10 coisas extremamente improváveis em que muita gente acredita

Por , em 7.11.2012

Embora muitos fenômenos já tenham sido validados (ou desmentidos) pela ciência, diversos outros nunca passaram por uma experimentação definitiva, que pudesse nos mostrar se são reais ou não. E, mesmo sem provas empíricas, milhões de pessoas acreditam neles.

A seguir, listamos dez dos mais conhecidos (vale lembrar que não estamos julgando se são válidos ou não, mas sim apontando que não foram comprovados):

10 – Alienígenas visitantes

Filmes, livros, HQs, programas de rádio e de televisão: todas essas mídias foram (e são) usadas para contar histórias sobre seres inteligentes de outros planetas. Há incontáveis testemunhas que alegam terem visto OVNIs (Objetos Voadores Não-Identificados) ou, até mesmo, terem sido abduzidas. Teorias conspiratórias, como a de que o exército dos Estados Unidos capturaram extraterrestres para fazer experimentos, ajudam a manter a crença viva.

O que torna a possibilidade deles nos visitarem improvável são as monumentais distâncias entre as estrelas: mesmo viajando à velocidade da luz levaria milhares de anos para que chegassem a nós, mesmo das estrelas mais próximas. Mesmo assim não custa estar preparado caso você encontre algum.

9 – Astrologia

A ideia de que as estrelas podem influenciar a vida na Terra existe há milênios, e mesmo sem comprovações empíricas, muita gente dá importância ao seu signo e acredita que ter nascido em determinado dia do ano, sob determinadas estrelas, está por trás de traços de personalidade.

8 – Criptídeos

O termo “criptídeo” se refere a criaturas cuja existência nunca foi provada pela ciência, mas na qual as pessoas acreditam, em especial por causa de relatos e fotografias supostamente verdadeiros – como no caso dos alienígenas. Nessa lista entra também o Pé-Grande, o Chupacabras e o Monstro do Lago Ness.

7 – Fantasmas

Muita gente jura de pés juntos que já viu fantasmas, mas apesar dessa “certeza”, os mais céticos argumentam que sempre há uma explicação mais plausível, como fenômenos luminosos ou erros de percepção do cérebro.

6 – Médiuns

Supostamente capazes de ser comunicar com os mortos, os médiuns reforçam a crença dos “fantasmas” ou “espíritos” entre os vivos falando sobre coisas que teriam descoberto graças a esse contato com “o outro lado”. Muitas vezes, o desejo de conversar com entes queridos que já morreram leva as pessoas a desconsiderar enganos que os médiuns cometem em sessões.

5 – Carma

Apesar de trazer uma consoladora sensação de justiça, a ideia de que boas ações necessariamente trarão “bons frutos” no futuro (e, da mesma forma, más ações eventualmente terão seu preço) carece de comprovações.

4 – Intuição

Quem nunca justificou uma escolha dizendo que simplesmente “sentiu” o que deveria fazer, como se uma espécie de sexto sentido o guiasse? Mesmo sem um embasamento mais palpável, não é raro tomarmos decisões que “sentimos” ser mais acertadas.

3 – Destino

“Tudo acontece por um motivo” é algo que nós muitas vezes já ouvimos (ou dissemos) diante de situações trágicas. Embora não tenhamos provas de que nossa existência segue um caminho pré-determinado, é comum buscarmos conforto na ideia de que mesmo os eventos mais tristes de nossas vidas têm uma “razão maior” por trás.

2 – Textos religiosos

Por misturarem relatos plausíveis (como as peregrinações dos discípulos de Jesus) e histórias fantásticas (como o Dilúvio ou a existência de personagens que viveram por centenas de anos), livros como a Bíblia geram muita discussão. Quais “relatos” seriam, na verdade, lendas? O que aconteceu realmente?

1 – Deus

Por definição, a existência (ou não) de Deus não pode ser comprovada de forma empírica. Ainda assim, a crença neste poder superior (ou em outros, no caso de religiões politeístas) acompanha a humanidade há milênios.[Listverse]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (29 votos, média: 3,17 de 5)

224 comentários

  • Professor Bira:

    “orang pendek” alguém já ouviu falar? A tradução é “Pequeno home da floresta” na ilha de Sumatra, pois bem minha história é verídica…

  • Fernando Clark:

    Para mim, sempre acreditei que foi o homem quem criou Deus à sua imagem e semelhança (e não o contrário). Quem criou a vida foi a natureza.

  • Alvino Pinheiro:

    PESSOAS INTUITIVAS ACREDITAM POR ACREDITAR….NÃO ANALISE OS FATOS.. TEM NECESSIDADE DE ACREDITAR EM ALGO QUE NÃO EXISTE….ACHAM QUE SE SAL

  • Luiz Carlos Zanoni:

    Tirando os alliens (improvável, mas não impossível) o resto ou é falcatrua ou ingenuidade.

    • Marcelo Ribeiro:

      Aliens visitantes é praticamente impossível

    • rnalim:

      O credo não é discutível. Dependendo dele, Deus existe, Alien também, eu vou ser rico um dia. Um dia, Eu acredito. Improvável.

  • Israel Henrique:

    quanto a possibilidade de aliens é só passar aqui no estado do Pará ir até a ilha de colares e redondezas é ver objetos que se movem a 100km/s ou mais em curvas sinuosas em ângulos obtusos que nenhum avião, drone ou balão meteorológico consegue executar e que disparam raios direto em você e acabam sugando seu sangue e deixando marcas na sua pele, pode vir é de graça, venha curtir o show de luzes, pesquise corra atrás da verdade você vai acabar percebendo o tipo de ciência burra produzida hoje.

    • moizes.rio:

      Aliens se divertem no Pará e dão shows! Todos sabem disso, menos os cientistas, que não investigam o “felômeno”. Alguém precisa avisá-lo, com urgência, senão serão os últimos a saber quando já será tarde.
      Enquanto isso, tomem cuidado: esses ets costumam distrair os deslumbrados para depois chupar-lhes os cérebros: vai ver até alguns que aqui aparecem já estejam nesse precário estado de descerebrização…

    • Eder Geovanne:

      pera ai jovem, como assim 100km/s ? você ” viu ” eles nessa velocidade?

    • Anderson Fernandes:

      Ótimo comentário.

  • Eduardo Sabino:

    Discordo quanto à mediunidade, pois deixei de ser cético qdo uma vizinha (católica), deseperada e amedrontada, me contou o que acontecia: a mediunidade dela não é pq ela acredita em mediunidade, até hj não a convenci, e sim pq a natureza a fez médium. As pessoas fingem mediunidade por dinheiro, por ego, mas existem os que realmente sofrem por nascerem assim (sim, é um fenômeno inato). Eu tb, como supracitei, era discrente, até ela PROVAR sua mediunidade: Ela me ligava de seu trabalho pra me dizer que sabia onde eu estava, o que eu estava fazendo e quem estava em minha cia. Ela tb visita seus filhos que estão em outro estado, e estes até conseguem conversar com ela qdo estão dormindo, ela visita lugares muito distantes, inclusive fora de nosso finito planeta, e conta com detalhes que só uma pessoa com muito mais conhecimento científico poderiam descrever. Este fenômeno é descrito em um livro (Livro dos Mediuns, de Alan Kardec), que acabei tendo de ler pra me interar mais e descobri que é raríssimo este tipo fenômeno mediúnico: pesquisem sobre “desdobramento consciente”. Ela hj voltou a ser católica fervorosa e culpa o diabo pelo que lhe acontece.

    • Marcelo Ribeiro:

      Olhe só para este estudo que avaliou especificamente este tipo de poder e acabou de ser publicado: http://a.ciencia.vc/1dwURH0

    • moizes.rio:

      Se quer saber se sua amiga é mesmo médium, quando ela ligar dizendo que sabe onde você está e quem está em sua companhia, pegue um livro ou qualquer coisa escrita e peça-lhe que leia algumas linhas. Ou, mais simples, ponha três cédulas de Real sobre a mesa e indague-lhe quanto tem ali. Se ela consegue ver a distância dará a informação correta, caso contrário, a explicação está no âmbito da psicologia, nada de mediunidade.

  • pmahrs:

    Não se falou com uma pessoa e sim com a humanidade. O livre arbítrio não é para o homem no sentido individual e sim no coletivo como humanidade. O que permitirmos como humanidade que aconteça a uma pessoa pode acontecer a qualquer outra, inclusive conosco, pois o mundo da voltas. Enquanto permitirmos fome, guerras e intolerância nossos filhos ou netos poderão experimentar estas coisas, não sabemos onde estaremos daqui 10 anos imagina nossos filhos e netos daqui 50 ou 100 anos.

  • Striker Hero:

    Podem falar o que quiserem, mas eu concordo com o Autor do tópico em todos os itens. Só lembrando que dizer que é improvável não é dizer categoricamente que não existe (eu sei que isso é óbvio, mas lendo alguns comentários decidi que era necessário escrever isso)

  • Marcelo Fernandes:

    quanto a intuição pode estar relacionada a alguma faceta que ainda não conhecemos do entrelaçamento quantico,ha relatos de pessoas que sentiram que alguma coisa ruim aconteceu com um parente e de fato aconteceu

  • Marcelo Fernandes:

    eu não tenho uma opinião formada sobre alienigenas ,mas o argumento da distancia é falho,e os motores de dobra espacial?afinal aqui mesmo ja se pubricou uma ou duas materias sobre, eles poderiam ter essa tecnologia ou alguma superior, muitas coisas que eram dadas como fato cientifico mais tarde foi revisto pela ciência que mudou de opinião sobre varias coisas

  • Zé Luis Saints:

    sobre a dos visitantes espaciais, tem até um ponto de vista bem lógico
    o problema é que o universo já existe a tanto tempo e também a terra, e nossa civilização apareceu somente uma fração do tempo em que a terra existe, é meio difícil desacreditar na possibilidades de que eles já vieram e que já foram ou permanecem por perto!

    • Eduardo Sabino:

      Concordo.
      É o resquício dos ensinamentos cristãos de que somos “IMAGENS E SEMELHANÇA”, do velho branco barbudo, logo, aqueles “monstinhos cinzas”, não podem existir. Acho este post uma prova de como o ceticismo pode te levar a um materialismo burro.
      Não temos resposta nem pras nossas próprias perguntas, expecular no campo do achismo, me parece coisa de religioso encubado.

    • Samir Vaz:

      Colombo demorou 4 meses para atravessar o atlântico, o que hoje demora aproximadamente 10 horas em um avião comercial (miami-lisboa). se, na época de colombo, dissessem que seria possível ir e voltar ao novo mundo em menos de um dia, seriam considerados loucos.
      viagem interestelar com a tecnologia que temos hoje? impossível. com a que teremos no próximo século? improvável. com a do século 23? é possível. imagine uma civilização que nasceu junto com a nossa, mas não teve a idade das trevas….

  • Marcos Nakayama:

    Faltou uma crença muito difundida: SORTE/AZAR. A maioria das pessoas acredita nisso

    • Márcio Ribeiro:

      Isso mesmo! Esqueceram!!! (ou será que não acreditaram?)

  • Gustavo Beckmann:

    Hmmm sobre a intuição é mais complicado. Dependendo de que significado dermos para a palavra, ela é psicologia ou crença. Se for um saber que recebemos de origem divina, aí seria crença, mas, se for um saber que nossa própria mente cria rapidamente sem nós, apesar disso, podermos ter acesso a ele em sua criação, apenas “sentindo” ele, aí é termo de psicólogo. Blink, livro bestseller do psicólogo Malcolm Gladwell, discorre justamente sobre isso.
    E, ainda, se não me engano, esse mesmo site já publicou uma matéria explicando essa intuição dos psicólogos.

  • Derley:

    São inteligentes, porém burros.

  • Airton Ramos:

    Eu realmente me recuso a acreditar que o Médium Xico Xavier tenha tenha construído toda a sua história baseado em uma “coisa extremamente improvável”.

  • Ludmyla Barbosa:

    Álgebra Linear provando a existência de Deus: Nosso Universo possui dimensões, 3 delas são visíveis. Na primeira delas, o R1, todas as coisas são, no máximo, pontos, e pontos não tem dimensão/tamanho/volume. Mas aí temos outras dimensões, na segunda, o R2, já existem retas, planos, etc; no R3, volumes; em outras dimensões invisíveis a nós, como o R4, hiperplanos; e por aí vai, todas elas a partir do R1, sem dimensão! É a prova de que o nada pode gerar coisas! Quem estaria então no R1? Deus!

    • César Henrique:

      Cientistas do mundo todo afirmam que não tem como comprovar, mas não você, você é superior aos doutores de Harvard, Caltech, USP e tantas outras, você tem a resposta !!! Sensacional !!! Como não ganhou um Nobel ainda?

    • Matheus Araujo:

      Caramba… Já mandou sua inscrição para o Prêmio Nobel?

    • Keven bressan:

      a existência de alguém onipotente é paradoxal, tanto que o paradoxo da pedra é a mais clara prova disso, mas digamos que ele exista, ele é onipotente e onisciente, ele nos deu livre arbitrio que nos da direito de fazer o que quisermos, então ele sabe o que vai acontecer mas fica irado quando fazemos algo que ele sabia que ia acontecer e que nos deu direito de fazer, além de o livre arbitrio em algumas religiões é o direito de seguir a deus ou a satanás, mas que deus é esse? ele diz que nos ama mas se não o idolatrarmos ele nos manda para o inferno, ou se não o idolatrarmos automaticamente estamos adorando a satanás, então mesmo que uma pessoa seja ´´pura“ mas não idolatre a deus, ela vai ir pro inferno? esse é o deus opressor que bilhões de pessoas idolatram

    • Gustavo Beckmann:

      Esse comentário foi a prova de que Deus muitas vezes funciona apenas como solução confortável a coisas que não poderíamos entender.

    • Marcos Nakayama:

      Você acabou de fundar a Igreja do Deus Ponto!

    • Guilherme Ramos:

      O comentário foi muito bom, mas as ultimas 3 linhas não fazem o menor sentido.

    • Rafael Souza Lima:

      Cara Amiga , Você já descobriu onde se encontra Deus , mesmo que não tenha como provar ( mas como eu não tenho provas para provar que você esta equivocada nem vou negar ou aceitar a possibilidade )
      mas agora faça um grande favor a humanidade e encontre a localização do Diabo , pois ele também existe de acordo com a religião cristã e tantas outras . muitos ficarão impressionados com a descoberta da localização do filho pródigo de Deus kkkkkkkkk
      Dai então quando conseguir provas ( o que infelizmente não acredite ser possível ) você será a cientista mais famosa do mundo *u*
      Boa sorte na jornada !

    • Bruno Mariano:

      Ah, por favor! César, Matheus, a resposta dela foi muito mais interessante do que qualquer uma que vocês dariam, aposto. Já a resposta de vocês à ela foi preguiçosa e “ofensiva”. A questão da existência de um ser divino é tão grande e complexa, discutida desde antes de Cristo por grandes pensadores, que não vai ser qualquer doutor ou ciência que a responderá. No máximo poderá reunir bons argumentos, mas a questão e discussão sempre continuará em aberto.

    • aproveran:

      Nadaver. O R1 é o espaço em que há apenas uma dimensão, ou seja: o ambiente das retas e não do nada como você sugeriu. O espaço inexistente onde poderíamos supor um absurdo “Deus” seria o R0. Coisa de doido…

    • Filipe Rodrigues:

      César Henrique seu argumento é baseado em credencialismo, sua tentativa de refutar falhou. Tente novamente.

    • Cesar Grossmann:

      Na verdade a “prova” da Ludmyla não faz sentido algum. Abstrações matemáticas não são fatos naturais, você não encontra pontos adimensionais, nem retas, nem planos na natureza. A conclusão não segue as premissas, não há um nexo lógico no argumento.

    • Filipe Rodrigues:

      E a galerinha que curte um ateísmo, entendam que ciência não justifica nada de natureza dogmática, nem vice-versa.

    • Cesar Grossmann:

      O que é a “natureza dogmática”?

    • Renato Lopes:

      cada uma… tipo:

      “o galo cantou ? então deus existe !”
      “a pipoca estourou ?” então deus existe !”

      rebolam para garimpar justificativas…

  • Apolo Reis:

    Matéria super arrogante, mimimimi… ” (vale lembrar que não estamos julgando se são válidos ou não, mas sim apontando que não foram comprovados)”. Ler a introdução do texto é sempre muito importante, pessoal. Não se esqueçam disso. Ok?

    • Charlie Timao Timao:

      ola,, 2 GRANDES GUERRAS MUNDIAIS. Cade a intervençao divina, a ciencia diz O planeta Terra tem 100 milhoes de idade, perto de 1 trilhao de estrelas, hj mesmo digo ontem satelite monstro q mostrara em 3 D tudo e mais das galaxias,,,, kkkkkk

    • Keven bressan:

      Charlie Timao Timao, interessante como a ciência se torna engraçada aos olhos de um ignorante, A ciência é a verdade, a lógica, não se tira conclusões verdadeiras apenas observando um fenômeno e colocando a culpa em um ´ser superior`, quais avanços a religião trouxe? NENHUM.
      a igreja apenas toma os créditos por descobertas incriveis feitas por padres interessados na ciência, mesmo acreditando em um deus eles não se negaram a usar a lógica humana para trazer benefícios para a sociedade ao seu redor, diferente da igreja que subestima a humanidade, como se ela fosse dependente de alguma divindade, se vc acha os avanços engraçados então eu também tenho direito de achar seu deus RÍDICULO, afinal a existencia dele é impossível, nesse universo.

  • Jorge Garcia:

    Eu acho muito interessante todas essas filosofias de ver o UNIVERSO. Prefiro uma forma mais simples para nortear nossas atitudes em sociedade…acredito na lei do retorno, acredito que se Deus fez mesmo esse universo infinito, a terra até prova contrária da existência de outros povos, Ele a deixou no piloto automático…nos colocou aqui e nos deixou com o nosso livre arbítrio. Se você faz alguma ação de maldade para alguém e, se esse alguém, voltar a cruzar seu caminho, certamente ele devolverá na mesma moeda…portanto, faça a coisa certa, assim, estará evitando colher algo diferente daquilo que semeou. De onde eu vim? Por que eu vim? Para aonde eu vou? Respostas para essas perguntas, certamente não estão ao nosso alcance aqui neste plano terreno. Nem sei se existe respostas e outros planos.

    • pensante em andamento:

      Porquê a ciência sempre tenta ir contra as coisas ligadas ao espiritual? Porquê não reconhece a existência de forças não vistas a olho nu? O que você pode dizer sobre o ” observador” que a FÍSICA QUÂNTICA já provou existir? Antes de um site publicar um texto como esse, deveria ao menos fazer uma pesquisa sobre o assunto e não simplesmente fazer uma matéria com as crenças de uma só pessoa, pois, está escrito que é improvável, porém, não há nenhuma evidência que seja “improvável”. Apenas está escrito, portanto, quem tiver o desprazer de se deparar com esse texto, ao menos questione o por quê é improvável, não aceite tudo. A espiritualidade é real, só que é uma arma, pois, se há pessoas espiritualistas, com fé, não haverá quem vá temer uma guerra, e gastar milhões com defesas contra ‘ataques’ e tsunamis, e outras coisas do tipo.Segue um vídeo sobre o Observador : http://www.youtube.com/watch?v=9O7SSBAXzwM‎. Cada um tem o direito de expressar suas opiniões, porém, é sempre bom guardar para si se não há um argumento plausível. Esse mundo materialista só caminha para a extinção da raça humana, onde só sobrevivem os ricos, os pobres são exterminados sem motivo, não tendo direito a educação, a saúde decente, a moradia, e apesar do que se prega, são cada vez mais induzidos a ficarem pobre, alegando investimentos na educação, médicos cubanos para tratamento e outras lorotas contadas para nós. Só mais uma prova do IMPROVÁVEL http://ensinamentosdemeishusama.blogspot.com.br/2012/07/ciencia-cria-as-supersticoes.html

    • César Henrique:

      pensante: http://efisica.if.usp.br/moderna/mq/ … Da onde tu tirou que MECÂNICA quântica tem a ver com espiritualidade?

    • Juliana Alves:

      Livre arbítrio?? não me lembro de ser questionada se queria ter nascido ou não….

  • pmahrs:

    “Nada se cria nada se perde, apenas se transforma” O fato do nada absoluto (singularidade) originar toda matéria e energia que conhecemos hoje já admite especulações não materiais, a física só vale após o big bang. Ou então a energia não existe, pois se ela não pode ser criada e antes era o nada absoluto como ela está ai? A não ser que ela sempre existiu, mas como ter existido no sempre? O fato de existir não pressupõe que ela é transformação de outra energia e esta outra e de outra assim para sempre no passado? Mas como se não havia nada ates, nem tempo nem espaço nem existência ao menos nesta dimensão? Ah sei, um dia ciência vai explicar. Eu também acredito nisto.

    • Charlie Timao Timao:

      TEmpo so nós da TERRA contamos kkkkkkk datamos e tal, fora da nossa atmosfera ., tudo e eterno simples assim, humanos kkkk datamos tudo , AC dC E POR AI VAI PRA COMERCIO KKKKKKK

    • pmahrs:

      A verdade não necessita que a conheça ou se acredite nela para ser existir. Não se precisa mensurar nem se ter consciência do tempo para ele “andar” e já andava antes do homem ter esta noção e bem antes do homem existir e da terra se formar. Quando cientistas falam que não existia tempo, não queriam dizer que é por que não era medido, percebido e subdividido por representação numérica e sim que não existia literalmente, ou seja 1 segundo e 1 milhão de anos era a mesma coisa; o tempo só passou a ser corrente após o Big Bang.

      (Teoria do Big Bang a mais aceita pelos cientistas. Inicialmente chamada de “hipótese do átomo primordial” foi desenvolvida criada pelo cientista Padre católico agostiniano Monsenhor Georges Lemaître)

  • João Davi Pereira Gonçalves:

    eu Acredito que nem tudo é por acaso e se explica pelo conhecimento que temos da ciência e as regras que até sabemos da física etc, então me mantenho com mente aberta não nego e não provo inexistência de nada pois nem tudo pode ser provado pelos meios limitados conhecidos pela atual ciencia moderna!

  • Sujeito Intrigado:

    O homem precisa crer. O ser humano está em constante avanço em suas descobertas, porém o seu conhecimento é limitado, o ego é repleto de uma ambição descontrolada, vive correndo atrás de coisas fúteis e desnecessárias, acaba frustrando-se, revolta-se contra Deus e promove um ceticismo como forma de reprimir seu desgosto. Mas aquele que deposita a sua fé naquele que é a rocha eterna, o princípio de todas as coisas, a chave de todo conhecimento, o Deus verdadeiro, esse sim prosperá verdadeiramente! (Assim eu creio como direito que tenho, porém nada imponho, respeito é essencial)

  • Micael Nunfora:

    Prerrogativa totalmente ateia dessa matéria! O mundo espiritual é tão presente quanto o ar que respiramos!
    Um ateu não aguenta 15 dias sendo segurança de portaria de cemitério! isso eu afirmo!
    Sei que parece ser bem ignorante essa minha prerrogativa. mas lanço um desafio a qualquer ateu!

    • Renato Lopes:

      que bobagem ! fale por voce ! adultos lucidos nao precisam de tolices para viver, muito menos tem medinho de cemiterio…

    • Juliana Alves:

      Dependendo do salário, desafio aceito.

    • Ricardo David:

      Opa…. Ta pagando quanto pra este desafio ? 🙂 se der um rolê pelo cemitério tem um extra ?

    • Wadson Torres:

      eu trabalho em uma funerária e já trabalhei em necrotério. Cemitério eu ia adolescente para beber vinho, tocar violão e fazer sexo

  • pmahrs:

    Eles acreditam que Deus não existe. É a crença dos acasoalistas e religiosos verdadeiros que seguem os princípios de convívio pacífico devem respeitar.

  • Renato Kawasaki:

    Airmid

    “comentario individualista” ! “informacoes obvias” !

    que mané indicios MENTAIS ?!?!?!!? aqui é um local para falar de CIENCIA ou de bobageiras psicodelicas sem fundamento ?

    deus, fadas, lobisomens, etc, se voce cre que existem, sem evidencia alguma, revelam que voce nao possui nenhum criterio SERIO sobre a realidade. pode pensar livremente no que preferir, mas dai a essas maluquices virem a ser REAIS, é outro papo.

    e acorde: CRER é tolice. voce precisa SABER, nao “crer” sem sustentacao. o mundo SÉRIO só caminha graças a procedimentos SÉRIOS. engenheiros não creem que “predios nao vao cair”. Medicos nao “creem que a cirurgia no cerebro é facil”.

    “crer” é para quem aprecia religiao, horoscopo, homeopatia, leitura de mao e outras maravilhas cientificas…

    • Sujeito Intrigado:

      O homem precisa crer. O ser humano está em constante avanço em suas descobertas, porém o seu conhecimento é limitado, o ego é repleto de uma ambição descontrolada, vive correndo atrás de coisas fúteis e desnecessárias, acaba frustrando-se, revolta-se contra Deus e promove um ceticismo como forma de reprimir seu desgosto. Mas aquele que deposita a sua fé naquele que é a rocha eterna, o princípio de todas as coisas, a chave de todo conhecimento, o Deus verdadeiro, esse sim prosperá verdadeiramente! (Assim eu creio como direito que tenho, porém nada imponho, respeito é essencial)

    • Lucas Santana:

      A ciência trabalha com certezas e não com fé , se você não têm certeza pra afirmar tal coisa nem provas que sustentem suas convicções , dizer que algo é improvável sem que ao menos possa provar o mesmo , é completamente contrária a ciência , porque se para a ciência algo só existe se puder ser comprovado o mesmo seria com o que não existisse , prefiro afirmar que para a ciência a questões impostas acima são incógnitas , que futuramente podem ser desmentidas ou não , fora isso , dizer sim ou não para tais coisas é pensar fora do científico e crer mediante suas própias conclusões.

    • pmahrs:

      Eu particularmente não tenho evidência nenhuma do bóson de Higgs; ah sei! Cientistas dizem e “acredito”, mas eu continuo sem evidências. Evidências que só eles podem compreender, não é bem uma evidência para mim individualmente, tecnicamente só posso crer em cientistas de ponta.

    • pmahrs:

      Este foi o motivo de misturarem religião com lendas urbanas, folclores e ficções de Hollywood é um truque de persuasão. Mas na verdade quem não saber explicar e provar a existência do bóson de higgs, também está simplesmente acreditando que existe e não sabendo tecnicamente está crendo nos cientistas com exatamente os mesmos mecanismos neurais desenvolvido pela seleção natural para a fé.

  • Marcos Ruas:

    Se o Universo existe e é infinito e existe vida inteligente, sabemos pq existe na terra, então tem que haver vida fora da terra. Se cientificamente falando, é possível viajar mais rápido do que a luz (dobra espacial). Levando-se em conta que o universo é infinito, então existem civilizações no nosso nível de desenvolvimento, menos desenvolvidas e mais desenvolvidas até o ponto de poderem viajar pela galáxia. Como podem ver, a vida alienígena é só uma questão de estatística.

    • wagner.dtr:

      Non sequitur !!! KKK

    • Renato Lopes:

      cara, tambem adoro star trek, mas falar disso como algo REAL é sonhar acordado.

      volte para o terreno da realidade !

    • moizes.rio:

      o comentário do Wagner disse tudo, e para quem não o entendeu, é o seguinte: do fato de existir vida inteligente na Terra não segue necessariamente que exista vida fora de nosso planeta. Embora plausível, a existência de viventes noutros planetas aguarda confirmação: tirar conclusões precipitadas não é adequado.

    • Fernando Turatti:

      o problema é que sua estatística partiu do pressuposto errado de “universo infinito”, afinal, ele está EM EXPANSÃO, logo, não pode ser infinito, caso contrário teríamos infinitas estrelas e veríamos uma estrela em cada micro ponto do céu noturno…. Enfim, é impossível um universo infinito.

    • Germano Henning:

      Eu estou lendo esse comentário e estou pensando “Q suposição idiota”. Por enquanto, sou o único da Terra pensando nisso e provavelmente o único do universo. Porém, se eu seguir a sua linha de raciocínio, provavelmente existem váááários comentários idiotas iguais ao seu e vááááários pensamentos como “Que suposição idiota”. Está correto o meu raciocínio? Hahaha

    • pmahrs:

      Apesar das bilhões de estrelas, considerando também as bilhões de combinações de condições necessária para os primeiros organismos vivos chegados aqui, se multiplicarem e gerar seres cada vez mais complexos até chegar a um único com inteligência suficiente para planejar, cogitar espiritualidade e sair da terra, ainda que em escalas astronômicas, muito próximo, acho que existe uma grande probabilidade de sermos os únicos seres materiais com inteligência.

  • grasisuperstar:

    POR MAIS QUE EU TENTE NÃO CONSIGO ENTENDER COMO UMA PESSOA PODE SER BUDISTA E ATEU AO MESMO TEMPO.

    • Jonatas:

      Então deve ser porque não sabe ainda muito bem o que é budismo ou ateísmo. O budismo é uma doutrina ateísta voltada ao serr humano e ao existencialismo, sem deus (portanto não teísta) nem deuses (nem politeísta).

    • Renato Lopes:

      budismo é religiao SIM ! disfarçado de filosofia, vem com ladainhas ridiculas de reencarnação.

      tao idiota e sem sentido quanto todas as religioes imbecilizantes que se aproveitam de gente sem cerebro.

    • wagner.dtr:

      Se budismo é religião, os budistas devem ter algum deus. Qual é o deus dos budistas?

    • Renato Lopes:

      amigo, falou em “morrer mas nao morrer”, em reencarnar, em consciencia que desprega do corpo fisico que morre, sai voando e entra em outro, é o que ? ciencia ? mais um dos milhares de exoterismos tolos com a pretensao de agrupar seguidores e domestica-los.

    • Douglas Cardoso:

      No budismo original não existem entidades nem ‘reencarnação’. Posteriormente em seus vários sincretismos realizados com religiões locais de diversos lugares foi gerando ‘seitas’ budistas que absorviam esses conceitos exógenos à doutrina legada por Gautama. Exemplo: no Tibete o budismo se fundiu com o xamanismo da região e deu origem ao Lamaísmo, errôneamente chamado ‘budismo tibetano’.

    • pmahrs:

      O Deus do Budismo é o próprio Homem e sua consciência e não consciência.

    • Adriano Malta:

      Renato Lopes, sim, o Budismo é uma religião mas não tem nenhum Deus criador e não crê em reencarnação pois não crê em alma imortal.

    • Fernando Clark:

      Eu acredito que foi o homem quem criou Deus à sua imagem e semelhança. Na falta de onde se apoiar precisam os homens de um OBJETIVO CÓSMICO

    • Renato Lopes:

      “OBJETIVO CÓSMICO”

      cara… maluquices assim são tão necessárias quanto fadas mágicas e sacis ! Gente LÚCIDA tem objetivos REAIS.

  • luizyusuke:

    nunca existiu essas coisas de demônio,deus e anjos. isso não existe! a vida só é feita de carne ão tem alma!! somos oque somos.

  • djalexms:

    Deus, de onde ele veio? quem criou deus?

    • Moizés Montalvão:

      Deus é autorreplicante: criou-se a si mesmo…

    • Juliana Alves:

      O homem criou deus.

  • couldsee3:

    Porra Hypescience, não fode. D:
    Primeiro, todo ser humano PRECISA acreditar em algo para usar como fator motivacional. Astrologia viaja, fisica quantica tbm..

    Carma e texto religioso fazem sentido por parte, se vce faz bem, recebe bem. Por exemplo, se vce sorrir para alguem, essa pessoa já vai produzir serotonina e ficar feliz tbm, e sorrir de volta.

    Intuição tá na cara que não é improvavel, ninguem tem pesquisas profundas nisso, mas existe, e muito da intuição é que originou as melhores invenções. é provavel, mas bem pouco. XD

    e Deus (generalizou legal, esquece o Buda neh? XD), não sei pqe ainda discutem isso, sempre foi fonte para fazer as pessoas agirem de forma pacifica..

    • pmahrs:

      Questionável misturar religião com folclore e lendas urbanas para ridicularizar ou até, quem sabe, ofender. Não é bem esta a função da ciência. Para questionar Deus não precisa ser um grande gênio, mas a fé não exige provas, se não seria saber não fé. Besteira acasualistas ficarem trabalhando contra um Deus que acham que não existe. Acredito que as pessoas tem o direito de crer já que isto não atrapalha nada. E a não ser que se acredite na teoria do carma, os de hoje não têm culpa de erros de séculos atrás.

      Até pouco tempo, julgavam impossível vida fora de certas condições de pressão, temperatura, umidade, carbono e acidez. De fato besteira discutir o que só a mente sutil pode captar. As ciências ainda têm muito a aprender, como religiões e filosofias também. Não adianta passar os carros na frente dos bois. Seria o mesmo que explicar sobre teorias das cordas para Gengis Khan. Mas cada coisa no seu devido tempo, deixa a natureza e as ciências fazerem suas partes.

    • Ana Paula:

      Sempre foi fonte pras pessoas agirem de forma pacífica? kkkkkk tenho certeza que vc ñ saca nada de história!Ah,me esqueci,eram guerras(e ainda o são)”santas”,né?!Outra coisa que me irrita,religiosos sempre vem com respostas prontas,claro,desse modo nunca saem perdendo.Deus é a única coisa que se prova que existem,exatamente pelo contrário!Haha,muito experto,mas falho!Ora,como é que vão encontrar provas,de qualquer tipo,do que ñ existe?

  • Nilo Nogueira:

    Apenas parem com esta discussão, ninguém “prova” que Deus existe, quem pede pra alguém provar uma coisa dessas não sabe argumentar, e quem responde tentando provar, é pior ainda.
    Eu sou teísta por que tive algumas experiências (sim, aquelas que não servem pra nada em uma discussão, pois não podem ser comprovadas). Mas seu eu colocar estas experiências diante de cientistas céticos, ou eles dirão simplesmente que estou mentindo(o que realmente é muito provável), ou dirão que pode ter sido qualquer outra coisa, um fenômeno, uma alucinação, imaginação… Porém eu escolhi interpretar estas experiências como religiosas. Elas me pareceram religiosas e foram em momentos de meditação ou de oração, então a minha ESCOLHA foi a interpretação religiosa. E acabou, eu não posso provar nada, da mesma maneira que tenho que respeitar o cara que acha que eu estava alucinando. São OPINIÕES, todas com a mesma chance de estarem certas.
    Aí vem um cara e diz: “Nossa, com mais de mil religiões no mundo e só a sua é a certa, que sorte você tem não?” Cara, pode ser que nenhuma esteja totalmente certa, pode ser que todas estejam totalmente erradas, o FATO, é que não sabemos. E as chances de Deus existir, são de 50%, enquanto não houverem evidências científicas demonstrando que sim ou que não. E não, não existem evidências a este respeito! Os Teístas adoram dizer que existem, assim como muitos ateus, mas não existem.
    Então só digo que parem de discutir estas inutilidades. Isto é discutido fazem séculos e nunca chegou-se a lugar algum com isso.
    É uma tristeza ler um artigo provocativo destes por um autor dentro de um site comprometido como o HS.

    • Renato Lopes:

      cara, graças a visoes tolas como a sua os pilantras das igrejas enganam as massas desde que o mundo é mundo, se aproveitando dessa fraqueza de raciocionio. Esse papo de 50 % para sim ou nao é simplesmente ABSURDO.

      se for assim, é 50 % para a chance de FADAS existirem, e 50 para nao existirem. Ridiculo. Nao HA CHANCE alguma de algo existir sem haver ao menos INDICIOS. Voce cismou que deus existe e repete isso porque foi moldado assim desde pequeno e nao contesta.

      nao é NADA INUTIL questionar isso, uma vez que a religiao causou e causa tantos males. Voce devia ler mais sobre a historia da humanidade. Omitir-se é compactuar das malignidades que essa pratica nefasta causa.
      Leia a biblia. Veja como ensinam a respeitar mulher, gays, escravos, etc. . Para nao falar em como muçulmanos tratam mulheres.
      E voce acha que isso “nao se discute”. Bela ajuda para melhorar o mundo, hein !

    • Moizés Montalvão:

      as propostas religiosas em geral são boas. Desconheço alguma que postule que as pessoas sejam más e ferrem seus próximos (e distantes): são os fiéis que desvirtuam as orientações e as usam em projetos malévolos.

    • Airmid:

      Caro Renato Lopes, creio que em seu comentário um tanto individualista, o senhor deixou passar algumas informações meio óbvias, não acha?
      Existem muitos indícios de que algo assim existe, não são indícios físicos ou materiais, mas mentais. A partir do momento em que você aceita algo ou passa a acreditar em algo, aquilo passa a existir. E qual é o problema de Deus existir para alguém? Qual é o problema de FADAS (que você tão ceticamente utilizou para diminuir as chances de existir um transcendente) existirem para alguém? Na Irlanda, acreditam fervorosamente em fadas, ou estou enganada e tudo isso não passa de besteira? Porque o que te faz, o que te forma, é aquilo em que acredita, o ser humano sempre precisa acreditar em algo. Mesmo que esse algo, como em seu caso Renato Lopes, seja crer que não crê em nada ou que o que os outros creem não é real.

    • moizes.rio:

      Para aconselhar aos leitores que a discussão é inócua, o autor alinha uma série de considerações, todas discutíveis… portanto, está discutindo…

    • pmahrs:

      Explorar o povo. isto quase todos que tem algum poder faz a milênios e se não fosse isto, hoje também não seria possível verbas públicas para pesquisas e manter cientistas, porém os explorados mesmos têm muito pouco acesso aos avanços das tecnologias e milagres da ciência em suas vidas cotidianas . Patrões, políticos, professores, cientistas, gerentes e vendedores também mentem por causa próprias e para tirar dinheiro. Muitos só aprenderam sobre cristianismo com seus gurus intelectuais, os erros de séculos atrás e nem sabem de séculos de perseguições torturas e execuções cruéis de cristãos. Ignoram que existem inúmeras ações filantrópicas de pessoas ou entidades religiosas fora movimentos e ações voluntários de apoio ao próximo e que igrejas fundaram inúmeras escolas e postos para alfabetizar e cuidar de pobres famintos e doentes que não tinham como pagar dízimos e já bem antes do conceito escola e hospitais públicos de governos. Fora muitos monges que morreram pobres , de doenças devido a exposição ou executados sumariamente por desafiar poderosos ou dar refúgio e fuga a perseguidos, escravos, desafetos de poderosos ou defendendo direitos de comunidades pobres e extrativistas em regiões de coronéis, isto infelizmente até hoje. Não quer ajudar ninguém tudo bem é um direito, mas desnecessário chamar de aberração que o faz, esperando ou não uma recompensa , redenção ou só um sorriso ou só aliviar a dor de alguém que não teve tantas oportunidades ou errou na vida.

    • Claudio Donegar:

      Nilo é equivocada sua afirmação na possibilidade e na impossibilidade da existência de um deus seja de 50% a 50%. A onipotência é absolutamente impossível! Vejamos como exemplo o paradoxo da pedra: imaginamos que um ser onipotente possa criar um pedra inquebrável? se sim, ele poderia quebrar essa pedra inquebrável? oras ele é onipotente…se sim a pedra não é inquebrável!, se não; ele não é onipotente pois nem ao menos consegue criar uma pedra inquebrável! Há possibilidade de existir um deus? muito pouco possível! muito menos que os seus 50%.

    • Renato Lopes:

      que oceano de besteira ! “provar que nao existe” !!! só isso ja encerra qualquer papo…

      troque deus por FADAS e verá o quao estupido é esse papo. Como pode adultos agirem assim: primeiro CREEM, depois (isso quando fazem) questionam se faz sentido.

  • Jonatas:

    Eu tiraria o “extremamente improvável” de alguns:
    10 – Visita alienígena – improvável, no entanto, por mais que a vida possa ser abundante no cosmos, em relação ao espaço vasto entre os Planetas, mais vasto ainda entre as Estrelas e muito mais entre as Galáxias, a tendência dos seres pensantes, partindo do único modelo conhecido – nohs -, eh procurar seus semelhantes. Mas nao serão homenzinhos verdes. Digam, quem chegou primeiro a Marte, e quem chegara primeiro ao espaço estelar? as sondas. Mas ha um agravante – o comando remoto – apenas maquinas com inteligência artificial poderão desbravar o espaço e fazer contato com outras civilizações, isso eh provável.

    9 Astrologia – concordo, ela nao serve pra muita coisa. Infelizmente, ate os meios de comunicação, como jornais, lhe dao mais espaço que a astronomia (única ciência real sobre os astros), condicionando as pessoas a permanecerem na ignorância.

    8 – Eu seria cauteloso, algumas especies antes tidas como mitológicas já foram descobertas, durante o avanço da biologia, apesar da tendência agora, com o mapeamento biológico cada vez mais equipado, dificultar de haver grandes animais ainda desconhecidos.

    7 – O curto texto fala tudo sobre como a percepção e o desconhecimento da mesma pode custar eventos fantasmagóricos. Antes de definir qualquer certeza sobre o que existe e o que nao existe, eh preciso conhecer melhor o que realmente existe: o cérebro, as ciências neurais devem ser as mais importantes e investidas nos próximos tempos. Alias, as pessoas acham que ja sabem tudo sobre eles – sao pessoas desencarnadas. A possibilidade de serem isso eh a mesma de serem apenas seres vivos baseados em outros elementos, ou de serem projeções cinéticas de sua mente, ou de serem apenas uma ilusão.

    6 – Nunca desmascararemos um médium legitimo, por duas razoes: se existir seu objetivo nao eh provar coisa alguma e nem aparecer, ou entao apenas nao existe. o restante eh soh charlatanismo, e muito fácil de desmascarar.

    5 – Eu sou budista e considero a questão importante, a defendo baseado na aposta pessoal de um Universo Holográfico altamente recursivo e espelhado, um campo existencial unificado ao qual estamos conectados, apenas nao sabemos usar. Mas estamos longe de conectar nossa ciência a um teste dessa magnitude, pois a muito ainda no caminho.

    4 – Intuição existe, mas nao eh magica extra-sensorial, eh apenas um conjunto de lembranças inconscientes de experiencias passadas desde seu nascimento, ou de observação, que sao capazes de condiciona-lo a uma escolha, sem a necessidade de serem diretamente lembradas. No budismo, consideramos o pensamento o sexto sentido.

    3 – Destino nao existe, o que existe eh um conjunto de variáveis flutuantes impossíveis de quantificar, seu status intelectual, emocional e social, influenciando suas escolhas e atitudes perante o meio em que esta inserido.

    2 – A cada apocalipse que nao acontece, deus que nao desce do ceu e planetas que nao aprecem do nada pra colidir com a Terra, com o tempo os textos religiosos deixaram de ser levados a serio para se tornarem o que realmente sao – registros historicos de crenças, lendas e culturas passadas, nada mais.

    1 – A maior questão de crença, embora os religiosos adorem afirmar, atualmente, que se baseiam na Ciência para acreditar em deus, eh soh uma questão de tendência do seu inconsciente. A discussão sobre isso nem devia existir, pois crer ou nao crer vem muito mais de sua personalidade do que de qualquer outra coisa, do que qualquer evidencia.
    Podem olhar para a mesma paisagem, a mesma descoberta cientifica, e ouvir a mesma musica, a pessoa com tendência a acreditar em deus vera evidencia de que ele existe, a pessoa com tendência a nao acreditar vera provas evidentes de que nao existe.
    Eu nao consigo ver deus em nada, a minha natureza mental me torna Ateu, e pessoalmente, o obvio eh que a chance de eu estar certo eh a mesma do religioso estar certo: 50 %.

    Soh existe uma certeza que eu gostaria de afirmar:
    todo ateu eh intolerante, todo religioso eh alienado, todo crente eh fanático, todo espirita eh bruxo, todo político eh ladrão, e todos os idiotas pensam assim. 😉

    • Costa:

      Jonatas,
      Tudo bem. Só com referência a todo político ser ladrão, eu continuo sendo idiota.

    • Jonatas:

      Nah, se procurar bem, e quando digo procurar bem eh procurar bem meeeeeeeesmo, deve achar eventualmente dentro duma grande eventualidade, um com alguma porcentagem de honestidade.
      RSsrsrsrsrs, brincadeira, deve haver sim pessoas honestas que queiram fazer o melhor como governante, acho que o maior problema eh eh o meio, a corja e o ambiente que jah formaram, que dificulta muito a eleiçao de uma pessoa do bem para um cargo, e se eleito dificulta muito o seu trabalho. Abraços./ 🙂

    • Costa:

      Jonatas,
      Realmente o ambiente e a corja estabelecida é um dos fatores. Mas você já calculou quanto custa uma campanha eleitoral? Na maior parte das vezes o salário que o cara vai receber durante o mandato não cobre os custos da campanha.E os conchavos que o cara já fez durante a campanha para receber apoio. Isso é só uma parte das tramoias que ocorrem nos bastidores. Tudo isso não é muito estranho? A grande verdade é que os ‘servidores do povo’, querem mesmo é ‘se servirem’ do povo.

    • Jonatas:

      Concordo com o Senhor, quem dera houvesse mais brasileiros conscientes como o senhor, haveria assim força e atitude suficientes para desbancar esse sistema que jah se instalou. Abraços/

    • Nilo Nogueira:

      Hahahahahaa, BOA!

    • Nara Letícia Vieira Rocha:

      Muito bom seu ponto de vista. Valeu à pena ler tudo isso.

    • pmahrs:

      Político ladrão já virou pleonasmo. Mas quem financia campanha são empresários e o poder capital e não o candidato, ao menos não com dinheiro ganho honestamente. Então a questão não é bem se compensa para o eleito, que pelos custos e salários obviamente que não, mas compensa para os lobbies que o financiou e que também são anunciantes de mídias. Em quase toda corrupção há vários empresários envolvidos, então não é só políticos que leva alguns a uma impressão diferente da realidade matemática.

    • Felipe Rojas:

      realmente nao foi uma perda de tempo ler isso. valeu.

  • Eric Musashi:

    Só lembrando que, embora seja uma crença, a ideia da astrologia é de que OS ASTROS DO SISTEMA SOLAR influenciam (os planetas, o sol e a lua). As costelações são meras posições em que esses astros se encontram.

    E sobre o destino. Levando-se em conta a máxima de que as leis da natureza não se alteram desde o big bang, e tudo ocorre por causa e efeito, o que há, senão destino?

  • Daniel Ferreira:

    Penso eu que o destino e até mesmo o primeiro tópico – Deus – existem e que podem pensar sobre eles baseando em teorias científicas.

    Imagino eu, que quando o universo foi criado, ou seja, com o Big Bang, todo o espaço-tempo, matéria e energia foram criados juntos e a matéria com a energia se distribuiram pelo espaço-tempo e todos os átomos da matéria se moveram em direções desconhecidas por nós mas conhecidas e determinadas pelo ser que as criaram. Então, de acordo com o ser supremo, ele colocou as particulas aonde ele achou certo. Então, bilhões de anos depois, o nosso sistema solar foi criado por particulas (átomos) que uma vez suas formas e movimentos foram determinados pelo Ser. E depois de muito tempo que os corpos celestes foram formados, iniciou-se a vida na terra, e nós fazemos parte dela. Mas do que nós somos feitos mesmo? Dos mesmos átomos que foram criados no Big Bang e que uma vez seus movimentos foram determinados por um ser. Então como não é surpresa nenhuma eu dizer que somos sacos de compostos químicos, podemos concluir que tudo que fazemos, tudo que nós, seres humanos, realizamos até hoje, até o limite da existência, por mais que sejam coisas impressionantes, já foram pré-determinadas.

    Bom, posso estar errado, na maioria do tempo eu estou..

  • Clovis Fialho:

    Prove você, que ETS não existem…,Como voce faria isto sem tirar este seu traseiro gordo da cadeira ? Voce teria que vasculhar o Universo todo para isto. Hora então o que faz voce pensar que não existem ? Improvavel ? Para Ciência existe ou nao existe, prova cientificamente ou nao existe, improvavel para Ciência é algo que nao existe, esta é uma discussão tola, o futuro da humanidade vai ser o que tiver de ser,isto não vai levar a nada x nada,temos problemas mais serios a resolver aqui na Terra, e existem para quem quiser ver.

  • Renato Kawasaki:

    sempre tem religiosinho nervoso confirmando o que pensamos sobre eles !

    reportagem “arrogante” por que ??? por que diz claramente que deus e outras maluquices nao tem NENHUMA comprovacao ?

    a reportagem cumpriu sua funçaõ corretamente.

  • Jéssica Santos:

    O “Extremamente Improváveis ” foi realmente ridiculo e arrogante . Ninguém pode dizer claramente que essas coisas são improváveis.
    Acho que as matérias do hyperscience estão saindo meio “pessoais” ultimamente .

    • Marcos-DF2:

      Olá Jéssica !
      Concordo inteiramente com voce !
      Além das manchetes fora de contexto – ou apelativas – as reportagens trazem a opinião pessoal do autor.
      Uma pena.
      Abraços

  • Adriana M:

    Achei muito arrogante o fato do autor colocar o título como “extremamente improvável”.

    • Gabriel Fernandes:

      “Improvável” significa que não possa ser provável. Se esse não seria o termo certo, então prove qualquer uma dessas coisas.

    • Clovis Fialho:

      provar alguma coisa que nao é aceita precisa de tempo,para humanidade adquira informacoes,agora convenhamos,de que vai servir se as pessoas acreditam ou não? Os Extraterrestres são“Improváveis”, os incas,os maias,os tupis,eles tambem achavam que era improvavel uma canoa atravessar o oceano,kkkkk,o cara dizer que é improvavel viajar anos luz,quem disse que os ets.devem viajar da maneira que nos achamos ? Quem tem a verdade ? Muitas pessoas no passado foram queimadas vivas e ridicularizadas porque afirmaram que nos nao eramos o umbigo do universo…Desde a pre-historia o homem tem medo do desconhecido e se sente so,porisso nega tudo que esta alem do horizonte…

    • Marcos-DF2:

      Grande Clovis !
      Concordo inteiramente !
      Abraços

    • Moizés Montalvão:

      Sempre que alguém usa a expressão “extremamente” é bem provável que peque pelo exagero. A lista comenta mui resumidamente pontos que exigiriam maior reflexão para permitir conclusão satisfatória.

  • Dricca Oliveira:

    Li opiniões fantásticas aqui, nem todas, claro!! Mas nem vou comentar muito… apenas que essa matéria é simplesmente ridícula! E os motivos nem precisa ser ditos!! Muitos já foram falados aqui!! Parece até matéria de blogueiro adolescente revoltoso que sai falando coisa com coisa sem critério ou pesquisa antes!! Mas… temos que saber filtrar as coisas!! E ainda tem muita matéria boa por aqui…mas essa definitivamente, foi um fiasco!!

    • Fernanda Torres:

      Pense fora da caxinha minha amiga! A postagem não está falando mal ou desrespeitando nada. É apenas uma constatação que todos sabemos.

  • Thúlio Carvalho:

    Acho que há muito mais coisas entre o céu e a terra do que nossa vil ignorância é capaz de saber. Diante dessa eterna incerteza, só considero plausíveis o 10º e o 1º itens. O décimo devido à imensidão do Universo, que faz com que negar vida extra-terrestre se torne uma pura demonstração de egoísmo e ignorância. O primeiro devido a uma ponderação de inconcebível: é mais improvável surgir o tudo do nada ou surgir o tudo do transcendente? Para mim, a segunda opção é mais provável. Mas o meu Deus não é das escrituras.

    • Gabriel Fernandes:

      Mas quem escreveu não falou simplesmente sobre aliens, mas aliens visitantes. Claro que eles podem existir, mas que eles visitem a terra, é improvável.

    • Fernanda Torres:

      Sim, mas há uma teoria em que aliens vivem na Lua ‘-‘.
      O que é provável, por que sem a existência da Lua não existiria vida na terra. Ainda que dizem que a Lua é oca por dentro, o que reforça mais ainda a teoria.
      E ainda os acontecimentos inexplicáveis que aconteceram com os povos antigos (nos Maias isso é mais evidente) …. Enfim, se eles existem mesmo quero que este encontro aconteça logo.

    • Marcos-DF2:

      Gabriel,
      permita-me discordar.
      É improvável por que ? Porque a Ciência, como nós a conhecemos, tem seus dogmas ? Porque, para coisas ou fatos que desconhecemos ou não entedemos é melhor dizer que eles não existem e ridicularizar quem os presenciou ou tem informaçõea acerca deles ? Muito já foi dito acima, com extrema propriedade aliás, sobre as razões – e provas – de como é ridículo duvidar-se destes ítens, movidos, principalemente, pela miopia científica e pelo egoísmo humano.
      Abração

  • Beto Caldas:

    não acredito em nenhuma das 10

  • Alberto Campos:

    Todos os 10 itens mostrados são realmente falsos. É tudo imaginação do ser humano. Sobre os “OVNs”, eu tenho uma explicação científica para isto; ver no capitulo 7 do blog: “Olhando o Universo”.

    • Ana Matos:

      Nós conhecemos as explicações ditas científicas: balões meteorológicos, planeta vénus, planeta Marte, faróis, alucinações coletivas… Estas explicações até se podem enquadrar bem na mentalidade quadrada dos pseudo- céticos mas não se enquadram bem na lógica.

  • Paulo Galliza:

    Deus é a VERDADE. É o Conhecimento Absoluto. A Origem das Leis Universais.

  • Paulo Galliza:

    Item – 4 (INTUIÇÃO)
    Este trabalho de forma geral está muito bom. Só peca pelo tumulto enciclopédico que provoca: inibe o Leitor.
    O meu Horóscopo de hoje é favorável, diz pra eu escolher e responder questões com cautela. Vamos lá:
    Nenhum aluno tem dificuldade de explicitar em relação a “x” a equação do segundo grau ax² + bx + c = 0, ou mesmo do terceiro grau (Cardano-Tartaglia), por que? Simplesmente porque é compreensível. Todo mundo sabe. É dedutível. A Matemática é uma Ciência dedutiva. Indutivo-dedutiva.
    Agora, prove, matematicamente, que P = m.g
    ou que E = m.c². Desafio os mais fervorosos físicos a fazê-lo.
    Tal prova somente é possível em exclusiva demonstração laboratorial. Modelo experimental.
    Alberto Einstein era intuitivo.
    Eis porque os alunos têm dificuldade com a Física. A FÍSICA É INTUITIVA.
    P = m.g => Pode estar errado? – Pode!
    E = m.c² => Pode estar errado? – Pode!
    Só uma condição garante o desenvolvimento científico: “O Pesquisador deve estar permanentemente ciente da possibilidade de ESTAR ERRADO”! Tudo o que for além disso é Fé: “…et pour si mouve!”

    • Moizés Montalvão:

      “Agora, prove, matematicamente, que P = m.g”

      “PROVA”: sendo P = 10; m=5 e g=2, então: m.g = P. Essa é mole, manda outra…

  • Frank Oddermayer:

    Ítem 1 – Deus
    Ninguém vê o ar, mas sabe que ele existe.

    ìtem 10 – Alienígenas
    Na Idade Média, os europeus pensavam o mesmo dos aborígenes de outros continentes. No Youtube, experimentem digitar “UFO sightings” e vejam milhares de vídeos postados com imagens de OVNIs e até aliens vivos capturados por militares. Só porque nós estamos no período paleolítico da Era Tecnológica não quer dizer que não existam seres infinitamente mais evoluídos e que podem viajar milhares de anos-luz na contagem terráquea convertidas em poucas horas interplanetárias.

    EM TODOS OS DEMAIS ÍTENS, CONCORDO PLENAMENTE.

    • Bruno M. Martins:

      eu sinto o AR FISICAMENTE e não com a imaginação.

    • Gabriel Fernandes:

      Mas o ar pode ser provado de várias formas; com um balão, numa câmera a vácuo, no vento, etc.. Prove deus agora.

    • HFC:

      “Ninguém vê o ar mas sabe que ele existe”
      O ar é mensurável, pode ser pesado e analisado quimicamente. Faça a análise química do seu deus, e a partir daí conversaremos.
      Quanto ao item 10, vc foi desonesto intelectualmente. O texto diz sobre “alienígenas visitantes” e vc faz uma comparação sem pé nem cabeça com o que vc diz que a Europa pensava na idade média sobre “aborígenes” …

    • Moizés Montalvão:

      É claro que existem extraterrenos, se não existissem não se poderia falar neles. A prova é insofismável: só se pode discursar a respeito de coisas existentes, nem que sejam só na imaginação…

    • Falcone Big:

      Faz um favor pra gente e pergunta pros seres “infinitamente mais evoluídos e que podem viajar milhares de anos-luz na contagem terráquea convertidas em poucas horas interplanetárias”
      Afinal, PRA QUE DIABOS ELES PRECISAM DE LUZINHAS PISCANDO NAS NAVES??? navegação? luz de freio? farol? pra uma nave não bater na outra? É natal?

      Arf! Só gênio!

    • pmahrs:

      O fato do nada absoluto (singularidade) originar toda matéria e energia que conhecemos hoje já admite especulações não materiais. Ou então a energia não existe, pois se ela não pode ser criada e antes era o nada absoluto como ela está ai? A não ser que ela sempre existiu, mas como ter existido no sempre? O fato de existir não pressupõe que ela é transformação de outra energia e esta outra e de outra assim para sempre no passado? Mas como se não havia nada ates, nem tempo nem espaço nem existência ao menos nesta dimensão? Ah sei, um dia ciência vai explicar. Eu também acredito nisto.

  • Costa:

    D. R.

    “10 – ALIENÍGENAS VISITANTES:
    Penso que se até a NASA (através do projeto SETI), que tem mais acesso ao espaço do que qualquer um, ainda está procurando vida fora da Terra, é porque eles ainda não encontraram nada; e, com certeza, não fizeram nenhum contato.”

    Comento: – Será possível que você nunca pesquisou sobre o Caso Roswell ou sobre a Operação Prato? Será que não ouviu as declarações de várias autoridades como do Almirante da Força Aérea Brasileira por exemplo?
    http://www.youtube.com/watch?v=MOWNCNximBE&feature=relmfu

    “09 – ASTROLOGIA:
    Bom, pesquisas científicas sérias já demonstraram que (assim como a homeopatia não passa de efeito placebo) ela também não passa de pura coincidência aleatória.”

    Comento: -Cite uma pesquisa científica séria. Só existem opiniões preconceituosas de pessoas que nunca estudaram astrologia.

    “08 – CRIPTÍDEOS:
    …..Sobre esses também há muitos relatos de tribos (que, a priori, não devem ser descartados); ………”

    Comento: -Concordo.

    “07 – FANTASMAS:
    ……Graças a Deus, nunca vi um!
    Pelo menos o Pe. Quevedo explica que casas mal assombradas (quando não são fraudes) ………….”

    Comento: -Pe. Quevedo? Faz favor. Esse é que é uma fraude.

    “06 – MÉDIUNS:
    …………….. Por exemplo, algumas celebridades já falecidas (como Monteiro Lobato) deixaram senhas, antes de morrer, para seus espíritos comunicarem elas aos médiuns; mas, nenhum deles (inclusive Chico Xavier que psicografou Monteiro Lobato) jamais adivinhou uma delas; …….”

    Comento: -Médiuns não são ‘adivinhões’. Médium que se preza não vem à público mostrar os seus ‘poderes’. Quem vem para a TV fazer show não é medium, é Pe.Quevedo. Quem não sabe nada sobre mediunidade que não de palpites bobos.

    “05 – CARMA:

    ………Ora, se a doutrina do carma e reencarnação fosse verdade, como que Chico Xavier (considerado um dos médiuns mais iluminado e espiritualmente evoluído do mundo) poderia ter morrido doente?”

    Comento: -Quem disse que médium tem privilégios para não morrer doente, ou de outra forma qualquer? Então você poderia nos explicar porque os “papas”, representantes de Deus na Terra e ‘infalíveis’, morrem doentes?

    “04 – INTUIÇÃO:
    Portanto, seja telepatia ou poder do inconsciente ou inspiração divina, não considero muito improvável a existência da intuição.”

    Comento: -Sem comentário.

    “03 – DESTINO:
    ……A doutrina católica discorda da predestinação calvinista que afirma que todos estão predestinados ao céu ou ao inferno………………”

    Comento: -A doutrina católica não tem base nem competência para discordar de nada. Entretanto, destino cada um faz o seu.

    “02 – TEXTOS RELIGIOSOS:
    ……O que prova que um texto sagrado é realmente inspirado (e não escrito ou ditado) por Deus ou não, são suas profecias cumpridas…………

    Comento: -Isso é tão ridículo que não dá pra comentar.

    “01 – DEUS:
    De fato, existem bem mais evidências a favor da existência de Deus do que da sua inexistência……..”

    Comento: -Concordo.

    • Marcos-DF2:

      Costa,
      meu amigo, concordo inteiramente – e com louvor – com voce !!!!
      Faço minhas as suas palavras e respostas !!
      Abração

  • Marte:

    E ainda sobre alienígenas, procure sobre os Dogons.

    Alguém pode explicar como um povo tão primitivo sabe tanto sobre um sistema (Sirius A e Sirius B) que fica a anos-luz daqui? E agora, somente com o Hubble, foi comprovado o que já se sabia a centenas de anos?

    A vida alienígena tem uma alta uma probabilidade matemática. E contra a matemática, nada podemos.

  • Marte:

    “O que torna a possibilidade deles nos visitarem improvável são as monumentais distâncias entre as estrelas: mesmo viajando à velocidade da luz levaria milhares de anos para que chegassem a nós, mesmo das estrelas mais próximas.”

    Amiguinho, isso com a tecnologia que você conhece. E a tecnologia que você conhece é primitiva aos olhos desses “visitantes”.

    Ah… já vi objetos voadores não identificados. Dois. E um deles realmente não era nada parecido com nenhum artefato humano ou fenômeno atmosférico, e a evolução que ele fez no céu também não tem páreo com qualquer outra coisa aqui da Terra. Que fique registrado.

    • Moizés Montalvão:

      Todo objeto voador não identificado que se identifique, desde que não seja bala perdida, ou sujismundo jogando lixo nas ruas, é material controlado pelo anãozinho gigante, o administrador intergalático de todas as aparições inindentificadas, sejam no espaço seja no hiperespaço.

      A tequinicologia dos espaciais é deveras muito avançada, às vezes avança tanto que fica fora de ponto, aí é necessário regular o carburador, mas isso só deve ser feito por mecânicas autorizadas…

  • Marte:

    Alienígenas visitantes improváveis? Como assim? Amiguinho, provas não faltam.

  • jodeja:

    “toda ação cria reação em sentido contrário”. Desculpem.

  • jodeja:

    Acreditar é bom, saber é melhor, entender e compreender, melhor ainda. Só é possível aceitar depois de bem analisado e comprovar que há possibilidade; mesmo assim, com reservas. Se é coisa boa, deve-se acreditar, ruim, não.
    O item 5, carma, não é novidade, mesmo cientificamente falando. A terceira lei de Newton diz que “toda ação cria reação igual em sentido a contrário”, não é mesmo? Isso para os hindus e esotéricos é carma, para os espíritas e outros, lei de causa e efeito ou lei de retorno.
    O item 9, astrologia, a maioria crê sem saber. Ora, sabemos que os planetas, influem sobre a terra, ou não? O sol e a lua, muito mais e, se fazemos parte da terra, porque não também sobre nós? O que a astronomia ensina, a astrologia também ensina, mas, nem tudo que a astrologia ensina a astronomia o faz, logo…

  • Diego J. Teixeira:

    Achei a Matéria em si infeliz.
    Mediunidade por exemplo, já foi comprovado cientificamente que o cérebro de médiuns tem diferenças visíveis das pessoas que não são.

    Podemos atribuir um nível espiritual com a meditação, que também é comprovado pela ciência que traz benefícios excelentes para a vida humana.

    De certa forma, realmente todas as coisas citadas nessa matéria exige certa quantidade de crença, que igualmente como muitas teorias antes não comprovadas pela ciência, hoje tantas delas mudaram de lado e são sim fatos que antes eram mantidos pela crença… Se não existir crença, não existe perguntas que nos fazem buscar o desconhecido. Somos hoje nada mais do que pura crença e fé… Pois sem elas o mundo continuaria plano, e o Sol e a Lua ainda seriam Deuses, e nós seriamos simples primatas.

    Hoje, realmente não temos provas sobre a visita extraterrestre, mas não temos provas liberada ao publico, pois o que os governos nos enconde, são inúmeras coisas, e sobre elas só sabemos relatos.

    De fato são todas coisas improváveis e que pessoas realmente acreditam, mas todos os temas abordados nesta matéria da uma impressão de puro ceticismo. E quando uma grande quantidade de pessoas acreditam em algo, duvidar é no minimo normal, porem, nunca podemos deixar de lado a possibilidade de existir.

    • Moizés Montalvão:

      Se o cérebro de médiuns é “diferente” não significa necessariamente que falem com espíritos, pode apenas indicar que esses tais possuem capacidade dissociativa e, nesse estado, fabularem estar em contato com a espiritualidade. Mas, é fácil testar se um dito médium realmente fala com algum ser desencarnado: pegue um desses que se diz capaz de realizar tal feito; ponha-o numa sala e noutro aposento disponha alguns objetos, então peça ao espírito que vá até e relacione o que viu. Teste simples e objetivo. Tente e comprove.

  • Luciano Pinheiro:

    Quem copiou quem?
    http://unu-facts.blogspot.in/2012/11/10-unusual-things-and-beliefs-that.html

    • Costa:

      Na net nada se cria. Tudo se copia. Abença Chacrinha.

  • Danilo Oliveira:

    1- DEUS
    Esse site é teimoso! Por isso que eu adoro… kkk

  • Ana Cláudia:

    Total falta de respeito com as pessoas que acreditam em todos ou em algum dos assuntos acima. Como isso mexeu com os valores que envolvem a religiosidade e o coletivo, prefiro me retirar dessa comunidade.

    • Heitor Giacomini:

      Não foi falta de respeito, apenas a verdade!

  • tommy lommy:

    Como falar de extremamente improvável quando não há método de cálculo de tais probabilidades?
    Isso é simplesmente arrogância.

  • xapoliz vieira:

    Achei o artigo muito parcial. Sou fã de ciência, estudo ela (física) e sou espírita, não por fé, mas sim por convicção, pois considerei válidos os experimentos e os argumentos de Kardec em seus livros e análise de relatos e experimentos próprios. O espiritismo surgiu como tentativa CIENTÍFICA de explicar diversos fenômenos. Só não se difundiu por causa de preconceito da comunidade científica com qualquer coisa que se assemelhe a religião, no qual o espiritismo se tornou em seu fim, sem perder, contudo, a base primordial. Portanto, quanto aos MÉDIUNS, mesmo que seja necessário ter cautela e não sair por aí acreditando em qualquer coisa que qualquer um diz, há sim casos tão gritantes de veracidade que qualquer um que se disponha a estudá-los vai ficar, no mínimo, abalado!

    • HFC:

      Qual o caso de veracidade gritante vc pode mencionar, @xapoliz vieira ?
      Quanto ao espiritismo ser tentativa científica, vc tem publicações peer reviewed atuais que sustentem tal alegação ?

  • Clara Telis:

    Só acho uma coisa : tem muita gente que crê em Deus e outras que não creem ,eu sou agnóstica e respeito tudo e todos ,uma pessoa que escreve artigos pra sites como esse ,que tem um nome ,um público e é muito legal e interativo ,deve ponderar entre ”o que eu acho” e ”o que minha opinião pode causar” ,além de revisar o texto,e principalmente o título ,é claro !
    Aí dá nisso ,perdeu-se o foco de um artigo que tinha tudo pra se tornar um bom debate entre nós . O que já devia estar claro pra todo mundo é : falar de política ,deus e futebol é pisar em ovos ,então cautela é indispensável.

  • Viviane Lima:

    Não podemos esquecer que a alguns anos o conhecimento científico e o empríco ditavam que a terra era plana, que o tomate era venenoso, que o sol girava em torno da terra… Acho que o título foi extremamente infeliz.

  • Lucas Noetzold:

    Essas questões são complexas, mesmo que o que está na lista seria algo com poucas chances de ser verdade, não se pode ignorar uma única evidência mesmo que esta desbanque uma teoria mais elaborada e nos leve a dúvida novamente. Um erro comum cometido por tendencialistas é ver tudo como um caso de duas possibilidades, dois lados, e apenas ou um ou outro pode ser verdade.
    Creio que muitas coisas estão certas em alguns aspectos e erradas em outros, cabe a nós tentar encontrar a união entre duas teorias. É como tentar unir física clássica com mecânica quântica, se sabe que ambas estão certa em vários pontos, mas é necessário encontrar um elo entre ambas pois não pode haver duas teorias para algo (ou pode, sabe-se lá).

  • Glauco Ramalho:

    Censor, olha a censura!

  • Daniel Caudilho:

    Acho interessante como duvidam de extraterrestre na terra, não sabemos, a verdade é essa, quem acompanha esse site mesmo um pouco que seja tem noção de como a tecnologia é descoberta a cada dia que passa, não precisa de muito pra pensar que possam existir civilizações que dominem tecnologias ainda inimaginaveis pra nós, ou mesmo as ja discutiveis como os “buracos de minhoca” por exemplo, o teletransporte, dentre várias outras que se pesquisarem aqui no site mesmo, os cientistas ja buscam meios de realizar isso.

    E sobre nós vermos a nave ou não, também ai vai da possível tecnologia, se aqui mesmo ja existe aviões não pegos em radar e até estudos pra aviões “invisiveis” imagina uma civilização avançada.

    • HFC:

      A questão não é descrença na existência de vida fora da Terra, é verificação de que as alegações de OVNI’s e ET’s visitando a Terra são crendices do século XX.
      A crença em ET’s me parece reedição da velha crença em um universo centrado no ser humano.

  • Costa:

    O autor jogou muita farinha no ventilador e abordou questões que não tem conhecimento e pelo visto nem experiências próprias. Apenas para citar uma:
    “Karma. Apesar de trazer uma consoladora sensação de justiça, a idéia de que boas ações necessariamente trarão “bons frutos” no futuro (e, da mesma forma, más ações eventualmente terão seu preço) carece de comprovações.”
    A idéia real da lei do karma não é praticar boas ações para ser recompensado no futuro, nem o inverso. Todas as ações, boas ou más, feitas com INTENÇÃO, geram karma e o karma é um ciclo vicioso que gera reencarnações indefinidamente (a roda do sansara). Os praticamentes de religiões que acreditam no karma, não desejam reencarnar compulsoria e indefinidamente, como pode supor o ocidental. A idéia é sair da roda do samsara não precisando mais reencarnar. Todavia, para isso é necessário que suas ações sejam consideradas ‘inações’, ou seja, ação sem intenção, o que na prática é muito difícil.

  • Marcio Hefrain:

    Até o presente momento, realmente não foi-se comprovada a existência de Deus, mais eu pergunto, até para acreditar que Deus não existe tem que ter fé, quem tem fé que Deus não existe?

  • Glauco Ramalho:

    Libera o comentário administrador!

  • Marcio Duarte:

    A CIÊNCIA NÃO CONSEGUI COMPROVAR A EVOLUÇÃO, AS EXPERIÊNCIAS NÃO SÃO PLAUSÍVEIS E NÃO HÁ CONSENSO, NEM AO MENOS SABEMOS QUEM CONSTRUIU TEOTIHUACAN QUE NÃO FOI A MUITO TEMPO, NEM PODEMOS DIZER COM CERTEZA COMO FORAM CONSTRUÍDAS AS PIRÂMIDES OU COMO SE DESFEZ O CIVILIZAÇÃO MAIA, OU COMO OS FÓSSEIS PODEM COMPROVAR A MACROEVOLUÇÃO, O QUE NA VERDADE NÃO A COMPROVA. POR QUE ALGUNS INSISTEM EM DIZER QUE CONHECEM TUDO, E CONHECEM TODA A VERDADE COMO SE O QUE SOUBESSEM FOSSE ABSOLUTO. OS CIENTISTAS EM SUA MAIORIA SÃO CAPITALISTAS BUSCANDO GLÓRIA PESSOAL, POR ISSO MUITAS VEZES EXAGERAM OU MENTEM SUAS EXPERIÊNCIAS. SE É TOLICE CRER EM COISAS QUE ALGUNS CONSIDERAM MISTICAS É TÃO TOLICE TAMBÉM POR CONFIANÇA CEGA NA CIÊNCIA, QUE EM SUA MAIORIA NÃO ESTÁ COMPROMETIDA COM A VERDADE OU A MELHORIA DA VIDA HUMANA, MAS ANTES EM SUA PRÓPRIA PROMOÇÃO DEIXANDO-SE LEVAR POR OPINIÕES PESSOAIS.

  • Elizabeth:

    “Há mais coisas entre o céu e a terra que sonha nossa vã filosofia” (Shakespeare em Hamlet,Ato I, Cena V)

    • Golimar Vaiderramar:

      MUITIAS COISAS!
      UI, UI, UI…

  • Afer Ventus:

    O problema é a palavra “improvável”. Quer dizer que não se pode provar.

    Concordo com o título sugerido pelo JHR mas até a vírgula: “10 coisas que ainda não foram comprovadas”. Não há a necessidade do “em que as pessoas acreditam”.

    O fato de uma coisa não ter sido comprovada não a torna improvável. Só ainda não foi provada.

    Afirmar que algo é improvável, indica que não se pode provar e nunca poderá.

    Há coisas que não se pode provar? Improváveis? Sim. Por exemplo: se amarrar 2Kg de dinamite na cabeça de alguém e detonar, é improvável que a pessoa sobreviva.

    Tudo é a forma de como empregamos as palavras:
    O Roberson Girão escreveu “Alienígenas podem existir sim, e é bem provável.”

    Ora, só poderia afirmar que é provável se já soubesse como provar. Se não sei como provar não posso dizer que é provável. Se descobrir que não tem como provar, então é improvável… neste caso citado, como não há como provar, não é provável, e como não foi descartada a possibilidade da prova, então não é improvável.

    Recai no que o JHR disse: ainda não comprovadas.

  • Jonas:

    Parece-me mais uma opinião. E das mais previsíveis.
    Ridículo! Eu achei que fosse alguns fatos científicos interessantes.

  • Renato Kawasaki:

    a eterna papagaiada dos religiosos ! “ainda” nao provadas !

    QUANDO PROVAREM, ok, todos vao aceitar ! enquanto isso, fantasma, chupa-cabra, deus, etc é papo de lunatico que acredita ANTES de ter um minimo motivo !

    elefante voa ? ja viu algum voar (exceto o dumbo) ? alguma anta vai sair dizendo “voa assim falta apenas provar” ! DÃÂÂÂÂÂ !

  • Leandro Benjamin:

    Médiuns como Chico Xavier foram mais importantes que muitos cientistas, extraterrestres visitando a terra não é nada ilógico, o conceito de um criador pra seres que não sabem explicar muita coisa sobre o universo não é nada mal, espíritos acho difícil que não exista, pois tenho um caso de aparição em minha família onde 3 irmãs viam ao mesmo tempo, sem nenhuma motivação religiosa, quanto a bíblia, os ensinamentos de Jesus resolveriam todos os problemas da Humanidade, ciência é massa mas não é tudo, nem chega perto de ser, abraços.

  • gleiton:

    Acho que o Título foi um pouco infeliz. Deveria ser assim como o JHR falou:

    10 coisas que ainda não foram comprovadas, em que as pessoas acreditam.

    Mas é claro que o site puxa um pouco a sardinha para seu próprio lado.

  • Ricardo Villar:

    Patrocinado por: ATEA

  • Carlos Wendel:

    “O que torna a possibilidade deles nos visitarem improvável são as monumentais distâncias entre as estrelas: mesmo viajando à velocidade da luz levaria milhares de anos para que chegassem a nós, mesmo das estrelas mais próximas. Mesmo assim não custa estar preparado caso você encontre algum.”

    O que me admira nesse argumento não é a premissa de que parte (de que Ets, caso viessem à Terra, viriam de estrelas distantes e não de um planeta próximo ou através de dobra do contínuo espaço-tempo, como seria muito mais prático), mas o fato das pessoas não perceberem que o argumento em si parte de uma premissa que notavelmente põe a questão como pouco possível.

    O que acontece é que temos milhares de pessoas no mundo dizendo que vêem a mesma coisa, e que o governo não comenta sobre o que é (por que não sabe, ou por que a reposta não se encaixa no reducionismo metodológico: Não é dar explicações simples pra todas as questões, ou, como no caso das teorias da conspiração sugerem: Porque não quer).

    O fato é esse, discos, cilíndros, e coisas estranhas voam nos céus do planeta, não sabemos se são extraterrestres, mas certamente não parecem de proveniência nossa, e, ao contrário de que alguns acreditam (por estarem pouco informados), não são fenômenos visuais nem um pouco novos na história das civilizações.

    • Carlos Wendel:

      Ah, e pra finalizar: Uma coisa eu garanto: O povo da Ilha de Colares não foi atacado por balões, e nem foi um caso de histeria coletiva (embora eles, em suas inocências, acreditassem que os objetos se tratassem de “demônios” ou “coisa do diabo”).

    • wagner.dtr:

      Ok, quais garantias voce tem para garantir tal coisa?

    • Christovam Cesar da Veiga Pessoa Neto:

      Wagner, já ouviu falar na operação Prato? Urangê Holanda? procure saber!!!!

    • Christovam Cesar da Veiga Pessoa Neto:

      Carlos esse povo nem sabe o que aconteceu na Ilha de Colares.. muito menos a revista.
      Isso é uma prova do desconhecimento comunitário.
      O que estão se debatendo é sobre o que se pode medir é “verdade’ o que não se pode medir é duvidoso ou mentira.
      Portanto na cabelça de alguns o sentimento, o amor, a Fé é mentira, pois não se pode medir ou calcular.

    • wagner.dtr:

      Christovam, eu ví os videos sobre a Operação Prato, só não ví prova alguma de que aquilo foi verdade.

  • Allan Simpson:

    Huahauhau
    Concordo plenamente e não consigo entender como alguém consegue acreditar em qualquer 1 dessas besteiras mitológicas..

  • Marcel Angelo Timón Frias:

    Vale considerar que só porque algo não é provado não significa que não exista. No caso da criptozoologia por exemplo, muitos animais anteriormente dados como inexistentes foram encontrados, além de que, por exemplo no caso do mapinguari, podem ser indícios de animais já extintos mas que ainda existem na memória popular.
    Sobre demais conceitos, vale considerar que dentro da ciência muitas teorias hoje aceitas já foram relacionadas com pseudo ciência ou misticismo.
    Vide o inconsciente de freud.

  • Luciano Pinheiro:

    Extremamente improváveis? Este cálculo de improbabilidade existe ou foi feito “na intuição”? 🙂
    10) Alienígenas visitantes – existem relatos de pessoas consideradas idôneas (com Buzz Aldrin) e registros governamentais inexplicáveis (como o mexicano, que liberou documentos há uns anos). Não é exatamente prova cabal, mas nos leva a pensar que pode não existir tal prova. O argumento dos milhares de anos não é válido. Se eles tiverem saído de lá 2 bilhões de anos atrás, podem já ter chegado aqui.
    9) Astrologia – a ideia é do tempo em que os astros luminosos eram considerados deuses. Hoje, a tradição persiste. As pessoas precisam de um rumo.
    8) Creptídeos – o argumento, por definição, já exclui a possibilidade de encontrar algo, porque diz que as pessoas acreditam acreditam em animais não comprovados. Ou seja, no momento em que são comprovados, deixam de cair no filtro, como é o caso do celacanto e da lula gigante, que eram apenas lendas 2 décadas atrás. A ciência não tem hoje classificação para 90% dos seres vivos.
    7) Fantasmas – Por definição, não se pode provar, mesmo que existam. Seriam entidades com vontade própria. Por isso a experiência não poderia ser repetida, o que é fundamental para a ciência. Dizer que são outros fenômenos acalma os ânimos. Não dá pra dizer que são improváveis sem um cálculo. Probabilidade é um ramo da matemática.
    6) Médiuns – na mesma categoria dos fantasmas. Lembrando que muitos pais da ciência, como Descartes, acreditavam na mediunidade.
    5) Carma – Para provar o carma, seria necessário primeiro provar o espírito e que ele continua voltando. Gostaria de ver o cálculo que afirma ser improvável.
    4) Intuição – É a suposta capacidade de adivinhar uma melhor opção, e não a decisão baseada nela (como diz o artigo). Pode ser sorte, assim como pode ser um mecanismo do cérebro ou um outro sentido.
    3) Destino – O destino é simplesmente a inquietante ideia de que o mundo é uma grande máquina mecânica. Por isso, o que você pensa que é um pensamento da sua mente, é apenas um vai-vém de fluidos no cérebro. Assim, se houvesse alguém capaz de ter todas as variáveis do universo a qualquer momento, seria capaz de dizer como essa máquina poderia se comportar daqui a 1 segundo ou como estava 1 segundo atrás. É mais improvável que exista o livre arbítrio.
    2) Textos religiosos – Aí você me pegou. Existem relatos históricos comprovados em vários textos religiosos, assim como fatos impossíveis fisicamente. De quais você estava falando?
    1) Deus – Existe algo anterior e fora do nosso universo capaz de criar um universo com regras. Não penso nessa(s) entidade(s) como um humanóide velhinho, mas não vejo uma palavra melhor para defini-lo do que deus (sem a conotação religiosa). Novamente, gostaria de ver as equações que mostram ser extremamente improvável a existência dessa entidade.

    Senti falta no artigo de coisas como alma, mente, sentimentos, outras dimensões, tempo, frio e livre arbítrio.

  • André Coelho:

    Sou um fervoroso defensor da liberdade e creio que você pode acreditar no que bem entender que sempre lutarei pelo seu direito de expressar suas idéias. Mas isso não significa que acredito no que você acredita, principalmente se forem apresentadas provas científicas das afirmações.

    Se é pra filosofar, filosofemos. Se é pra falar de verdades, comprovemos.

  • Henrique Telles Dos Santos:

    para mim existe criptideos,foi não foi novas espécies são descobertas anualmente

  • Glauco Ramalho:

    Libera o comentário censor!

  • Renato Giovanny:

    Algumas pessoas acreditam no que querem mesmo. O artigo é bem claro quando fala na improbabilidade de VISITAS e a maioria dos comentários ou são de pessoas reclamando que o artigo fala da improbabilidade da EXISTÊNCIA, ou de pessoas tentando explicar que o artigo não diz isso.

  • Claudio Bucci:

    TÔ fóra…não acredito em nem uma das dez , só em Papai Noel , saci pererê , alma de outro mundo , e na justiça e política brasileira.

  • Solemar Junior:

    Pessoalmente eu acho que no decimo colocado, vocês foram meio céticos, eu NÃO estou enaltecendo a credibilidade das “testemunhas”, mas, vale lembrar que se tiverem milhões e milhões de anos em tecnologia, formas de vida extra-terrestres podem ter encontrado uma forma de romper esse problema de tempo

  • Luiz Scortecci:

    Chega a ser INACREDITÁVEL que os círculos formais da pesquisa científica e tecnológica, bem como do mundo acadêmico em geral, também se deixem levar pela CENSURA “descarada” que certas agências mais ou menos oficiosas têm mantido em torno dos temas OVNI (UFO),PRESENÇA EXTRATERRESTRE (inclusive no passado e na atualidade COTIDIANA), CROP CIRCLES e EVENTOS DE NATUREZA NITIDAMENTE CULTURAIS (e não “naturais”) documentados na Lua e em Marte pela pesquisa espacial! INACREDITÁVEL e CHOCANTE, e como se não existissem PROVAS CONCRETAS sobre esses fatos!!!… Já estive 4 vezes diante do fenômeno UFO e presenciei extraordinários eventos “inexplicáveis” à luz da nossa (cada dia mais arrogante) Ciência! Em vez de um posicionamento CLARO em relação à investigação desses fenômenos, alegam, de modo muito pouco “cientificamente”, de que essas “coisas” são crendices ou são crenças infundadas por não haverem PROVAS! Até quando???… Vejam só o “argumento” sobre a impossibilidade da PRESENÇA de ALIENÍGENAS na Terra: “distâncias incomensuráveis”!!!… Sem mais comentários!

  • Inge Niefer:

    o dilúvio não é uma história fantástica, existem provas que realmente houve um ou mais. já a arca de Noé é outra coisa.

  • Denilson Cardoso:

    A respeito das visitas alienígenas. Pode parecer improvável hoje, mas há 30 anos parecia improvável que alguém pudesse ter no bolso um objeto com o qual você pode se comunicar com qualquer pessoa em qualquer lugar no mundo, filmar e tirar fotos, tocar musica, acessar internet, calculadora, jogos, e mais uma infinidade de coisas.
    Então o que aconteceu? A tecnologia evoluiu ! Não podemos prever do que será capaz a tecnologia daqui 200 anos, 400 anos, enfim.
    Se uma civilização inteligente surgiu a mais tempo do que a nossa, qual a tecnologia deles ?
    Acho idiotice determinar o que “é provável” e o que “é improvável” com a tecnologia limitada que temos.

  • Renato Savalli:

    Nunca havia visto um “pacote” tão concentrado de arrogância.

  • Roberta Martins:

    10 coisas improváveis… que título ridículo… não gostei. Quanto à carma, podemos traduzir em “Lei de causa e efeito” ou Lei da ação e reação” que aliás é uma das leis de Newton, que toda ação tem uma reação igual e contrária; ela é comprovada cientificamente e cabe perfeitamente à vida, por dedução analítica. Isso parece IMPROVÁVEL para você?

  • Rudolf:

    Existe uma diferença muito grande entre não conseguir explicar e não poder comprovar.

    Para começar, devemos entender conceitos antes de tecer comentários. Carma, por exemplo, é uma única palavra que significa ação e reação, causa e efeito. Levando para o lado da física, se eu empurro uma pedra a pedra me empurra. Levando para o cotidiano, se alguém comete um delito é preso. Isto posto, o que EXATAMENTE “carece de comprovações”?

    Savants conseguem realizar feitos até acima do improvável. Então vem a ciência e questiona: pessoas “normais” conseguem fazer algo similar? Não! Então deduz-se que é impossível para seres humanos fazer algo assim. A pergunta que fica para a ciência é: com prática poderíamos ter alguma característica dos savants? Se a resposta for não, peço à ciência que me explique como Susan Polgar aprendeu e joga xadrez tão bem. Se a resposta for sim, os itens fantasma, médium, intuição e destino são plausíveis, pois são possíveis com treinamento (mais fácil do que ser grã-mestre de xadrez, diga-se de passagem).

    Há algumas poucas décadas algumas tecnologias eram consideradas impossíveis, creio que da mesma forma que consideramos impossível algum ET vir de tão longe. De todos vídeos de OVNIs, a esmagadora maioria tem explicações como fraude, efeitos luminosos, etc. Em raros a ciência não tem como explicar. Mesmo nestes casos não se cogita serem máquinas feitas por ETs (extra-terrestre, por definição, não são deste planeta). Sem entrar em teorias da conspiração (reais ou não), um ET se prontificar a comparecer a inúmeras instituições científicas para ser autopsiado é tão improvável quanto um ganhador do Prêmio Nobel comparecer a uma escola primária para ser sabatinado. Tal como a “comprovação” que ETs existem (ou não), diversos outros temas são considerados não existentes pelo simples fato de não poderem ser explicados cientificamente.

    Às vezes tenho a impressão que a ciência se tornou outra religião, com dogmas, crenças e paradigmas próprios. E, como algumas religiões, pensa que é dona da verdade absoluta e inquestionável. Todo o resto está errado por definição.

    Lamentável.

  • ZV Seguros:

    Creio que ainda veremos muitas coisa se comprovarem, embora hoje dulvidemos delas. Mas um alerta: o pior cego é aquele que não quer ver!

  • Renys de Andrade:

    São coisas que fazem parte da cultura humana. As pessoas acreditam no que elas querem acreditar, porém, muitos são tão ignorantes que acham que só ele é que têm razão de suas convicções; aliás, ninguém sabe o porquê que estamos aqui, pra que nascemos ou pra onde vamos quando morrermos. Neste mundo físico e material, a única coisa que temos que saber é viver, o resto, a vida vai nos mostrar.

  • Tibulace:

    Boa matéria, que mostra como a Humanidade é POUCO EXIGENTE em matéria de crenças.Pena que contenha um erro:Se alienígenas possuíssem uma nave, capaz de viajar a velocidades próximas à da luz, há MUITAS estrelas, de onde eles poderiam ter partido, para chegar à Terra, em menos de um século, pelo tempo de seus planetas.Se contarmos os efeitos relativísticos sobre o tempo a bordo então, seria MOLEZA chegar ao nosso planeta.Há muitas estrelas, que estão a menos de 100 anos luz de nós.

  • Falcone Big:

    Excelente matéria Guilherme, parabéns…

    Segue minha pequena reflexão (ou motivos para continuar duvidando):

    10 – ALIENÍGENAS VISITANTES
    Alguém pode me explicar o porque de uma inteligência superior que não faz qualquer tipo de contato direto com terráqueos e que vive nos espionando as escondidas, por que de usar luzes berrantes em suas naves que de acordo com ufólogos romperiam a velocidade da luz? Seriam essas luzes para setas, luz de freio e navegação?? =/

    9 – ASTROLOGIA
    Como que as mesmas coisas irão tendencialmente acontecer com todas as pessoas naquele dia só por que essas mesmas fazem aniversário entre um dia do mês até o outro???? Conheci pessoas que não saíram de casa em um determinado dia por que leram o horóscopo numa coluna de um jornal!!!! =/

    8 – CRIPTÍDEOS
    Numa boa, ainda bem que não existia computação gráfica nem photoshop na época que essas lendas foram criadas. =/

    7 – FANTASMAS
    Já repararam que os fantasmas em fotos ficam ótimos??? Já repararam como que o “outro lado” é fashion???? 99,9999% dos fantasmas revelados em fotos ou em vídeos estão, não sei por que usando R O U P A S, queria saber qual grife eles usam, essa moda deve ser de matar. =/

    6 – MÉDIUNS
    Todos os problemas da criminalística estão resolvidos, basta pedir para um médium fazer uma ligação pro fantasma de quem acabou de ser assassinado e perguntar quem cometeu o crime. =/

    4 – INTUIÇÃO
    Estou pressentindo que hoje durante uma ligação, subitamente meu celular perderá o sinal. Todas as chances de acertar são de 50%… ou você acerta, ou não!!! =/

    3 – DESTINO
    Já podíamos nascer com um guia de bolso, ia poupar um trabalhão desgraçado e muito stress… =/

    2 – TEXTOS RELIGIOSOS e 1 – DEUS
    Me abstenho de comentar pois como minha avó dizia são 3 coisas que não se discute: Religião, política e futebol..
    E recentemente eu acrescentei mais um assunto indiscutível: Dieta humana… tentem fazer um artigo sobre vegetarianismo / veganismo x onívoros, depois me contem…

  • Henrique Sadao Kajino:

    Um grande erro desse artigo está no uso da palavra “empírico”. Por definição, uma teoria não precisa ser comprovada, é apenas uma hipótese, passível de comprovação ainda não encontrada. O teorema precisa de comprovação argumentativa e contra-argumentativa, normalmente baseada em uma teoria. O empirismo não se baseia em nada, é uma comprovação prática de um acontecimento que pode levar a uma teoria, basicamente é algo que se aceita como verdade, então algo é empírico pelo simples fato de acreditarmos nisso. Uma foto roubar sua alma, um deus criar raios, a chuva te deixar triste são noções empíricas. Mas também saber onde a bola vai quando você chuta, andar de bicicleta, viver em sociedade, saber que tudo “cai” são noções empíricas. Nem tudo que é empírico é errado.

    Acreditarmos em alienígenas são empirismos, o fato deles existirem é uma teoria, eles aparecerem na nossa frente é o teorema. Este artigo deve discutir o que ainda existe no campo do empirismo e que todas as teorias criadas a partir disto não puderam ser comprovadas. Todas as coisas citadas são exemplos disto. Centenas de teorias podem ser criadas para explicar qualquer um dos tópicos, o problema está na comprovação, no teorema. A teoria normalmente tem uma proposta de teorema, o que não é facilmente possível com qualquer um dos tópicos citados

  • Jaqueline Herodek:

    Se a ciência se preocupa com o a comprovação do que é físico, palpável, logo, é difícil levar a sério publicações que se dizem científicas, mas que exploram o campo metafísico com o intuito de descreditar o que dele provém. Ciência e cientificismo são duas coisas distintas. Assim como é difícil afirmar que as 10 coisas citadas acima são prováveis, também não se pode dizer que são improváveis. Nem digo isso por defender algum dos pontos discutidos pela publicação, mas pelo progresso da ciência.

  • Henrique Sadao Kajino:

    Um grande erro desse artigo está no uso da palavra “empírico”. Por definição, uma teoria não precisa ser comprovada, é apenas uma hipótese, passível de comprovação ainda não encontrada. O teorema precisa de comprovação argumentativa e contra-argumentativa, normalmente baseada em uma teoria. O empirismo não se baseia em nada, é uma comprovação prática de um acontecimento que pode levar a uma teoria, basicamente é algo que se aceita como verdade, então algo é empírico pelo simples fato de acreditarmos nisso. Uma foto roubar sua alma, um deus criar raios, a chuva te deixar triste são noções empíricas. Mas também saber onde a bola vai quando você chuta, andar de bicicleta, viver em sociedade, saber que tudo “cai” são noções empíricas. Nem tudo que é empírico é errado.

    Acreditarmos em alienígenas são empirismos, o fato deles existirem é uma teoria, eles aparecerem na nossa frente é o teorema. Este artigo deve discutir o que ainda existe no campo do empirismo e que todas as teorias criadas a partir disto não puderam ser comprovadas. Todas as coisas citadas são exemplos disto.

  • Glauco Ramalho:

    O terceiro olho não tem nada a ver com essa fotinha horrível do ítem 4. O terceiro olho é exatamente igual às tiaras que os faraós usavam no Egito Antigo: se parece com uma serpente com um orifício na ponta, não com um olho de verdade!

    • Glauco Ramalho:

      E mais: a fonte da intuição é o Sahasrara, chacra localizado no topo da cabeça, e não o chacra entrecenhos. Esse chacra no entrecenhos é responsável pela clarividência.

  • Moizés Montalvão:

    Creio que deveria ser melhor explicado o que o autor pretende dizer com “intuição”, quando a classifica como algo “extremamente” improvável. Provavelmente se refira a uma intuição “mística”, ou paranormal, estas sim não evidenciadas. Por outro lado, a intuição (resultado de processamento cerebral não-consciente) é coisa trivial em nossas vidas: nos movemos por intuições…

  • Thel Martins:

    A questão é que todos são céticos até acontecer com eles, ou então, são tão céticos que mesmo se acontecer com eles vão achar que é sonho.

  • Fernando Ramos:

    Este site cada vez me surpreende mais com o tipo de abordagem bem superficial que faz à matéria.

    10 – Não existem seres Ets na Terra… que tal se o autor fizesse uma pequena pesquisa e só depois abordasse o tema?

    07 – Não existem fantasmas… é, aquilo que algumas pessoas vêem, sofrem na pele, equipes de reportagem que são atacadas e cujo ataque fica registado em vídeo e perfeitamente documentados assim com muitos outros indícios não valem nada,

    06 – Claro que com a foto que é apresentando é fácil desdenhar e brincar com a situação. Mais um péssimo exemplo de jornalismo.
    Porque não falar de outros casos maias evidentes?

    04 – Se não há essa coisa da intuição então o que é que nos faz sentir que algo vai correr mal, que algo vai acontecer, etc?

    No jornalismo e mesmo em artigos de informação jamais a opinião do redactor deve ser transposta para o artigo a não ser que se trate de um artigo de opinião.
    Como não é isso que aqui está presente, posso concluir que estou perante um mau trabalho jornalístico de informação, um mau profissional porque optou por um trabalho incompleto e por isso fácil, não fez pesquisa e partiu do principio que os leitores são ignorantes, sem opinião e por isso engolem tudo o que lhes for colocado à frente.

    Embora não seja importante, acabaram de perder um leitor. Mas certamente que comigo mais alguns irão e um dia destes o site fica sem razão de existir, recebendo de volta o KARMA que lhe estava DESTINADO pelo caminho que escolheu.
    Que DEUS vos perdoe porque vocês não sabem o que fazem…

  • vertexbrasil vertexbrasil:

    Fenômenos de EQM, Casos sugestivos de reencarnação (vide: Ian stevenson), Mediunidade, Possessões espirituais, poltergueists, transcomunicação instrumental, projeção da consciência, avatares religiosos, evidência anedóticas, Emfim… Tudo que se possa chamar de “paranormal”, em todo lugar (e cultura), à qualquer tempo passado ou presente.

    Junte tudo, adicione a incapacidade do monismo reducionista explicar a mente, aplique a navalha de Occan.

    Qual é a explicação obvia, concisa e simples?

    Espíritos!

    Alguma explicação mais materialista capaz de explicar um (1) único fato isolado com mais concisão, ou ainda melhor, TODOS OS FATOS JUNTOS?

  • Alan Ribeiro:

    Esse tipo de matéria acaba sendo basante polêmica né…
    Bom, da minha parte, eu concordo com os itens 2 e 8. O resto acredito que realmente exista. Apesar de não concordar com a visão de Deus que a grande maioria imagina (um ser “humanizado” de barbas brancas). Acredito sim em uma inteligência superior, a qual não temos capacidade (ainda) de entender. Com relação a visitas de seres de outros planetas tb acredito! Até pq, dentro da tecnologia que NÓS CONHECEMOS, seria realmente impossível fazer viagens estelares. Mas pra qualquer raça que esteja, digamos, uns 1000 anos de evolução na nossa frente, será que realmente eles não encontrariam outra forma (como oq nós, com a nossa “pífia” inteligência, já identificamos como buraco de minhoca).
    Enfim…

  • Clayton Fernandes:

    Perai, deixa eu ver se entendi, tudo que nao foi comprovado cientificamente ou nao existe ou é quase impossivel que exista? É muita pretensao…

  • D. R.:

    Não pretendo ser o dono da verdade; mas, como o próprio artigo diz que são coisas não comprovadas pela ciência e que portanto podem ou não existir, vou dar a minha opinião pessoal (atual) sobre cada tema.

    10 – ALIENÍGENAS VISITANTES:

    Embora muitos acreditem, outros acham que são demônios disfarçados de ‘anjos de luz’ preparando a vinda do Anticristo, outros acham que são meras alucinações e embora há muitos relatos (alguns realmente estranhos), ainda prefiro ficar com a posição da ciência oficial; pelo menos, até prova em contrário, ou seja, até ‘O Dia em que o Mundo Parar’. Mesmo porque, é um dos ramos onde há mais fraudes e charlatões querendo ganhar fama e dinheiro a custa da ingenuidade e da fé alheia.

    Penso que se até a NASA (através do projeto SETI), que tem mais acesso ao espaço do que qualquer um, ainda está procurando vida fora da Terra, é porque eles ainda não encontraram nada; e, com certeza, não fizeram nenhum contato.

    09 – ASTROLOGIA:

    Bom, pesquisas científicas sérias já demonstraram que (assim como a homeopatia não passa de efeito placebo) ela também não passa de pura coincidência aleatória.

    08 – CRIPTÍDEOS:

    Sobre esses também há muitos relatos de tribos (que, a priori, não devem ser descartados); principalmente sobre o pé-grande e sobre supostos dinossauros. Já vi alguns documentários bem interessantes sobre o assunto e confesso que fiquei na dúvida; embora acho que seria extremamente difícil uma pequena população desses seres ter sobrevivido sem terem sido encontrados.

    Mas, devemos lembrar que os cientistas também duvidavam dos relatos antigos sobre lulas gigantes; até que pescadores japoneses encontraram uma.

    07 – FANTASMAS:

    Graças a Deus, nunca vi um!

    Pelo menos o Pe. Quevedo explica que casas mal assombradas (quando não são fraudes) se tratam de fenômenos paranormais provocados pelo próprio inconsciente de algum membro da família (geralmente, meninas complexadas na fase da puberdade). Segundo ele, quando se afasta a pessoa para mais de 50 metros do local, todos os fenômenos fantasmagóricos desaparecem.

    Se isso é verdade mesmo, eu não sei; mas, prefiro não saber!

    06 – MÉDIUNS:

    Se existe algum de verdade, eu não sei; mas a imensa maioria, com certeza, é fraude. Basta lembrar dos mais famosos, como: Sai Baba, Rá, Dr. Fritz, Urandir, mulher do algodão, etc., etc., etc.; todos já desmascarados.

    Segundo o Pe. Quevedo, os médiuns só conhecem as coisas dos vivos e nunca dos mortos. Por exemplo, algumas celebridades já falecidas (como Monteiro Lobato) deixaram senhas, antes de morrer, para seus espíritos comunicarem elas aos médiuns; mas, nenhum deles (inclusive Chico Xavier que psicografou Monteiro Lobato) jamais adivinhou uma delas; e que nenhum médium jamais adivinhou onde está o corpo de Ulisses Guimarães; etc.

    Quanto ao mais famoso deles, Chico Xavier, vale a pena ver o depoimento do Pe. Quevedo:

    https://www.youtube.com/watch?v=dj3Dxhc71fw

    Infelizmente, parece que agora alguns pastores evangélicos aprenderam os truques de mágica do antigo Dr. Fritz (muito divulgado na TV há alguns anos atrás) e estão usando em seus cultos de curandeirismo:

    https://www.youtube.com/watch?v=Hy7InOMoBU8

    05 – CARMA:

    Desculpem os espíritas, mas também não acredito. Porém, uma coisa é certa: ou existe carma e reencarnação ou existe ressurreição com céu, inferno e purgatório; ou, então, nenhuma delas; o que não pode é todas essas teorias escatológicas estarem corretas ao mesmo tempo. O espiritismo nega mais de 40 verdades da fé cristã; por isso que o cristianismo é totalmente incompatível com o espiritismo, hinduísmo, budismo, etc.; ou se acredita num, ou se acredita em outro!

    Ora, se a doutrina do carma e reencarnação fosse verdade, como que Chico Xavier (considerado um dos médiuns mais iluminado e espiritualmente evoluído do mundo) poderia ter morrido doente?

    04 – INTUIÇÃO:

    Acho que a grande maioria das pessoas já teve ou ficou sabendo de algum parente que teve algum pressentimento antes de acontecer algo grave com alguém da família. Muitos empresários dizem que alcançaram o sucesso confiando na sua intuição.

    Portanto, seja telepatia ou poder do inconsciente ou inspiração divina, não considero muito improvável a existência da intuição.

    03 – DESTINO:

    A doutrina católica discorda da predestinação calvinista que afirma que todos estão predestinados ao céu ou ao inferno. A Igreja acredita no livre arbítrio do homem; porém, a própria Bíblia esclarece que não cabe ao homem escolher o seu próprio destino, mas apenas escolher entre o bem e o mal; portanto, a cada instante, podemos sempre escolher entre o bem e o mal, mas temos de arcar com as consequências; pois, a Bíblia ainda afirma que o salário do pecado é a morte (eterna).

    02 – TEXTOS RELIGIOSOS:

    O que prova que um texto sagrado é realmente inspirado (e não escrito ou ditado) por Deus ou não, são suas profecias cumpridas. Por exemplo, no artigo da Wikipedia sobre ‘CRISTO’ existem dezenas de profecias sobre o Messias (comprovadamente escritas séculos antes do nascimento de Jesus, através das descobertas dos Manuscritos do Mar Morto) que foram integralmente cumpridas na pessoa de Jesus Cristo; inclusive, que ele nasceria de uma virgem, faria milagres, seria traído, seria crucificado, ressuscitaria no terceiro dia, etc.

    01 – DEUS:

    De fato, existem bem mais evidências a favor da existência de Deus do que da sua inexistência.

    Tanto evidências filosóficas (vide as ‘Cinco Vias de São Tomás de Aquino’), como históricas (as profecias bíblicas sobre o Messias e a revelação pública de Deus ao mundo na pessoa de Jesus Cristo) e até científicas (os grandes milagres da Igreja comprovados pela ciência).

    Detalhei cada uma dessas evidências no tópico “DEUS EXISTE? – A SUA OPINIÃO”:

    https://hypescience.com/deus-existe-a-sua-opiniao/

  • Alysson:

    O artigo não sugere que Deus, destino, astrologia ou alienígenas não existam. Ele aponta o fato de nenhum destes 10 itens da lista ser comprovado.
    E não quer induzir ninguém a desacreditar em Deus e acreditar no Diabo, pois, se Deus não existe, o Diabo também não. Então por favor, leia e interprete bem o artigo antes de sair soltando os cachorros sem motivo algum.

    Em relação ao artigo, só resta a questão: Não seria muito mesquinho acreditar/pensar que só exista vida no nosso planeta, com essa enorme quantidade de planetas?
    Essa dos alienígenas me deixou realmente pensativa, pois nos outros itens da lista eu já não acredito há algum tempo. Só acho que faltou o item “sorte”.

  • Lucas Costa:

    Uma ótima matéria, pena que muitos se recusem a acreditar. De certa forma, é difícil deixar um costume de lado, eu sei, mas procurar por informações daquilo que você acredita, ao meu ver, é essencial. Acreditar, sem ao menos ter uma base de pesquisas. A questão “Deus” é tão complexa, porém simples de entender se houver uma boa pesquisa.

    Não há evidências sobre a existência de qualquer Deus que conhecemos, não estou falando apenas do Deus biblico. Deuses em si, desde os egipcios até os gregos e tudo mais, não há evidências. Sobre o comentário em que é citado “não acreditar em deus é acreditar no diabo”, há tanta alienação que eu prefiro nem comentar.

    Por fim, queria deixar minha opinião sobre a questão de alienígenas: Bom, pode ser que não tenham nos visitado (eu acredito que tenham), mas em um Universo deste em que vivemos, em que se expande a cada momento, é impossível estarmos aqui sozinhos, eu penso assim. Mas caso eu estiver errado, seria muita “sorte” ou “azar” para nós? Pensem nisso!

  • Marcelli Cipriani:

    Gente, eu sei que a existência de muitos planetas no Universo nos concede a impressão de que é bastante provável haver vida inteligente fora da Terra. Mas a ocorrência de vida INTELIGENTE não é uma mera questão estatística. Existem outros tantos fatores muito mais relevantes para que se analise essa possibilidade e que, combinados, acusam para a probabilidade de não existir um fenômeno como esse em outros lugares, ainda que pareça incoerente – devido à quantidade de estrelas por aí. Existe uma obra recente, bastante completa sobre o assunto, feita por um astrônomo e por um geólogo (Donald Brownlee e Peter Ward), de nome “Sós no Universo?”, onde eles explicam, através de argumentos científicos, por que a vida inteligente é extremamente improvável fora do planeta Terra. Para quem se interessa pelo tema, a leitura é bem recomendável.

  • Danilo Alves:

    Mario M. Junior meu amigo, a materia nao sugeriu que nao existisse vida fora da terra (eu acredito que exista sim), mais a materia estava claramente demostrando uma ideia que nao existe extra-terrestre DENTRO do nosso planeta.

    E Sebastião Júnior, desculpe amigo, nao ha provas de que Deus criou “TUDO E TODOS”, e nao ha “diabo” tambem, outra ves o texto nao se quer citou a palavra “diabo” ou tentou convencer seus leitores a crer em outra coisa, POR FAVOR LEIAM O TEXTO ANTES DE POSTAR….

    (desculpe os erros de portugues, eu moro fora do pais e nao uso a lingua para escrever a alguns anos)

    • Jaqueline Herodek:

      o problema não é o texto, mas o título tendencioso.

    • Marcos Silva:

      Até o século XIX não conhecíamos a radio frequência, mas, nem por isso ela não existia, a ciência enfrenta muitos dilemas ao tentar explicar a origem de tudo. De fato como explicar a origem quando a física não admiti a criação da energia, mas, apenas sua transformação? Hoje com a mecânica quântica o “teletransporte” e a criação de “coisas” a partir de átomos se tornaram possíveis e fenômenos “estranhos” foram descoberto, tudo isso tem mudado radicalmente nossa visão de ciência. A teoria das cordas (energia dando origem a partículas elementares a partir da “ressonância”) e a teoria do multi-universo, posso afirma que a ciência encontrará Deus,pois, Ele desde o inicio tem se revelado nas coisas criadas. “Desde que Deus criou o mundo, as suas qualidades invisíveis, isto é, o seu poder eterno e a sua natureza divina, têm sido vistas claramente. Os seres humanos podem ver tudo isso nas coisas que Deus tem feito e, portanto, eles não têm desculpa nenhuma.”
      Romanos 1:20

  • JHR:

    …”vale lembrar que não estamos julgando se são válidos ou não, mas sim apontando que não foram comprovados”.
    Sendo assim, o título deste artigo deveria ser:

    10 coisas que ainda não foram comprovadas, em que as pessoas acreditam.

    Estes e outros assuntos são considerados pseudo ciência para o establishment , mas assim mesmo exitem pesquisas e pesquisadores sérios em busca de respostas para certos fenômenos ainda sem explicação.

    • Guilherme de Souza:

      Com ” extremamente improváveis” estamos nos referindo à dificuldade que há em se obter comprovações desses fenômenos, não julgando se são válidos ou não

  • Roberson Girão:

    Alienígenas podem existir sim, e é bem provável. O que o post fala é sobre a visita de alienígenas no nosso planeta, que não existe nenhuma prova concreta em meio a tantas fraudes. A principal crítica é sobre as coisas que pessoas acreditam sem que hajam provas empíricas sobre tal coisa. Um exemplo disso é o próprio Deus, que na filosofia vive no mundo metafísico onde nenhum instrumento de medição ou alguma pessoa pode chegar, por isso não tem como saber se ele existe ou não, pelos métodos que a ciência usa.

  • ydecazio:

    Apenas mentes medíocres conseguem limitar o ilimitado, iludidas pela sua ignorância.

    O oráculo de Delfos afirmou que Sócrates era o mais sábio dos homens, não por saber tudo, mas por reconhecer que nada sábia perante o incognoscível. Prudente nunca tomava como sabido aquilo que ainda não sabia, porém, sem preconceitos bebia de todas as fontes sem cercear os novos conhecimentos.

    Podemos ser enganados de duas formas: acreditando no que não e verdade ou deixando de acreditar no que é verdade.

    Nós somos enganados.

    Sendo assim, é melhor sabermos ao invés de crermos que sabemos.

    • Marcos Ronan Forquim Ferreira:

      Oi!
      Concordo contigo!
      É sabido que Isaac Newton foi um cientista conhecido e, que fazia “mapas astrológicos”, como meio de subsistência. Certa vez fazendo um mapa na academia real de ciência na qual ajudou a fundar, um colega fez o seguinte comentário,””Não entendo, Sir Newton, como o senhor, sendo o mais brilhante entre nós, se dedica a essa coisa de Astrologia.”
      “Eu estudei Astrologia, Sir Halley. O senhor, não”, foi a lacônica e também bem humorada resposta de Newton, que sequer levantou os olhos de seu trabalho. Parece que os comentários sobre a não validade da Astrologia é sempre feita por ignorantes, nunca por homens inteligentes. Podemos citar um fato público que envolveu Carl Seagan:- EM 1975 UM GRUPO DE ASTRÔNOMOS ASSINOU UM ARTIGO CONTRA A ASTROLOGIA.
      – A AUSÊNCIA NOTÁVEL NESTA LISTA, CARL SAGAN NÃO ASSINOU, DECLARANDO QUE O FATO DE NÃO SABERMOS COMO FUNCIONA NÃO NOS DÁ O DIREITO DE CONDENA-LA
      (citado por William Keepin, Ph D).

    • Costa:

      ydecazio,

      Disse: …..acreditando do que não é verdade ou deixando de acreditar no que é verdade……

      Comento: Como saberemos o que é ‘verdade’?
      Quem nos dá a garantia da ‘verdade’? A ciência? As religiões? Nossos sentidos? Deus? A Bíblia?
      Quantas ‘verdades’ do passado hoje são mentiras?
      A ciência refaz suas ‘verdades’ à medida de suas novas descobertas. As religiões tem ‘verdades’ indiscutíveis (dogmas). Nossos sentidos são falhos e nos enganam. Deus é uma incógnita. A Bíblia é um livro cuja origem e autoria não temos comprovações satisfatórias.

    • ydecazio:

      Dada nossa insignificância não devemos “acreditar em tudo, muito menos, duvidar de nada”, apenas conhecer, saber, sem julgar. É o julgamento respaldando no tirocínio individual que classifica verdades e mentiras, não possuímos sabedoria, competência, muito menos estatura moral para decretar verdades e inverdades. A nós, só resta a relatividade da verdade sempre vinculada à equívocos ou interesses. Sendo assim, cegos pela ignorância, somos iludidos crendo ou rejeitando “verdades” aleatoriamente sem discernimento.

      Penso que, o melhor a fazer, é usar limpas de preconceitos as lentes limitadas da razão e da lógica “humana” para que um dia possamos enxergar melhor as cores da verdade. Por enquanto, permaneçamos apalpando a realidade até sermos como Sócrates, amante de Sofia.

      “Não julgaras”.

  • Mario M. Junior:

    Se apenas na Via Láctea, a galáxia a qual pertencemos, pode haver mais de 2 bilhões de planetas habitáveis iguais a Terra, acreditar em vida alienígena não é um absurdo.
    Fonte: https://hypescience.com/nova-estimativa-nossa-galaxia-pode-conter-2-bilhoes-de-planetas-com-vida-alienigena/

    • Marcelo Ribeiro:

      Obviamente. Mas o artigo está falando sobre as supostas visitas deles até nós e não sobre a possibilidade de existirem.

    • Tiagoufo:

      Começando a achar que interpretação de texto também seja um evento quase improvável

    • wagner.dtr:

      A opção de se acreditar em algo sem haver provas da sua existencia chama-se fé.

Deixe seu comentário!