é causal, mas os cientistas já adiantam que melhorar a alimentação pode ser um passo importante para parar de fumar.

Outras técnicas para parar de fumar

Um estudo realizado com 434.190 pessoas durante 12 anos descobriu que fumantes ativos – que praticam exercícios físicos – têm 55% mais chances de parar de fumar, além de ter mais fôlego, é claro. Também tinham 43% menos chance de ter uma recaída. Então lance a preguiça para longe!

Beber bastante água também parece ajudar, pois o líquido “escoa” a nicotina e outros compostos químicos mais rapidamente para fora do seu sistema e ajuda a manter a sua boca ocupada.

Esses fatores, aliados a recente descoberta de que comer frutas e vegetais ajuda as pessoas a largar o cigarro, mostram que levar uma vida mais saudável tem tudo a ver com não fumar – uma coisa praticamente exclui a outra.

Estímulos para parar de fumar e levar uma vida mais saudável

Você até quer parar de fumar, mas acha impossível começar a fazer exercícios e comer mais frutas e vegetais? Que tal levar em conta alguns incentivos?

  • Frutas e vegetais têm componentes anticancerígenos. Sozinhos, não previnem o câncer, mas a dieta saudável casada com não fumar, beber menos e dormir melhor pode reduzir consideravelmente o risco da doença;
  • Os vegetais ajudam a reduzir a pressão sanguínea, diminuem o risco de diabetes (ao reduzir o açúcar do sangue) e fornecem nutrientes com baixa caloria (eis o “comer a vontade”);
  • Frutas e legumes brancos (como maçãs, peras e couve-flor) diminuem em até 52% o risco de derrame, porque são ricos em fibras alimentares e em um flavonoide antioxidante chamado quercetina;
  • Comer bastante frutas e vegetais nos deixa mais atraente, por conta da pigmentação carotenoide presente neles, que causa diferenças visíveis na cor da nossa pele, nos deixando com aparência mais bonita e saudável;
  • Fumar é amplamente associado com o declínio mental na meia-idade, demência e doenças físicas. Em testes feitos por fumantes e não fumantes, o tabagismo na meia-idade foi relacionado a déficit de memória e redução nas habilidades de raciocínio, ou seja, fumar lhe deixa mais burro;
  • Estudos mostram que as pessoas que conseguem parar de fumar se sentem mais felizes e saudáveis a longo prazo do que aquelas que continuam com o tabagismo. Elas são mais satisfeitas com suas vidas do que aquelas que não conseguiram parar de fumar, além de aumentar sua qualidade de vida em geral, sua saúde e de ter mais emoções positivas do que as pessoas que fumam. Ou seja, parar de fumar pode trazer mais felicidade. Quer mais do que isso?[MedicalXpress]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

5 Comentários

  1. Acho que uma pessoa que fuma sem ter consciência de que está fazendo mal não só a sí mesmo, mas PRINCIPALMENTE à todos que estão ao seu redor precisa de um grande golpe, bem no meio da consciência… de preferência dos familiares.

    Thumb up 2
  2. Gente eu fumava quase 60 cigarros por dia, cheguei a tomar medicamentos caros mas não adiantou de nada, o que realmente resolveu o meu problema com o cigarro foi simplesmente a minha força de vontade, hoje completou 06 meses e ainda sinto muita vontade, mas já sabia que isso iria acontecer, portanto a minha força de vontade persiste até hoje.

    Thumb up 10
    • Sente algum benefício? notou melhora na respiração, alimentação, ou está dormindo melhor?

      Thumb up 3
  3. Meu pai conseguiu deixar de fumar depois de ter fumado quase a vida toda, com 53 anos, algo notável por ter sido sem nenhum tratamento ou ajuda, apenas sua própria força de vontade.
    Ele sofreu as duas primeiras semanas com forte ansiedade, na terceira eu acho que ocorreu o segredo crucial que lhe deu a vontade suficientemente forte pra deixar o tabaco: Ele se sentiu os benefícios, conseguiu respirar bem como nunca antes em noites mal dormidas com acessos de tosse e, segundo o próprio autor da façanha, até o sabor da comida ficou diferente para melhor. Logo, em menos de um mês um vício de quase 40 anos se dissipou, ele realmente conseguiu.
    Eu não sei se sentir os benefícios tão cedo quanto 3 semanas foi mais natural ou mais psicológico, mas de qualquer forma, quem não passou pelo processo só pode mesmo imaginar as sensações que um ex-fumante passou, da ansiedade no começo ao alívio e realização no final.
    Hoje, ele só tem dois vícios, filmes do velho-oeste e balinhas de hortelã (elas o ajudavam a evitar uma recaída nas crises de ansiedade), mas esses não me parecem ter tantos malefícios. :)

    Thumb up 27
    • Jônatas, a força de vontade é a técnica para parar de fumar mais eficiente do mundo, mas só para os fortes, aqueles que querem mesmo, que não desistem, os que perseveram.

      Thumb up 10

Envie um comentário

Leia o post anterior:
article-2166917-13DE1529000005DC-943_468x578
Seu azul é meu vermelho: as pessoas não enxergam as mesmas cores

Uma pesquisa realiza...

Fechar